Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

06
Abr 14

“As maravilhas encontram-se por mero acaso”

 

    

 

Raimundo nasceu no dia 1º de Agosto de 1938, na zona rural de Goiás. Chegou a São Paulo com 23 anos. Foi jardineiro e vendedor de livros. É morador de rua desde 79, no mesmo local desde 96. Um verdadeiro poeta! Tem um diário e escreve suas “mini páginas”, que distribui para quem passa por ele. Todas têm data de nascimento e um número de série. Assina suas obras como “O condicionado”.

 

Raimundo Arruda Sobrinho

 

“Desgraçado do homem que se abandona

Estas seis palavras acima indicam que, por pior
que seja a situação, nunca, nunca o homem deve
considerá-la perdida porque ninguém pode
dar garantia que adversidade seja invulnerável”

Raimundo Arruda Sobrinho, 04/11/2012

 

Hoje 23 de Abril de 2013, faz 1 ano que Raimundo Arruda Sobrinho saiu da “ilha” que viveu por quase 19 anos, um canteiro da Av. Pedroso de Morais, em SP.

 

(ocondicionado.blogspot.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:09

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18

23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

O Condicionado

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO