Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

10
Mai 16

Fez no passado dia 1 de Maio meio ano que o centro antigo de Albufeira foi completamente invadida pelas águas; e quase um ano que em Silves desconhecidos me limparam a casa, incluindo portas e janelas. E já agora um exercício de memória (política): porque será que este grande incremento na onda de assaltos e de outra criminalidade se reporta ao ano de 2011? Mas que diabo terá acontecido nesse ano em Portugal (estendendo-se os seus reflexos até aos dias de hoje)?

 

ALBUFEIRA.jpg

Albufeira e a inundação do cimento

(com o mar a querer espreitar)

 

Neste dia 10 de Maio de 2016 (terça-feira) Albufeira acordou com um dia frio e cinzento por vezes com muita chuva. Depois das onze horas da manhã e com o céu bem escuro e carregado de nuvens, ainda cheguei a pensar por uns breves instantes (já que entretanto a momentânea carga de água terminou) que a situação ocorrida a 1 de Novembro de 2015 poderia repetir-se mais uma vez. Felizmente que nada de grave ocorreu por estes lados, exceto continuarmos com um dia ventoso, meio sombrio e chuvoso, que sempre nos condiciona os movimentos (meteorologicamente falando) e nos entristece um pouco a alma (estas cidades ficam feias sempre que chove e se revelam os seus defeitos – como todas as outras não tendo apenas virtudes).

 

Quando ainda há poucos dias se vivia num tempo e clima de Verão, com muitos já meios despidos e deslocando-se para as praias. E como uma coisa má nunca vem só, com a notícia de que desde a passada 2ªfeira (dia 9) a ligação pela estrada nacional 125 entre Albufeira e Faro (a alternativa a pagar é a Via do Infante) será temporariamente encerrada perto da localidade da Maritenda durante cerca de dois meses – numa ação justificada pela demolição de duas pontes ferroviárias no trajeto da estrada (em más condições de segurança) e sua posterior reconstrução. Assim ou os automobilistas assumem as suas qualidades de contorcionistas entrando e saindo de estradas até descobrirem o segredo (do labirinto) atingindo o seu destino, ou então resta apenas sacar das carteiras e pagar a Via Rápida.

 

ÉGUA.jpg

Silves e a vaga de assaltos

(com um ocupante indevido)

 

Mas também para quem recentemente viu a sua casa assaltada e como se já não bastasse (já agora) ocupada – tendo que recorrer à GNR para reassumir a propriedade da mesma – e que ainda hoje vai verificar se entretanto já todos fugiram levando consigo um pequeno cachorro e uma égua branca bem bonita, posso dar-me por feliz por não ter ido também no meio da encomenda. Só tenho que reparar tudo (enquanto lá viviam iam roubando tudo o resto) e tentar explicar à vizinhança que a minha ausência forçada (durante 3 meses não pude lá ir e na verdade pelos antecedentes já tinha um certo medo) não tinha sido para Inglaterra, nem tinha entregado a casa (a eles) para dela tomarem conta. E provavelmente entregar o pobre cão e a pobre égua.

 

Como se vê o Algarve é em tudo igual a qualquer outra região. Seja no concelho de Albufeira ou no concelho de Silves (onde decorreu o assalto). Com as zonas de Lagoa e de Silves a serem das mais produtivas da região – no que toca a assaltos (repetidos e no mesmo local) acompanhados por vandalismo (demonstrando um total desprezo pelos outros e sabendo de antemão que ninguém os deterá). Mas como tudo, também tendo virtudes – apesar de serem cada vez mais difíceis de encontrar (em perfeito estado de conservação e respeitando a nossa cultura assim como a nossa memória): como o tempo ameno, a proximidade do mar, as suas praias tranquilas, a beleza rural interior, as saborosas sardinhas (grelhadas) e até os caracóis e as caracoletas (bem temperadas e com o peso certo de orégãos – fazendo com castelos e laranjeiras recordarmo-nos da presença Árabe.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:08

02
Ago 12

Degelo

 

Derretimento rápido do gelo situado à superfície, na Groenlândia. Apenas num dia – 8 de julho – este fenómeno atingiu cerca de 40% dessa superfície gelada. Nos dias seguintes – até 12 de Julho – este degelo acelerado atingiu 97% dessa região. Um fenómeno deste tipo nunca tinha sido registado em mais de 30 anos de observações por satélite.

 

Fogos

 

Fogos ocorridos no mês de Julho na ilha da Madeira e registados por satélites da NASA. Este incêndio que assumiu posteriormente grandes proporções teve início a 18 de Julho e chegou a estender-se no dia 20, à ilha de Porto Santo. Foi necessário recorrer a bombeiros do continente para travar esta grande frente de fogo. Isto apesar de não ter havido apoio aéreo ao combate a estes incêndios, tendo as entidades responsáveis justificado a sua ausência, devido à ineficácia destes meios aéreos no combate aos fogos em terrenos muito acidentados, como era o da Madeira.

 

Deflorestação

 

Desflorestação registada na grande região da Amazónia – desde sempre considerada como um dos pulmões do mundo – focando aqui a evolução do estado brasileiro de Rondônia do ano de 1975 até este ano de 2012. Em primeiro lugar cortaram a selva com a construção de uma grande via principal que a iria atravessar de uma ponta à outra, neste caso de norte para sul; seguiu-se a construção de estradas secundárias que contribuíram para a invasão por novos donos e ocupantes, da densa floresta envolvente ainda virgem e contendo muitos perigos e constantes armadilhas, nunca se esquecendo que tal estrada deveria ter sempre como origem e destino final, essa via principal; ao mesmo tempo iniciar-se-ia uma desflorestação intensa e acelerada da região, preparando-se o caminho para o aparecimento de explorações agrícolas mais lucrativas. Este processo seria acelerado com a chegada de mais gente e a necessidade de se estender cada vez mais o território a desflorestar e preparar para a sua nova – e desenquadrada – utilização.

 

(imagens e dados – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:03

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO