Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Jan 20

“A Solução Anda Algures, Por Aí.”

 

geringonça 1.jpg

Geringonça

(o vírus português)

Sob a direção do líder do PS António Costa

 

Enquanto em PORTUGAL mesmo sendo segundo o PS subverteu o exercício considerado normal por tradicional aliando-se à esquerda e formando Governo (maioritário, mas apenas com 16 votos de diferença) – a denominada e eficaz GERINGONÇA, cumprindo integralmente o mandato  (2015/19) – eis que agora em ESPANHA (2020) e aproveitando a experiência pioneira levado a cabo pelo seu vizinho ocidental, ganhando as eleições mas fazendo-o sem maioria, o PSOE subvertendo igualmente o sistema e os procedimentos respetivos e usuais, acabou aliando-se à esquerda e formando Governo (maioritário, por uns escassos 2 votos de diferença) − com a hipoteticamente denominada CARANGUEJOLA:

 

geringonça.jpg

Caranguejola

(a mutação espanhola)

Sob a direção do líder do PSOE Pedro Sánchez

 

Para aqueles (particularmente portugueses) nunca tendo querido acreditar na experiência portuguesa − na “Geringonça” – e ainda para aqueles muito menos tendo querido acreditar na sua reedição ainda-por-cima no seu território (caso dos espanhóis) − a “Caranguejola” − sendo de destacar que se no caso do PS a eleição seguinte deu origem a um Governo seu aparentemente mais reforçado (dependendo a sua estabilidade dos seus colegas da Ex Geringonça), no caso do PSOE o próximo resultado poderá ser idêntico, até alcançando a maioria absoluta; e ainda que perante tal pioneirismo e resultados iniciais obtidos − tão interessantes, por darem um maior acesso ao poder (o terror de ditos democratas-conservadores, mas sendo liberais-extremistas) – num processo iniciado em Portugal e já se estendendo a toda a Península Ibérica (Portugal e Espanha), podendo-se desde já assumir até pelas consequências visíveis do Perigo de Contaminação e rápida Propagação (podendo ser um vírus).

 

good-virus-thumb.jpg

Vírus Ibérico Vs. Vírus Norte-Americano

(Geringonça e Caranguejola contra Deep State)

Good Virus Vs. Bad Virus

 

Podendo rapidamente atingir toda a Europa (além de Portugal e de Espanha atingindo já, por Andorra a França e por Gibraltar o Reino Unido) e a partir daí alcançar o Mundo (sendo um vírus biológico, suficientemente intrusivo) − os portugueses e os espanhóis (credíveis por eficazes) já tendo sido aí pioneiros − agora que se prevê cada vez com maior certeza (tal o trabalho do Clã DEM/CLINTON, começando a inverter a favor do Clã  REP/TRUMP, as intenções de voto para as Presidenciais EUA 2020) a reeleição (não aparecendo um milionário antissistema DEM) do milionário (REP e eleito à 1ª vez como antissistema) Donald Trump (caso não se deixe entusiasmar com o Irão): possuidor de um vírus terrível por assente na impossibilidade de cura, enquanto a luta pela vida se centrar na utilização exclusiva do duo (em processo irreversível de fossilização) “Dólar & Bala”.

 

(imagens: quartarepublica.blogspot.com − entreasbrumasdamemoria.blogspot.com − nakedsecurity.sophos.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:18

03
Jun 19

[E sendo necessário dispensando-se a Prova-dos-Nove.]

 

Num país cheio de Matemáticos.

(que sabem fazer contas)

Ou será Contabilistas?

(que nem sequer sabem calcular percentagens)

 

hqdefault.jpg

The EU monster is falling apart, and has never looked so grim

(The Telegraph/youtube.com)

 

“Politics in Europe resembles a horror show nowadays for the Brussels elite.

How terrifying it must be for them.”

(The Telegraph/youtube.com)

 

Recuando no tempo pelo menos uns cinco anos (aos resultados das Europeias de 2014) e simultaneamente ressuscitando o tema em voga do fim dos Moderados (o Centro Político) – em 2014 com a Direita a obter 357 Lugares, a Esquerda 279 e outras formações políticas diversas a obterem 115 lugares, levando à constituição de uma maioria de Direita (+78 lugares) no Parlamento Europeu em torno do PPE e ao fim anunciado do Centro – eis que cinco anos depois, nas Europeias de 2019 e com a Extrema-Direita (constantemente anunciada) em crescimento, eis que mesmo face ao crescimento desta última (+44 lugares) e beneficiando de uma queda acentuada da Direita (mais moderada e -104) − a Esquerda (moderada) com -32 lugares – apesar do crescimento da Extrema-Esquerda ser limitado (+13 lugares) com a Esquerda a (pensar) poder tomar o controlo do Parlamento Europeu (atual) obtendo a maioria de lugares − em 751 sendo 376 – recuperando para o seu espaço formações políticas, antes consideradas Conservadoras (de direita, próximas do PPE) como os Liberais (+46 lugares) e os Reformistas (+18 lugares). E desse modo e repentinamente com o Parlamento da EU a poder ficar dividido em dois, tendo de um lado o PPE (e seus aliados) com uns 311 lugares, e o S&D (e seus aliados) que conjuntamente com o apoio da Liberais e Reformistas alterariam a distribuição de forças atingindo estes (no seu e novo conjunto) 428 lugares (outros agrupamentos com 32 lugares). E com 428 lugares e recuperada parte da Direita para o seu lado (ressuscitada para a Democracia, entre eles pelo socialista português António Costa), contra todas as expetativas (melhor, contra todas as previsões) com o S&D a poder vir mesmo a mandar na EU (com a sua Geringonça, patenteada por Costa e agora sendo aplicada à Europa). Manobra de Mestre daqueles que Eliminando o Centro, agora e por algum motivo (e depois de morto e aparentemente enterrado) o recuperam. E azar o nosso mantendo-se os nossos eleitos intocáveis, fossilizados e para sua proteção convenientemente (meio escondidos) à distância.

 

(imagem: The Telegraph)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:33

06
Abr 19

E utilizando um Espelho

 

O ex-Presidente entrou na pré-campanha

e arrasou as políticas do Governo.

 

[Luís Claro/SOL/Política/sol.sapo.pt/artigo/652740 e luis.claro@newsplex.pt]

 

687361.JPG

Cavaco Silva

Ministro das Finanças (durante 1 ano), Presidente do PSD (durante 10 anos), 1º Ministro de Portugal (durante 10 anos) e Presidente da República Portuguesa (durante 10 anos), num percurso de 36 anos (1980/2016 apenas interrompido entre 81/85 ou seja ficando-se no mínimo pelos 32 anos) e apenas sendo superado por Oliveira Salazar (ininterruptamente no período 1932/68) com os seus 36 anos; para muitos um Sinal (já antigo) significando Clivagem (mesmo que retirado do ativo, mas ainda pertencendo ao Conselho de Estado)

 

Instituto Francisco Sá Carneiro

Lançamento do livro de J. M. Sarmento

(presentes entre outros M. Luís Albuquerque, Eduardo Catroga, Leonor Beleza e Paulo Macedo)

 

«Só se deixa enganar quem quer ser enganado.»

(Cavaco Silva sobre a Geringonça de António Costa)

 

(Fonte: Luís Claro/sol.sapo.pt/06.04.2019)

 

Sobre o Governo (opinião de CS)

 

«Não posso deixar de ligar a perda de receita com a descida do IVA da restauração com a acentuada degradação da qualidade do Serviço Nacional de Saúde. A esta profunda injustiça está associada uma outra opção do governo errada: a reversão do horário de trabalho semanal da Função Pública de 40 para 35 horas».

 

Resposta (de AC a CS)

 

«Tão furiosa que até o anterior Presidente da República saiu do recato próprio a que os ex-presidentes da República se costumam dedicar, só para exprimir a raiva que tem, que a direita tem, relativamente ao sucesso desta solução governativa».

 

Sobre o BE e PCP (opinião de CS)

 

«Ilustra bem a hipocrisia de partidos que procuram iludir os portugueses com falsos discursos de defesa dos mais desfavorecidos».

 

Resposta (do PCP a CS)

 

«Foi gritante a declaração de Cavaco Silva quando diabolizou a redução do IVA da restauração, culpando-a dos males do Serviço Nacional de Saúde. É preciso ser muito rancoroso para voltar à carga com uma questão tão importante.»

 

[AC: António Costa BE: Bloco Esquerda CS: Cavaco Silva PCP: Partido Comunista Português]

 

(texto/itálico: retirados de Luís Claro/Sol – imagem/inserida no artigo: Raquel Wise)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:28

03
Fev 16

Já antes Cavaco criara o filho-Monstro e sempre o renegara.
Chegou a vez de Passos criar a filha-Geringonça e também a renegar.

 

Estes foram os progenitores que após nos irem repetidamente ao bolso (a sua única fonte de receita) nos deixaram nas mãos o seu querido-lindo filho – antes sendo pródigo, mas agora não sendo mais que uma simples Geringonça (o nome da criança). Tudo feito sem pudor, sem vergonha e ainda por cima exigindo explicações. E se tudo correr mal a culpa será sempre do outro (pai).

 

Os pais da Geringonça

 

2015-11-10-Costa-Passos-1.jpg

Deserdados e não reconhecendo a paternidade da criança
(a tal jovem chamada Geringonça)

 

Nunca repararam que para estes políticos predador e vítima se confundem?
– Ambos estão coletados e todos com direitos iguais.
Já para não falar dos direitos…e os deveres?

 

E com a criança nas mãos (a Geringonça) o pai adotivo ou padrasto não teve outro remédio senão aceitar o seu nome – sendo logo gozado pelo nome da criança como se tivesse sido ele que a tivesse parido. Pelo que a partir daqui toda a vida política portuguesa andará à volta da paternidade da criança (a Geringonça) e dos problemas de adoção que a própria situação criou. Será que a culpa é do pai (a quem lhe esvaziaram o tacho) ou não será do padrasto (que trouxe outro tacho também)?

 

Período de
tempo
Pai da criança Nome da criança Apreciação proposta
XIX Governo Constitucional Pai Protótipo Geringonça +
XX Governo Constitucional Padrasto Geringonça -

 

(evolução do estatuto e filiação da criança ao longo dos últimos cinco anos e atualmente reconhecida apenas como Geringonça)

 

Deixando ainda aqui dois sinónimos de geringonça que não são bem iguais (infopedia.pt):

 

- Coisa mal feita e que se escangalha rapidamente (XIX);

 

- Aparelho ou máquina considerada complicada (XX).

 

(imagem: expresso.sapo.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:19

Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO