Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

02
Ago 18

[Uma boa História de Verão.]

 

How does one duck come to care for nearly 80 ducklings?

(Brandon Specktor/livescience.com/31.07.2018)

 

aHR0cDovL3d3dy5saXZlc2NpZW5jZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMD

 

Uma pata (uma ave tanto de água doce como de água salgada) residente no lago BEMIDJI localizado no estado norte-americano do MINNESOTA (EUA) foi nos finais do mês de Junho apanhada pelo fotógrafo da Natureza Brent Cizek (brentcizekphoto.com) a passear muito tranquilamente sobre as suas águas (do lago) na companhia dos seus 76 filhos.

 

Um fantástico bico-de-obra para esta verdadeira e grande-mãe de família, sabendo-se dos 76 bicos de ave tendo que a mesma terá (forçosamente) que alimentar: numa verdadeira visão (devido à raridade de se ver e à beleza de livremente se usufruir) oferecida ao observador – quando (Brent Cizek) se deslocava no lago num pequeno barco – posto perante uma procissão (flutuante) semelhante a um exército (de 1+76 indivíduos) comandado pelo mais graduado (a mãe) e logo seguido pelos outros (os filhos aqui os patinhos).

 

Para os especialistas (no estudo das aves e particularmente destes animais da família Anatidae – ao qual também pertencem gansos e cisnes) sendo naturalmente incompreensível (ou mesmo impossível) o número de filhos da Mãe-Pato (76) – sendo normal de 20/30 mas raríssimo (se não mesmo notável por inacreditável) acima de 50 – levantando-se aí duas hipóteses para a explicação e entendimento deste verdadeiro (e estranho) Fenómeno (dado na Natureza tudo tendo solução): e tal como o ocorrendo entre HUMANOS a ser um caso de RAPTO (para nós sendo ilegal) ou então de ADOÇÃO (assim sendo legal). Será que os PATOS têm valores Éticos (já que nem sequer andaram na Escola)?

 

Mas ocorrendo na Natureza (e como vimos e sabemos fazendo parte dela) tudo tendo (uma simples) explicação:

 

“So, a mixture of Mama's actual kids plus some unplanned egg adoption might account for 20 or so of the ducklings trailing her around Lake Bemidji, but what about the other 56?  They may be enrollees in a sort of duckling day-care system called a crèche, David Rave, an area wildlife manager who oversees the Bemidji region for the Minnesota Department of Natural Resources, told the Times. In a crèche, female birds entrust their newborn young into the care of an older, wiser female — sort of like a great-grandmother, Rave said. This elder babysitter is usually experienced in raising young and doesn't mind taking a few hatchlings under her wing while the little tykes' parents go off to do important adult bird things, like molt their feathers.” (Brandon Specktor/livescience.com)

 

(imagem: livescience.com e brentcizekphoto.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:35
tags: , , ,

26
Fev 14

“Pode ter vivido no Reino de Marrocos – tão perto de nós – o recordista mundial de todos os tempos em número de filhos: trata-se do sultão marroquino Moulay Ismaïl que reinou entre os anos de 1672 e de 1727, estimando-se que tenha deixado uma descendência de 1.171 filhos”

 

Este marroquino foi o primeiro grande sultão da dinastia Alaouite a reinar em Marrocos (este dinastia ainda controla actualmente o país) sendo para além disso o recordista na permanência no poder – 55 anos. Considerando-se como descendente de Maomé o fundador do Islão, este sultão exerceu o seu poder duma forma violenta e sanguinária acabando por ficar conhecido pelo seu “estilo vingativo e sedento de sangue”: contando com o apoio e a força de um exército por si criado e composto por mais de 150.000 homens, ninguém no reino de Marrocos se atrevia a criticá-lo ou contestá-lo ou o seu destino seria inevitável – como o comprova logo no início do seu reinado o assassinato de centenas de chefes inimigos e os mais de 30.000 mortos durante o cumprimento do seu mandato real e divino.

 

Reino de Marrocos – Sultão Moulay Ismaïl

 

No entanto além de ser um animal extremamente violento e sanguinário também era – como acontece com muitos outras espécies animais – um excelente exemplar de reprodutor. Sendo já um dos protagonistas do Guinness Book of World Records devido aos seus 888 filhos, eis que agora um grupo de investigadores especialistas em modelos de concepção, vem levantar a hipótese já anteriormente admitida do número de filhos do sultão ser um pouco superior ao milhar: mais precisamente 1.171 descendentes. Apesar de existirem algumas interpretações diferentes sobre a fertilidade das mulheres nessa época da história e das civilizações, os cientistas não deixaram de fazer os seus cálculos para a obtenção final dum número de indivíduos igual aos mencionados 1.171, chegando à seguinte conclusão: Moulay Ismaïl ter-se-ia relacionado sexualmente 1 a 2 vezes por dia durante pelo menos 32 anos da sua vida com perto de cem mulheres (um pouco mais, um pouco menos, dependendo da disponibilidade reprodutiva das mulheres em questão). O que não deixa de ser uma hipótese de fácil aceitação, dado o número de mulheres e concubinas postas à disposição no harém do sultão.

 

(dados e imagem – livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:24

28
Nov 11

Os criminosos de guerra apropriam-se de tudo, até da inocência das crianças, para as limitarem a um simples termo e tempo de irresponsabilidade, não reproduzível num mundo de constante violência, exercida maioritariamente pelas próprias instituições que as deviam proteger – para continuarmos uma infância imbecilizada e alienada, foram criados as crianças artificiais, bonitas como a Barbie ou horrorosas como os transformers.

 

Notícias Recentes dos Sem Vergonha:

Crianças pobres e com fome, sem pequeno-almoço!

(resultado de debate orçamental, com vitória PSD-CDS)

 

Grande pequeno e pequeno Grande

 

O que ainda temos e que devemos respeitar e defender até morrer.

Por respeito para com a vida e para com todo o mundo que nos criou e transformou.

Ou já esqueceram que nós somos apenas um fio condutor, mas importante, de todo este processo de vida?

Sem nós não haveria passado nem futuro, somente um presente sem sentido.

Mesmo sem memória e cultura, devemos aos nossos filhos, o direito à vida e ao mundo, que criamos e em que os lançamos.

Um sorriso é a melhor maneira de descrever a vida!

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:50

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO