Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Abr 19

[Com a Árvore mais Alta do Mundo (seja ela a Meranti, a Sequoia ou o Eucalipto) e como construção Natural, situando-se (em altura) entre a Torre do Lidador (Maia/92m e 5ª maior de Portugal) e a Torre de Monsanto (Algés/120m e a 2ª maior de Portugal); ou se preferirem entre a Torre dos Clérigos (a norte, Porto/76m), para além do Santuário Nacional de Cristo-Rei (a sul, Almada/110m) e muito aquém da antena emissora de onda média da Rádio Renascença (a nordeste de Lisboa, Muge/255m) a segunda maior estrutura metálica da Europa a seguir à Torre Eiffel – estas últimas como construções Artificiais.]

 

Entre a Yellow Meranti, a Sequoia-Vermelha e o Eucalipto Regnans,

Estando o Recordista Mundial em Altura.

(entre a flora terrestre)

 

190404-ground.png

A Yellow Meranti

Menara

(100,8m altura)

 

A mais alta árvore do Mundo (em registo) localizada na ilha de Bornéu na Malásia (sul do continente asiático) e atingindo os 100,8 metros de altura (do solo ao topo), foi agora descoberta (detetada em 2018) por cientistas ingleses (posteriormente medida por um escalador local) inserida numa floresta tropical (Sabath) do Hemisfério Norte Oriental: tratando-se de uma árvore da espécie conhecida como Yellow Meranti (Shorea faguetiana) e pela sua altura (maior que o comprimento do que um campo de futebol) sendo-lhe atribuído o nome de MENARA (traduzindo) a TORRE. Deixando para trás um Eucalipto (Eucalyptus regnans) localizado na Tasmânia (nativo da ilha/estado da Austrália) e atingindo os 99,6 metros.

 

“Admiro-as e venero-as, não apenas a estes gigantes,

mas a todas as outras árvores, velhas amigas e aliadas.

Quem sabe se um dia já fui árvore.”

(Fernanda Botelho/O imponente silêncio das sequoias/16.09.2015/portaldojardim.com)

 

Sequoia Hyperion.jpg

A Sequoia-Vermelha

Hyperion

(115,7m de altura)

 

Segundo os cientistas ingleses com MENARA (a Torre de mais de 100 metros) a pesar 81.500Kg (não incluindo raízes), com a sua massa a vir esmagadoramente do tronco (95%) e o restante (apesar dos seus 40 metros de altura) da copa da árvore (5%). No entanto e a nível Mundial sendo certamente batida pela SEQUOIA-VERMELHA (Sequoia sempervirens), nativas da América do Norte (Califórnia/EUA), podendo ultrapassar os 115 metros e viver entre 1.000/2.000 anos (segundo alguns com as maiores podendo chegar aos 3000/4000 anos de vida): falando-se de HYPERION com 115,7 metros de altura, HELIOS (114,1m), ICARUS (113,1m) e DAEDALUS (110,8m). Acompanhando-nos (e aos já Extintos Dinossauros) pelo menos desde há uns 200.000.000 de anos.

 

E um pouco por ali, um pouco por acolá, mais ou menos espalhadas ou solitárias, ainda sendo visíveis ou meio escondidas – reportando-nos às Sequoias ainda não completamente extintas neste continente (e ainda resistindo na América) – com as mesmas a acompanharem a velha Europa (na sua decadência) cada vez com menos Fauna e com menos Flora: obviamente e seguindo-se o Plano (por algo/alguém imposto) seguindo-se o Homem.

 

(imagens: Web/índice e livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:29

29
Mai 15

Nesta imagem de 2005 obtida pela sonda espacial CASSINI podemos observar uma das luas do planeta Saturno: HYPERION. Uma lua com uma forma estranha, apresentando aspecto muito semelhante ao de uma esponja e possuindo um movimento de rotação muito peculiar. Pela sua densidade sendo mais um dos candidatos à presença de água na sua constituição (e com rochas mas em menor quantidade).

 

pia07740-1041.jpg

Satélite de Saturno Hyperion

 

A sua forma (e ao contrário da generalidade das luas) não é elipsoidal (arredondada), o que poderá estar na origem da deslocação contínua do seu eixo de rotação, tornando o seu movimento caótico. Movimento esse talvez (também) influenciado pela sua proximidade a uma outra lua de Saturno, TITÃ.

 

E agora passada mais de uma década (sobre a passagem e imagem de 2005), a mesma sonda volta a encontrar-se numa nova órbita de aproximação a esta estranha lua: no último dia deste mês a sonda fará a sua maior aproximação a Hyperion, passando a cerca de 34.000km de distância.

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:54

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO