Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Mai 17

Um ser marinho capturado na localidade filipina de Lopez Jaena, nas proximidades do Misamis Occidental Aquamarine Park (a cerca de 40Km), provavelmente num golpe publicitário de modo a atrair mais turistas.

 

“A fish with strange yet intricate tattoo designs in its body was found by the fishermen in Mindanao.”

(philnews.ph)

 

18221854_10155111408221977_2576728988659276380_n.j

Filipinos

 

Numa prova de que todas as nossas ações podem vir a ser descobertas pela simples demonstração ativa de uma qualquer espécie animal vivendo connosco no interior do nosso ecossistema, eis como um simples peixe vindo do interior da grande extensão oceânica que cobre a maior parte da superfície terrestre (utilizando uma produção nossa mas estranhamente impressa no seu próprio corpo) nos fala das condições do mundo e da nossa futura extinção: certamente com a poluição oceânica a revindicar as suas primeiras vítimas.

 

It may be that the design on the body of the fish had come from the design of the plastics and garbage being thrown in the ocean.

(philnews.ph)

 

18268638_10155111408216977_8320210595551534718_n.j

Filipinos

 

Um peixe apanhado por um pescador filipino (Mindanao) e em tudo normal para o seu captor, mas apresentando uma tatuagem estranha (por deslocada) bem impressa na sua pele. Tornando-se viral na internet e suscetível das mais variadas interpretações: desde o mesmo pertencer a um grupo de gangsters vivendo no oceano, a ser um sinal de que algo de relevante virá aí (um Evento) ou a ser apenas mais uma vítima dos plásticos atirados ao mar (e da tinta neles impressa).

 

20110315_634357784070474129.jpg

Chineses

 

No entanto e como acontece em muitos dos setores associados à produção e comercialização mundial ‒ com os chineses já lá vão mais de seis anos ligados à promoção do peixe-tatuado e à sua difusão ‒ com a moda de tatuar peixes (com um laser) a já ter estrado em alta (na China) com o peixe-papagaio.

 

(imagens: facebook.com/GMA News e Marga Zambrana/EFE/globo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:01

12
Nov 13

Será a Natureza a responsável por estas cada vez mais frequentes tragédias humanas, as quais já se estendem por todo o globo terrestre não escolhendo países ricos ou pobres? Ou não será o Homem o único causador e propiciador destes trágicos fenómenos naturais, unicamente preocupado com o sucesso e lucro extremo particular e descartando-se dos cada vez mais desvalorizados humanos, vistos agora como um produto substituível e de desgaste rápido?

 

 

Ainda há pouco tempo sujeitos a um forte tremor de terra que terá provocado mais de 350.000 desalojados na região e a chuvas intensas que terão dado origem a grandes inundações e deslizamentos de terra, os Filipinos vêm-se agora com a chegada dos habituais tufões anuais carregados de ventos fortíssimos e de grande precipitação.

 

 

Depois do tufão Haiyan ter provocado na sua passagem pelas Filipinas um tremendo rasto de destruição e de devastação causando mais de 10.000 mortos e 1.000.000 de desalojados – incluindo uma grande percentagem de crianças – eis que nova tempestade se aproxima desta região já tão sofrida e castigada, enquanto ainda decorrem esforços tremendos de salvamento e de limpeza por toda a região afectada.

 

 

Segue-se agora a tempestade Zoraida, que já se encontra em aproximação a este martirizado país asiático – lembrando que o tufão Haiyan com ventos superiores a 300km/h é já considerado o maior até hoje registado a nível mundial, superando de longe outras grandes tempestades e afectando uma enorme área de território (superior por exemplo 3x o território alemão).

 

(imagens – huffingtonport.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:43

Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO