Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Mar 18

Mais fraquinha que Félix e com tempestade a ser mau tempo

 

image1.jpg  image2.jpg

A chegada da tempestade Gisele a Portugal Continental

(prevista para esta quarta-feira 14/previsão para as 12:00 e 15:00)

 

Passada a sexta tempestade (FÉLIX) catalogada desde o fim do ano passado (por iniciativa e por ordem alfabética) por três agências Meteorológicas ‒ IPMA (Portugal), AEMET (Espanha) e MÉTÉOFRANCE (França) ‒ uma nova depressão (associada à passagem de uma superfície frontal fria) aproxima-se rapidamente da ilha da Madeira (indo-se sentir mais intensamente esta quarta-feira dia 14) dirigindo-se de seguida em direção ao Golfo de Biscaia e ao sul da Grã-Bretanha: no seu trajeto originado no arquipélago dos Açores (afetando já esta terça-feira com mau tempo este território) atingindo Portugal Continental sobretudo a região norte.

 

Com esta nova tempestade oriunda do oceano Atlântico e deslocando-se para leste a transportar consigo (tal como a anterior Félix) chuva intensa, rajadas de vento e forte agitação marítima e com os meteorologistas a preverem aquando da sua passagem (amanhã, dia 14) precipitação elevada, queda de granizo e trovoada (principalmente a partir do período da tarde) e ainda vento intenso por vezes com rajadas (sobretudo a partir do início da noite). Naturalmente com estas condições atmosféricas a refletirem o que se irá passar a seguir no continente, com a passagem desta nova tempestade (a sétima) ‒ já denominada como GISELE ‒ dentro de dias e por cá.

 

rain-umbrella-750x347.jpg

Gisele

(chuva, vento e agitação marítima sobretudo a norte)

 

Para já e no que diz respeito exclusivamente a Portugal com o IPMA a manter o Alerta Laranja para o arquipélago dos Açores (em 7 das suas 9 ilhas) ‒ tendo sido o primeiro território a ser atingido (os Açores) devido sobretudo à ação do vento e ao estado bastante agitado do mar ‒ salientando desde logo (e alertando) para a chegada da tempestade Gisele à Madeira e ao Continente e com os primeiros efeitos a fazerem-se sentir (como já referenciado) amanhã. (No fundo) Uma tempestade (Gisele) com um menor impacto que a anterior (Félix), afetando essencialmente o norte e com ondas não tão altas (4/5 metros).

 

E segundo as previsões do IPMA para o Algarve e para Albufeira (até 18 de Março um domingo) com o tempo a apresentar-se com períodos de chuva ou aguaceiros, vento geralmente moderado e temperaturas variando entre os 7⁰C/18⁰C (mínima/máxima) ‒ com uma acentuada descida das temperaturas mínimas de 6⁰C de quarta-feira (14) para sexta-feira (dos 13⁰C previstos para hoje para os 7⁰C de sexta-feira).

 

(imagens: sat24.com/portugalresident.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:58

Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

E aí vem Gisele

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO