Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Jul 12

“Cada sector deve ter uma formação adequada e rigorosa, de modo a que se estabeleça uma relação de forte lealdade e de hierarquia, entre formador e formandos”

 

Depois de serem torturadas, de se sujeitarem a uma lavagem cerebral e de serem finalmente escravizadas, as candidatas estavam prontas para finalizarem com sucesso total o seu ano zero.

 

Futuras profissionais da saúde, dispostas a fazer tudo por Eles: até a matar!

 

Face a expetativas de manutenção do aumento da taxa de crescimento de indivíduos de sexo feminino a frequentar no próximo ano letivo o ensino superior em todas as áreas de formação e especificamente na área da saúde, o Ministério da Saúde em colaboração com o Ministério da Educação e com a supervisão do Ministério das Finanças, decidiu criar de imediato um curso prévio e de componente curricular obrigatória, cujo objetivo prático será o de preparar psicologicamente as futuras candidatas – inicialmente nas áreas de medicina e de enfermagem e como experiência piloto – para a dura vida que as espera, para os salários miseráveis que lhes irão pagar e para a contínua falta de privacidade das suas vidas face aos sucessivos turnos de trabalho, consequência direta da violação constante de regras contratualizadas e em vigor e de seguida, e sem aviso prévio e legal, anuladas.

 

(imagem – menspulpmags.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:35

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Faço tudo por Eles

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO