Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Dez 18

Iniciado a 27 de Julho com a disputa do MASTERS de RIGA (vitória na final do australiano Neil Robertson batendo o inglês Jack Lisovski por 5-2 – prémio para o vencedor de 50.000£) realiza-se hoje (domingo 16 de Dezembro) a final da 10ª prova da época (2018/19) contando para o Ranking Mundial: a Final do OPEN da ESCÓCIA entre o norte-irlandês MARK ALLEN (à procura da 2ª vitória esta época depois de ter ganho o Campeonato Internacional) e o inglês SHAUN MURPHY (atingindo a sua 1ª final esta época). Regressando as provas de RM apenas em 2019 com a disputa do MASTERS da ALEMANHA (detentor do troféu Mark Williams/GAL) – com Ronnie O’Sullivan (mais uma vez de uma prova de RM) e Mark Allen ausentes.

 

WST0006_SO18_TourBanner.jpg

Cartaz de promoção do OPEN da ESCÓCIA de 2018

À frente com Neil Robertson/AUS detentor do troféu (conquistado em 2017)

tendo ao fundo duas lendas ainda vivas e bem ativas da modalidade (Snooker)

Mark Williams/GAL à esquerda e John Higgins/ESC à direita

(respetivamente atuais Campeão e Vice-Campeão do Mundo de Snooker)

 

Meia-Final do Open da Escócia

 

MF

J

RM

F

J

RM

1

Mark

Allen

(IRLN)

0-1; 0-2; 0-3

0-4; 1-4; 2-4

2-5; 3-5; 4-5

5-5; 6-5

Daniel

Wells

(GAL)

59º

2

Shuan

Murphy

(ING)

11º

1-0; 2-0; 3-0

3-1; 4-1; 4-2

4-3; 5-3; 6-3

Judd

Trump

(ING)

(MF: Meia-Final J: Jogador RM: Ranking Mundial F: Frames)

 

Uma prova que confirmará Mark Selby (1º), Mark Williams (2º) e Ronnie O’Sullivan (3º) como os três primeiros do RM – e quanto ao ranking da época com os três primeiros a serem Mark Allen (1º), Ronnie O’Sullivan (2º) e Mark Selby (3º) – e que manterá os 9 vencedores de provas (caso vença Allen) ou a estreia de um 10º vencedor diferente (caso vença Murphy).

 

Final do Open da Escócia

 

Jogador

MARK

ALLEN

SHAUN

MURPHY

Foto

Allne.jpg

Shaun-Murphy.jpg

Nacionalidade

Irlanda Norte

Inglaterra

Idade

32

36

Profissional

(desde)

2005

1998

RM

(e da época)

(1º)

11º

(31º)

Campeonatos do Mundo

MF

(no CM de 2001)

CM em 2005;

VCM em 2009 e 2015

Provas de RM

4

7

Outras provas

7

15

Vitórias entre ambos

(e frames)

6

(62)

12

(76)

Open da Escócia

(melhor resultado)

4ª R

(em 2004 e 2016)

2ª R

(em 2016)

(CM: Campeão Mundo MF: Meia-Final VCM: Vice-Campeão Mundo)

                                 

Na final a disputar este domingo (na Arena Emirates em Glasgow) e a realizar-se em duas sessões (14h e 20h locais) à melhor de 17 FRAMES (vence o jogador que ganhe 9) – e concluída a mesma – seja qual for o resultado com MARK ALLEN a reforçar a sua posição de Líder do Ranking da época e com Shaun Murphy caso vença a 9ºRM (ultrapassando Kyren Wilson e Neil Robertson de momento e respetivamente 9º e 10º).

 

(imagens: worldsanooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:14

11
Mar 18

Open de Gibraltar

Final

 

Ryan Day (GAL/17ºRM) ‒ 4

Cao Yupeng (CHI/40ºRM) ‒ 0

 

Ryan+Day+Cao+Yupeng+Betfred+com+World+Snooker+qA9i

Cao Yupeng e Ryan Day

(2ª ronda do Campeonato do Mundo de 2012 ganha por Ray por 13-7)

 

A 3 provas (contando para o Ranking Mundial) do fim da época 2017/18 do Circuito Mundial de Snooker ‒ Campeonato Ladbrokes (a decorrer no País de Gales de 19/25 de Março), Open da China (a decorrer de 2/8 de Abril) e Campeonato do Mundo (a decorrer em Inglaterra de 21 de Abril/7 de Maio) ‒ concluiu-se hoje o Open de Gibraltar (tendo decorrido de 7/11 de Março) com a vitória do jogador galês RYAN DAY. No quadro seguinte indicando-se o trajeto dos 2 Finalistas da prova (17ª contando para o RM):

 

Rondas cumpridas pelos 2 Finalistas do Open de Gibraltar

 

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

Fase

Final

Ryan Day

GAL

17

4-0

Cao Yupeng

CHI

40

Final

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

F

1ªR

Xu

Si

CHI

89

4-2

Yuan

Sijun

CHI

99

4-3

2ªR

Oliver

Brown

ING

s/r

4-1

Matthew

Stevens

GAL

51

4-2

3ªR

Martin

O’Donnell

ING

84

4-1

Sam

Craigie

ING

76

4-2

4ªR

Fang

Xiongman

CHI

88

4-1

Yu

Delu

CHI

45

4-1

QF

Joe

Perry

ING

21

4-1

Stuart

Bingham

ING

13

4-0

MF

Scott

Donaldson

ESC

59

4-3

Lee

walker

GAL

68

4-2

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial F: Frame R: Ronda QF: Quartos-Final MF: Meia-Final)

 

imgID90604070.jpg.gallery.jpg

Ronnie O’Sullivan e Mark Selby

(final do 2016 UK Championship ganha por Selby por 10-7)

 

Concluído o Open de Gibraltar e tendo em atenção o objetivo dos jogadores (mais cotados) de ao concluírem o Open da China (última prova antes do Mundial) se encontrarem no Top 16 (lista do RM) ‒ sabendo-se faltar 2 provas uma c/prémios de 1ªR-10000/QF-15000/MF-30000/F-50000/VF-125000 e outra c/prémios de 1ªR-5000/2ªR-11000/3ªR-18000/QF-27000/MF-45000/F-90000/VF-225000 ‒ com o jogador a aproveitar melhor (a prova e os pontos p/RM) a ser o galês Ryan Day colocando-se agora à porta desse Top 16 (17ºRM).

 

Top 20 do Ranking Mundial concluído o Open de Gibraltar

 

RM

J

N

£

(X1000)

RM

J

N

£

(X1000)

1

Mark

Selby

ING

1410

11

Allister

Carter

ING

313

2

Ronnie

O’Sullivan

ING

770

12

Luca

Brecel

BEL

306

3

Ding

Junhui

CHI

652

13

Stuart

Bingham

ING

302

4

Judd

Trump

ING

609

14

Neil

Robertson

AUS

301

5

John

Higgins

ESC

588

15

Anthony

McGill

ESC

299

6

Mark

Williams

GAL

434

16

Mark

Allen

NIRL

288

7

Barry

Hawkins

ING

406

17

Ryan

Day

GAL

271

8

Shaun

Murphy

ING

403

18

Stephen

Maguire

ESC

263

9

Marco

Fu

HK

348

19

Liang

Wenbo

CHI

253

10

Kyren

Wilson

ING

314

20

Mark

King

ING

224

(£: Libras)

 

Antes do início da próxima prova de Ranking apenas com 4 jogadores a terem ganho mais do que uma competição, sendo eles o inglês Ronnie O’Sullivan (4X), o escocês John Higgins (2X) e os galeses Mark Williams (2X) e Ryan Day (2X). Podendo-se ainda acrescentar outra prova ganha por Mark Williams (mas não contando para o RM) e o jogador australiano Neil Robertson tendo vencido duas provas mas apenas com uma contando para o RM. Seguindo-se o Masters da Roménia (14/18 Março) não contando para o RM.

 

(imagens: zimbio.com e Mik/yorkpress.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:05

29
Set 17

Imagens (de um cometa):

Observatório SOHO

Instrumentos LASCO C3 (imagens 1/2) e LASCO C2 (imagem 3)

NASA

 

SOHO 6.jpg

 Imagem 1

 

Mais uma sequência de imagens captadas pelo Observatório Solar e Heliosférico da NASA (SOHO uma sonda espacial tendo como objetivo estudar a nossa estrela) registando os últimos momentos de um cometa na sua aproximação (final) ao Sol.

 

SOHO 1.jpg

 Imagem 2

 

Um registo obtido a partir de instrumentos óticos a bordo da sonda SOHO ‒ neste caso LASCO C2 e LASCO C3 ‒ referindo-se a esta quarta-feira (dia 27) e provavelmente a um impacto desse cometa declarando aí a sua morte.

 

SOHO 3.jpg

 Imagem 3

 

Pela dimensão do cometa e pelo brilho emitido (estando correlacionados) durante a sua trajetória (desde que aparece no canto inferior da imagem até desaparecer junto ao Sol) aparentemente sendo pequeno e não tendo escapado ao Sol (e à sua atração gravitacional).

 

(imagens: sohodata.nascom.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:36
tags: , ,

23
Set 17

DING JUNHUI/CHI (4ºRM) ‒ KYREN WILSON/ING (13ºRM)

(dia 24 a partir das 07:00 de Lisboa com transmissão direta no Eurosport 2)

 

maxresdefault 1.jpg

 Ding Junhui e Kyren Wilson

(aqui na 1ª ronda do Masters Dafabet)

 

Disputando-se amanhã (Domingo, 24) a partir das 14:30 a 1ª sessão (a 2ª sessão iniciando-se pelas 19:30) da Final do OPEN MUNDIAL de YUSHAN (por volta das 07:30 e das 12:30 locais), foi este o trajeto percorrido pelos dois jogadores apurados para a Final desta prova (disputada na China e sendo a 5ª da época contando para o RM):

 

 Fase

DING JUNHUI

J

N

RM

KYREN WILSON

J

N

RM

Q

5-1

Hammad Miah

ING

71

5-1

Thor

Leong

MAL

88

1ª R

5-3

Zhang Anda

CHI

66

VFC

Hossein Vafaei

IRA

59

2ªR

5-0

Xiao Guodong

CHI

39

5-3

Michael Holt

ING

25

3ªR

5-1

Joe

Perry

ING

24

5-3

Thepchaiya Un-Nooh

TAI

41

QF

5-3

Li

Hang

CHI

46

5-1

Mark Williams

GAL

17

MF

1-0; 1-1

2-1; 3-1

3-2; 3-3

4-3;5-3

5-4;

6-4

Luca Brecel

BEL

15

0-1; 1-1

2-1; 2-2

2-3; 3-3

4-3; 4-4

5-4; 5-5

6-5

Mark

Allen

NIRL

11

Percurso dos 2 jogadores

(até se atingir a Final)

 

No confronto direto entre estes dois jogadores (neste momento com o chinês Ding Junhui sendo provisoriamente o 3ºRM) com as 2 últimas partidas disputadas entre ambos (todas este ano), num caso a ser ganho por Ding Junhui (na 1ª ronda do Masters Dafabet por 5-3) e no outro por Kyren Wilson (na Qualificação do Open da China por 5-1).

 

RM

J

N

£ (milhares)

RM

J

N

£ (milhares)

1

Mark

Selby

ING

1303

6

Marco

Fu

HK

406

2

John

Higgins

ESC

585

7

Barry Hawkins

ING

387

3

Ding

Junhui

CHI

580

8

Neil Robertson

AUS

375

4

Judd

Trump

ING

496

9

Mark

Allen

IRLN

328

5

Shaun Murphy

ING

433

10

Ronnie O’Sullivan

ING

316

Ranking Mundial

(provisório)

 

Na tabela do RM e tendo em consideração o prémio atribuído ao vencedor da prova (150.000£), caso o inglês Kyren Wilson vença passando a 9ºRM e (pelo contrário) caso vença o chinês Ding Junhui passando a 2ºRM. E com a maior tacada registada até ao momento e ultrapassando os 100 pontos, a pertencer ao chinês Li Hang com 143 pontos.

 

(imagem: Snooker Planet/youtube.com/bbc.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:28

01
Mai 17

Pela 1ª vez na História dos Campeonatos Mundiais de Snooker um jogador sagra-se Campeão do Mundo em dois anos consecutivos: o inglês Mark Selby vencedor este ano (18-15 sobre Higgins) depois de o já ter conseguido o ano passado (18-14 sobre Junhui).

 

MARK SELBY

(1º RM/ING)

Campeão do Mundo de Snooker 2016/17

 

1597.png     1347.png

MARK SELBY - 18 JOHN HIGGINS - 15

 

The first ever Indian Open ranking tournament was staged in New Delhi in 2013, an occasion celebrated with gusto throughout the snooker world. However it also provided the perfect opportunity to reflect upon the very origins of the sport 138 years earlier, with the game having been invented in 1875 by the British Army in the Indian town of Jubbulpore (or Jabalpur, as it is now known) situated around 450 miles south-east of the capital. According to author and essayist Compton MacKenzie in his account in ‘The Billiard Player’ magazine of 1939, young lieutenant Neville Chamberlain (not the former British Prime Minister) was experimenting on the officers’ mess table with the existing game of ‘Black Pool’ featuring 15 red balls and a black.” (The History of Snooker/worldsnooker.com)

 

[Antes das 15:00]

 

Hoje dia 1º de Maio por volta das 15:00 inicia-se a última sessão do Mundial de 2016/17 (sessão essa dividida em 2 partes e com a derradeira a iniciar-se às 19:00): contando com a presença de um lado do atual Líder do RM e ainda Campeão do Mundo o inglês Mark Selby e do outro lado daquele que já é já uma das lendas do Snooker Mundial (e no entanto ainda no ativo) o atual Vice-Líder do RM e Tetra Campeão do Mundo o escocês John Higgins.

 

Com o jogador mais novo Mark Selby (33 anos) a apresentar um currículo já invejável com 11 competições ganhas contando para o RM (e ainda por volta de uma dúzia de outras competições não contando para esse ranking), incluindo entre outras e como mais significativas os seus 2 títulos de Campeão do Mundo em 2014 e 2016 ‒ e nesta época de 2016/17 com 6 presenças em finais de competições integrando o Circuito Mundial de Snooker vencendo 4, perdendo 1 e aguardando-se ainda pelo desfecho da sexta, esta Final do Mundial.

 

14978088496_53e7dc883c_o.jpg

Campeões do Mundo

Joe Davis (15X), John Spencer (3X), Ray Reardon (6X) e John Pulman (8X)

 

E com o jogador mais velho (41 anos) John Higgins já um dos grandes nomes da História do Snooker Mundial ao lado de outras lendas como Joe Davis (15X CM), Fred Davis (8X), John Pulman (8X), Stephen Hendry (7X), Ray Reardon (6X), Steve Davis (6X) e claro está Ronnie O´Sullivan (5X) ‒ formando o Octeto Extraordinário ‒ a dispensar qualquer tipo de apresentação face a todos os valores dos parâmetros pelo mesmo até hoje alcançado: 28 provas ganhas contando para o RM (só atrás de Stephen Hendry com 36 e igual a Steve Davis e Ronnie O’Sullivan ‒ se ganhar este Mundial isolando-se em 2º), 4 deles títulos com Campeão do Mundo, esta época tendo ganho 3 competições do circuito de Snooker não contando para o RM e estando numa final de outra contando para o mesmo e para surpresa de muitos, este ano regressando ainda a outra final e logo contra o atual Campeão do Mundo e na Final de mais um Mundial (o de 2017 dez anos depois de ter ganho há 10 anos a este mesmo adversário).

 

15382655374_aede30d591_o.jpg

Ronnie O´Sullivan

O jogador ainda no ativo com maior palmarés no Mundo do Snooker

 

Ao fim da 1ª parte da Final com Higgins em vantagem sobre Selby por 10-7.

 

E com Mark Selby caso se sagre Campeão Mundial de 2017 a integrar o Quadro de Honra dos 3 melhores jogadores de Snooker Mundial ainda no ativo: com 3 vitórias colocando-se logo atrás de John Higgins (4V) e do líder Ronnie O´Sullivan (5 V) ‒ além de se tornar o primeiro jogador a ganhar 2 Mundiais consecutivos (algo inédito).

 

Final do Campeonato do Mundo de Snooker

1 Maio 2017

 

000dfbfc-800.jpg

Mark Selby

Tricampeão do Mundo de Snooker

2014/2016/2017

(em primeiro plano e com Higgins ao fundo já pensativo)

 

[Depois das 15:00]

 

3ª Sessão ‒ 1ª parte (tarde): 3-1

 

Iniciada a 3ª e penúltima sessão da final deste Campeonato do Mundo (com o resultado em 7-10) com a 1ª parte da mesma (num total de 4 Frames) a ter um começo dominador por parte de Mark Selby, sabendo aproveitar todos os erros e falta de concentração de John Higgins para o vencer técnica e tecnicamente em 2 Frames consecutivos (se contarmos com os 3 vindos de ontem num total de 5 seguidos) e chegando rapidamente aos 9-10. Mas com Jonh Higgins a minimizar os estragos repartindo os 2 Frames finais antes do intervalo (deixando Selby a perder por 10-11).

 

3ª Sessão ‒ 2ª parte (tarde): 3-0

 

Seguida de uma 2ª parte inicialmente marcada para ter 4 Frames mas posteriormente e sem se saber bem porquê encurtada para apenas 3 (deixando os 11 Frames possíveis para a 4ª e última sessão), mas que de facto foi uma verdadeira tábua de salvação para o plano inclinado vertiginoso e catastrófico em que se encontrava John Higginsperdendo esta mini-sessão por 3-0 e deixando Mark Selby finalmente em vantagem e logo por 13-11. Talvez definindo desde já aquele que poderá vir a ser o novo Campeão do Mundo (o atual?).

 

[Depois das 19:00]

 

F

Mark

Selby

P

MT

John

Higgins

P

MT

F

1ª/2ª S

7

 

121

10

 

141

7-10

3ª S

 

 

 

 

 

 

(7-10)

18

8

76

 

10

1

 

 

19

9

53

 

10

2

 

 

20

9

29

 

11

107

78

 

21

10

63

 

11

40

 

3-1

INT

 

 

 

 

 

 

(10-11)

22

11

68

67

11

19

 

 

23

12

82

58

11

0

 

 

24

13

72

72

11

0

 

3-0

4ª S

 

 

 

 

 

 

(13-11)

25

14

72

 

11

22

 

 

26

14

36

 

12

74

 

 

27

15

76

71

12

1

 

 

28

16

134

54, 70

12

4

 

3-1

INT

 

 

 

 

 

 

(16-12)

29

16

34

 

13

88

88

 

30

16

0

 

14

119

111

 

31

16

47

 

15

75

 

 

32

17

132

131

15

0

 

 

33

18

80

75

15

19

 

2-3

FINAL

 

 

 

 

 

 

(18-15)

(F: Frame P: Pontuação MT: Maior Tacada)

 

4ª Sessão ‒ 1ª parte (noite): 3-1

 

No início da sessão noturna com Mark Selby a dominar totalmente a 1ª parte da mesma, perdendo um único Frame (em 4) e reforçando ainda mais a sua liderança nesta Final ‒ e passando agora a comandar mais confortavelmente o encontro por 16-12. Com um John Higgins cada vez mais incapaz de mudar o rumo dos acontecimentos, assumindo maiores riscos na sua estratégia (e tacadas), errando repetidamente e assim entregando Frames sucessivos ao seu adversário e provavelmente terminando por lhe entregar o Título (em menos de 35 partidas).

 

4ª Sessão ‒ 2ª parte (noite): 2-3

 

E finalmente na 2ª parte da 2ª e última sessão, com um máximo de 7 Frames em disputa e com Selby em vantagem sobre Higgins por 16-12, verificando-se o ressurgimento inesperado e espetacular do escocês vencendo 3 Frames consecutivos e aproximando-se para um perigoso (p/Selby) 16-15. No entanto e numa arrancada à Campeão com Mark Selby a ganhar os 2 Frames seguintes e a vencer a Final por 18-15. Sagrando-se pouco passava das 23:00 Campeão do Mundo da época 2016/17.

 

(imagens: worldsnooker.com e rte.ie)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:34

30
Abr 17

No fim do 1º dia da Final do Mundial de Snooker o jogador mais velho (41) leva vantagem sobre o jogador mais novo (33): tal como há 10 anos atrás mas agora com uma vantagem mais curta (em 2007 12 ‒ 5). Num Mundial onde os ingleses (52X Campeões) levam vantagem sobre os escoceses (14X Campeões e onde as conquistas dos originários das Ilhas Britânicas são deveras esmagadoras: em 82 Campeonatos Mundiais só lhes fugindo 3 ‒2 para a Austrália e 1 o Canadá.

 

mark_selby.jpgjohn_higgins.jpg

Mark Selby e John Higgins

 

MARK SELBY (ING/1ºRM) 7 ‒ 10 JOHN HIGGINS (ESC/2ºRM)

(2-6)

 

Com o resultado da 1ª sessão a ficar marcado pelo descontrolo emocional logo após o intervalo da 1ª parte da 1ª sessão (2-2) por parte de Mark Selby, levando-o a perder 4 frames consecutivos e a chegar ao intervalo da mesma em clara desvantagem face a John Higgins (2-6); seguida de uma 2ª parte muito mais equilibrada e onde Mark Selby apesar de ainda ter permitido 6 Frames de avanço ao seu adversário (4-10), conseguiu responder de imediato e reduzir a diferença para somente 3 (vencendo os 3 últimos frames da 1ª sessão e amenizando um pouco os estragos).

 

F

Mark

Selby

P

MT

John

Higgins

P

MT

F

1ª S

 

 

 

 

 

 

 

1

1

76

76

0

34

 

 

2

1

7

 

1

50

 

 

3

2

121

62, 58

1

8

 

 

4

2

0

 

2

141

141

2-2

INT

 

 

 

 

 

 

 

5

2

40

 

3

99

63

 

6

2

1

 

4

126

95

 

7

2

54

 

5

59

58

 

8

2

33

 

6

68

 

0-4

2ª S

 

 

 

 

 

 

 

9

3

86

86

6

0

 

 

10

3

8

 

7

60

 

 

11

3

44

 

8

74

 

 

12

4

69

 

8

22

 

2-2

INT

 

 

 

 

 

 

 

13

4

1

 

9

68

 

 

14

4

0

 

10

76

76

 

15

5

81

81

10

9

 

 

16

6

121

121

10

12

 

 

17

7

96

 

10

17

 

3-2

(F: Frame P: Pontuação MT: Maior Tacada)

 

Estando tudo em aberto para a 2ª e última sessão deste Mundial e desta Final, confirmada como ficou hoje a boa qualidade técnica destes dois jogadores não sendo por acaso que são ou já foram Campeões do Mundo de Snooker. Talvez com o escocês John Higgins a confirmar a surpresa ou então com o inglês Mark Selby a confirmar o seu favoritismo ‒ mas certamente com a última sessão a arrastar-se para a 2ª parte (às 19:00) sabendo-se qual o Campeão já depois do jantar. E já agora com John Higgins a realizar a 3ª maior tacada Centenária deste Mundial com 141.

 

(imagens: normanhood)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:33

01
Abr 17

Final

Open da China

Universidade de Pequim – 02 ABR 2017

(07:00 de Lisboa – Eurosport)

 

MARK WILLIAMS – MARK SELBY

 

Para quem ainda pretender adivinhar o vencedor do Open da China agora que só restam 2 jogadores em prova, nos embates anteriores entre ambos Mark Williams leva uma ligeiríssima vantagem sobre Mark Selby de 52% para 48% em jogos ganhos e de 51% para 49% em frames ganhos. E com MW como profissional há 25 anos (42 anos de idade e quase 5 milhões de libras ganhas) e MS há 18 anos (33 anos de idade e já com 4 milhões de libras ganhas).

 

hqdefault.jpg

Mark Selby e Mark Williams

(Dafabet Masters – Jan 2017 – 1ªronda – Vitória de Mark Selby por 6-5)

 

Com a vitória do galês Mark Williams e do inglês Mark Selby nas suas respetivas meias-finais, estão encontrados os dois finalistas do OPEN da CHINA: numa final certamente bem disputada entre dois bicampeões do Mundo (MW em 2000/2003 e MS em 2014/2016) e com ambos tendo já vencido o Open da China (MW 3X em 2002/2006/2010 e MS 1X em 2015). Ainda-por-cima para além do objetivo de ganhar esta prova (85.000£ para o vencedor e 35.000£ para o vencido) tendo para os dois jogadores importância extra e preciosa: caso Mark Williams ganhe passando a integrar os 16 melhores do RM e apurando-se diretamente para o Mundial a iniciar-se a 15 deste mês (não tendo de se sujeitar às 3 rondas de qualificação); caso Mark Selby ganhe reforçando ainda mais a sua posição de liderança do RM e deixando apenas a Judd Trump a hipótese de o destronar na última prova da época – precisamente o Mundial se Judd Trump o vencesse e se Mark Selby fosse logo eliminado na 1ª/2ºronda.

 

J

N

RM

RQ

1ªR

2ªR

OF

QF

MF

(A/MF)

Mark Selby

ING

1

5-3

5-0

5-1

5-4

5-1

6-4

(Kyren Wilson)

Mark Williams

GAL

17

5-3

5-1

5-2

5-4

5-1

6-1

(Hossein Vafaiev)

 

Com o currículo dos dois finalistas do Open da China 2017 relativo à época de 2016/17 (se comparado) a ser bem distinto e claramente favorável ao inglês (analisando as presenças em Finais e Meias-Finais contando para o RM – num total de 22 de 24 provas já concluídas):

 

J

N

RM

V

PF

PMF

Mark Selby

ING

1

3

5

6

Mark Williams

GAL

17

0

1

2

 

A duas provas da conclusão da época e para além de Mark Selby com vitórias em mais do que uma prova (3), só tendo vencido 2 vezes o inglês Judd Trump e o escocês Anthony McGill. Com Judd Trump a atingir mais vezes as Meias-Finais (7 contra 6 de Mark Selby) e a estar empatado com Mark Selby nas presenças em Finais (5). A estes três podendo-se juntar ainda o chinês Ding Junhui (1 vitória contando para o RM e 1 vitória não contando) e o escocês John Higgins (3 vitórias não contando para o RM). E amanhã em duas sessões a decorrerem às 7:00 e 12:30 de Lisboa na Universidade de Pequim, um inglês e um galês numa partida à melhor de 19 frames (ganha o primeiro a atingir 10) tentarão levar de vencido o troféu e com eles os 85.000£ em disputa.

 

(imagens: Snooker 4All/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:37

05
Mar 17

Com todos os jogos integrando os Oitavos-de-Final do OPEN de GIBRALTAR já definidos, inicia-se amanhã a fase decisiva da 21ª prova do Circuito Mundial (e contando para o RM):

 

15349676957_1c6ab5b420_o.jpg

Sanderson Lam

 

Domingo dia 5 dia durante o qual se realizarão um total de 15 partidas (8OF+4QF+2MF+1F), até se encontrar o vencedor que sucederá a Marco Fu (atual detentor do troféu). Com a eliminatória que dará acesso aos Quartos-de-Final (oito melhores) a ser a apresentada na tabela:

 

Jogo

 

J

N

RM

J

N

RM

1

Barry

Hawkinds

ING

7

Shaun

Murphy

ING

5

2

Mark

Davis

ING

32

Mark

Williams

GAL

17

3

Alfie

Burden

ING

67

Ricky

Walden

ING

21

4

Igor

Figueiredo

BRA

107

Nigel

Bond

ING

73

5

Mark

Allen

ING

10

Jack Lisowsky

ING

52

6

Judd

Trump

ING

3

Sanderson

Lam

ING

103

7

Ryan

Day

GAL

18

John

Astley

ING

79

8

Neil

Robertson

AUS

8

Jamie

Jones

GAL

35

 

Desde logo com Mark Selby (eliminado na 3ªronda por Ricky Walden, 4-3), Stuart Bingham (ausente da prova), Ding Junhui (eliminado na 2ªronda por David Gilbert, 4-3), John Higgins (eliminado na 2ªronda por Mark Allen, 4-1) e Marco Fu (ausente da prova) afastados da competição e com Judd Trump, Barry Hawkinds e Neil Robertson a serem os principais favoritos à conquista do troféu – até por terem sido os únicos a conquistar uma prova nesta época de 2016/17. E de novo com o brasileiro Igor Figueiredo a integrar pela 3ªvez consecutiva os melhores dezasseis de uma prova a contar para o RM. Com o programa do derradeiro dia do Open de Gibraltar o seguinte (hoje dia 5/domingo):

 

Jogo

 

Hora

Ronda

Jogo

Jogo

9

13:00

QF1

1

2

10

13:00

QF2

3

4

11

13:00

QF3

5

6

12

13:00

QF4

7

8

13

16:00

MF1

9

10

14

16:00

MF2

11

12

15

20:00

F

13

14

 

Uma prova que não deverá provocar grandes alterações nos dez primeiros do RM (tendo com única possibilidade uma troca de posições entre Junhui/Murphy e entre Hawkinds/Robertson), mas que na luta pela entrada no quadro dos 16 melhores dando acesso direto à derradeira prova do circuito o Campeonato do Mundo, terá em Mark Williams/17ºRM um jogador atento (ainda em prova) na sua perseguição a Anthony McGill/16ºRM (já eliminado). E podendo ser acompanhado no canal Eurosport.

 

igor-figueiredo-playing-snooker.jpg

Igor Figueiredo

 

Ainda este mês com a realização do Ladbrokes Players Championship e do Open da China, terminando esta época em Abril com a realização da prova final o tão desejado (pelos jogadores) Campeonato do Mundo de Snooker.

 

(imagens: worldsnooker.com e snookerisland.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:54

15
Set 12

Retirado da sua terra e colocado em cativeiro forçado, este animal parece querer transmitir-nos uma mensagem de tristeza e de incompreensão, face a este momento imprevisto da sua vida, num espaço desconhecido e que nunca poderia ser o seu. O que pode então ele fazer, agora que lhe foi retirada a liberdade? Olhar para nós, deixar-se espantar e não compreender a reflexão.

 

Preso como Nós!

(e sem acesso a ajuda)

 

 Nova espécie de macaco descoberto na R. D. Congo

 

A vida começa antes do nascimento.

Inicia-se num caos de trânsito onde milhões de espermatozoides se atropelam para seguirem a direção indicada numa tabuleta, sem sequer se perguntarem porque vão todos para o mesmo lado, mesmo sabendo-se desde logo e de antemão, que apenas um deles irá no final ter vida e arranjar emprego.

Mas isso é ainda o que menos importa, num mundo natural e caótico gerido pelo acaso e pela necessidade.

O que é deprimente em toda esta situação é querermos refletir através dos outros a nossa prisão, para ver se no final a esquecemos e nos conseguimos sentir melhor.

 

(imagem – plosone.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:10

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

23

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO