Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

03
Nov 19

[Tendo como protagonistas, gigantes como o Facebook e o Instagram (e para outros do outro lado tendo a RT).]

I

 

 

mind-controlled-robotic-arm-900x600.jpg

Tal como no passado com a descoberta do Fogo se deu o salto civilizacional que nos conduziu ao Homem Moderno – ao SUJEITO − no Presente e com a ascensão do poder do Objeto sobrepondo-se ao do Sujeito (tentando-o transformar num subobjecto), para além do mesmo se refletir no Espelho, podendo agora refletir-se numa Máquina: e tal como o seu (da Máquina) hardware funcionando à base da Eletrónica/Informática e de Energia Eletromagnética e apoiado por um processador (e memórias) e respetivo software aplicativo, num Futuro cada vez maia “” sendo desnecessários sendo descontinuados e progressiva e silencioso extintos (talvez colocados num Museu). Apenas porque o HOMEM quis transformar a MÁQUINA naquilo que ele nunca foi ou será: porque limitado a esta projeção (podendo até ser o único ser vivo e inteligente em todo o Universo) ser IMORTAL.

 

Num Tempo da História do HOMEM em que o próprio (individual e/ou coletivamente, conforme isolado ou pertencendo a um coletivo), debatendo-se com problemas existenciais e de consciência (previamente implantados na sua Mente e disponibilizando essa “linha de pensamento”) envolvendo a Futura (se não Presente) ASCENSÃO das MÁQUINAS – dados os avisos constantemente divulgados através dos filmes e das séries ditas de Antecipação Científica ou de SCI-FI, envolvendo ROBOTS e outras entidades CIBERNÉTICAS, com estes(as) descontinuando progressivamente o Homem (conforme a sua geração, idade e adaptação à nova Realidade), substituindo-o por ROBOTS-HUMANOIDES e assumindo “o Controlo e o Poder– olhando para o Futuro, “nem repara (não quer ver) sequer no que já se passa no Presente”: não estando a MÁQUINA PERFEITA  (o Hardware, à imagem do Homem) ainda pronta, pondo-se desde logo a correr os seus programas, entre eles o do ALGORITMO (ou seja o SOTWARE), com o único problema a residir (e sendo ENORME) no descontrolo do mesmo, dado ter origem BIO, dirigir-se a um BIO, mas sendo executado por uma MÁQ, sem cérebro e apenas (respondendo) com reflexos condicionados. E da mesma forma que tomada a rédea do poder o ALGORITMO hoje e mecanicamente se assume − metendo-se nos assuntos de “SEXO e de NUDEZ dos SERES HUMANOS” – amanhã com novas prioridades e justificando-se no mesmo Algoritmo − ou noutro qualquer (sem um cérebro ou outro tipo de processador que o controle) − podendo lançar-nos num Apocalipse por exemplo NUCLEAR: bastando para tal censurar, assumindo o que o HOMEM (incluindo TRUMP) não conseguiu, ou seja, “carregar com convicção (eCONSENSO”) no célebre e decisivo Botão”.

 

II

 

5db9b2cb85f540288e52e7eb.jpg

Com a exploração/abuso na utilização de crianças

− De que o sexual exercido p/ adultos é apenas uma forma extrema –

Entendendo-se tudo como normal, n existindo contraditório e p/ “consenso”,

Passando-se à fase seguinte da banalização

(Permitido)

 

Feliz ou infelizmente usufruindo da RT – Russia Today, um canal estatal russo de televisão – ficando-se mais a par (de uma “Outra Visão”) de muito do que (encontrando-se numa zona “de sombra ou de obscuridade”) se passa no Ocidente (visto do Oriente): tal como certamente o estaria um Oriental querendo saber algo sobre a sua metade do Hemisfério (Oriental), tendo para tal de recorrer ao seu oposto (em longitude) o Ocidente. E desta premissa (ponto de partida) chegando-se segundo à RT ao problema da “Censura e Aproveitamento Sexual (fatores interligados, tendo como denominador central e comum, a detenção e exercício do Poder), neste caso − e achando eu ser muito mais grave, pois utilizando entre outros crianças – podendo (devendo) a sua utilização ser equiparada ao nível de crime de “Abuso de Crianças” ou no seu caso extremo (envolvendo interesse sexual) de “Pedofilia”.

 

snapshot.jpg

C/ o Algoritmo em velocidade de cruzeiro (nem mesmo um “Icebergue Trumpista” o detendo), a certeza de que tudo o que se colocar no seu caminho, será levado à sua frente, tal como c/ uma onda de tsunami – s/ hesitações ou recuos, como neste caso, onde a nudez e indiretamente o sexo (“as mamas”) estão presentes

(Proibido)

 

No caso referido no site da RT e envolvendo EMOJIS (um vegetal e uma fruta, um sugerindo pelos vistos sexualmente o género masculino, o outro o feminino) − uma imagem equivalente a uma palavra, utilizada em mensagens/páginas na internet – com a poderosa dupla norte-americana dominando (com outros grupos dos Média/Comunicação Social) o seu respetivo mercado (incluindo as Redes Sociais) − o FACEBOOK e o INSTAGRAM – invocando justificações demonstrando “falta de cultura e de memória(para não dizer vergonha pela hipocrisia, ao não responder “servindo quem?”) colocando no mesmo saco “SEXO  e NUDEZ (ignorando a presença do sujeito, como se “sexo & nudez” fossem “uma e a mesma coisa”),  infelizmente e como sempre segundo o ponto de vista de um determinado e restrito nível etário, dominante, certificado e formador (ou “dando-a em concessão aos fiéis”): e assim proibindo a publicação de emojis associados a temas eventualmente podendo (segundo eles) estar associados a sexo/nudez (seja o que isso for para eles ou para o respetivo Algoritmo, desconhecendo-se a identidade do operador do terminal) – como por exemplo (informação RT) com um vídeo educacional falando do cancro da mama (seios à vista), com (proposta minha) Ticiano e a sua pintura “Vénus de Urbino (mulher nua e na cama), ou então e porque não, com (iniciativa que poderia ser Democrata, recorrendo a um Whistleblower-Paparazzi) Trump em fato de banho mostrando algo que não deveria (podendo tal servir, para ajudar ao Impeachment)

 

5dbc2ab2203027171165fdef.jpg

EMOJIS censurados

(pelo Facebook e pelo Instagram)

− Quando inseridos num contexto de “Sexo e/ou de Nudez” –

Por incentivarem as pessoas às práticas sexuais

(Proibido)

 

Enquanto por OUTRO LADO (a outra face da mesma moeda, pelo menos tendo passado pelo filtro, do infalível Algoritmo) permite a Visualização da Exploração e Abuso de Crianças Tornadas Protagonistas de Programas e Shows de Adultos (adultos esses cansados de se verem retratados por bonecos ou por outros adultos que não eles, e virando-se por facilidade e ausência de limites para os ainda desprotegidos e inocentes), violando-lhes e arruinando-lhes a juventude, como se fossem “Coisas (como nós) em Exposição”, para o continuar do bom funcionamento da (cada vez mais eficaz) cadeia de produção” – como por exemplo (informação RT) com um espetáculo em que uma “Transformista Canibal (completamente ensanguentada) retira à facada um recém-nascido do seu ventre enquanto vai bebendo o sangue (derramado), ou ainda com um espetáculo em que uma criança e à nossa imagem (dos adultos, muitos deles os pais) se submete a uma Metamorfose dita momentânea mas deixando as suas marcas (na ânsia e no desespero pela Fama e pela Visibilidade, tal como com o sucedido com o Euromilhões e esta Sociedade, mais que esmagadoramente por nenhum de nós alcançado) com a Criança num segundo sendo JOVEM (sinal de fraqueza) para no seguinte sendo VELHA (sinal de riqueza).

 

Espetáculo simulando um recém-nascido tendo sido sujeito a um aborto, recorrendo a facadas por parte de uma enlouquecida e completamente ensanguentada “Drag Queen Canibal”, no final exibindo-o e bebendo o seu sangue

(Permitido)

 

Violada nos seus direitos (pelos criminosos, violadores e pedófilos, sejam eles físicos ou mentais) e impondo-se-lhes falsos deveres (por aqueles que hoje dominam o Mundo); ou por exemplo, finalmente (já agora e estando em curso) e dada a pertinência dos temas (não tanto de debate, mas de rápida aplicação, sejam quais forem as consequências), no presente “bem na Moda” − junto com a palavra Consenso (nunca Unanimidade, mais reacionária) – introduzindo falsos problemas existenciais (de adultos) na cabeça das criancinhas, primeiro lançando-lhes para cima (da “moleirinha” das suas ainda débeis cabeças) com as casas de banho (para um, para todos, para nenhum, à escolha), para depois e como se já não chegasse (atirando-lhes com o equipamento), questioná-las sobre o seu sexo. E olhando para eles numa sala sem espelhos (não fosse as crianças terem dúvidas) − e estando “tudo louco” − questionando-os: “Queres ser Menino ou Menina”?

 

(imagens: Carnegie Mellon University/mathworks.com − rt.com − Cancer Focus NI/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:56

14
Abr 19

ALERTA GLOBAL

(para este Domingo)

 

Talvez numa ação de Guerra Cibernética concertada contra a Excecionalidade Norte-Americana, russos e chineses “os invejosos do costume” (talvez mesmo contando com iranianos e norte-coreanos) estarão certamente implicados neste acontecimento extremamente intrusivo e provocatório. Deixando-nos logo a pensar (obviamente preocupados) onde se realizarão agora Eleições (de modo a poderem ser Manipuladas sabendo-se bem por quem).

 

redes-sociais.jpg

 

“Facebook, Instagram, and WhatsApp

are down for users around the world”

(Tom Warren/The Verge/14.04.2019)

 

Numa CRISE Mundial (com precedentes – 13.03.2019 pelas 11:00 AM) despoletada desde a madrugada deste domingo (06:30AM), afetando três das FERRAMENTAS fundamentais para a manutenção das nossas relações Sociais e Civilizacionais (atuais) e sendo no decorrer deste quotidiano pré-programado (que não por nós e por tantas vezes monótono, senão mesmo miserável) observadas e relevadas (senão mesmo transformadas num ícone) como três dos PILARES básicos (pelas novas Gerações ferramentas cada vez mais interiorizadas como impossíveis de descartar) deste Mundo assente no planeta TERRA – o WHATSAPP, o FACEBOOK e o INSTAGRAM – milhões de UTILIZADORES espalhados um pouco por todo este planeta (expectavelmente e como espécie inteligente e organizada por muitos já considerada como o nosso ponto de partida) viram-se repentinamente e sem aviso (sem hipóteses de substituir por indiferença/desconhecimento esse Espaço/Tempo por outro, mesmo que virtual) desligados da (sua/desta) REALIDADE, isolados da mesma pela falha de três simples APLICAÇÕES informáticas, transmissoras (apenas) de som e de imagem.

 

De um momento para o outro (e logo a um fim-de-semana onde muitos dos serviços de apoio não funcionam) com MILHÕES vivendo neste Ecossistema a terem de lutar pela sua SOBREVIVÊNCIA, não tendo como Comunicar (eficazmente) com a sua REDE de sustentação.

 

“Facebook, Instagram, and WhatsApp are all experiencing issues this morning for users worldwide. Facebook and Instagram are both inaccessible, with news feeds refusing to refresh and the main Facebook.com domain unavailable. WhatsApp messages aren’t being sent or received, and users of Facebook’s main services (Facebook owns Instagram and WhatsApp) have headed to Twitter to share that they’re having issues. Messenger, Facebook’s chat service, is also down.”

(Tom Warren/The Verge)

 

800-2.png

 

Provavelmente para muitos e muitos milhões (afinal de contas somos mais de 7,5 biliões) um Acontecimento Global relevante, mas para o WHATSAPP, o FACEBOOK e o INSTAGRAM − e seus operadores/utilizadores (nunca se falando por acaso/coincidência dos Donos diretamente das Empresas e indiretamente de Nós) − apenas um pequeno problema técnico resolvido nas próximas (talvez) 24 horas (tal como no episódio anterior). Mas com o principal aspeto (do problema/solução informática, MAS NÃO SÓ) a não residir por aí (para tal chamando-se um técnico como diríamos um especializado), assim como sendo incompatível (a repetição do mesmo evento) com a solução adotada: tudo residindo no circuito (tóxico e propositadamente aditivo) PRODUTOR/CONSUMIDOR (entre eles de Conteúdos) – com uns fornecendo a seringa e o respetivo conteúdo (com concessão legal e fazendo-o oficialmente) e com os outros por vezes em fila (desesperados e perdidos) esperando por uma snifada ou então injetada.

 

Há dois anos:

“WhatsApp, Facebook addiction is as bad as cocaine craze”

(Priya Pathak/ indiatoday.in/10.04.2017)

 

E esperando

(como sempre delegando nele o nosso Poder)

pelo poderoso Big Brother.

 

Última Hora:

 

[Felizmente por esta hora (15:00) e para os mais adictos, com as três aplicações a voltarem progressivamente à normalidade (durante este domingo): e assim podendo-se ir mais descansado para casa e para mais uma bela semana (na companhia dessas três aplicações) de trabalho.]

 

(techtudo.com.br e exoplatform.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:14

06
Jun 18

[Com uma das suas principais entidades patronais e financiadoras ‒ o Governo dos Estados Unidos da América ‒ a poder assumir face ao momento da inopinada redescoberta das Fake News, posições diametralmente opostas.]

 

Se ainda tens dúvidas sobre as diversas plataformas privadas que enchem as vias da WEB com múltiplas (e estrategicamente distribuídas) Estações de Serviço prontas para nos informarem, orientarem e dirigirem,

 

‒ Sempre graciosamente (sem custos para o utilizador tal como inicialmente as SCUT em Portugal)

 

aHR0cDovL3d3dy5saXZlc2NpZW5jZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMD

 

Basta olhar para o contrato estabelecido entre a Google (uma organização privada aparentemente trabalhando para a sociedade civil) e o Pentágono (uma organização governamental colaborando com os militares através do Departamento de Defesa Norte-Americano),

 

Com os primeiros a oferecerem indevidamente dados pessoais/privados (recolhidos para utilização civil e para sua exclusiva utilização e usufruto social e cultural) e entregando-os,

 

‒ Mais corretamente comercializando-os para benefício próprio, logo com custos mesmo que indiretos para o utilizador (curiosamente tal como cá sucedeu com as SCUT começando a ser pagas)

 

Nas mãos dos Militares:

 

Facilitando-lhes a vida no reconhecimento aéreo e na sua respetiva aplicação militar,

 

‒ Através do uso desse Software preciso, geográfico, localizador e ainda-por-cima sendo periodicamente atualizado

 

Numa das suas áreas de combate sem tropas no terreno e à distância (de modo a evitar envio de tropas e as respetivas explicações para as vítimas mortais no campo de batalha entre os norte-americanos) e desde o anterior Presidente (Democrata) muito em voga,

 

Dada a excelente razão nº de vítimas/nº de assassinos e sendo o segundo a unidade, tentendo o valor final para infinito

 

Utilizando os já famosos (e extremamente mortais por matarem tudo em redor culpados e inocentes) Drones (Os Filhos Bastardos de Obama).

 

E assim depois do Facebook,

 

‒ E da sua opção comercial pela partilha (não autorizada e como tal ilegal) de dados comerciais dos seus utilizadores (sigilosos)

 

Photo-of-Brain-in-Hands.jpg

 

Poder ser colocado sob problemas judiciais dada a sua política (aplicada) de privacidade da empresa,

 

(depois do rebentar do escândalo Cambridge Analytic ‒ Utilizando indevidamente dados de quase 90 milhões de utilizadores do Facebook ‒ respondendo ao Congresso Norte-Americano, ao Parlamento Europeu e agora sendo acusado de partilhar igualmente dados com empresas chineses)

 

E recordando já problemas anteriores (ainda persistindo) tidos com gigantes do mesmo ramo e nacionalidade como a Microsoft (eletrónica e informática Made in USA),

 

‒ Para já não se sabendo nada de especial sobre outras plataformas como o presidencial Twitter

 

Surgindo agora a Google e o seu papel (desempenho) Militar numa plataforma Civil.

 

Face a possíveis questões legais (e consequências criminais) podendo colocar em questão (a muito curto-prazo) essa sua opção,

 

‒ Por exemplo (e tendo a si como objetivo) divulgando os seus dados pessoais (e ideias) sobre religião, política, amigos e vida social (entre outros)

 

Tomando agora em consideração o aviso (o cerco aperta-se em torno de Zuckerberg) e prometendo tomar medidas (futuras e preventivas).

 

Mas de novo com o Congresso Norte-Americano à perna (motivo: os chineses da Huawei).

 

(imagens: iStock/Getty Images Plus/livescience.com ‒ poweredbyintuition.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:00

26
Mar 18

Que nem precisa de investigar ‒ já que o investigado faz por sua própria iniciativa o serviço desta (ainda-por-cima ficando feliz desconhecendo o que o espera) ‒ condenando-se sem o saber devido a fórmulas secretas mais mágicas que matemáticas.

(e usado o algoritmo podendo desde logo ser colocado na infame Lista Negra)

 

105074018-GettyImages-669889778.530x298.jpg

 

Para quem ainda pensava que as Agências de Segurança dos Estados Unidos da América (no ativo) se limitavam apenas a umas 16 (dedicadas à Segurança Nacional e à Política Externa) sendo todas de iniciativa Governamental,

 

‒ Algumas das mais conhecidas (e por vezes colidindo na ação) sendo a CIA e NSA para além do FBI, da HS, da DEA, do Pentágono, entre muitas outras ‒

 

Teria forçosamente que esperar que para além destas (as Agências Governamentais) e estando-se perante um país dando a prioridade absoluta à Iniciativa Privada (na Economia, nas Finanças, na Saúde, na Educação, como até na Segurança e na Defesa),

 

‒ Como no sector da Segurança a DirectDefense, o Beacon Group, a KnowBe4, a Bedrock e a Cylone, entre outras ‒

 

Muitas outras organizações de âmbito Público como Privado e trabalhando nessa mesma área (direta ou indiretamente ligadas à Segurança e à Defesa), estariam particularmente interessadas na exploração desse Filão (aglutinando na concretização do seu objetivo patriótico e de Supremacia Global os dois maiores produtos de Exportação e Dominação dos EUA o DÓLAR e as ARMAS):

 

facebook_algorithm-1.jpg

 

No exterior do seu território armando os seus exércitos com dólares para comprar os traidores (aos seus países) e com armas para eliminar os opositores (às suas ideias),

 

‒ Só nos últimos anos (e falando-se apenas dos casos mais mediáticos) podendo-se referir o Iraque, a Líbia, a Síria, o Iémen (o mais recente, um dos piores e com Guterres ausente) todos territórios terraplanados (infraestruturas básicas reduzidas a escombros), originando milhões de mortos (Iraque), com genocídios em curso (Iémen) e sempre com os terroristas pró-ocidentais (de longe os piores e levando à letra a definição) presentes como a AL-QAEDA e o ESTADO ISLÂMICO (criados e financiados pelos EUA/Arábia Saudita)

 

E no interior do mesmo território (nos diferentes estados e outros territórios sob soberania dos EUA) armando as suas forças de intervenção interna (policiais e de segurança) de modo a eliminarem opositores e minorias, assim delineando (pensando/desejando) manter (pelo menos na cabeça dos seus dirigentes) tudo (mesmo que virtualmente) na mesma, ou seja superficialmente tranquilo,

 

‒ Apesar de noutras áreas (quando lhes interessa e a nós não) falarem constantemente do que poderá estar debaixo da ponta do Icebergue (mesmo que não dando importância a certos temas importantíssimos como o caso do Degelo a ocorrer nos Polos e as consequências já visíveis do Aquecimento Global) aqui com essas mesmas autoridades (ou responsáveis privados subsidiados para tal pelo estado) e simultaneamente (além de manipularem) tentando até esconder o que para todos é mais que uma Evidência (entrando pelos olhos dentro de quem apenas quer ver):

 

Delete-Facebook-Whatsapp-cofounder.jpeg

 

Olhando apenas para os títulos da Comunicação Social (ditos ocidentais mas devido a contradições inerentes ao próprio Sistema/Estrutura ‒ hierárquica ‒ impossibilitados de Controlar tudo) divulgados nos últimos dias um pouco por todo o Mundo (constatando-se mais uma vez o longo braço-da-lei norte-americano ‒ aparente e maioritariamente aceite) e no Momento (uma nova criação e estratégia de intervenção temporária, não criativa e sem consequências visíveis e como não poderia deixar de ser Made in USA) referidos a uma Instituição Privada, ligada (eventualmente) à Sociedade Civil e aos MEDIA/REDE VIRTUAL,

 

Com o FACEBOOK (a rede social virtual criada em 2004 pelo milionário norte-americano Mark Zuckerberg/com uma fortuna estimada no início deste ano de 2018 em 76 mil milhões de dólares),

 

‒ Já no ano de 2011 sendo vítima de uma falha de segurança permitindo a divulgação de dados privados (espantosamente sobre o próprio Mark Zuckerberg) deixando logo ali muitas dúvidas no ar (induzindo-nos a pensar se outras organizações governamentais/privadas pudessem estar ou não associadas e acabassem por divulgar inadvertidamente ou não esses dados)

 

A voltar a estar nas bocas do Mundo precisamente pelos mesmos motivos (“falhas” de segurança) e levando agora não só à suspeição (da sua possível ligação/colaboração retribuída a Agências Governamentais de Segurança como por exemplo a NSA) como também à indignação (por certamente sabendo-o, nada ter feito entretanto para o evitar, satisfazendo como o já deveria ter feito, os seus mais de mil milhões de usuários/clientes).

 

file-20180320-31624-13znwph.jpg

 

Como se pode ver pelos títulos seguintes (três portugueses e dois estrangeiros) e até com um outro (contando com a participação de Putin) encostando o Facebook à parede (à Rússia como se fosse um Troiano), vislumbrando-se um Cenário Negro (pelo menos no curto-prazo) para os lados de Zuckerberg (ou não tivesse este segundo os Democratas e talvez pelo seu algoritmo ‒ qual seria o de Hillary? ‒ pretensamente ajudado Trump),

 

‒ Em rumo de Colisão e/ou de Obstrução:

 

Facebook guarda registo de chamadas e SMS nos telemóveis

(observador.pt)

 

Apagar o Facebook não resolve o problema

(jn.pt)

 

Só o Facebook é que não sabia...

(publico.pt)

 

People are outraged to learn Facebook scraped text and call data from their phones

(businessinsider.com)

 

In Today’s Digital World, Is It Possible To Just #DeleteFacebook?

(thequint.com)

 

The Kremlin's divide-and-conquer strategy looks to be underway, and Facebook is its Trojan horse

(abc.net.au)

A preferida de Miguel Sousa Tavares

 

E chega de porcaria (mesmo que com zeros e uns) deixando-a ao cuidado do Algoritmo (de Mark Zuckerberg).

 

[PPP: Parceria Público-Privada]

 

(imagens: cnbc.com/Getty Images ‒ sproutsocial.com ‒ readersfusion.com ‒ theconversation.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:12

10
Ago 11

Hacker group Anonymous promises to kill Facebook

 

The hacker group known as Anonymous reportedly has a new target – Facebook

 

"If you are hactivist or a guy who just wants to protect the freedom of information then join the cause and kill Facebook for the sake of your own privacy."

 

"Everything you do on Facebook stays on Facebook regardless of your privacy settings, and deleting your account is impossible."

 

"Think for a while, and prepare for a day that will go down in history."

 

"This is our world now. We exist without nationality, without religious bias. We have the right to not be surveilled, not be stalked, and not be used for profit. We have the right to not live as slaves."

 

Anonymous allegedly told the FBI earlier this year: "Your threats to arrest us, are meaningless to us as you cannot arrest an idea. There is nothing - absolutely nothing - you can possibly to do make us stop."

 

The Huffington Post

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:45

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO