Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

24
Set 14

“Se contraído, o Ebola é uma das doenças mais mortais que existem. É um vírus altamente infeccioso que pode matar mais de 90% das pessoas que o contraem, causando pânico nas populações infectadas.” (Médicos Sem Fronteiras)

 

As Teorias Conspirativas

 

 

Num mundo andando ao reboque da consolidação da Teoria das Mentiras, as Teorias Conspirativas poderão em alternativa conter a solução ou ser apenas mais uma dessas mentiras. Vejamos algumas hipóteses:

  • O vírus Ebola é uma arma biológica obtida a partir de manipulação genética (GMO) tendo sido a sua introdução em África: um acidente (não propositado) ou então da responsabilidade do Departamento de Defesa norte-americano.
  • O vírus Ebola foi libertado de propósito pelos adeptos da globalização de modo a darem sequência à sua agenda de redução da população mundial (a metade).
  • O vírus Ebola já foi patenteado nos Estados Unidos da América (em 2010) sendo o detentor desta patente o CDC (Centro de Controlo e Prevenção de Doenças) – uma entidade governamental norte-americana que pelos vistos se tenta aproveitar da situação para aumentar os seus lucros com a produção de vacinas; alguns afirmam mesmo que não existe nenhum novo surto do Ebola estando a situação a ser propositadamente empolada.
  • O vírus Ebola é um organismo que terá estado adormecido durante um longo período de tempo, acabando por ser libertado acidentalmente; em alternativa poderá ter origem extra-terrestre.

E para finalizar, a apresentação do registo da patente do vírus Ebola – efectuada pelo governo dos Estados Unidos da América há quatro anos atrás (o que lhe dá todos os direitos/proveitos sobre algo de novo que se descubra ou se relacione com a doença):

 

Human ebola virus species and compositions and methods thereof
CA 2741523 A1

(google.com)

 

Publication number

CA2741523 A1

Publication type

Application

Application number

CA 2741523

PCT number

PCT/US2009/062079

Publication date

Apr 29, 2010

Filing date

Oct 26, 2009

Priority date

Oct 24, 2008

Also published as

EP2350270A2, 4 More »

Inventors

Jonathan S. Towner, Stuart T. Nichol, James A. Comer, Thomas G. Ksiazek, Pierre E. Rollin

Applicant

Jonathan S. Towner, 5 More »

Export Citation

BiBTeX, EndNote, RefMan

Classifications (21), Legal Events (1)

External Links: CIPO, Espacenet

Registo da patente do vírus Ebola

 

A Realidade

 

 

Segundo dados fornecidos pela Organização Mundial de Saúde e continuando o vírus Ebola a propagar-se sem grandes medidas de prevenção ou de controlo da doença (como até hoje se tem verificado), estima-se que no início do mês de Novembro já se poderá ter ultrapassado a barreira dos 20.000 contaminados.

 

O que significa que a crise provocada por esta emergência no campo da saúde pública está longe de estar terminada (iniciada em Dezembro de 2013 com os primeiros casos detectados na Guiné) até pelos últimos registos publicados pela OMS relacionados com a propagação da doença: 4.000 casos confirmados com uma taxa de mortalidade superior a 50% (valores considerados pela própria organização subestimados), duplicando o número de novos casos num período entre 15 e 30 dias (com os países mais afectados a serem a Serra Leoa, a Libéria e a Guiné).

 

Se esta propagação do vírus Ebola não for travada nos próximos tempos o Mundo e o Continente Africano arriscam-se a ver surgir nesta zona da África Ocidental uma perigosíssima doença endémica, com o vírus a poder alastrar por outras regiões mesmo que remotas, espalhando-se rápida e progressivamente por todo o mundo.

 

Actualmente sabe-se que o vírus Ebola pode ser facilmente transmissível apenas por simples contacto (ex: com suor, lágrimas e outros fluidos corporais), mas com as mutações a que o vírus tem estado sujeito ao longo do tempo muitos especialistas já falam da forte possibilidade de futuramente o vírus se poder tornar transmissível por via aérea: o que seria um desastre a nível global.

 

Nesse sentido e tomando finalmente consciência do perigo para a saúde mundial que este surto poderia provocar se nada se continuasse a fazer, os Estados Unidos da América, a França e a Grã-Bretanha lá resolveram actuar.

 

Mas não poderia ter sido mais cedo – a OMS teve conhecimento do surto em Março deste ano – evitando os mais de 1.000 mortos e a não declaração sequer do estado de emergência?

 

Na Libéria de hoje é já o próprio governo do país que alerta todo o mundo de que está perto do seu colapso total devido ao novo surto de Ebola!

 

(imagens – conspiracyanalyst.org e time.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:43

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

O Novo Surto de Ebola

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO