Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Gato de Pallas

Segunda-feira, 22.11.21

Aproveitando a publicação (da GREEN SAVERS) de mais uma beleza da NATUREZA podendo ser considerada dentro de duas décadas uma espécie em vias de EXTINÇÃO, uma imagem do precioso GATO DE PALLAS ─ uma raça de gatos para o pequeno e com um peso médio de 4,5Kg.

Originário da Ásia Central e da Sibéria, noturnos e solitários, sendo carnívoros apreciador de caça selvagem (entre eles, lebres e perdizes), não gostando nada da presença humana (algum motivo tendo para tal, talvez a sua bela pelugem).

pallas.jpg

O Gato de Pallas

(ou Manul)

 

De pelagem densa e longa (cauda curta) e com a cara arredondada e de orelhas pequenas, a darem-lhe juntamente com todo o seu colorido, o toque decisivo e final: deixando-nos por vezes perplexo com tudo o que de Maravilhoso a Natureza transforma (nada se criando, nada se perdendo), atordoados e abismados com a inimaginável capacidade destruidora (e auto destruidora) do Homem.

Mas lá bem no fundo e profundo estando aquela surpreendente sensação do momento, mesmo apenas que por um mísero segundo, deixando-nos mais uma vez usufruir daquilo com que sempre sonhamos, imaginamos, mas nunca tendo sido complementado como o devido, pela respetiva e não outra Realidade.

[Provavelmente todos diríamos (os domésticos/os sedentários) quero um e confirmando-se a situação, matando-se logo aí o bicho (o selvagem/o nómada) ─ e rapidamente (não sobrevivendo em cativeiro). Sendo a situação inevitável (a inversão de domicílio), tendo a troca que ser minimamente justa e equitativa, enviando-se um Irracional para a cidade, tendo-se que enviar no sentido contrário ─ até para se manter o equilíbrio (geral) ─ um Racional para a Selva: até para ver se sobrevive.]

(imagem: Green Savers/greensavers.sapo.pt)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:30