Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

18
Dez 17

“A Cegonha-branca é uma espécie caracteristicamente migradora e dispersiva. Devido ao facto de existirem dois corredores de migração e áreas de invernada completamente distintas vários especialistas distinguem dois núcleos populacionais nidificantes na Europa: NW África e Ásia Menor. Com o núcleo NW África (a população ocidental) constituída pelos efetivos nidificantes no NW África (Marrocos, Argélia e Tunísia) e no SW Europa (Portugal, Espanha e SW França); as aves desta população migram pelo Estreito de Gibraltar para o Sahel (África sub-sahariana); recentemente, largos milhares de aves desta população começaram a optar por invernar no SW da Península Ibérica e no Norte de Marrocos.” (Maria Candelária e Gonçalo Rosa em naturlink.pt)

 

cegnha2.jpg

 

Sem conhecer grandes detalhes sobre o animal envolvido, um diário publicado no sul e apenas numa das suas caixinhas (para se ver a importância que o mesmo dá, a alguns animais mais que a outros), veio-me informar enquanto tomava um café (numa pequena esplanada em Albufeira), sobre uma viagem envolvendo uma Cegonha ‒ da Europa a África atravessando o oceano Atlântico (e talvez o mar Mediterrânico).

 

Consultando a Enciclopédia dos Pobres (wikipedia.org) com as cegonhas a serem uma ave monogâmica habitando especialmente a região centro de Portugal (mas também avistadas a sul como na Lagoa dos Salgados localizada entre Albufeira e Armação de Pêra) ‒ em zonas húmidas e pantanosas, localizadas em campos abertos, em meios rurais ou urbanos ‒ tendo como uma das suas caraterísticas ser uma ave migratória.

 

No caso desta cegonha habitando em Portugal (periodicamente) e como ave migratória viajando anualmente para outras paragens (muitas vezes e dada a capacidade destes animais para voos prolongados sendo bem distantes), deslocando-se nos seus trajetos (muitas vezes sempre os mesmos) sobre vários territórios, oceanos e até continentes, neste caso de Portugal para a Guiné Conacry.

 

Uma viagem intercontinental (apesar dos seus 3Kg de peso e 1m de comprimento) levada a cabo por um animal da família das aves tendo escolhido Portugal (vemos muitas cá pelo Algarve) como um dos seus locais preferenciais de residência e que provavelmente numa das suas peregrinações para sul à procura de mais calor e de melhor alimentação (migração) escolheu uma rota que o levou do nosso país até à região oeste-litoral da África Central.

 

cegonha3.jpg

 

No seu currículo de viagens certamente admiráveis e para as mesmas inesquecíveis (fazendo-nos a todos/animais sentir vivos/em movimento e por repetição de experiências transformando-se em aprendizagem) com a nossa Cegonha na sua Saga de sobrevivência/reprodutiva a deslocar-se muito mais para sul e segundo testemunhos (presentes no local) surgindo tempos depois (de novo) a quase 3300Km de distância.

 

E sabendo-se mais ou menos a velocidade a que uma ave pode voar (numa ave em geral voando devagarinho a uns 30/50Km/h, já com os patos a 100Km/h e com os falcões ultrapassando os 300Km/h) podendo-se calcular escolhendo uma média (por exemplo 50/100Km/h) o tempo de viagem da Cegonha: lá para uns 3 dias se fosse sempre a voar (mas tendo que o fazer por etapas para se alimentar e descansar) mas fazendo uma média diária (por exemplo a de um ser humano, fazendo uns certos Km/diários, colocando-se a andar ‒ e talvez tendo um dia ou outro ainda para recuperar) lá para um mês em viagem ou talvez um pouco mais.

 

Uma prova mais (como se tal fosse necessário) de que neste Ecossistema onde vivemos (com outras espécies) e partilhamos o Espaço/Tempo (a tudo e a todos da mesma forma disponibilizado, para seu usufruto particular e eficaz funcionamento do Sistema), todos os seres vivos têm o seu papel (imprescindível) na composição deste cenário: e de que nunca iremos a nenhum lado (o Homem/a Humanidade) enquanto não abandonarmos de vez a Nova Teoria Geocêntrica (Homocêntrica) ‒ tendo agora o Homem (em substituição da Terra) como o Centro do Mundo. Sirva o exemplo da Desconhecida Cegonha.

 

(imagens: retiradas de queirosstcs.blogsopt.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:54

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO