Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Ago 12

Helicópteros militares pertencentes à Força Internacional de Intervenção Antiterrorista, vigiam atentamente os céus situados sobre a Casa Branca onde ainda se encontra o Presidente norte-americano Barack Obama, devido à intransigência das Novas Forças Democráticas Mundiais em desbloquearem do aeroporto da capital o AIR FORCE ONE, por atrasos sucessivos no pagamento do combustível, até hoje utilizado pelo avião presidencial. Toda a máquina de guerra norte-americana está unida em volta do seu Presidente e até a Comunicação Social Livre foi convidada a assistir a esta demonstração de força e preservação da Liberdade, tão querida para todos os cidadãos americanos “ainda vivos”.

 

A minha última visita a Washington DC, na companhia da minha família

 

Andamos nós na Europa muito preocupados a ver se temos dinheiro para sobreviver no dia de amanhã – o dinheiro de hoje já acabou – e nos EUA o povo encara com uma surpreendente normalidade, a brutal falência do seu país e a tentativa de ocupação da Casa Branca por forças invasoras estrangeiras. Exigindo o seu dinheiro até agora depositado nos Bancos Americanos, os países emergentes liderados pela China, tentaram ocupar militarmente zonas estratégicas da administração norte-americana, utilizando para o efeito e para já, apenas armas convencionais. Isto para evitar a proliferação de danos colaterais nas estruturas de sustentação do sistema, que poderiam levar a população à revolta e à sua organização armada, contribuindo com as suas ações militares dispersas e sem objetivos e critérios credíveis, para a degradação final dos bens móveis e imóveis ainda recuperáveis pelos defraudados investidores. A China, o Brasil e Angola, foram irredutíveis na sua posição de não apoio à política suicida da Europa, relembrando mais uma vez aos europeus as causas que deram origem à última Grande Guerra Mundial, qual o país que assumiu o genocídio e as consequências nefastas para todo o mundo que daí resultaram. Mesmo a Rússia começa a preocupar-se mais com a evolução política registada nos últimos tempos nos países árabes, agora que a Primavera Árabe se aproxima rapidamente dos países seus aliados, estando cada vez mais próxima das suas fronteiras. Quanto a nós portugueses adoramos todos a visita à maior potência militar do mundo e as próprias crianças que nos acompanhavam, até acreditaram estar a participar num filme de guerra, rodado nos célebres estúdios de Hollywood.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:17

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Fotografias de Viagem

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO