Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Mar 15

“Talvez um dia encontremos o lugar onde os nossos sonhos e a realidade colidam”
(Deviant Art)

 

perfect_dreams_or_imperfect_reality__by_jetblackhe

 

Ultimamente sujeitos a mais horas de trabalho extraordinário, todos os FAZEDORES/REDUTORES de cabeças usufruindo das suas capacidades intrínsecas e privilegiadas em acederem de uma forma brilhante às notícias da LUSA (oferecendo-nos graciosa e desinteressadamente a sua respectiva INTERPRETAÇÃO/TRADUÇÃO doutrinária), descobriram mais qualquer coisinha que associada à grande discussão em que o país mergulhou recentemente, nos poderá esclarecer melhor do que na realidade é (ou aparenta ser) PERFEITO ou IMPERFEITO.

 

Apesar do OUTRO (candidato) já ter arquivado o assunto (talvez por também acreditar na dicotomia Perfeito/Imperfeito e temer ser alienado por/para um dos lados – já agora qual?) e ao contrário do que muitos também pretendiam e até já visualizavam, o tema feliz e/ou infelizmente ainda não morreu: a culpa é da LUSA e também dos CIENTISTAS (ainda por cima com um estudo oriundo de uma universidade ALEMÃ).

 

“Há um sítio em Portugal onde os raios UV são quase perfeitos” – tal e qual!
“A luz solar em Santiago do Cacém tem um nível quase perfeito de raios ultravioleta (UV), que estimulam a produção de vitamina D pelo corpo humano, o que ajuda a manter o organismo equilibrado e a combater diversas doenças, revelaram esta quarta-feira investigadores de uma universidade alemã” – o que poderá provocar uma grande hemorragia na capital, com uma migração humana maciça em direcção às zonas de UV Perfeitos.

 

O que poderá vir a ter consequências MUITO GRAVES para o nosso país, na sequência do STRIPTEASE público do nosso PRIMEIRO-MINISTRO (a quanto o poder obriga!) – e que exibiu as suas partes, deixando o resto em banho-maria (já que ao contrário do que afirmam, os mirones nunca se cansam). Podendo até nada se passar pois o Outro (candidato) vem a caminho. E que certamente não quererá repetir este acontecimento embaraçoso.

 

(imagem – deviantart.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:49

“Quando criança, uma vez comprei uma maçã para comer na escola, para só depois reparar que estava bichada. Minha mãe logo me consolou dizendo que esses insectos sabem escolher as maçãs mais doces, portanto, se cortamos aquela parte bichada, o resto da fruta tem uma probabilidade maior de ser melhor. Não sei se isso é verdade, pode ser só conversa fiada de mãe.” (Eduardo Pinheiro – papodehomem.com.br)

 

passos-coelho-04f2.jpgevoracapa-547f.jpg

 

Tal como os fazedores de cabeças tantas vezes o afirmam (mesmo aqueles que o negam enquanto primem G-O-O-G-L-E no teclado do seu computador) porque não tentam os portugueses (tal como o fazem esses redutores de cabeças) experimentar esse enorme arquivo histórico que é a WEB (que tal como todas as fontes podem ser verdadeiras ou falsas, sendo nossa e única função tentar distingui-las) para tirarem dúvidas e finalmente chegar a conclusões?

 

Se eles o fazem invadindo a WEB com as suas opiniões (WEB BOA), porque não pelo menos tentarmos fazer como eles (WEB MÁ), partilhando as nossas visões do mundo e as nossas esperanças na construção de uma sociedade solidária e partilhada?

 

Nunca se esqueçam que para muitos desses fazedores/redutores de cabeça, BOA ou MÁ é apenas uma referência temporária atribuída a um determinado produto (por eles curiosamente também co-certificado), mas que a todo o momento pode ser revista, alterada e até glorificada: tal como o fizeram com GALILEU (que se atreveu a afirmar que era o SOL que andava à volta da Terra, candidatando-se a ser queimado vivo mas posteriormente recuperado e transformado em génio) ou até mais recentemente com SNOWDEN acusado da prática de crime de traição ao seu país, apenas por ter decidido pensar naquilo que estava a fazer: "Eu sou apenas mais um indivíduo que fica lá no dia a dia no escritório, observa o que está acontecendo e diz: Isso é algo que não é para ser decidido por nós; o público precisa decidir se esses programas e políticas estão certos ou errados."

 

Deste modo proponho a cada um de nós a realização de um simples, rápido e pedagógico exercício mental: descobrir as diferenças existentes entre os dois indivíduos acima apresentados, tentando imaginar aquele que num mundo imaginado e desejado por todos seria o mais PERFEITO.

 

Mas se acharem que tal não existe (dicotomia PERFEITO/IMPERFEITO) então descubram qual deles (com êxito ou com fracasso) mais se esforçou por atingir os seus objectivos previamente fixados, sem nunca se deixar ALIENAR.

 

(imagens – Expresso)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:42

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO