Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

17
Jul 18

Avistado inicialmente a 12, passando em frente a Innarsuit a 13 e partindo para norte a 14.

 

aHR0cDovL3d3dy5saXZlc2NpZW5jZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMD

Innarsuit ‒ Gronelândia ‒ Dinamarca

(169 habitantes)

13 Julho 2018

 

No passado dia 13 de Julho (quinta-feira) na aldeia piscatória de INNARSUITlocalizada no noroeste da GRONELÂNDIA (região autónoma da DINAMARCA) ‒ os seus poucos residentes foram inesperadamente surpreendidos mesmo à porta da sua entrada (para o oceano Atlântico, no Mar de Lavrador), pela presença de um Grande e Misterioso Calhau (não estando lá no dia anterior) que não um asteroide (ou outro objeto caído do céu): com cerca de 200 metros de comprimento, com uns 100 metros de altura (acima do nível das águas do mar) e no total do seu conjunto com um peso de 12 milhões de toneladas ‒ um Monstro em forma de ICEBERGUE. Já nesse dia e dado o perigo de a qualquer momento o Monstro se poder fragmentar (apresentando buracos e rachas visíveis) ‒ provocando um TSUNAMI local e atingindo os residentes mais próximos da costa e do mar ‒ com 33 pessoas a serem evacuadas e as restantes postas em alerta (de um total de 169 residentes); e de seguida (e por precaução) com os barcos a serem rebocados mais para o interior e para terra, enquanto se olhava o Calhau (de Gelo) vendo se o mesmo se partia ou se então se decidia (partindo para outras bandas). Já no dia 14 e deslocando-se para norte com o Monstro de Gelo a afastar-se uns bons 600 metros (e em progressão) deixando os residentes mais descansados dada a proximidade dos depósitos (de combustíveis) e da própria Central Elétrica (visíveis parcialmente na imagem no canto inferior esquerdo).

 

(imagem: Karl Petersen/AFP/Getty Images/livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:33

16
Jul 17

Com os efeitos do Aquecimento Global (sejam as suas causas naturais e/ou humanas) a começarem a sentir-se em todos os níveis e em todos os Continentes (oceanos e atmosfera), nem a região mais isolada e preservada do Mundo ‒ a Antártida ‒ escapa às suas nefastas consequências.

 

larsen_amo_2017193-700x432.jpg

Antártida ‒ Pólo Sul

O Novo Icebergue

(A68)

 

Uma placa de gelo localizada na Antártida (Pólo Sul) com mais de 6% da área de Portugal e com cerca de 1 trilião de toneladas acaba de se desprender do mesmo continente no início desta semana na zona da plataforma de Larsen C (com o maior icebergue até hoje registado a ter o dobro dessa área).

 

Segundo os cientistas a acompanhar o fenómeno com este extraordinário bloco de gelo (um dos dez maiores registados neste continente) a continuar pelas proximidades pelos próximos tempos ou a médio prazo a poder fragmentar-se dirigindo-se mais para norte e alcançando águas mais quentes derretendo (e assim contribuindo para a subida global do nível da água dos oceanos).

 

Uma fratura na plataforma de Larsen C reduzindo-a em mais de 10% (na sua área total) e apresentando uma espessura entre os 200/600 metros.

 

aHR0cDovL3d3dy5saXZlc2NpZW5jZS5jb20vaW1hZ2VzL2kvMD

Antártida ‒ Larsen C

Fratura na plataforma de gelo

(12 Julho 2017)

 

Num futuro muito próximo afetando certamente a geografia do continente da Antártida, não só pela própria evolução da fratura (e seu afastamento) como também pelos fenómenos subsequentes a tal despreendimento e associados ao degelo: como o sucedido em casos anteriores com maiores volumes de água a acabarem por ser introduzidos nos oceanos aumentando o seu nível.

 

E com todo o processo iniciado anteriormente a acelerar-se (degelo na Antártida como já sucede no Ártico) inicialmente pouco afetando o Sistema (o Ecossistema Terrestre) nem mesmo a navegação (sobretudo a sul em rotas pouco frequentadas), mas talvez mesmo a médio prazo a sobrelotar os oceanos fazendo-os extravasar as suas margens e inundando continentes (com um dos candidatos a ser Portugal).

 

(imagens: NASA e ESA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:21

Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO