Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Fev 17

[Para todos aqueles que assiduamente visitam Marte – através da observação dos registos enviados pelas diversas sondas aí colocadas (na sua órbita ou no próprio solo marciano) – mais umas quantas imagens (9) sendo muitas delas familiares (já que as tínhamos visto antes e registado na nossa memória), que nos elucidam um pouco mais sobre o que estamos a ver (nuns casos confirmando a certeza, noutros casos tirando-nos as dúvidas, ou então, retirando-nos simplesmente as palas).]

 

 

Wow, Mars Sure Can Be Pretty

(Evan Gough – universetoday.com)

 

For a supposedly dead world, Mars sure provides a lot of eye candy. The High Resolution Imaging Science Experiment (HiRise) aboard NASA’s Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) is our candy store for stunning images of Mars.

 

ESP_049009_1520-700x432.jpg

This colorful image of Martian bedrock, punctuated in the center by dunes, is courtesy of the HiRise camera aboard NASA's Mars Reconnaissance Orbiter

 

Recently, HiRise gave us this stunning image (above) of colorful, layered bedrock on the surface of Mars. Notice the dunes in the center. The colors are enhanced, which makes the images more useful scientifically, but it’s still amazing.

 

HiRise has done it before, of course. It’s keen vision has fed us a steady stream of downright jaw-dropping images of Elon Musk’s favorite planet. Check out this image of Gale Crater taken by HiRise to celebrate its 10 year anniversary orbiting Mars. This image was captured in March 2016.

 

PIA20167_hires-1024x768.jpg

HiRise captured this image of unusual textures on the floor of the Gale Crater, the same crater where the Curiosity rover is working

 

The MRO is approaching its 11 year anniversary around Mars. It has completed over 45,000 orbits and has taken over 216,000 images. The next image is of a fresh impact crater on the Martian surface that struck the planet sometime between July 2010 and May 2012. The impact was in a dusty area, and in this color-enhanced image the fresh crater looks blue because the impact removed the red dust.

 

PIA17932_hires.jpg

This color-enhanced image of a fresh Martian crater was captured by the HiRise camera

 

These landforms on the surface of Mars are still a bit of a mystery. It’s possible that they formed in the presence of an ancient Martian ocean, or perhaps glaciers. Whatever the case, they are mesmerizing to look at.

 

oddridges.jpg

These odd ridges are still a mystery. Were they formed by glaciers? Oceans?

 

Many images of the Martian surface have confounded scientists, and some of them still do. But some, though they look puzzling and difficult to explain, have more prosaic explanations. The image below is a large area of intersecting sand dunes.

 

polygondunes.jpg

What is this? A vast area of Martian rice paddies? Lizard skin? Nope, just an area of intersecting sand dunes

 

The surface of Mars is peppered with craters, and HiRise has imaged many of them. This double crater was caused by a meteorite that split in two before hitting the surface.

 

weirdest-mars-craters-11-130507.jpg

This double impact crater was caused by a meteorite that split into two before hitting Mars. Notice how the eroding force of the wind has shaped each crater the same, smoothing one edge and creating dunes in the same place

 

The image below shows gullies and dunes at the Russell Crater. In this image, the field of dunes is about 30 km long. This image was taken during the southern winter, when the carbon dioxide is frozen. You can see the frozen CO2 as white on the shaded side of the ridges. Scientists think that the gullies are formed when the CO2 melts in the summer.

 

hirise-gullies-580x435.jpg

These gullies are on the dunes of Russell Crater on Mars. This image was taken during winter, and the frozen carbon dioxide on the shaded slopes

 

The next image is also the Russell Crater. It’s an area of study for the HiRise team, which means more Russell eye candy for us. This images shows the dunes, CO2 frost, and dust devil tracks that punctuate the area.

 

Russell_Crater_Dunes_Defrosted-resized.jpg

This image of the Russell Crater, an area of study for HiRise, shows the area covered in dunes, with some frost visible in the lower left. The larger, darker markings are dust devil tracks

 

One of the main geological features on Mars is the Valles Marineris, the massive canyon system that dwarfs the Grand Canyon here on Earth. HiRise captured this image of delicate dune features inside Valles Marineris.

 

chojnacki-1-a.jpg

These delicate dune features formed inside the Valles Mariners, the massive canyon system on Mars

 

The Mars Reconnaissance Orbiter is still going strong. In fact, it continues to act as a communications relay for surface rovers. The HiRise camera is along for the ride, and if the past is any indication, it will continue to provide astounding images of Mars.

And we can’t seem to get enough of them.

 

(Evan Gough – Wow, Mars Sure Can Be Pretty – 24.02.2017 – Universe Today)

 

[imagens: NASA]

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:29

17
Fev 16

UFO crashed into a crater on Mars?
(ufosightingshotspot.blogspot.pt)

 

Ao contrário do que acontece na Terra com todas as suas regras e condicionantes (e na qual repetimos gestos como se esse fosse o destino), no Espaço exterior à mesma e talvez por não sermos centrais, muitos incidentes acontecem e muitas dúvidas ficam no ar. Incidentes esses posteriormente analisados e resolvidos (pelos mesmos que inadvertida ou conscientemente o suscitaram) e esmagadoramente justificados devido a erro humano. Um erro humano introduzido por órgãos que nos conduziram até o que hoje é o Homem (vivendo numa sociedade organizada em torno da inteligência do Homem e do seu crescente conhecimento científico e tecnológico – que o transforma numa espécie de referência) salvaguardando desde logo um dos seus subprodutos e nunca invocando um erro técnico: talvez mais um erro de interpretação visual (paralaxe) por má utilização do periférico intermédio. A imagem está lá, o cenário é conhecido e tudo o que o ultrapasse só pode ser imaginação. Como assim se os peritos nos quisessem enganar (manipular) limpariam a nódoa não a deixando passar.

 

ESP_044388_2160.jpg

Marte – HIRISE
(ESP_044388_2160)
Canto superior direito

 

Agora foi o telescópio de alta resolução da NASA instalado a bordo da sonda de reconhecimento orbital MRO (orbitando o planeta Marte há quase dez anos), a presentear-nos com uma imagem de uma zona aluvial marciana (formações geológicas tendo origem no desgaste dos terrenos e em reações químicas associadas) localizada nas proximidades dos limites da cratera Deuteronilus. Num cenário muito parecido (até no processo) a outros encontrados na Terra (devido a fenómenos semelhantes de erosão): Fan-shaped lobes likes these are also in the desert southwest of the United States, and are called “alluvial fans.” They are caused when streams that carry sediment in a confined channel open up onto a plain or wide area, and deposit their sediment just outside of the channel mouth (NASA). Só que desta vez com a referida imagem a ser acompanhada por um pequeno (mas claro) detalhe, destacando-se da globalidade mais ou menos normal apresentada pela totalidade do registo fotográfico: um objeto desconhecido semelhante a um disco-voador (pelo menos para quem os viu) a que costumamos chamar quando observados na Terra OVNI ou UFO.

 

PIA20463-1.jpg

Marte – UFO
(ESP_044388_2160)
Ampliação

 

Em mais este extraordinário acontecimento fotográfico (e alienígena) proporcionado pelos técnicos especializados (em multimédia) da NASA, que mais uma vez apanhados desprevenidos e sem noção do material (estranho) que nos estavam a fornecer, nos presentearam com mais uma imagem sugestiva e provavelmente deliberada (sugestiva por nos lançar mais uma vez nos velhos caminhos alternativos/entre outros temas afirmando a existência de outras civilizações extraterrestres, deliberada por provavelmente de nada se tratar além de uma simples ilusão de ótica/propositadamente editada para lançar a confusão e daí a conspiração). Mas que pode ser o que é ou até mesmo o que nós pensamos ser. Como por exemplo o que noticiam muitos sites ligados à investigação e estudo destes temas insólitos (e fora da nossa normalidade funcional e quotidiana) afirmando perentoriamente tratar-se de um caso de presença alienígena e de um objeto voador que aí se terá despenhado. Á primeira vista até parece (um disco com janelinhas) mas muitas vezes o que parece não é. Pelo menos a NASA e como sempre (ou quase) face a nada não comenta (no caso do Nono Planeta custando-lhe a engolir e ainda mais a falar – provavelmente aceitando-o mas nunca como o Décimo Planeta = Planeta X).

 

(imagem: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:17

05
Out 13

Loucos são aqueles que nunca acreditam – os sobreviventes!

 

Dois corpos celestes detectados na sua trajectória de aproximação ao Sol: qual deles contornará primeiro o Sol? Qual deles se aproximará mais da Terra?


Cometa ISON e asteróide (D.W.) – 24.09.2013

 

Nesta imagem obtida por D. Whitmer pode ver-se (assinalado ao centro) o Cometa ISON, acompanhado na sua trajectória por um outro corpo celeste, neste caso um asteróide (assinalado à esquerda).

 

Poucas são as informações (e imagens) entretanto recolhidas sobre a passagem do cometa Ison nas proximidades do planeta Marte – no passado dia 1 de Outubro – sabendo-se da presença de missões da NASA à superfície e em órbita de Marte. Estranho...


As únicas imagens do cometa ISON (MRO/HiRISE) – 29.09.2013

 

Efeitos do “desligar” das Agências Governamentais norte-americanas (que ainda hoje mantinha o site da NASA inacessível) ou mais uma estrada para as teorias conspirativas? E onde estão todos os outros pesos pesados da observação astronómica mundial, ESA incluída?

 

Até que toda esta crise – vinda de onde vem – podia muito bem ser mais uma encenação dos norte-americanos: só faltaria saber o motivo para toda esta loucura!

 

(1.ª imagem: brucegary.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:49
tags: , ,

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO