Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Ago 19

Desrespeitando a companheira do presidente francês − em virtude da posição assumida por EMMANUEL MACRON sobre o Incêndio na Amazónia e como resposta deliberadamente insultuosa ao mesmo dirigida (e não só, como se vê) − comparando FISICAMENTE e em tom de GOZO a sua companheira com a do outro − uma Jovem & Bela (a de JAIR) a outra Velha & Feia (a de EMMANUEL) – mais dois exemplos do comportamento SEM VERGONHA do PRESIDENTE do BRASIL JAIR BOLSONARO (consentindo no seu Facebook): neste caso utilizando abusivamente (seja ou não aqui aceite, pelas duas mais interessadas) a imagem da MULHER.

 

68886818_1586850674779666_6720307458008416256_n.jp

Segundo o Modelo JB

com o mesmo com 27 pontos positivos

(Macho c/ fêmea 27 anos mais nova)

 

Aumentando ainda mais a tensão (pelo menos aparente, senão mesmo necessária, para o continuar da ilusão) entre o BRASIL e a FRANÇA (a nível de poder e de interesses) − passando estes por ferozes adversários − num espetáculo de hipocrisia totalmente intolerável, quando o financiador e o executor (os PREDADORES) são exatamente os mesmos: a Elite do Brasil e a Elite da França (faltando indicar qual a presa). Utilizando se necessário a imagem de mulheres, velhos, crianças, sem abrigos e outras minorias, unicamente servindo-se delas de modo a recorrendo ao RACISMO (não unicamente de cor, coerciva e subliminarmente) impor-nos o VAZIO (de Ideias).

 

68806541_2382710451847636_673421442896887808_n.jpg

E segundo o mesmo modelo JB

com EM com 25 pontos negativos

(Macho c/ fêmea 25 anos mais velha)

 

Comparando a figura de BRIGITTE MACRON (66 anos) no fundo a BRUXA-DO-ESPELHO − marido mais novo 25 anos − com a de MICHELLE BOLSONARO (37 anos) aqui a BRANCA DE NEVE – marido mais velho 27 anos – sendo fácil de perceber a intenção, mas definindo-a apenas como DECLÍNIO e POBREZA MENTAL (por falta de Memória e de Cultura). Daí sendo o Boçal, a imagem de Bolsonaro. E até com comentários de apoio (na caixa do Facebook do Presidente Brasileiro) como estes (incluindo do próprio Presidente, entretanto apagado):

 

É inveja presidente do macron pode crê.

Essa esposa do Macron não têm nada de loira, a não ser o cabelo pintado.

(Rodrigo Andreaça)

 

Não humilha cara.

Kkkkkkk.

(Jair Bolsonaro)

 

(imagens: Jair Messias Bolsonaro/Facebook.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 03:36

16
Jun 19

Há 56 anos (ainda no século passado) com a primeira mulher a viajar no Espaço (a bordo da nave VOSTOK VI) a ser a astronauta então cidadã da URSS, VALENTINA TERESHKOVA (hoje com 82 anos de idade).

 

tznk7mSWCavtZ2tjLS3dhM-970-80.jpg

VALENTINA TERESHKOVA

A 1ª Cosmonauta

 

Até ao dia de hoje (Junho, 16) a única mulher a fazê-lo a solo − apenas comunicando ainda no Espaço com o seu colega da nave VOSTOK V (Valery Bykovsky, 84 anos de idade) lançado sensivelmente pela mesma altura (dois dias antes) e com ambos regressando à Terra no mesmo dia (Junho, 19).

 

(imagem: space.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:21

20
Mai 19

Confirmando-se a Hierarquia (aqui bem explícita, dada a ausência de “Algo”, até ao momento inacessível) sem a imagem da Adolescente, mas e como contrapartida, com a do CÃO e do seu DONO (sem culpa, mas apanhados).

 

PING PONG?

Um cão de seis anos coxo (tendo sido atropelado) por debilitado de uma perna

(mas mesmo assim sendo recolhido pelo seu dono),

por outro lado, obediente, leal e ajudando o seu dono no trabalho

(na guarda permanente e alegremente cumprida aos seus animais)

para além de adotado e adorado

por toda a população local.

 

Dog rescues baby buried alive in field in Thailand.

(BBC/bbc.com/17.05.2019)

 

AsiaSexTradeGeneric.jpg

Prostitution: Thailand’s worst kept secret

(imagem e legenda: asiancorrespondent.com/2015)

 

[Com um órgão de comunicação-social (ainda) poderoso (não tanto como no passado) e com um grande passado Histórico (e Responsabilidade no Futuro) − como o “era” a BBC (tanto a nível Social  como Político e sendo Realista e Independente  − aquilo que sempre lhe deu Relevância − até Cultural e Científica) − voltando as costas às suas referências (tanto sociais como morais) e às suas tão propaladas regras (e básicas, de boa-conduta, abertura e tolerância), ignorando a situação de uma jovem (jovem-mãe grávida de apenas 15 anos, não dando por receio de represálias conhecimento ao marido/outros dizem aos pais e ao nascer o bebé, vendo-se sem saída e em desespero, tentando de uma forma ou de outra librar-se dele) e a evolução do seu caso na Justiça (num país como a Tailândia, onde face ao poder dos homens, “as mulheres não têm direitos, apagando-se” − podendo e servindo como “exemplo” vir a agravar ainda mais a periclitante situação já de miséria da dita adolescente), dando o Protagonismo a um CÃO-HERÓI (cavando chamando a atenção) e esquecendo-se de (literalmente, não ligando aos efeitos e em todos os sentidos, apagando-a) uma MULHER-VILÃ (enterrando-vivo o bebé). Promovendo mais um produto (o CÃO tornado OBJETO), nem que à custa do HOMEM (o SUJEITO) e assim passando-o (despromovendo-o) de Sujeito a Subobjecto − e com o OBJETO a ocupar o nosso Antigo Lugar.]

 

_107005717_dog1-2.jpg

The dog helped raise the alarm after discovering the baby

(imagem e legenda: KHAOSOD/bbc.com/17.05.2019)

 

Numa notícia do que poderia ser um produto qualquer, a ser publicada num tabloide não informativo mas publicitário − tendo como seu principal se não único caudal, a atual corrente mediática correndo da nascente até a foz e transportando consigo alguns dos Sedimentos mais tóxicos e Intrusivos, colocados em Suspensão e imediatamente sendo disseminados por todo o nosso Corpo, sem que o notemos, condicionando-nos (na nossa reação natural e face à ação não natural a nós infligida − e por nós de uma forma consciente ou não, dependendo da intensidade do seu nível tóxico e da nossa dependência sendo absorvida − limitando-nos na resposta) – uma informação sobre um facto ocorrido num local distante e para muitos de nós não significativo, por desconhecimento da maioria dos parâmetros em causa e que a enquadram (ocorrido do Outro Lado do Mundo, num território perdido e por falta de contactos/comunicação como que inexistente, na imensa extensão do para nós subdesenvolvido e como tal ainda Selvagem Continente Asiático − ou não fossem os chineses, constituindo a maioria do Contingente e como dizem os norte-americanos, desrespeitadores das Patentes & dos Direitos Adquiridos e conjuntamente com os Indianos e pelo menos com metade dos russos, partilhando antidemocraticamente e como se sabe e contra todos os princípios estabelecidos − atribuindo aos outros como colónias apenas Ilhas − dois Continentes, a Europa e a Ásia), por desrespeito e por pura ignorância dos seus diretores e autores (talvez sendo esse um dos Critérios de Seleção de pessoal e de posterior Edição de informação) desdobrando o Protagonista em dois e em vez de nos apresentar uma Vítima (um produto) criando logo de imediato duas (diversificando caso seja necessária a Oferta, por exemplo, devido a uma possível falha de algum desses produtos, escapando-se um deles sendo logo substituído pelo outro): e como se estivéssemos perante mais um “Pasquim Informativo (estilo CM e tal como o são a esmagadora maioria dos órgãos de Comunicação Ingleses, em vez de noticiarem factos interpretando-os a seu gosto, prazer e de acordo com a “encomenda” − incluindo infelizmente e por ter Memória, do que ela já foi e pelos vistos jamais voltará a ser, a “sagrada agora profanada” BBC) utilizando para a elaboração do seu produto (dito informativo mas também formativo) um CÃO (um Animal Irracional muitas vezes por nós tratado como um OBJETO) lutando e assumindo a salvação de uma CRIANÇA (ainda bebé e recém-nascida) colocada em risco às mãos da sua MÃE (um Animal Racional mas pondo em risco a continuação da sua Espécie).

 

_107005715_dog2.jpg

Ping pong, o herói canino:

Cão salva recém-nascido enterrado vivo na Tailândia.

(24/sapo.pt/18.05.2019)

 

Como se para se pensar e se analisar o sucedido bastando pegar apenas numas quantas peças (neste caso 3, o Cão, o Bebé e a Mãe), esquecendo tudo o resto (todo o restante Cenário e enquadramento) envolvendo “artistas principais e secundários” ou seja toda a restante Engrenagem: algo que António Costa e apesar de todos os seus desejos (incluindo as do Presidente Marcelo referido ao Regime Democrático, como afilhado do outro Marcello referido ao Regime Fascista) − consciente de que mais tarde ou mais cedo a sua Hora há-de chegar − ainda não se atreveu a fazer com a sua Geringonça. Ou não tivesse tudo o que nos rodeia fazendo nós parte de um Todo ou Conjunto (de sobrevivência e delimitado) uma ação profunda e direta (consequência/efeito) nos nossos atos quotidianos (já por si Miseráveis e sem Esperança), repetitivos (monótonos convidando-nos ao sedentarismo e à indiferença) e na maioria esmagadora das vezes (para nós) sem uma única hipótese alternativa (dados os nossos condicionamentos) e minimamente viável (para a nossa Sobrevivência): neste caso ocorrido na TAILÂNDIA e ao promover a ação do CÃO (o IRRACIONAL presente), apontando-se desde logo a MÃE (o RACIONAL presente) mesmo antes da sua defesa e audição (ou seja Julgamento) condenando-a logo na rua, às mãos dos populares e sem defesa possível (como se fosse necessário para tal e ainda-por-cima a grande distância, arranjar outro subdesenvolvido/perceba-se “tipo tailandês”, mas com domicilio no Mundo Desenvolvido e assim dando-lhe logo mais aceitação/credibilidade) para tratar da notícia, condenando de novo (e de modo a tirar dúvidas) a Vítima (no fundo e no futuro qual delas, o Cão, o Bebé ou a Mãe) mas nunca o seu sempre presente (dando vida à sua Vítima, forçando-a à reação) INCENTIVO.

 

Ping Pong is disabled since being hit by a car

(imagem e legenda: KHAOSOD/bbc.com/17.05.2019)

 

[Na passada quarta-feira (dia 15 de Maio) com uma jovem tailandesa de apenas 15 anos e tendo dado à luz, a tentar de imediato desfazer-se do seu bebé (recém-nascido) mas pouco depois (após a sua ação) e sendo descoberta, salvando-se a criança e sendo detida a progenitora: nesta história com final feliz pelo menos para o recém-nascido (dadas as circunstâncias da ocorrência, com o mesmo a ser enterrado-vivo pela mãe) – e (já agora e esquecendo os Seres Humanos) com um CÃO como salvador e HERÓI a tornar-se Protagonista – não o sendo certamente para os seus familiares (como marido e pais) e muito menos para a Jovem-Mulher (acusada de tentativa de homicídio). Vista como abaixo de Cão”. Num país considerado como um destino turístico (p/ os seus Clientes mesmo de Excelência) de nível Mundial e de Topo (Marginal, entre o legal e o ilegal, mas tacitamente e pelo Mundo consentido) falando-se da disponibilidade de Corpos − para todos aqueles que procuram disfrutar de todas as suas “Fantasias Sexuais”, sejam elas “com quem e de que maneira forem” – onde claramente a Mulher será uma das Vítimas (num negócio anual envolvendo biliões de dólares/há 4 anos a caminho dos 7 biliões), acompanhadas por outras adolescentes e até por outros sexos (igualmente utilizados na Pedofilia). Quando mais sendo do Povo, adolescente, menor, sem proteção: depois de violada (“aceitar” ser violada) sendo presa (“auto castigando-se/flagelando-se” utilizando intermediários – inocentes, apenas por infelicidade ali colocados – e sendo como resposta castigada).]

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:22

08
Mar 17

[Infelizmente tanto para homens (que no meio dos machos dominantes, prostituindo-se, se safam melhor) como especialmente para mulheres (ainda vistas por muitos homens e até por muitas mulheres, como uma mera reprodutora além de puta bem paga). Com paridade nas ideias (e sua aceitação) mas só mesmo nas palavras (não fosse elas levarem-nas a sério e passarem-nas à prática).]

 

Hoje dia 8 de Março de 2017 festeja-se mais um dia aparentemente igual a tantos outros – que por sinal se passa tão rapidamente que nem o sentimos, nem o vivemos e nem lhe damos qualquer tipo de importância (ou significado). E assim amanhã dia 9 já teremos esquecido (se por acaso nos tivermos lembrado) que hoje se comemora e festeja o,

 

Dia Internacional da Mulher

 

572899.jpg

Mulher portuguesa

Marido deixou de ser o chefe de família há 40 anos

(Jornal i)

 

Com todas as áreas nas quais a nossa vida se vai dissolvendo (definidas como básicas para a definição, controlo e manutenção da pirâmide social) a exigirem constantes e cada vez mais numerosas (e detalhadas) certificações da nossa integração social (e proveitosa inserção na estrutura),

 

Especializando-nos em áreas específicas e limitadas (subníveis de aproveitamento de produtos já existentes, mas sendo na sua base de implementação ainda eficazes) de modo a não entendermos mais nada do que se passa à nossa volta e dessa forma ocupando-nos exclusivamente com um entre vários parâmetros, como se uns fossem independentes dos outros,

 

Torna-se evidente que face ao desenvolvimento Vertical da Nova Pirâmide aparentemente ainda inserida no ventre da sua progenitora (a Velha Pirâmide Social) – com a mais Nova efetivamente já no ativo, apenas parasitando a mais Velha (como que arrumando a casa para as mudanças que já aí estão) – a coação a partir de agora e para a generalidade dos 7 biliões terá que ser cada vez maior:

 

Não se limitando apenas a sectorizar as nossas capacidades físicas e mentais (desde o nosso aparecimento definindo-nos e orientando-nos nos nossos movimentos, na educação, na saúde, no trabalho, nas nossas relações pessoais) através de poderosos esquemas de formação (deformação condicionada) e de inserção subliminar (indicação de procedimentos e regras),

 

Mas agora num tom muito mais agressivo e descaradamente provocativo (já que a pele da Pirâmide Social anterior continua a cair mostrando-nos o que aí vem) e retratando para quem quer ver a consideração que a mesma tem por estes especialistas e suas especializações (que a mesma foi inventando para nos entreter e nos adiar), ignorando factos (que dolorosamente nos atingem), pondo de lado os sintomas (da nossa doença por eles criada mas nunca o sendo reconhecida) e até recusando olhar para os mortos.

 

572992.jpg

Mulher angolana

Isabel dos Santos – Empresária com fama de ser dura a negociar

(Jornal i)

 

Procedimentos que certamente estarão na base da replicação da Nova Pirâmide, agora não dividida em grupos de indivíduos (As Pessoas), mas definitivamente definida e construída à base de determinados conceitos (desde sempre aplicados exclusivamente aos Objetos):

 

Só que especializado o produto para determinada função, o objetivo prioritário a dele retirar será unicamente o de concretização imediata do respetivo lucro, se possível o da sua reutilização e caso contrário (dado o seu rápido desgaste) a sua colocação como excedentário e a sua inevitável eliminação (nem que seja por esquecimento).

 

O que aceitando a equiparação entre Pessoa e Objeto só poderá significar o nosso declínio e o desaparecimento a muito curto-prazo (como espécie dita dominante) – substituídos por alguns iluminados e nem se sabendo bem quem (até já podendo ser Objetos) – entregando todo o poder do Homem às suas Máquinas inicialmente previstas para nos servir agora para lhes obedecer.

 

Pelo que estes dias festivos em que se comemora algo que na realidade ainda não se concretizou ou que o tendo sido foi de tal maneira adulterado que acabou por deixar de ser reconhecido pelas partes verdadeiramente interessadas – e que lançaram o tema inicialmente porque o sentiam direta e dolorosamente na pele (oportunisticamente aproveitado para a constituição de comissões e de comités de utilidade duvidosa a não ser o de dar emprego a algumas mulheres, velhinhos e velhinhas, misturados com rebentos mais novinhos e sempre com certificação oficial – por exemplo as Comissões de Proteção e até as ONG) – não deixa de ser mais um ato de pura hipocrisia quando se pensa em todos os dias restantes de um único ano da nossa vida.

 

E se no Carnaval (pelo que dizem) ninguém leva a mal, já a caminho da Páscoa com o Homem a ser Cruxificado (Jesus) e a sua companheira e mulher a ser catalogada como uma mera prostituta (Maria Madalena), tudo se torna muito mais absurdo, caricato e sobretudo provocador quando vemos os nossos Mestres (oriundos das forças vivas da terra, dos nossos políticos mais conhecidos, dos educadores e formadores e até de grupos de mulheres) e como se ainda estivéssemos na escola, a querem puxar-nos as orelhas se não entrarmos nos festejos.

 

[Quando no resto de toda a nossa vida sejamos homens, mulheres, crianças, velhos ou até outo tipo de animais, nunca seremos reconhecidos (com um grupo de um género e desejo específico) mas apenas tolerados (enquanto ainda formos úteis nem que seja para a estatística – dos mortos ou já em estado zombie).]

 

E se algum dia no Futuro se verificar na Verdade a igualdade de Género, certamente que nem se falará, desse tema ou mesmo dela (da mulher): tão comum o será para todos nós (homens &mulheres), essa tão desejada e falada Realidade.

 

(imagens: ionline.sapo.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:22

11
Out 16

“Os EUA irão decidir no próximo dia 6 de Novembro qual destes dois indivíduos representa na sua essência o espirito do verdadeiro norte-americano (ou seja aquele que melhor transmite a ideia do pioneiro e colonizador que deu cabo dos indígenas – flechas contra balas ou a regressão contra o progresso – ficando de seguida e não havendo reclamação por parte dos falecidos com as suas respetivas propriedades): num simples duelo de mais um Homem contra uma simples Mulher.”

 

Bill-and-Hillary-Clinton-Hybrid-Face-Transplant--2

2017 EVENT

O Primeiro Hibrido a ocupar a Casa Branca

(com o apoio esmagador dos media e das grandes corporações norte-americanas)

 

Com as recordações do que se poderá ter passado há mais de uma dezenas de anos em torno da vida pessoal de cada um dos dois candidatos (os únicos apoiados pelos média e pelas Corporações que lhes pagam – 99% pró-CLINTON/CNN e todos os outros e 1% pró-TRUMP/FOX e mais nenhum) a tornarem-se decisivas na decisão dos norte-americanos sobre qual será o seu próximo Presidente, o candidato REPUBLICANO vê-se agora a braços não só com o seu passado repentinamente tornado duvidoso (envolvendo de novo mulheres), como também com a sua pretensa demonstração de hipocrisia e falta de autoridade moral ao atacar de novo uma mulher, a sua rival DEMOCRATA, mulher de outro CLINTON, por sinal ex-Presidente: apenas porque tomando partido pelo prevaricador (ingénua e sexualmente explorado por parte de cidadãs certamente republicanas e deploráveis) justificadamente (segundo ela e a CNN) injuriou, diminui e destruiu profissionalmente pessoas que só por acaso eram mulheres (do seu género).

 

Ainda-por-cima acompanhadas por sondagens estrategicamente colocadas no tempo (cronológico e eleitoral), divulgadas precisamente após a publicação de novas histórias com mulheres envolvendo o candidato-homem TRUMP (e marteladas constantemente por 99% dos média acompanhando fielmente e como subsidiárias das grandes Corporações a campanha da candidata do sistema HILLARY CLINTON e da sua fonte de marketing oficial a CNN) e meticulosa e eficazmente lançada antes do 2º Debate Presidencial: no caso do resultado do debate ser inconclusivo (por exemplo um empate) ou negativo para CLINTON, criando desde logo um cenário virtual mas certificado e credível (desconstruindo todas as afirmações de TRUMP ou dos seus apoiantes da FOX até aí proferidas), projetado em torno dum edifício fictício exclusivamente construído e justificado por sondagens deslocadas no tempo, mas apresentadas como se dele fossem um seu reflexo presente e real. Como se estas fossem o resultado do debate e não da manipulação de uma das partes.

 

Pelo que se as regras do jogo não se alterarem (e tendo TRUMP inimigos, mesmo entre os Republicanos) a vitória de CLINTON será certa (já em Novembro). Num sinal significativa de que o último (e ao mesmo tempo tão curto) Grande Império se aproxima do seu fim (já com a Europa agonizante tendo-lhe saído a fava), com o Eixo do Mundo a deslocar-se para a Ásia e com as novas colónias a situarem-se agora, mais para cá a Ocidente – e com a China (com o seu novo Banco Mundial), a Rússia e o Irão a ficarem com o brinde. E até com o Ocidente a correr e a inscrever-se no clube Chinês.

 

Candidato Partido

Média de Sondagens

(realclearpolitics.com)

%

Última Sondagem

 (rasmussenreports.com)

%

Hillary

Clinton

Democrata 45 44

Donald

Trump

Republicano 40 39

Gary

Johnson

Libertário 7 7

Jill

Stein

Verde 2 2

(sondagens publicadas a 11 mas na realidade realizadas antes do 2ª debate de 10)

 

A menos de um mês das eleições presidenciais norte-americanas de Novembro de 2016 com a representante do partido Democrata HILLARY CLINTON largamente favorita neste confronto DEM/REP (com sondagens como as da NBC/Wall Street Journal a darem 11 pontos de avanço a HC sobre DT, apesar de outras sondagens como as do L A Times/USC Tracking e num confronto a dois darem a DT e em sentido oposto uma vantagem de 2 pontos):

 

Não só como consequência da intensa campanha interna e externa em favor da política dos Democratas e de Barack Obama, agora integralmente personificadas em Hillary Clinton como verdadeira e adequada continuadora deste extraordinário legado de um presidente NEGRO entregando a chama olímpica ao primeiro presidente Mulher;

Como também pela impreparação de toda a máquina eleitoral de DT e pela traição de toda (há muito tempo já instalada) elite Republicana.

 

Poucos sendo os que ainda acreditam na vitória no representante (TRUMP) do Diabo (PUTIN) neste espaço ilusório desta Terra Prometida (EUA).

 

(imagem: freakingnews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:13

05
Jul 16

“Entre o marido e a mulher tentando meter a colher”

00:03:10:00

Countdown to Jupiter Orbit Insertion Maneuver

 

627807main_PIA14410_full.jpg

Luas IO e GANIMEDES

Planeta JÚPITER e a sua grande mancha vermelha

(autor: astrónomo amador Damian Peach em 12.09.2010)

 

Tendo como objetivo da sua missão o estudo do distante planeta JÚPITER, a sonda JUNO aproximando-se do planeta pela sua parte superior e já depois de cruzar a órbita da sua lua IO, atingirá durante a madrugada de hoje (ainda dia 4 nos EUA) o seu ponto de maior aproximação ao maior planeta do Sistema Solar: aproximadamente 160.000Km (quando da TERRA o observamos a uma distância cerca de 50.000X superior). Com a sonda JUNO – tal como na mitologia a deusa (greco-romana) com o mesmo nome – a desvendar os segredos de Júpiter (o seu marido) escondido atrás das nuvens.

 

Após ser colocada numa órbita solar em torno do gigante gasoso JÚPITER, a NASA tem previsto que JUNO circunde o planeta por 37 vezes, podendo a mesma atingir nas suas sucessivas aproximações distâncias na ordem dos 4.000Km, quase que tocando a parte superior da camada de nuvens que envolve este gigante gasoso. Contando os cientistas da NASA – com a colaboração presencial da sonda espacial JUNO – aumentar os seus conhecimentos sobre a origem, estrutura, atmosfera e magnetosfera não só de Júpiter, mas como de todos os outros planetas.

 

(dados e imagem: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:04

02
Jun 15

Demonstrando mais uma vez para que servem maioritariamente certas plataformas digitais como o INSTAGRAM, eis que a WEB nos presenteia com mais uma inutilidade social: a publicação das fotos em trajes minimalistas das apelidadas Rainhas do Instagram e de mais algumas das suas colegas e amigas.

 

pijama1.jpg

Na Festa do Pijama

 

Originalmente tendo como objectivo da sua constituição a troca de informações entre as mais diversas entidades e instituições científicas (universidades, centros de investigação), o alargamento desta rede de comunicações privilegiada e ao tempo revolucionária, transportou-a noutras direcções (não desejadas na origem mas no decorrer do processo esmagadoramente maioritárias), acabando por diluir estas informações prioritárias, asfixiando-as neste caos informativo.

 

Actualmente as auto-estradas da informação começam a ficar cada vez mais congestionadas, tal a quantidade de lixo que nela circula e ainda por cima registando um crescimento provavelmente exponencial: desde a inundação provocada pelo imenso lixo burocrático administrativo e institucional, passando pelo dilúvio publicitário de tudo aquilo que possa ser transaccionado ou representar dinheiro, até às notícias e mensagens de maior ou menor impacto social (quase 100% sendo lixo mas mesmo assim sendo extremamente rentável), tudo pode circular sem grandes preocupações e na mais completa liberdade nesta auto-estrada Web.

 

Actualmente se eu procurar uma marca de enchidos, um encontro íntimo com um outro parceiro, quantos filhos tem o Primeiro-Ministro ou se o meu clube foi campeão, a informação surge logo em catadupa, com milhões de outros ficheiros associados e outros tantos milhões de elementos indesejados. Como se já não bastasse a caixa do correio tradicional carregada de facturas e explodindo de folhetos publicitários.

 

Assim, cumprindo mais uma vez a função a ele associado e subalternizando a função para a qual tinha sido originalmente criado, eis que nos chega mais um produto digital, supérfluo mas fundamental. Nestes tempos modernos em que hoje vivemos, perdido o desejo pela Natureza, desvalorizado o valor do original e banalizada a própria reciclagem, o que sobra é a mais-valia e os produtos que a fazem crescer. E deste modo se equipara o sujeito a um mero objecto (vivo) transformando-o num ícone publicitário.

 

E se for considerado (ainda) um subproduto (ou seja de nível inferior) da nossa hierarquia civilizacional, para o sucesso do negócio ainda será melhor: por exemplo uma mulher, aparentemente equiparada em direitos e deveres ao elemento do sexo masculino, mas ainda posta de lado e diminuída (humilhada) no acesso à esmagadora maioria dos cargos legislativos e de chefia. Só se safando a excepção, um tipo de criatura híbrida (em princípio feminina) situada entre o homem e a mulher (os homens usam um estratagema idêntico, mas em sentido contrário e com objectivos de usufruto bem definidos e eficazes).

 

No entanto temos que reconhecer que o produto que aqui é exposto gratuitamente é de (pelo que dizem) de excelente qualidade. Pelo menos para quem ainda domina o Homem e todas as suas mulheres: o indivíduo do sexo masculino. E que melhor sorte do que ver uma mulher em trajes íntimos atirando-nos olhares provocantes como se ameaçasse despir-se (e revelar o seu corpo na íntegra), já que nunca na vida lhes iremos tocar. Com corpos, mamas e rabos (e outros orifícios) e muitos homens a ver (a comprar e a vender). Até que poderia ser pior.

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:01

11
Nov 14

Jesus Cristo foi casado com Maria Madalena e teve dois filhos
(segundo o manuscrito agora descoberto)

 

8054331.jpg

Jesus Cristo e Maria Madalena

 

Até parece o início de um conto de literatura fantástica: “Numa livraria do Reino Unido foi descoberto há alguns meses atrás um manuscrito com mais de 1500 anos – O Evangelho Perdido – escrito em aramaico (pretensamente a língua utilizada por Jesus) e pondo em causa a Vida de Jesus Cristo (tal como nos é contada).”

 

Depois de vários meses passados a fazer a sua tradução (levada a cabo por um professor e por um escritor), os investigadores chegaram à conclusão que Jesus tinha sido casado, tivera mulher e tinha sido pai de duas crianças (até aqui nenhuma novidade já que outros manuscritos antigos também o referiam ou sugeriam): só que ao contrário do que muitos pensavam, a Virgem Maria não seria a sua mãe, mas sim a sua mulher Maria Madalena.

 

Estará para breve a divulgação dos nomes dos dois filhos de Jesus Cristo e Maria Madalena
(a verdadeira Virgem Maria)

 

Os investigadores prometeram entretanto divulgar mais novidades, como o sejam os nomes dos dois filhos de Jesus Cristo e Maria Madalena. Já há bastantes anos que muitas das teorias (não oficiais por não ligadas à Igreja) afirmavam que Maria Madalena poderia ser na realidade a representação verdadeira (e o símbolo) do Santo Graal e (como mulher numa sociedade matriarcal) o verdadeiro chefe da Igreja de Deus.

 

Só que desde que o homem resolveu ocupar o lugar da mulher fecundada – substituindo-a por uma mulher livre do pecado original – no nosso imaginário (implantado) a mulher activa e opressora representada por Maria Madalena (no seu papel de mulher), acabou substituída pela mulher passiva e submissa simbolizada pela Virgem Maria (no seu papel de mãe).

 

“Será que você está sendo mulher ou mãe dele?
Ele faz birra por qualquer motivo, age como uma criança e, às vezes, parece mais seu filho do que seu companheiro? Cuidado, ele pode estar trocando seu papel.” (mulher.com.br)

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:45

15
Mai 14

“Se o desejo é mimético, o sujeito deseja o mesmo objecto que o seu modelo, o que resulta em uma de duas situações: ou o sujeito se encontra no mesmo mundo que o modelo, ou pertence a outro mundo”.

 

Conchita

 

Ganhando o Festival da Eurovisão da Canção e consequentemente o direito ao Estrelato Mundial, a “Mulher Barbuda” não hesitou e aproveitou a ocasião com que subitamente se deparou: e libertando-se pelo poder da vitória e pelo da respectiva mensagem associada, impôs ao mundo duma forma aparentemente ingénua e assim como que desinteressada, o seu produto final sob a forma duma imagem virtual. Se não era Jesus Cristo certamente que seria mais uma réplica – do esperado Messias.

 

O Messias

 

Estava em casa junto ao meu alambique a beber uma excelente aguardente medronho, quando uma imagem estranha surgiu no ecrã da minha televisão. Como já estava um pouco toldado pelos vapores alcoólicos resultantes da fermentação do medronho, levantei-me do meu sofá e dirigi-me até à entrada do barracão, abrindo a porta do mesmo e deixando entrar no seu interior o ar fresco da noite. Com o arejamento da sala o ambiente tornou-se rapidamente menos pesado, tornando os meus órgãos dos sentidos mais voluntariosos e eficientes: ainda um pouco entorpecido pelos efeitos da bebida voltei-me de costas para a entrada e dirigi de novo a minha atenção em direcção à televisão. No ecrã da televisão vi então ao centro e mesmo no fundo do palco, uma figura linear e serena do Messias.

 

Aeroporto de Viena

 

O Presidente socialista austríaco Heinz Fischer rejubilou com a vitória dum travesti seu compatriota no festival da Eurovisão realizado na Dinamarca, apresentando o sucesso de Conchita Wurtz a “Mulher Barbuda” como um símbolo de “diversidade e tolerância na Europa”. Até a direita austríaca – que achava tudo ridículo – acabou por aceitar a vitória de Conchita como sua, afirmando que “é da ordem das coisas que as pessoas se regozijem quando há uma vitória”. E com esta Europa num delírio imparável e mortal, a receita para a vitória é – ao contrário do que muitos pensam – cada vez mais fácil de obter, bastando ter dinheiro, um mínimo de conhecimentos e capacidade de manobra: vestido, cabelo, maquilhagem, barba e bigode.

 

(texto inicial: grupotempo.com.br/O Desejo Mimético/Roberto Mallet – imagens: Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:50

12
Abr 14

“Então, Pedro, voltando-se, viu que também o ia seguindo o discípulo a quem Jesus amava...” (Evangelhos)

 

A Última Ceia – Leonardo da Vinci

(veja-se à direita de Jesus: Apóstolo João ou Maria Madalena?)

 

Após a surpreendente e inesperada revelação de que Jesus Cristo teria sido “casado” ainda por cima com uma mulher, surgem agora notícias ainda não confirmadas oficialmente de que poderá estar em curso a convocação de um novo Conclave, para analisar a posição a tomar pela Igreja face a estas notícias inacreditáveis e difíceis – senão impossíveis – de “engolir”.

 

Esta revelação obtida através da análise de um fragmento de um papiro escrito em linguagem copta foi recentemente considerada por estudiosos e especialistas na matéria – após uma sucessão de testes laboratoriais – como genuíno. Neste fragmento – integrando “O Evangelho da Mulher de Jesus Cristo” – é claramente afirmado que as mulheres (desde que sejam mães e esposas) também podem ser consideradas como os homens discípulos de Jesus Cristo.

 

O que a ser verdade deixa o filho de Maria e José em maus lençóis face à corrente maioritária na Igreja desde o início do Cristianismo, pondo em causa e em reconsideração todas as noções sobre celibato, casamento e família. Se na realidade Jesus Cristo era “casado” não sendo por esse motivo virgem, o que pensar de sua mãe, de seu pai na Terra e do seu pai nos céus, ou seja Deus? Deus talvez tenha ficado na altura irritado, acabando com todo o seu saber e misericórdia por lhe perdoar.

 

Só que os seus discípulos actuais talvez não estejam completamente de acordo. Nesse sentido a justificação da convocação do Conclave, durante o qual Jesus Cristo correrá o risco de ser considerado “desaparecido em combate” e posteriormente proscrito.

 

(texto escrito e parcialmente ficcionado a partir de notícia – The Independent – 11.04.2013 – independent.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:53

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO