Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

31
Mar 17

Hoje (dia 30 de Março de 2017) a NASA presenteia-nos com uma imagem já com mais de oito anos (8 de Janeiro de 2009) de uma zona localizada junto a uma cratera não identificada do planeta Marte (hemisfério sul).

 

PIA21574 b.jpg

Marte

(PIA 21574)

 

Numa imagem recolhida pela sonda MRO utilizando o seu instrumento HiRISE e com as lentes das suas câmaras focando um depósito de material bem visível sobre a superfície marciana: como se pode constatar pelo tom amarelado.

 

Deixando-os intrigados com a presença de material mais claro e brilhante na sequência desses depósitos à superfície, espalhando-se a partir desse local através de estreitas e contínuas depressões existentes no terreno.

 

Se estivéssemos com os nossos olhos fixos num cenário de paisagem terrestre, certamente se podendo sugerir estarmos presente um local de possível extração mineral (à superfície ou subterrânea), com o seu ponto central e rotas de escoamento.

 

PIA21574 C.jpg

 

Mas como estamos em Marte e os únicos movimentos até agora detetados e erosivos só podendo ser atribuídos a fenómenos atmosféricos também presentes neste planeta (como será o caso da ação dos ventos – os Dust Devils), sendo tudo e logicamente de origem natural.

 

Um planeta há biliões de anos sujeito a algum tipo de cataclismo verdadeiramente avassalador, que segundo os cientistas terá destruído toda a atmosfera então envolvendo Marte, feito desaparecer um grande oceano cobrindo uma parte apreciável do planeta e a partir daí muito provavelmente destruindo e calcinando todos os vestígios de vida nesse passado extremamente remoto tendo grandes probabilidades de existir.

 

Hoje sem denotar a presença de qualquer tipo de organismo por mais primitivo ou estranho que seja (alienígena), apresentando-nos um planeta seco e calcinado como se tivesse sido literalmente varrido por um fogo Mortal mas vindo dos Céus. Sem vida nem presenças.

 

PIA21574.jpg

 

E no entanto no empolgamento da descoberta e na procura cega e imediata de respostas inequívocas nem sequer nos informando e assim esclarecendo sobre a presença de outras formas estranhas e deslocadas sobre a superfície deste Mundo distante (morto e como tal não diverso mesmo em forma).

 

Como o da presença de diversos elementos estranhos todos com a mesma estrutura, forma, cor e brilho sobre a superfície de Marte (na imagem inicial com um aparecendo no canto inferior esquerdo), sugerindo serem externos ao sistema e como tal e para o mesmo de origem alienígena: como se estivéssemos perante uma exploração mineira, com o artefacto aí inserido a ser apenas um habitáculo (fixo) ou um veículo de transporte (móvel) – talvez mesmo um disco-voador.

 

(imagem: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:10

25
Fev 17

Ao contrário do que muitos pensam (face à evidência de que Marte não possui uma atmosfera como a existente na Terra) existirão certamente outros planetas onde poderemos constatar o aparecimento à sua superfície de redemoinhos de vento: bastando para tal a presença de camadas sobrepostas sobre a superfície do planeta de materiais a diferentes temperaturas (no seu estado gasoso e envolvido por finas poeiras) obrigando essas mesmas camadas (as mais quentes/leves a subirem as mais frias/pesadas a descerem) a deslocarem-se e a provocar efeitos dos mais visíveis e caraterísticos desse tipo de fenómeno (universal – o Vento.

 

O que significa que Marte também terá a sua atmosfera (numa constituição diferente da nossa, familiar, mas como se fosse de outra espécie) e os seus redemoinhos: os chamados Dust Devils. Para futuras expedições ao planeta Marte sendo mais um problema para os humanos resolverem: postos perante redemoinhos marcianos muitas vezes superior em intensidade aos testemunhados na Terra (50X ou mais).

 

PIA21457.jpg

Mars

Dust Devil in Hilly terrain

(Mars Reconnaissance Orbiter – PIA 21457)

Optical Instrument HiRISE

 

No cumprimento do seu programa de observação do planeta Marte iniciado aquando da sua inserção em órbita (em 10 de Março de 2006), a sonda norte-americana MRO enviada ao planeta Vermelho com o objetivo prioritário de encontrar vestígios da existência de água no passado, continua a enviar-nos testemunhos ao vivo de um planeta que nos seus momentos de maior aproximação à Terra se encontra apenas a uns curtos 76.5 milhões de Km (como aconteceu a 22 de Maio do ano passado quando Marte se encontrava em oposição e no ponto da sua órbita de maior aproximação à Terra; e o que acontece aproximadamente de 2 em 2 anos quando Marte se coloca do outro lado do Sol) – e que em 27 de Julho de 2018 ainda estará mais perto: a menos de 60 milhões de Km.

 

Um planeta nosso vizinho, que nos parece querer dizer algo, que um dia poderá ter tido água, atmosfera e até vida – elementos de um cenário comum que também temos na Terra – e que apesar de declarado como morto há biliões de anos atrás, ainda nos vai intrigando com vestígios e movimento: vestígios de um Mundo (ainda) Vivo e sobretudo em Movimento – Mineral ou Orgânico ou com qualquer outro tipo de base (de suporte à estrutura).

 

E como todos nós sabemos que um dos indícios de que a Matéria está Viva e em constante Transformação é o de se mover, interagir, trocar e transformar energia (ocupando sucessivamente novos espaços ao deslocar-se), observar-se um objeto deslocando-se entre determinados parâmetros e assim integrando-se no seu meio (por mais inóspito que o consideremos) só poderá significar que este não será propriamente um objeto inanimado tendo pelo contrário e como seria Natural uma missão a cumprir e um determinado objetivo a executar (dentro do conjunto a que pertence): como o teria qualquer elemento que fizesse parte de um determinado Mundo e fizesse parte dessa Estrutura – naturalmente e para poder persistir inteligente, organizada e como tal Viva.

 

There are many dust devils on Mars -- little twisters that raise dust from the surface. They have also cleaned dust off of the solar panels of the rovers Opportunity and Spirit, improving the solar power production. Spirit became stuck in 2009 and ceased communication a year later. (nsa.gov)

 

PSP_009819_2130.jpg

Mars

A Dust Devil on Hilly Terrain

(Mars Reconnaissance Rover – 2008 Image in the Amazonis region)

Optical Instrument HiRISE

 

Se um calhau se desloca, algo ou alguém interagiu com ele – em termos relativos ou absolutos (tanto faz) movimentando-se a uma determinada velocidade (a indicada para o mecanismo) e com a matéria que o compõe e que lhe dá forma (a estrutura que o define tipo ADN) interagindo com todos os componentes interiores que o caraterizam e com os exteriores que o condicionam (influenciando a sua evolução).

 

Para tal efeito utilizando toda a tecnologia natural desde sempre disponível (mas tal como o nosso cérebro aproveitado minimamente), com a Matéria (a providencial doadora) evidenciando toda a sua pujança e vigor (que a carateriza como criadora de Vida), com constantes trocas (e transformações) de energia eletromagnética (desequilibrando e equilibrando o sistema) e como consequência (vital) obrigando-o todo o edifício a mexer-se, a criar soluções e a evoluir na direção mais correta (adaptando-se pois a perfeição não existe sendo apenas um desejo).

 

(imagens e legendas: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:10

13
Mar 16

10º Aniversário da MRO em Marte
(10.03.2016)

 

UT14.jpgUT5.jpg

 

No passado dia 10 de Março a sonda norte-americana MRO comemorou o 10º Aniversário da sua inserção em órbita do planeta Marte: lançada a 12 de Agosto de 2005 da base de Cabo Canaveral na Flórida (a bordo do foguetão Atlas V-401), a sonda MARS RECONNAISSANCE ORBITER atingiu Marte 7 meses depois da sua partida da Terra, numa missão estipulada para durar 4 anos (e que já dura há 10).

 

UT1.jpgUT2.jpg

UT3.jpgUT4.jpg

 

Uma sonda alimentada há já dez anos através da utilização dos seus painéis solares e cujo objetivo principal da sua observação orbital seria o de estudar:

 

A geologia de Marte;

A possibilidade da existência de água (gelo, vapor de água, subterrânea ou no passado);

Como ambas (poeiras e água) se conjugavam (ou teriam conjugado no passado):

E ainda a atmosfera de Marte e o clima do planeta.

 

UT6.jpgUT7.jpg

UT8.jpgUT9.jpg

 

Entretanto e ultrapassado o período estimado para o cumprimento da sua missão (2010), a sonda MRO estende agora o seu período estimado de trabalho e funcionamento por mais uns anos (já vamos em 2016) prosseguindo os seus estudos e estendendo os seus limites: não só na área da geologia e do clima marciano, como também na procura de novos locais para futuras sondas atingirem a superfície de Marte.

 

U7T11.jpgUT12.jpg

 

Uma sonda da NASA que para além de todas as informações que até hoje nos proporcionou – sobre os polos de Marte, sobre o seu solo gelado, sobre a sua atmosfera, sobre a sua superfície e subsolo – ainda pode estender e alargar as suas pesquisas científicas na procura de novos locais de aterragem e de potenciais regiões habitáveis (para uma eventual colonização).

 

E que nos continua a deliciar com imagens de uma beleza extraterrestre, assim caracterizadas por ainda se manterem virgens (pelo menos naquilo que nos diz respeito). Será essa uma das razões pela qual abandonamos a Lua? Por causa de Nós ou de Outros?

 

(imagens: MRO/NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:27

22
Out 14

As primeiras imagens da passagem do cometa SIDING SPRING nas proximidades do planeta MARTE acabam de chegar finalmente à Terra. Trata-se de um cometa oriundo das distantes NUVENS DE OORT (localizadas no limite do nosso Sistema Solar), deslocando-se a grande velocidade na sua trajectória em direcção ao Sol e atingindo o seu periélio nos próximos dias – após o que começara a sua viagem de milhões de anos de regresso aos confins imensos e misteriosos do Universo.

 

pia18618-main-hirise_set_of_css.jpg

O cometa SIDING SPRING visto a partir da órbita de MARTE
(duas imagens com uma diferença de menos de 10 minutos)

 

 

O responsável pelo envio destas imagens foi da sonda MRO, colocada pela NASA na órbita do planeta Marte. Apesar de a sonda se ter protegido na parte de trás do planeta vermelho (como medida de precaução pela passagem do cometa e possíveis efeitos provocados pela cauda do mesmo), ainda nos conseguiu enviar estas raríssimas imagens (por únicas) registadas a uma distância de mais de 100.000Km. Apresentando SIDING SPRING um núcleo mais pequeno do que o previsto (cerca de metade).

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:43
tags: , ,

18
Ago 12

Civilização em Marte

 

Existem Cidades em todas as partes do Mundo

 

Organização Não-Governamental com sede num país da América do Sul – mais precisamente num local secreto e isolado da selva Amazónica – e ligada à investigação e análise da possibilidade da existência de vida noutros planetas, publicou recentemente num artigo duma página da web ainda não certificada, esta foto incrível e com um tom geral acastanhado, representando uma região iluminada à superfície do planeta Marte, localizada junto de um dos seus polos. Esta imagem obtida numa das passagens da MRO – sonda lançada de Cabo Canaveral no ano 2005 e em órbita à volta de Marte desde a sua chegada aos céus deste planeta – põe-nos diante de um cenário deveras inesperado e inacreditável, face a tudo o que até hoje nos disseram e nos mostraram como realidade aceitável. Marte será um planeta com vida, com uma sociedade organizada semelhante à nossa e habitando à superfície do planeta, em zonas onde provavelmente será mais fácil ter acesso a depósitos consideráveis de água.

 

Rotas Migratórias

 

O Quarteto Fantástico Chinês

 

Estas são fotos recentes de quatro dos maiores investidores Chineses atualmente a residirem em Portugal e enviados como embaixadores ao nosso país pelo governo da República Popular da China. Fanáticos admiradores do sistema capitalista e grandes responsáveis pelo Boom da economia Chinesa a nível global, este Quarteto Fantástico da moderna liderança do renascido Império do Sol – com sedes da multinacional em Macau e Hong-Kong – pretende utilizar a plataforma Ibérica para impulsionar a sua entrada em mercados mais ricos e tecnológicos do continente Europeu, de modo a invadi-lo com os seus produtos de curta duração (investimento mínimo exigido) e lucro quase total, devido às brutais margens de lucro proporcionadas pela desregulação das leis e regras do trabalho e pela utilização cada vez mais desregrada da mão-de-obra barata e escrava. Em reuniões secretas realizadas na região do Algarve entre a Praia da Coelha e a praia da Manta Rota e contando com a presença de individualidades locais muito bem posicionadas no desbloqueamento de situações problemáticas de cariz económico e financeiro, foi aí delineado – e contando com o apoio dedicado dum grupo de vigilância e proteção sob a responsabilidade da GNR – um plano pormenorizado de intervenção fiscal imediata, que abrisse definitivamente e em liberdade as portas para os produtos vindos da Ásia, sem os constrangimentos legais e persecutórios dos mercados protecionistas ocidentais. Após a ocupação do Porto de Sines com contentores vindos da Ásia, esmagando toda a economia já paralisada da Europa pela ação parasitária das Financeiras e da continuação de uma bolsa de casino inoperante e especuladora, não seria de admirar a aceitação pelo nosso Governo de coligação patriótica Coelho/Portas, do discreto e diplomático pedido chinês de transformar o porto de Portimão em mais um ponto-chave de entrada de barcos circulando entre o Atlântico e o Mediterrâneo, de modo a poder receber barcos de mercadoria de grande calado.

    

Acelerador de Partículas

 

Acelerador de partículas ao serviço da culinária e da exportação

 

O Ministério da Educação em colaboração com o Ministério da Economia e com o alto patrocínio da República Popular da China, acabou de adquirir um Acelerador de Partículas desativado, que será reutilizado na fabricação intensiva de pastéis de natas de alta qualidade, que serão em seguida exportados para todo o mundo e replicados complementarmente para o mercado chinês e asiático. Enquanto isso, representantes diplomáticos chineses forma vistos nas proximidades da zona de Belém frequentando uma afamada confeitaria das redondezas, na companhia de um ministro de careca bem lisa e brilhante, como os pastéis com canela que este ia pedindo e comendo. As forças da polícia municipal ao serviço do Presidente da Câmara não tiveram oportunidade de intervir em defesa da capital, já que o Ministro partiu de imediato para o estrangeiro num avião, para tentar vender toda a companhia aérea.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:57

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO