Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Jan 16

A Coreia do Norte anunciou esta semana (a todo o Mundo) ter testado com êxito a sua primeira Bomba de Hidrogénio (atómica). Uma arma nuclear de enorme potência posta a partir de agora ao dispor dos militares norte-coreanos, assim como ao serviço do seu grande líder e proclamado ditador KIM JONG UN. Um único homem que pôs em poucos segundos todo o mundo em estado de alerta, suplantando no seu tempo de ação todo o espaço até aí concedido aos terroristas: e considerado como pertencendo ao grupo de países do Eixo do Mal (incluindo segundo George W. Bush no seu discurso sobre o Estado da União de 29 de Janeiro de 2002, o Iraque, o Irão e a Coreia do Norte). Agora dispondo do veículo (mísseis intercontinentais) e até de arma (bomba H).

 

9457891_600x400.jpg

Se tudo for verdade (mísseis e bomba H) só falta mesmo carregar no botão
(HOWARD representando KIM JONG UN)

 

Um caso muito comum de aparência (da sua pretensa força) e simultaneamente de prepotência (exercida de forma bruta). E que desde logo provocou uma reação imediata por parte de toda a comunidade internacional (Grã-Bretanha, China, Rússia, Coreia do Sul, Japão, entre outros) mesmo antes da confirmação oficial do referido acontecimento (por parte dos EUA). Isto apesar de outros estados imprevisíveis dispondo (como o Paquistão) ou não (como a Arábia Saudita) de uma bomba nuclear, também serem governados por regimes (ditatoriais) como o norte-coreano: mas nestes dois casos considerados aliados (do Ocidente).O que não deixa de ser preocupante (sobretudo para a Europa) esquecendo-se outros assuntos muito mais importantes (como o da Ucrânia e do Médio Oriente).

 

map-430594.jpg

Um tipo de arma (nuclear) já ao alcance de vários países muitos deles instáveis
(como a Índia, o Paquistão e Israel)

 

Face a esta inesperada notícia que invadiu instantaneamente todos os meios de comunicação social (global), assim como face à gravidade que a mesma ameaça associada (a esta notícia) poderia acarretar, logo os quinze membros Conselho de Segurança se reuniram condenando fortemente a Coreia do Norte e o seu teste nuclear ilegal: impondo mais sanções económicas (será aí a quinta vez) desde que os norte-coreanos realizaram o seu primeiro teste (há uma década atrás). Com todo este espetáculo mediático a ser montado apesar de:

A explosão ser estimada num máximo de 10kt enquanto utilizando um dispositivo termo nuclear (como a bomba de hidrogénio) andaria pelas megatoneladas (Mt); pelo que o ensaio agora levado a cabo pelos norte-coreanos não passaria de um simples teste ao mecanismo de disparo da sua Bomba H, a mais um teste de mais uma bomba de fissão ou até mesmo a um teste falhado;

 

Os EUA ainda não terem confirmado este ensaio nuclear agora realizado pela Coreia do Norte com uma bomba de hidrogénio (muito mais potente e perigosa que uma bomba de fissão), apesar de todas as afirmações divulgadas nesse sentido pela rede da TV estatal norte-coreana; contando ainda com a contribuição de um tremor de terra de magnitude 5.1 registado por essa altura nessa região.

 

Colocando praticamente todos os continentes da Terra sob a ameaça dos mísseis intercontinentais norte-coreanos (talvez exceto África), sejam eles equipados com bombas de fissão ou com bombas de hidrogénio: tendo a China, a Coreia do Sul, o Japão, a Austrália, a Alemanha e até os EUA (como alvos privilegiados) ao seu alcance e debaixo da mira.

 

(imagens: stuff.co.nz/Howard e express.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:37

22
Jul 14

Após a tragédia ocorrida nos céus da Ucrânia onde um avião de transporte de passageiros foi abatido provocando 300 mortos – originando de imediato a suspensão da permissão de se sobrevoar o espaço aéreo ucraniano – outro estado se vê agora numa situação muito semelhante: com mísseis lançados a partir da Faixa de Gaza (outros afirmam do Egipto) a atingirem já as proximidades do aeroporto de Telavive, está claramente posta em causa a segurança dos voos no seu espaço aéreo, abrindo assim a porta ao cancelamento de voos em Israel – o que já se verifica com algumas companhias norte-americanas.

 

 

Com o estender a toda a região do médio oriente da nova estratégia norte-americana tendo em vista o controlo da matéria-prima local secundarizando a estrutura do estado e a sua organização social, assiste-se actualmente ao alargar progressivo e exponencial duma mancha negra territorial de contornos deliberadamente caóticos, onde diversos estados já deixaram de existir e outros se encontram no mesmo caminho apocalíptico.

 

Israel ainda não compreendeu o que realmente se está a passar tão perto de si – com o Irão e a Arábia Saudita a verem a sua guarda avançada (Iraque, Síria e Líbano – com a Jordânia ainda de reserva) a actuar já no terreno – perdendo-se em guerrinhas locais (contra a abandonada população civil da Faixa de Gaza) que apenas provocam mais genocídios (já ultrapassando os 500 mortos) e protestos internacionais.

 

Se a situação agora criada se continuar a desenvolver normalmente como assim o desejam Iranianos e Sauditas (com razões e objectivos diametralmente opostos ou talvez não) o estado de Israel poderá ver-se repentinamente numa situação perigosíssima e insustentável: tendo pela frente um território imenso nas mãos de mercenários fortemente armados (um autêntico exército de guerrilha) vindos de todos os cantos do mundo incluindo claro está de todos os estados árabes entretanto destruídos no seu caminho de libertação (e constituição dum futuro e imenso Califado) e dos lados a sua inimiga Turquia e o sempre imprevisível Egipto.

 

(imagem – nowtheendbegins.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:30

05
Mai 12

General russo ameaça ocidente com mísseis

 

O General Nikolay Makarov ameaçou atacar as instalações de mísseis defensivos dos EUA/NATO, colocados no leste europeu, se os EUA persistirem com o seu plano de construção de um escudo antimíssil na Europa.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:25

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO