Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

01
Nov 11

“Deixem-nos ter a cabeça na Lua, deixem-nos continuar a dormir em pé, deixem-nos sonhar a dormir e dormir acordado ou então, a vossa mentira e a vossa ficção, serão o futuro da nossa realidade e da nossa negação. Então, a ilusão será substituída pela alienação.”

 

Noite de 31 Outubro para 1 de Novembro

 

O Dia das Bruxas foi instituído na minha região há muitos e muitos anos.

 

Lembro-me de muitas histórias contadas pela minha bisavó nas noites frias de inverno, debaixo da lareira da cozinha, com a madeira a estalar e a chaleira do chá a borbulhar, com a água a transbordar e a fogueira a fumegar.

 

Lá fora a escuridão era enorme e a Lua e as estrelas não se viam em lado nenhum. O céu estava coberto de nuvens, o frio quebrava os nossos ossos e o barulho provocado pelas súbitas rajadas de vento, fazia-nos encolher de olhos fechados e com o terror à flor da pele, quietinhos, debaixo do cobertor.

 

Cheios de medo, todos aguardavam pela chegada das bruxas montadas em suas vassouras cabeludas e peçonhentas, sorrindo-nos com a sua monstruosa boca aberta e horrivelmente desdentada.

 

Não me lembro de ter visto nenhuma destas criaturas por altura do Dia das Bruxas. Talvez porque acabasse sempre por adormecer no meio desta noite de mistérios e de segredos, ou talvez por essas histórias não serem assim tão terríveis como isso, de tal modo que, nos levassem a sonhar com elas e a viajar nas suas vassouras, vivendo todas as suas aventuras.

 

Coca iluminada simbolizando o bicho-papão

 

As bruxas tal como as abóboras podem ser boas ou más: mas somos nós que as escolhemos. Gostosura ou travessura?

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:56

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Halloween

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO