Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

05
Nov 11

A deterioração dos glaciares

 

Glaciar de Pine Island

 

Imagem da fenda que está a alastrar à superfície da camada de gelo do glaciar, com a queda para o seu interior, de grandes blocos de gelo. A ruptura na superfície do gelo estende-se por mais de trinta quilómetros, com uma largura que pode atingir mais de setenta metros e profundidades de cinquenta a sessenta metros – aproximadamente ao nível da água do mar. A previsão dos cientistas é que a rachadela continuará a alastrar, acabando por formar nos próximos meses um novo icebergue, com mais de, quinhentos quilómetros quadradas de área.

 

O planeta Marte

 

 Evidências em Marte

 

A utilização de estudos de impactos e erosão no planeta Marte podem evidenciar a existência de água subterrânea. Nesse caso, se a vida alguma vez existiu em Marte, os últimos habitats só poderiam subsistir, debaixo da superfície do planeta vermelho. Repare-se que no nosso planeta Terra, já foram encontrados ecossistemas a grandes profundidades. Logo, por breves espaços de tempo e analisando-se os materiais existentes à superfície de Marte, é possível crer na possibilidade muito forte de ter existido água e alguma forma de vida, à superfície deste planeta.

 

(Imagens e adaptação a partir de nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:09

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Água

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO