Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Ago 19

“Apesar dos avisos da Força Aérea dos EUA,

Com uma multidão de fanáticos

− Dos OVNI’S e dos ALIENS

Estimada em mais de 1 milhão de pessoas.

(no mínimo)

A caminho da ÁREA 51.”

 

5d31cc90dda4c854588b456e.jpg

 

Cada vez mais próximos do Evento Norte-Americano de encerramento do Verão (deste ano de 2019), a realizar-se a 20 de Setembro (faltam 30 dias) – “STORM AREA 51, THEY CAN’T STOP ALL OF US” – e esperando-se a presença de uma multidão estimada entre 1 e 2 milhões de pessoas (nesta zona rural do estado do Nevada), aumenta cada vez mais a preocupação das autoridades locais não com a improvável comparência dos ALIENÍGENAS DO ESPAÇO (nem com a possível chegada de outro tipo de Alienígenas, os Mexicanos oriundos do sul), mas com a chegada maciça de um enorme contingente de loucos e de fanáticos (acompanhados por todos os seus fetiches e barraquinhas) não Extraterrestres, mas Terrestres.

 

5d5c47dbfc7e93f7068b45a4.jpg

 

Sendo desde já noticiado − e preparando-se para o pior (“mais vale prevenir do que remediar”) − a pré-assinatura para o caso de ser necessário de uma declaração do estado de emergência no Condado de County (um dos 16 do estado do Nevada), justificando-se os responsáveis (oficiais) por tal medida tomada não saberem na realidade o que dali esperar. Afirmando:

 

“We have no pickin' idea what we're going to face – if anything.”

 

maxresdefault.jpg

 

E confirmando-se a comparência − prevista e desejada pelos organizadores do Evento – de nada mais nada menos que 2 milhões de pessoas (4X mais o estimado – aproximadamente 500.000 − para os 4 dias do Festival de Woodstock), acrescida ainda da ameaça nada velada (aliás bem difundida) assumida pelos militares (na defesa dessa instalação da Força Aérea dos EUA, mais conhecida como ÁREA 51) – relembrando a Proibição de entrada na base e fazendo-o, arriscando-se a ser preso, ferido e até morto – podendo vir a ser preocupante (para os residentes e os de passagem) o cenário em construção. Como se constata pelos militares:

 

“The US Air Force always stands ready to protect America and its assets.”

(Laura McAndrews/US Air Force/10.07.2019/The Washington Post)

 

(imagens: RJA1988/Pixabay, Global Look Press/Dawn Fletcher-Park e RT America/youtube.com em rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:06

08
Ago 19

[Made In The USA]

 

30afghanistan-videoSixteenByNineJumbo1600.jpg

EUA no Afeganistão segundo a UN

(mais uma máquina de propaganda anti-norte-americana)

Só nos primeiros 6 meses de 2019

batendo os Taliban por 52% contra 39%

no número total de civis inocentes mortos

(num total de cerca de 1400)

 

Agora que Novos Cenários de Guerra voltaram à mesa de trabalho da Indústria de Armas e de Armamento e às diversas Organizações Militares Públicas e Privadas Norte-Americanas −  tentando  reerguer o seu todo-poderoso Complexo Industrial-Militar e levá-lo de novo à Ribalta da Decisão (substituindo o diálogo pela confrontação) e do Poder (substituindo a diplomacia pela guerra) tudo à base do Dólar (e á capacidade extraordinária das rotativas das suas impressoras) – sendo interessante recordar as conclusões de um dos muitos relatórios da UN sobre a situação política (de Guerra Civil) no Afeganistão (debruçando-se apenas sobre os seis primeiros meses de 2019), revelando alguns aspetos deveras relevante e esclarecedores (pelo menos sobre a incompetência estratégica e militar da intervenção militar dos EUA) sobre essa intervenção dos EUA no Afeganistão (iniciada no final de 2001 vão fazer 18 anos).

 

Um relatório da UN revelando claramente e para quem ainda tinha dúvidas (ou não fossem os EUA e de longe, a maior potência militar global) a maior eficiência dos norte-americanos sobre os rebeldes afegãos (os TALIBANS) no que concerne (não sendo um facto inesperado) ao “ABATE de CIVIS” (os tais danos colaterais causados por intervenções cirúrgicas). Refletido no relatório da UN e aqui exposto pelo “The New York Times” (nytimes.com):

 

In the first six months of the year, the conflict killed nearly 1,400 civilians and wounded about 2,400 more. Afghan forces and their allies caused 52 percent of the civilian deaths compared with 39 percent attributable to militants — mostly the Taliban, but also the Islamic State. The figures do not total 100 percent because responsibility for some deaths could not be definitively established.

 

The higher civilian death toll caused by Afghan and American forces comes from their greater reliance on airstrikes, which are particularly deadly for civilians. The United Nations said airstrikes resulted in 363 civilian deaths and 156 civilian injuries.

 

While the number of injured decreased, the number of civilians killed more than doubled in comparison to the first six months of 2018, highlighting the lethal character of this tactic,” the United Nations report said, referring to airstrikes.

 

E tal como o N. Y. Times refere no final (estando constantemente ativo e simultaneamente simulando, mantendo-se como sempre em estado de negação) com os Militares − ao lerem o relatório (relembre-se que da UN) e sabendo-o inconsequente (ou não fosse Donald Trump, o Comandante Supremo) − denominando-o (e insultando os restantes 192 fazendo parte da UN) sem respeito e sem vergonha (com as suas costas bem protegidas, por indivíduos como John Bolton) como PROPAGANDA ANTI-AMERICANA.

 

Coisas da Vida relacionadas com o declínio e com o fim − há muito vindo a ser anunciado (logo, com o processo já em andamento) − da Terra Prometida e do Amigo Americano: com o Eixo do Mundo a Mudar (de Ocidente para Oriente) voltando gradualmente costas à América, cada vez mais China, cada vez mais chinês. Não se sabendo ainda (tardando e tendo ainda lugar) por onde fica a Europa.

 

(imagem: nytimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:27

03
Ago 19

Num momento da ainda tão curta “História conjunta da Terra e do Homem” em que poderemos estar em direto e ao vivo a assistir à “Queda de um Império” (tal como anteriormente terá sucedido com o “Império Romano”) − o “Império Norte-Americano” – e ao surgimento de outro − o “Império Chinês” – sendo de considerar ser nestas mudanças de ciclos (antes de se atingir de novo o equilíbrio) que se verificam (tal como com o nosso Astro-Rei o SOL, ao passar de um ciclo para o seguinte) certos Eventos − relevantes e por vezes determinantes: como uma III Guerra Mundial.

 

46367097991_eaf9c61fd3_o.jpg

 

Face ao clima extremamente intimidatório (tanto psíquica, como fisicamente) em que no presente se vive nos EUA (no seu interior), afetando igualmente maiorias e minorias, homens e mulheres, nacionais e emigrantes e todos aqueles vistos individual ou coletivamente pondo em causa o sistema Estalinista de partido único vigente (um partido bipolar, pretensamente aberto a Republicanos e Democratas) nos seus 50 Estados e restantes Territórios, sendo necessário acrescentar à previsão do THE NATIONAL INTEREST (revista norte-americana fundada em 1985 e dedicando-se à política internacional) − sobre os 5 locais mais suscetíveis de início da WW3 − uma 6ª hipótese cada vez mais credível, por aparentemente mais próxima (no tempo, conhecido já o espaço) e dada a sucessão de evidências e mesmo factos (com alertas coletivos e sinais individuais): com os locais considerados pela revista The National Interest (nationalinterest.org) a serem, (1) o MAR do SUL da CHINA, (2) a UCRÂNIA, (3) o GOLFO PÉRSICO, (4) a PENÍNSULA da COREIA e “devido à imprevisibilidade” e até como alternativa (falte algum território na hora da partida) outro local como (entre outros sempre disponíveis) (5) a Venezuela – todos pondo em causa os interesses da Rússia e da China, logo sendo um ataque direto e aos mesmos dirigido (provocatório) – aos quais deveríamos obrigatoriamente e sendo honestos (“Qual o Território detentor de todo o Dinheiro e de todas as Armas?”) acrescentar (6) os EUA, dada a possibilidade existente do eclodir de mais uma Guerra Civil podendo tomar contornos (dado os EUA serem a Grande Potência Dominante e Global) de uma III Guerra Mundial.

 

cdbe4e8b-c8f6-411f-8bf9-9281b78777ef.jpg

ÚLTIMA HORA:

(US Civil War)

Multiple people were killed Saturday in a shooting

at a shopping center in El Paso, Texas.

One suspect is in custody.

At least 22 people were injured.

Eleven victims were transported to the Del Sol Medical Center.

Another 11 victims were taken to the University Medical Center of El Paso.

(CNN/cnn.com/03.08.2019)

 

(imagens: nationalinterest.org e cnn.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:48

Informando os 330 milhões de Norte-Americanos

(e por associação os restantes Cidadãos do Mundo uns 7,5 biliões)

Que para além deles existe “Algo +”.

 

[Obviamente o OBJETO produtor de mais-valia.]

 

A meio da Silly Season de 2019

Quando a Dívida Nacional dos EUA já ultrapassava os 22,5 Triliões de Dólares

 

5a95db131e000046057acfeb.jpeg

Pentágono

Devorando os EUA

 

Sendo conveniente de recordar mais uma vez o Orçamento (para os próximos dois anos) aprovado na Câmara dos Representantes dos EUA (maioritariamente do partido Democrata) – com mais de 90% dos Democratas e mais de 30% dos Republicanos (presentes) a aprovarem o Orçamento e com cerca de “65% dos votos conjuntos a dizerem SIM” – dividindo o total do bolo orçamental e a investir nos EUA em dois, um deles (o Maior) destinado ao PENTÁGONO  (MILITARES) e o outro (o Menor) destinado ao restante Governo e Administração e a todas as suas áreas de Intervenção (CIVIL).

 

E de juntar (a tudo isto, sendo Global, sendo Viral) as taxas de juro, para uns difíceis de alcançar e positivas para outros como que oferecidas e negativas.

 

Dos 2,78 Triliões de Dólares investidos para os próximos dois anos (2019/20 e 2020/21) e pondo de lado o possível aparecimento de “Orçamentos Extras ou Escondidos”, com cerca de 1,48 Triliões (53%) a serem destinados a investimentos e ao desenvolvimento (de GUERRA) do Complexo Industrial-Militar − em Empresas e em Objetos − ficando os restantes 1,30 Triliões (47%) para outro tipo de investimentos/desenvolvimento (de PAZ) como a Habitação, a Saúde, a Educação e o Emprego – em Instituições de Apoio a Sujeitos, a Pessoas.

 

Ou seja, quase 180 biliões de dólares a mais não para a Indústria de Paz, mas para a muito mais lucrativa (e CAPITALISTA) Indústria de Guerra.

 

pentagon-bottomless-money-pit2-sm.jpg

Departamento de Defesa

Controlando o Tio Sam

 

Num planeta já tendo ultrapassado os 7,5 biliões de Almas e onde nem umas Cem (os Excecionais pelos vistos residentes nos EUA) controlam de facto todo o Mundo.

 

E juntando tudo isto às taxas de juros oferecidas, a uns que não a outros – ainda não me deparei com propostas feitas, de taxas negativas – à opção da hierarquia superior (os Donos e Polícias do Mundo) pela confrontação (julgando o dinheiro e as armas representando o objeto, superior ao diálogo representando o sujeito), à covardia assumida dos seus vassalos (antigos líderes, agora uns vendidos) unicamente preocupados com os seus direitos adquiridos (como paga de tanta prostituição, sobretudo mental) − agora postos em causa − e  à indispensável e eficaz cooperação (sem uma única interrogação) da Comunicação Social (de Global a Local) na banalização do crime tornando-o com a repetição (sem consequências) normal e socialmente aceitável (“danos-colaterais”, “fogo-amigo”), nada nos restando agora que estamos bem no interior da Silly Season, senão esperar (opcionalmente rezar):

 

Que no meio das “Chuvas de Estrelas” que nos inundam o Verão e nos enchem o céu, não venha por aí surpreendendo-nos (sem aviso na programação) um asteroide, ou então que em mais uma “Crise Existencial (entre outros de John Bolton um dos inventores, estrategas e entusiastas, da Guerra do Iraque e das Armas de Destruição Maciça) a Máquina de Guerra Norte-Americana (aí com Trump efetivamente, com “o dedo da mão no botão”) decida de novo avançar.

 

(imagem: Bill Clark/Getty Images/huffpost.com e Victor Juhasz/rollingstone.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:39

27
Jul 19

[Para além de ser improcedente e um desperdício, sem qualquer tipo de dúvida ou desculpa, sendo criminosamente OBSCENO.]

 

'Unprecedented, Wasteful, and Obscene':

House Approves $1.48 Trillion Pentagon Budget

(commondreams.org)

 

pentagon-budget-740x410.jpg

Uma Máquina de Guerra assente na mais pura e intolerante

Ideologia do Dinheiro e das Armas

Para os próximos dois anos

Com o Pentágono a receber 1,48 Triliões de Dólares

E o resto do Governo 1,3 Triliões de Dólares

Num momento em que a dívida dos EUA

Já ultrapassa os 22,5 Triliões de Dólares

 

Demonstrating how thoroughly "broken and captured Washington is by the Pentagon," 219 House Democrats and 65 Republicans on Thursday voted to approve a budget agreement that includes $1.48 trillion in military spending over the next two years.

 

Questionando-nos (enquanto pela Europa condicionando-a, se “preocupam” muito) como um país (EUA) representando cerca de 4% da população terrestre e incomparavelmente com o maior déficit do Mundo − e com Instituições públicas pelas “horas da amargura” (como na área da educação e da saúde) e infraestruturas básicas em crescente decadência (como estradas, pontes, barragens, etc.) – consegue investir na sua Máquina de Guerra mais dinheiro que em todos os outros sectores da sua sociedade …

 

"Under this deal, the Pentagon and its affiliated programs will get $1.48 trillion over the next two years. The entire rest of gov't, including the VA btw, will get $1.30 trillion. That's $178.6 billion more for the Pentagon than the whole rest of gov't," Miles wrote. "So, for the love of god, can we all stop pretending like this is somehow anything other than a continued orgy of unprecedented, wasteful, and obscene spending at the Pentagon."

 

Aprovação do Orçamento do PENTÁGONO

(25 julho 2019)

 

 

Sim

Não

DEMOCRATAS

219

16

REPUBLICANOS

65

132

INDEPENDENTES

0

1

Total

284

149

 

Just 16 Democrats − including Reps. Ilhan Omar (D-Minn.) and Ayanna Pressley (D-Mass.) − voted against the two-year, $2.7 trillion budget agreement.

 

… numa proporção inacreditável e “Indecente” de “40% dos Investimentos Globais” (se não mesmo e efetivamente mais de 50%) e mais de 2X (no mínimo) o Investimento conjunto da Rússia e da China. Residindo a “Alma do Segredo” (dos Excecionais) nas incansáveis rotativas dessas máquinas fabulosas impressoras de DÓLARES, na força (CORRUPTIVA) e grande capacidade intrusiva dessa moeda e claro está (como grande Apoio) no seu poderoso e impressionante arsenal militar.

 

"The proposed figures are higher than spending at the height of the Vietnam and Korean Wars, and substantially more than the high point of the Reagan buildup of the 1980s," Hartung added. "And the Fiscal Year 2020 and Fiscal Year 2021 numbers are only slightly less than spending in 2010, when the United States had 180,000 troops in Iraq and Afghanistan, roughly nine times the number currently deployed."

 

(texto/inglês/excertos: July 26, 2019 by Common Dreams − imagens: themindunleashed.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:56

22
Jul 19

[Mamíferos e Irracionais – pelos vistos – como nós.]

 

hqdefault.jpg

“After Brexit, Tory leaders are hoping to strike a bilateral trade agreement with the USA that will begin the dismantling of the NHS, starting with a ban on price-controls for pharma and open doors for America's wasteful, cruel, useless health-care insurance mega-corporations.” (boingboing.net)

[Com Boris Johnson pronto a aceitar o Matadouro em que se transformou o não existente Sistema de Saúde Norte-Americano (agora de Donald Trump), substituindo o superior Sistema da Saúde do Reino Unido (o seu próprio país) − algo já tentado em Portugal na Saúde pelo nosso Guru da Contabilidade e das Agências Funerárias, de momento à frente do seu próximo intervencionado a CGD (preparando-a para a fase seguinte a do Coveiro)]

 

Dos cerca de 20 candidatos Democratas às Presidenciais − não aparecendo outros por exemplo um Milionário como DONALD TRUMP (e “refletindo-se no mesmo Espelho”) mas Democrata – com a disputa pela nomeação a resumir-se a uma luta entre 2 homens e 2 mulheres: com o herdeiro legítimo dos CLINTON a ser o favorito indicado (depois de “filtrado”) pelos Média: JOE BIDEN. E, no entanto (e incompreensivelmente ou não tanto) perdendo para DONALD TRUMP, cada dia que passa (e que se aproximam as eleições para PRESIDENTE).

 

Se o dinheiro angariado até agora por cada um dos quase vinte candidatos à nomeação Democrata para as Presidenciais de 2020, fosse um indicativo do

 

Candidato Democrata Mais Presidenciável

 

Candidato

Dólares Angariados (milhões)

Sondagem (%)

Última Economist/YouGov

Sondagem (%)

Média

RCP

PETE

BUTTIGIEG

24,9

6

4,8

JOE

BIDEN

22,0

25

28,4

ELIZABETH WARREN

19,2

16

14,6

BERNIE

SANDERS

18,0

12

15,0

KAMALA

HARRIS

11,8

11

12,6

CORY

BOOKER

4,5

3

1,8

Com DÓLARES, mas sem apoios QUALIFICADOS

(os Donos das Impressoras e os Donos das Armas)

nos EUA e politicamente não se indo a lado nenhum

(a tal história dos lobbies levando efetivamente – não sendo já uma realidade − à criação de um partido único, REP/DEM)

 

Sendo capaz de derrotar o atual presidente e Republicano, DONALD TRUMP (candidatando-se a um segundo mandato)

 

– Com a Guerra Civil instalada no interior do partido Democrata (“entre a fação CLINTON e a Outra”), levando à confrangedora falta de uma (sua/própria) estratégia política (relevante para a vida e quotidiano dos norte-americanos), à sua decadência progressiva como instituição de referência (ideológica e de intervenção) e até ao fortalecimento não desejado do tantas vezes solicitado como devendo (obrigatória e imediatamente) ser sujeito a Impedimento, o Presidente-Milionário dispensador de Intermediários (a Elite política de Washington) DONALD TRUMP (apenas se aproveitando dos despojos Democratas)

 

Então o

 

Candidato Eleito para Representar o Partido Democrata nas Presidenciais de 2020

 

snapshot.jpg

Brexit: The Hidden Danger of Chlorinated Chicken

“Why does the US have far higher rates of foodborne disease than the UK? Is chlorinated chicken safe? And will it be legalised in the UK as part of a US trade deal?” (boingboing.net)

[E depois das galinhas carregadas de antibióticos e provenientes da Índia, chegando a vez das galinhas cloradas norte-americanas (agora sendo comercializadas por Donald Trump), não respeitando as leis sanitárias de comercialização de animais na Europa e no entanto sendo Bem-Vindas (as Galinhas) por Boris Johnson entrando sem problemas para o menu da Ilha]

 

Seria (o desconhecido)

PETE BUTTIGIEG:

com quase 25 Milhões de Dólares angariados.

 

Seguindo-se (com mais de 10 milhões de dólares) JOE BIDEN (quase 22 milhões de dólares), ELIZABETH WARREN (pouco mais de 19 milhões de dólares), BERNIE SANDERS (18 milhões de dólares) e KAMALA HARRIS (a caminho dos 12 milhões de dólares).

 

E com outros nove candidatos (com Cory Booker à frente com os seus 4,5 milhões de dólares) a angariarem entre 2 e 4,5 milhões de dólares. Num total de 14 (de 20) angariando mais de 2 milhões (de dólares).

 

Como se pode ver pelo quadro dos (aqui 6) candidatos Democratas à nomeação Presidencial, com os fundos angariados a não coincidirem com as sondagens até aqui efetuadas sobre as intenções de votos dos eleitores DEM, com o peso de Pete Buttigieg (apoio financeiro) a não corresponder em nada (para tanto dinheiro) às expetativas da percentagem de votos, as de um candidato desde já derrotado.

 

Abrindo-se as portas e para já para 4 candidatos (entretanto podendo surgir um outro candidato, talvez mesmo providencial, estabelecendo uma outra ligação, entre as fações DEM atualmente tão fraturadas) certamente de entre eles saindo o adversário de Donald Trump: BIDEN (o “Filho Pródigo da Dinastia Clinton/Obama”), WARREN, SANDERS ou HARRIS, todos “Filhos do Mesmo Barco”.

 

snapshot 1.jpg

Made in the USA

For the moment only to UK

Em qualquer dos casos com os cidadãos do Reino Unido a não poderem dizer-se surpreendidos (quando concretizado o BREXIT) – por exemplo com o que se avizinha na Saúde a nível de Cuidados e Alimentar  − com a troca bilateral e preferencial proposta pelos USA ao UK:  caso estes se transformem (na prática e deixando a UE) no 51º Estado/Território Norte-Americano (tipo Porto Rico ou Havaí)

 

E dividido entre TRUMPISTAS ou ANTITRUMPISTAS, o Mundo que se cuide.

 

(imagens: Pindex/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:10

17
Jul 19

THE 4 HORSEWOMEN OF THE APOCALYPSE

5d2f05cedda4c8aa138b462c.JPG

 

Ayanna Pressley, Alexandria Ocasio-Cortez,

Ilhan Omar e Rashida Tlaib

As 4 Congressistas Norte-Americanas (Democratas)

Atacadas por Donald Trump (Republicano)

 

Depois da resposta de “4 Congressistas Democratas” (todas nascidas nos EUA exceto Ilhan Omar nascida na Somália) a afirmações às mesmas dirigidas pelo atual “presidente dos EUA Donald Trump” (nascido nos EUA e no presente casado com “uma estrangeira”)

 

Convidando-as a preferencialmente e no interesse das mesmas resolverem os graves problemas existentes nos seus países de origem (?) em vez de se intrometerem e perturbarem o “entusiasmante período de retoma e de sucesso (económico)” que com ele os EUA atualmente vivem e usufruem –

 

Acusando-o de RACISTA (levando à aprovação na Câmara dos Representantes de uma declaração condenando o Presidente pelo ataque racista às 4 Congressistas), eis que apesar das muitas críticas oriundas dos Democratas e com algumas mesmo tendo como remetente o seu próprio partido (Republicano)

 

Fired-up-Freshman.jpg

The president’s attacks were aimed at Democratic Reps. Alexandria Ocasio-Cortez (N.Y.), Rashida Tlaib (Mich.), Ayanna Pressley (Mass.) and Ilhan Omar (Minn.)

The first three were all born in the U.S.

Omar is a naturalized citizen who was a refugee from Somalia.

(zerohedge.com)

 

− Mas sabendo por outro lado contar com um apoio crescente por parte do seu eleitorado (e não só) podendo mesmo abrir-lhe a porta (em 2020) para um 2º mandato Presidencial –

 

Não resistindo e não se contendo Donald Trump (e ao contrário do que seria de esperar se “o tipo fosse normal”) volta a entrar em cena e a TWITTAR:

 

Inspirando-se nas afirmações (não sendo um original de Trump, apenas “sendo adotado” e anteriormente proferido curiosamente sem reações) de um senador Republicano ex-Democrata (John Kennedy) falando das Congressistas e apelidando-as como

 

As Quatro Cavaleiras do Apocalipse”.

 

mrz071319-line-1-5mb_orig (1).jpg

No matter how much Pelosi tries to push

AOC et al. out of the limelight,

they just keep coming back.

(zerohedge.com)

 

Mas sendo Donald Trump a falar (“ontem aproveitando-se dos negros, hoje das mulheres, amanhã podendo ser as crianças”), sendo todo o Lixo de aproveitar (desde que nos distraiam do que interessa, do essencial):

 

Mesmo que existindo dois partidos (só?), sendo de facto uma nação (ditatorial/estatal/soviética) de partido único.

 

Em mais um episódio deprimente da

(referência)

“Sociedade do Espetáculo Norte-Americana”.

(como o poderia ser de outro país qualquer, qualquer que fosse o bloco, qualquer que fosse o satélite)

Servindo-se de mulheres, como já se serviu de negros e como se servirá de crianças.

(ou seja, de minorias sem direitos/sem voz)

 

(imagens: Erin Scott/Reuters e @Ramireztoons/zeroedge.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:18

12
Jul 19

Com os parâmetros meteorológicos do mês de Julho a encontrarem-se um pouco alterados em relação ao habitual, originando um tempo mais fresco e uma temperatura da água do mar menos convidativa por mais fria neste início da estação do Verão – bem visível na movimentação dos turistas entre a  praia e a estrada na Região de Turismo do Algarve (incluindo ao centro Albufeira e tal como toda esta região, este ano com uma frequência média turística aparentemente ainda não consolidada) – do outro lado do Atlântico a maior potência Global − os EUA − impondo de momento (desde que TRUMP assumiu a liderança) múltiplas sansões a todos as outras Nações que no nosso planeta Terra se atrevem a desafiar a sua Autoridade e Supremacia (para os mesmos e até para os outros ainda Incontestável), vê-se por outro lado e inacreditavelmente (tal a sua tão propalada evolução científica como tecnológica) completamente nas mãos da Natureza – “mais uma vez” − e como tal (e como eles o reconhecem, sendo os representantes Deste na Terra) do seu criador DEUS:

 

175439.png

Tempestade tropical

BARRY

Atingindo os EUA este fim de semana

 

com uma tempestade oriunda do Atlântico aproximando-se da sua costa leste – a tempestade tropical BARRY. Uma tempestade tropical deslocando-se a uma velocidade de 8Km/h, com ventos podendo atingir velocidades superiores a 100Km/h e sendo acompanhada por elevada precipitação, podendo provocar grandes inundações − no Luisiana, no lago Pontchartrain, em torno do rio Mississippi: devido à sua lenta movimentação e à sua longa permanência com grande precipitação sobre zonas já saturadas, com as grandes inundações (como sempre neste tipo de eventos) a serem as maiores preocupações e possíveis causas de destruição e vítimas humanas. Com o estado de Alerta a ser declarado, restando aos norte-americanos aguardarem e rezarem. E com o mínimo sendo feito pelas autoridades responsáveis (onde está a prevenção, onde está o trabalho prévio, onde estão as organizações de solidariedade) sendo certa a presença da CNN e da FOX para nos mostrar o (“inevitável”) desastre. Sem se ver Guterres por perto, vestido ou em cuecas.

 

No presente com a situação a continuar a agravar-se, tendo-se já  iniciado (em toda a região do percurso projerado da tempestade BARRY) os necessários processos de evacuação.

 

(imagem: noaa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:31

28
Jun 19

“Nem querendo acreditar (pela 2ª vez)

com Donald Trump a poder ser reeleito em 2020.”

 

Com as próximas Presidenciais Norte-Americanas marcadas para 3 de Novembro de 2020 e com as primárias Republicanas (o partido do ELEFANTE) já resolvidas – com o atual presidente DONALD TRUMP candidatando-se pelos REP a um 2º mandato presidencial (2020/2024) – resta agora ao partido Democrata escolher nas suas eleições primárias o nomeado como candidato DEM (o partido do BURRO): entre cerca de duas dezenas de candidatos (apenas 1/3 sendo mulheres).

 

updatedrankings.jpg

Elisabeth Warren, Joe Biden e Bernie Sanders

(nada acontecendo até ao início das primárias, três dos potenciais vencedores à nomeação Democrata como representante do partido às Presidenciais de 2020, tendo do outro lado e como seu opositor o Republicano Donald Trump)

 

Neste momento antecipando o início das primárias DEM e com os seus candidatos já lançados (tendo-se mesmo já organizado um debate, entre dez desses candidatos), com as sondagens a apontarem para três deles destacando-se JOE BIDEN, BERNIE SANDERS e ELISABETH WARREN (já mais afastada KAMALA HARRIS e PETE BUTTIGIEG) – como se vê na tabela (seguinte):

 

Candidato DEM

Último Cargo

Última Sondagem

%

(Economist/YouGov)

Média Sondagens

%

(RCP)

Joe Biden

Vice-Presidente dos EUA

(2009/2017)

25

32

Elisabeth Warren

Senadora do Massachusetts (2013/presente)

19

13

Bernie Sanders

Senador do Vermont (2007/presente)

15

17

Kamala Harris

Senadora da Califórnia (2017/presente)

7

7

Pete Buttigieg

Presidente da Câmara de South Bend no Indiana

(2012/presente)

6

6,5

Beto O’Rourke

Congressista p/Texas

(2013/2019)

3

2

Tulsi Gabbard

Congressista pelo Havaí (2013/presente)

3

1

(RCP/realclearpolitics.com)

 

Tudo estando direcionado para um confronto final em Novembro do próximo ano entre DONALD TRUMP pelos REP e JOE BIDEN pelos DEM (de outros que não REP ou não DEM nunca se ouvindo ou falando, por obvia e realmente não existirem e nada significarem), no início do Verão de 2019 em confronto direto com qualquer dos cinco principais candidatos DEM com todos eles nas sondagens a derrotarem TRUMP (o candidato REP) com a maior vantagem para BIDEN ou SANDERS (10%) − mas com Donald Trump andando já (para quem está assim tão mal) pelos 45% a 48% das intenções de voto (ainda em 2019 para as eleições de 2020).

 

Um resultado muito equilibrado quando se sabe que TRUMP venceu em 2016 apenas com 46% (contra os 48% da derrotada Hillary Clinton). Continuando as coisas como estão talvez uma indicação para um segundo mandato presidencial (o que dado todos os antecedentes, será a conclusão mais normal) de DONALD TRUMP.

 

(imagem: REX/Shutterstock/rollingstone.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:12

26
Jun 19

“Any attack by Iran on anything American will be met with great and overwhelming force.

In some areas, overwhelming will mean

OBLITERATION.”

(Donald J. Trump/@realDonaldTrump)

 

con_wallpaper_airforce_europe.jpg

WW3

Jogos de Guerra

(de Virtuais a Reais)

Com o Presidente dos EUA a ameaçar

OBLITERAR o Irão

 

Face à “não compreensão” por parte da liderança do Irão das “palavras bonitas e expressas com compaixão por parte dos EUA”, a ameaça feita por Donald Trump – pondo de lado acordos e diálogos e recorrendo à Força (das Armas) e ao Poder (do Dólar) − de “fazer avançar de imediato o seu fabuloso investimento (feito nestes últimos dois anos) de 1,5 Triliões de Dólares (na sua Poderosa Força Militar)”. Depois de Barack Obama com Donald Trump a arriscar-se a ser reeleito (para um 2º mandato Presidencial) e talvez mesmo (porque não, se até Obama o conseguiu) a ganhar o prémio Nobel da Paz.

 

Então sim deixando os Falcões (como John Bolton) − ligando o Estado Profundo à Administração da Casa Branca, através do Complexo Industrial-Militar − de mãos-livres e prontos a entrar em ação: podendo terraplanar o Irão, cometer mais (um Genocídio) um Crime de Guerra e partir definitivamente para a (de momento com o arranque temporariamente suspenso) WW3.

 

(imagem: conflictnations.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:49

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO