Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Mar 15

“A julgar pela lista, eu não sou VIP”
(Ministra das Finanças)

 

detay-ps-exige-consequencias-politicas-no-caso-da-

Cada um deles deveria ir para seu lado
(o pior é que nenhum deles quer sair do nosso)

 

Mas como é que a Ministra das Finanças tem conhecimento (directo ou indirecto) da existência da famosa Lista VIP (nunca reconhecida pela mesma), se o seu Secretário de Estado a negou repetida e heroicamente (ao jurar a sua inocência de dedos esticados e a pés juntos – uma fonte fidedigna afirma que viu) em todos os média a ele disponibilizados?

 

Ao dar credibilidade de uma forma temporária e simplesmente oportunista (para sua defesa ou sustentação argumentativa) à aparente existência da Lista VIP, com essa acção ela apenas está a contribuir com mais um poderoso (e pessoal) alicerce, para uma melhor aceitação e confirmação dessa teoria conspirativa (e com autor e patente).

 

Dividindo o Governo ao qual ainda pertence entre um conjunto de individualidades VIP (incluindo Cavaco Silva, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas – mas nunca esquecendo o judas pessoal desta, o negando três vezes Paulo Núncio) e um outro conjunto constituído por um único elemento e não conotado como VIP (sendo a própria esse elemento), ela apenas nos sinaliza (mesmo que de longe e de uma forma inconsciente) que neste cenário inventado é tudo a mesma porcaria.

 

Ainda aprenderemos todos a viver apenas do lixo.
E ainda vamos ter de pagar.
(já pagamos resíduos líquidos e sólidos – só faltam mesmo os gasosos e outros estados da matéria)

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:58
tags: ,

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

A Lista de Compras

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO