Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Nov 12

Albufeira – Ficheiros Secretos

Confidencial 3

 

Observadores, Candidatos e Súbditos

 

Com a atual crise que atravessa toda a Europa como pano de fundo e face ao impasse governamental que tem afetado Portugal, lançando-o num caminho sem retorno em direção ao abismo moral e económico – e com um Presidente já muito envelhecido e senil e que apenas sabe falar de leis e pareceres eruditos, quando já muitos compatriotas seus começam a morrer de fome e são abandonados por inexistentes em listas governamentais refundadas – eis que surge mais um Salvador Sebastianista vindo de terras longínquas, propondo-se lutar até ao último instante pela alteração desta situação aberrante, em que os seres vivos se tornaram em simples produtos mercantis de desgaste rápido e logicamente descartáveis, enquanto a mercadoria e o dinheiro se tornaram no verdadeiro desígnio societário, tomando neste presente o lugar dos DEUSES e tornando-se simultaneamente o fornecedor de toda a felicidade, com parâmetros básicos bem estabelecidos – sexo, dinheiro e poder!

 

O híbrido LS – o novo líder proposto a Portugal

 

Os Alienígenas Exteriores decidiram no caso português apresentar-se com uma atitude mais ativa de cooperação e intervenção – de modo a ajudar rapidamente o país e a sua população neste momento de necessidade premente e de receio pelo futuro – e numa reunião não divulgada realizada no interior das Grutas de Hércules situada na costa norte Atlântica de Marrocos, deliberaram nomear como Líder Fundamental para Portugal o híbrido LS. Estiveram presentes nesta reunião e por parte dos alienígenas, todas as principais correntes já aqui mencionadas em artigos anteriores e ainda por parte dos terrestres, representantes de grupos secretos de humanos pró-extraterrestres regionais e nacionais como: Dióspiro Silva, recentemente nomeado presidente da Rede de Telecomunicações Aéreo-Espaciais – RTA – e o representante não-oficial e participando apenas como observador – de modo a não se comprometer com ninguém e perturbar a sua tranquilidade espiritual, tão necessária nestas situações de crise profunda – de Animal Cavalo, o conhecido PR – Presidente Reciclado (de 1.ºMinistro) – de Portugal.

 

A Nave Biomecânica Universo Douro aqui tripulada pelo híbrido LS

 

Após a reunião que decorreu em terras marroquinas e também devido à intervenção particular de Salma Benani, esposa do Rei Mohammed VI – O Comandante da Fé – os participantes foram secretamente convidados a fazerem uma estadia numa das instalações de Inverno da Família Real, onde puderam usufruir de toda a beleza do local e das mordomias reais que lhes foram postas à disposição. Muitos deles aproveitaram a ocasião para praticar alguns dos desportos aí disponíveis para a neve, utilizando algumas das pistas já disponíveis e conjugando esta atividade, com o fascínio da natureza envolvente – acolhedora e coberta de neve – ao mesmo tempo que se deleitavam com as paisagens oferecidas pelas planícies desérticas e secas das misteriosas terras do norte de África. Outros deslocaram-se ainda para os celestiais Jardins e Lagos que rodeavam a extensa propriedade, onde se deleitaram em salas imensas cobertas de tapetes e de almofadas bordadas – e escondidas numa penumbra de sonho e de cenários fantásticos – bebendo um chá de hortelã, saboreando uma extraordinária tagine, comendo e babando-se com os seus bolos de amêndoa e terminando em êxtase profundo mas consciente, com umas profundas lufadas de haxixe. Na hora de partida na sua nave biomecânica “Universo Douro” – transportando à boleia outros convidados terrestres e extraterrestres aí presentes – o híbrido LS confirmou a sua disponibilidade em assumir o cargo de Líder Fundamental, esperando contar desde logo com a colaboração incondicional do presidente da RTA e do PR, prometendo cooptá-los para outros nobres cargos, caso demonstrassem total incompetência e irresponsabilidade para os cargos a eles atribuídos e por respeito às leis e às regras ainda vigentes e por eles decretados, do respeito escrupuloso dos seus direitos adquiridos por nascença e hereditariedade.

 

O novo líder LS terá no seu notável currículo a intervenção na Guerra Civil Norte-Americana

 

O Líder Fundamental revelou ter como sonho – e objetivo – espalhar o seu domínio e influência a toda a Península Ibérica, de modo a que todos os seus cidadãos fossem mobilizados para a concretização do mesmo paradigma e assim se dispusessem a cooperar por iniciativa própria na reconstrução de um novo mundo alternativo, sem elites ultrapassadas e doentias – apenas portadoras de novas perspetivas decadentes e imorais – mas lutando sem descanso e mesmo com dor, por um mundo idealista e utópico e baseado nas dimensões primordiais da partilha de espaços e da solidariedade – e necessidade – de comunicação. Como comprovativo da sua grande experiência na resolução de situações deste tipo, o híbrido LS revelou em primeira mão a todos os presentes, o seu papel ativo e fulcral demonstrado na sua contribuição para o fim da Guerra Civil Norte-Americana, inicialmente expressa através da sua neutralidade observadora e passiva e mais tarde com a sua participação ativa, correta e necessária, tomando o partido da vida e do fim da escravidão e ajudando com o seu espírito intrusivo e pacificador, o entendimento entre os imigrantes de todas as raças e vindos de todo o mundo e que ali se tinham instalado, sonhando com a Terra Prometida. Não deixando de lamentar o sucedido às populações indígenas, mortas aos milhares pelos seus invasores e quase que exterminadas posteriormente pelas doenças por estes transmitidas; ou então por morte anunciada em reservas destinadas aos poucos ainda vivos, mais parecendo coutadas de caça abandonadas por doença das presas e medo de contágio dos seus predadores.

 

As humildes instalações onde o novo líder híbrido LS terá estado provisoriamente instalado

 

LS chegou ao nosso país a bordo da sua nave biomecânica Universo Douro, entrando no nosso território pela foz do rio que lhe dava o nome – o Douro – e percorrendo durante alguns minutos o verdadeiro espaço celeste situado sobre o seu percurso, apreciando a fantástica vista oferecida pelo curso do rio entalado entre as suas duas margens verdes e sinuosas e cavalgadas nas suas encostas por terraços cobertos de belas e apetitosas videiras, fornecedoras de um líquido mágico e inebriante, proporcionador de utopias constantes e destruidor de fronteiras duras mas fictícias da chamada responsabilidade. Ao chegar à zona de Amarante alterou o seu percurso inicialmente previsto, dirigindo-se então para o sítio santo de Nossa Senhora da Lapa, onde foi visitar o misterioso, enigmático e extraordinário SARDÃO aí exposto e residente e tentar cumprir a sua promessa de contenção nas delícias pecaminosas da alimentação e da gastronomia, tentando passar fisicamente na estreita passagem entre as duas pedras santas e milagreiras aí existentes, para o cumprimento religioso dos seus fiéis. Ficou maravilhado com o presépio aí exposto, lamentando apenas o pequeno incêndio por si provocado numa parte não significativa da estrutura do telhado – e como veio na altura noticiado na comunicação social – aquando da largada da nave Universo Douro a caminho de Vila Nova de Paiva, onde iria pernoitar numa extensão personalizada da humilde casa de um cooperante dos Alienígenas Anónimos – AA – e posteriormente visitar a exposição do grande Aquilino Ribeiro, autor do tão atual e premonitório livro “Quando Os Lobos Uivam”.

 

         

Imagem de um dos grandes mestres feiticeiros e adivinhos das Terras do Demo, descendente de uma união ancestral e na altura ilegal entre seres de diferentes origens – diz-se que a mãe era mercuriana mas descendente de terrestres, sendo o pai originário da galáxia de Andrómeda – e aqui ladeado por dois belos exemplares de lobos extremamente fiéis e companheiros de toda uma vida

 

Na sua estadia em terras da Beira-Alta o híbrido LS ainda teve tempo de conviver com o Grande Mestre Feiticeiro e Adivinho que aí habitava, iniciando logo à chegada à residência deste, uma troca entusiasta dos conhecimentos científicos adquiridos com o experiencialismo intrusivo, localizado e direto do seu colega e os ensinamentos espirituais e materiais disponibilizados ao longo dos seus longos anos de viagens e decisões – talvez algumas vezes mal simuladas – em toda a extensão inexplorada e infinita do Universo.

Acabou aí por se inteirar de todos os factos e histórias envolvendo esta zona do norte e do interior de Portugal, das suas gentes pobres e trabalhadoras vivendo essencialmente do que a terra lhes oferecia e dos mistérios e historinhas fantásticas que rodeavam todo este meio rural, com as suas bruxas boas e más praticando feitiços medonhos e incompreendidos, com os seus curandeiros viajando de terra em terra e aí apresentando as suas mezinhas milagrosas e as suas capacidades de endireita e até com os seus monstros noturnos rodeando aas suas vidas, habitações ou propriedades, com o único objetivo de interferir nas suas vidas e se introduzir no seu corpo e espírito fazendo-os trabalhar para entidades medonhas e desconhecidas, apenas interessadas em possuir a nossa alma e através dela manipular o nosso corpo e de controlar deste modo toda a comunidade. Mas neste caso o Grande Mestre era apenas mais um dos elementos deste agregado de gente que apenas pretendia viver, amar e compreender o mundo e assim passar despercebida no seu percurso neste labirinto da vida, partilhando a alegria e a dor, o bom e o mau, a terra fértil ou a sua aridez, mas sempre com princípios e dignidade e no respeito pelo que a Natureza lhes oferecia, apenas em troca de dedicação, trabalho, confiança e solidariedade.

 

Existem notícias preocupantes de uma possível inversão dos objetivos e atitudes a tomar futuramente pelos alienígenas em relação aos planos iniciais de intervenção no nosso planeta

 

Há já muitos meses que o desconforto dos alienígenas com tudo o que se está a passar no nosso planeta se tem vindo a agravar de uma forma progressiva, perigosa e bastante desagradável para todas as partes em presença, originando o aparecimento constante de conflitos de difícil resolução, por inutilidade de conteúdo e sucessivas recorrências a atos violentas para o desbloqueamento dessas mesmas situações. Daí o desagregar de muitas das organizações de contacto e ligação com os alienígenas, restando hoje em dia ainda no ativo o grupo dos Alienígenas Exteriores e os seus cooperantes Alienígenas Anónimos. Deste modo vivem-se hoje em dia no Algarve dias de dor e sofrimento crescentes, não só devido às cada vez piores condições de vida que afetam a generalidade das suas populações, como à falta de incentivo e iniciativa a novas aventuras e experiências, que a presença dos extraterrestres iam anteriormente e aquando da sua presença, trazendo à nossa terra. Tudo parece morto e estático e nem um ruído se ouve no espaço.

 

(imagens retiradas da web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:16

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Um Híbrido a Presidente

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO