Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Nov 18

[E o Território e a População que se Lixem.]

 

PIA22861.jpg

Minas de Carajás – Brasil

PIA 22861 – 19 Junho 2017

(Satélite: Terra – Instrumento: Astra)

 

Localizado no PARÁ (a sudeste do estado) paredes meias com os mundialmente conhecidos estados do MATO GROSSO (a sul) e do AMAZONAS (a oeste) – onde se localiza um dos poucos ecossistemas naturais tendo ainda algo a ver com o ECOSSSISTEMA ORIGINAL TERRESTRE, onde a VIDA e o HOMEM foram acolhidos e se desenvolveram – localiza-se a grande cordilheira da SERRA dos CARAJÁS, na qual se encontra implantado o Grande Projeto Mineiro do GRANDE CARAJÁS numa região considerada a nível de exploração mineral uma das mais ricas do planeta: estendendo-se por uma área representando cerca de 10% do território brasileiro – e nela se incluindo a maior reserva de FERRO do mundo (de alto teor) além da exploração de outros minérios como (entre outros) níquel, cobre e ouro – e sendo como é evidente fonte de cobiça de mineradores e de Grandes Empresas Internacionais de Mineração (como é o caso da VALE uma Multinacional Brasileira de Exploração de Minérios e uma das maiores do Mundo – operando em vários estados do Brasil como em todos os 5 Continentes).

 

Vale recebe (em 2012) o nada honroso ‘Óscar da Vergonha’ com 25 mil votos

(O Globo/27.10.2012)

 

“Mais de 88 mil pessoas participaram da votação, promovida pelo site Public Eye People's e patrocinada pelo Greenpeace, para eleger a pior empresa do ano. E os eleitores decidiram entregar o “Óscar da Vergonha” para a Vale: uma empresa “com longa trajetória caracterizada por condições de trabalho desumanas, violações de direitos humanos e destruição do meio ambiente” em diversas partes do mundo. E sendo acompanhada por empresas como a TEPCO (japonesa e responsável pela Central Nuclear de Fukushima) e como a sul-coreana SAMSUNG (produtora de componentes eletrónicos).” (globo.com)

 

Carajas_Mine.jpg

Minas da Serra de Carajás – Brasil

Imagem de Holli Riebeek – Wikipédia

(Satélite: EO-1 Instrumento: EO-1-ALI)

 

Agora (Novembro de 2018) eleito JAIR BOLSONARO como Presidente do BRASIL (o 5º maior país do mundo, o 6ª em população e o 8º no PIB) – autointitulando-se o TRUMP da AMÉRICA do SUL como contrapartida ao original da América do Norte (Donald Trump dos EUA o 4º maior do mundo, o 3º em população e o 2ª no PIB) – e sabendo-se tudo o que se sabe sobre o seu passado político e formação (vida, opiniões, ações) pessoal – entre outros pontos extremamente negativos (caraterizando-o), sendo um populista (de direita), apologista da utilização da tortura (tal com Trump), por diversas vezes tomando posições extremistas (e contrárias à generalidade da opinião pública brasileira) contra as minorias (como o movimento LGBT), além de apologista da ditadura e de atitudes/comportamentos racistas (levando-o no passado a várias condenações judiciais) – certamente com os residentes no estado de Pará e neste caso da SERRA dos CARAJÁS – ainda-por-cima tendo os paranaenses optado pelo outro candidato Fernando Haddad (Haddad/55% e Bolsonaro/45%) nas Presidenciais deste ano – a terem de recear o pior (para o seu estado) dadas as ideias transmitidas pelas afirmações de Bolsonaro: relembrando o Movimento dos Sem-Terra no estado do PARÁ (terminando em 1996 com o Massacre de cerca de uma vintena desses manifestantes) com o atual Presidente a afirmar (perentória e claramente) que ”Quem deveria estar preso era o pessoal do MST”. Como se já não estivessem Mortos.

 

Carajas Mine, Brazil

(NASA/19.11.2018)

 

“The Carajas Mine is the largest open-pit iron ore mine in the world. It is located in the state of Para, northern Brazil. The mine is estimated to contain over 7 billion tons of iron ore, plus gold, manganese, bauxite, copper and nickel. Ore is loaded into rail cars, and shipped to the Atlantic port city of Sao Luis over 250 kilometers away. The image was acquired June 19, 2017, covers an area of 18 by 27 kilometers, and is located at 6.1 degrees south, 50.2 degrees west.” (photojournal.jpl.nasa.gov)

 

(imagens: earthobservatory.nasa.gov – photojournalnasa.jpl.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:03

05
Jul 12

Os Ficheiros Secretos de Albufeira – revelações e interrogações

(informações parciais baseadas no ficheiro C/37-8/12)

 

Modernização da CMA – Futura Zona de Transportes e Comunicações

 

As autoridades municipais planeiam a construção no mais curto espaço de tempo de várias rampas de lançamento de foguetões de longo curso num terreno já escolhido, bem situado e a expropriar de imediato, situado numa zona adjacente ao edifício camarário; para tal, as autoridades contarão com a colaboração das agências imobiliárias instaladas na cidade, que receberão como contrapartida para este negócio, vantagens de utilização deste transporte no desenvolvimento das suas trocas comerciais com outros destinos turísticos, sejam estes interiores ou exteriores – algumas fontes credíveis e em geral bem informadas, dizem ter conhecimento da provável montagem durante a realização das festas de Verão (no jardim localizado na parte antiga da cidade) de um stand revolucionário de promoção turística, que será apoiado técnica e financeiramente por instituições nacionais e internacionais muito bem conhecidas e respeitadas. Como é o caso da refundada Fundação Gil – que propôs há anos atrás e sem ninguém reparar, um grande ET vindo de uma galáxia distante e misteriosa para mascote do evento, além da sua função estrategicamente não divulgada de conselheiro e vigilante da Expo portuguesa – e a NASA – agência espacial americana que futuramente se irá dedicar também ao mercado imobiliário, iniciando desde já a anunciada venda de lotes de terrenos no planeta Marte e no nosso satélite natural a Lua. O objetivo desta medida considerada prioritária pelas entidades competentes, poderá ser o do estreitamento das relações (e dos contactos) entre as forças vivas e dinamizadoras da cidade de Albufeira e as secretas e poderosas potências comerciais estrangeiras, que nos últimos tempos têm agitado a vida anteriormente corriqueira, da nossa luminosa cidade algarvia.

 

Serão as plataformas petrolíferas a instalar ao largo da nossa costa algarvia, mais um embuste deliberado e intencional, de modo a esconder a invasão e conquista alienígena?

 

Fala-se de acordos ultrassecretos entre o Governo e os representantes alienígenas – após desacordo de Paulo Portas com os habituais consórcios alemães – para a construção desta nave nos estaleiros de Viana do Castelo

 

Segundo informações confidenciais divulgadas pela secção portuguesa da AlbuLeaks sediada na cidade de Albufeira, a nossa autarquia prepara-se para celebrar à revelia de todas as outras autoridades e eleitores locais, um contrato a longo prazo para a construção de um monstro tecnológico submarino. Adianta ainda a mesma organização que o pontão construído há anos na Praia dos Pescadores supostamente assinalando o local de passagem de um emissário submarino de descarga de resíduos vindos da estação de tratamento de esgotos situada nas proximidades, foi utilizado prioritariamente para encobrir uma ligação subterrânea e direta, entre locais secretos situados em terra e o local das futuras instalações de uma base submersa apetrechada com tecnologia de ponta e com o objetivo único de fornecer todo o apoio possível aos seus colaboradores terrestres, nesta odisseia alienígena em terras algarvias. A quebra ocorrida no pontão foi uma tentativa de ao mesmo tempo afastar potenciais curiosos do local e retirar dali os pescadores que com as suas canas de pesca e outros acessórios – e devido à sua composição química, propriedades físicas e magnéticas – estavam a provocar constantes interferências em certos aparelhos de deteção e controlo dos alienígenas, podendo perturbar a sequência normal da sua intervenção. O documento da AlbuLeaks refere ainda que a mesma técnica de encobrimento já terá sido aplicada com sucesso há muitos anos atrás na região algarvia, na construção de imensos túneis subterrâneos que se estenderão por todo o Algarve, ligando grutas naturais e artificiais às imensas minas de sal-gema de Loulé.

 

     

Os Golfinhos – dois deles desapareceram misteriosamente e reapareceram dias depois com melhor aspeto e mais bronzeados

 

Depois da catástrofe perfeitamente encoberta que se abateu há anos atrás sobre aquela zona da cidade e que já pronunciava a ocorrência de acontecimentos futuros extraordinários – toda a população residente naquele local desapareceu subitamente, deixando dezenas de moradias e apartamentos completamente vazios e abandonados, como se fosse uma cidade fantasma – eis que dois outros mamíferos mecânicos desaparecem, mas neste caso voltam a aparecer. Uma pessoa idosa conhecedora e natural da terra lançou no outro dia – e a este propósito – durante uma conversa informal que decorria ao fim da tarde na Tasca do Costa à volta de uns caracóis e de umas caracoletas e de uma imperial bem tirada e fresquinha, uma hipótese explicativa para este evento: estariam a decorrer desde há alguns anos experiências secretas com interesses ao nível do governo português, da autarquia da terra, dos chineses e dos alienígenas, que teriam como objetivo a criação de um portal de ligação entre mundos, sendo este evento uma das suas consequências. No seguimento do raciocínio do idoso, esta sociedade secreta teria acabado a montagem de mais painéis fotovoltaicos em Albufeira e nas zonas circundantes, de modo a reforçar fortemente as suas necessidades energéticas emergentes. Falou-se mesmo na construção num local ainda não identificado (numa das oficinas da CMA?) de um poderoso acelerador de partículas, que tornaria o seu homólogo europeu num objeto anedótico e obsoleto.

 

Esta imagem foi recolhida acidentalmente por um turista inglês quando comia tranquilamente uma sardinhada com amigos perto das margens do rio Arade. Suspeita-se que estes seres tenham surgido vindos de uma das grutas que proliferam na região – por vezes relacionadas a lendas envolvendo mouros e princesas, talvez para despistar – e que poderão ter ramificações por todo o subsolo do sul de Portugal, constituindo uma rede intrincada de ligações de um mundo ainda desconhecido para nós

 

Como o confirma a imagem anterior estes estranhos acontecimentos parecem querer estender-se a todo o Algarve, podendo provocar caso tal se confirme, uma onda de histeria crescente, que poderá vir a afetar ainda mais a crise turística que atravessa esta região e levar à fuga generalizada da maioria dos estrangeiros aqui residentes.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:03

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO