Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Jul 18

Com um construindo o chassis (que irá suportar o Objeto) – Elon Musk – e enviando-o para Marte; e com o outro instalando o equipamento (que constituirá a Máquina) – Mark Zuckerberg – manipulando o Homem. Sendo este último (o Sujeito, o Homem) descontinuado (cientifica e eticamente simplesmente transformado).

 

Um dos Prodígios Norte-Americanos (uma das pessoas mais ricas do Mundo), fundador do Facebook (numa espécie de Parceria – Público-Privada – colaborando com o Governo e tendo o devido retorno), com a sua vida passada a filme (A Rede Social), ganhando um Oscar e um Globo de Ouro. Confirmando assim a nível Global – contando o apoio dos Simpsons – a sua Excecionalidade.

 

The True Is Out There

(X-Files)

 

data.jpg

Ao Serviço de um Big Brother

Agora que se fala dos russos talvez de uns 2 ou 3

(considerando ainda os chineses)

 

Apresentando-se como um milionário, empresário e programador (e daí surgindo logo a minha 1ª suspeita), ganhando vários prémios escolares entre eles em física e em astronomia (surgindo então a 2ª suspeita), alegando ser daltónico (confundindo vermelho-verde daí preferir o azul) e sendo um dos pioneiros da AI (da utilização da Inteligência Artificial) e desse modo (dada a 3ª e anterior suspeição transformada aqui em confirmação) – podendo noutros parâmetros aplicar-se a uns outros (como o poderia ser Elon Musk) – esclarecendo a dúvida e passando-a a afirmação: podendo ser mesmo um Androide.

 

[Recordando o envio recente de um veículo em direção a Marte – um modelo Interplanetário do veículo terrestre Tesla – com o seu Homem das Estrelas equipado e ao comando.]

 

Ficando-se assim à espera da Nova Temporada.

 

(imagem: disinfo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:29

23
Fev 17

Entre as 2 hipóteses colocadas em cima da mesa – sobre a presença de um objeto não identificado nas proximidades da Falcon/Dragão – a versão natural, lógica, científica e oficial será a de que se terá tratado de uma parte do foguetão (entretanto descartada) ou de lixo espacial (de passagem na altura); com os leigos, curiosos e desesperadores da vida (cansados de uma vida de réplica e dos seus atos replicados) a optarem imediatamente pela 2ªhipótese, a da presença alienígena (já que os terrestres parecem não ter mais nada para lhes oferecer).

 

snapshot.jpg

Objeto voador passando nas proximidades do foguetão/nave Falcon/Dragão

(19 de Fevereiro de 2017)

 

1

Numa operação bem-sucedida levada a cabo pela empresa norte-americana (privada) de transporte espacial SPACE-X (na sua 10ªmissão comercial), a equipa técnica responsável pela execução da missão CRS-10 concretizou no passado dia 19 de Fevereiro (domingo) mais uma viagem aérea entre o complexo 39A do Centro Espacial Kennedy (na sua 1ªutilização como rampa de lançamento ao serviço da referida empresa) e a Estação Espacial Internacional ISS.

 

2

Com o foguetão Falcon 9 (através do poderoso motor instalado no seu 1ºandar) a vencer a força da gravidade terrestre (graças à combustão de centenas ou mesmo milhares de toneladas de combustível) e a colocar em órbita numa trajetória de encontro com a ISS a sua nave DRAGÃO: propulsionada agora pelo motor colocado no seu 2ºandar e levando-a a uma manobra final de acoplagem entre a Dragão e a ISS.

 

3

Aparentemente e segundo todas as informações oriundas dos órgãos de comunicação social e da própria empresa, tendo tudo corrido bem, desde o lançamento do foguetão Falcon 9, passando pela libertação da nave Dragão e terminando no regresso do seu 1ºandar numa aterragem concretizada numa plataforma flutuante instalada sobre o mar. E no entanto com um intruso-voador a surgir inesperadamente (por 1 ou 2 segundos) num vídeo sobre a missão.

 

4

Pela localização do incidente (gravado pelas câmaras da Space-X) e pelo período durante o qual o mesmo foi registado (já tinham ocorrido os processos de separação da nave), sendo razoável de pensar que se tratariam de objetos associados à separação do 1ºandar do foguetão do 2ºandar transportando a Dragão: algo de semelhante já tendo sido observado em missões similares levadas anteriormente a cabo pela Space-X (missão de 4 de Março de 2016).

 

5

Num momento em que a ISS (já acompanhada pela Dragão numa estadia conjunta de cerca de um mês) se desloca na sua órbita a cerca de 450Km de altitude, a uma velocidade de mais de 27500Km/h e movimentando-se (acompanhando a parte da Terra onde é noite) sobre a América do Sul na direção da Austrália (10:00 em Portugal). Certamente com as duas a passarem ao lado de muito lixo espacial que se tem vindo a acumular nessa região nas proximidades da Terra – mas nunca se podendo negar a possibilidade extraterrestre.

 

O que nos leva a pensar que se os eruditos estiverem errados e os leigos (de acordo com as suas teorias e afirmações) tiverem algo de importante ou até mesmo de verdade para a explicação deste incidente (vindos do mundo profundo das suas convicções), então até poderemos sugerir estarmos em presença de marcianos preocupados com a estratégia de Elon Musk de num futuro a muito curto-prazo chegar ao seu planeta e colonizá-lo: algo que já nem na Terra acontece e que Marte (e os marcianos) jamais consentirá.

 

(imagem: spacex.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:38

03
Dez 14

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

 

Como sempre a comunicação social não transmite uma informação (de um facto), limitando-se apenas a transmitir mais uma versão (de uma parte interessada). E nem mesmo o físico britânico Stephen Hawkin (como fonte da informação) se safa, da manipulação da transmissão (ou versão adoptada).

Stephen_Hawking_2013.jpg

STEPHEN HAWKIN

 

Numa entrevista recente realizada pela BBC, na qual entre outros assuntos (e muito naturalmente) veio à conversa a visão de Stephen Hawkin sobre o mundo actual, ao falar-se sobre AI (inteligência artificial) este afirmou:

 

“The development of full artificial intelligence (AI) could spell the end of the human race”.

 

"The biggest event in human history. Unfortunately, it may also be the last”.
(sobre a criação da inteligência artificial)

 

Foi o suficiente para a entrevista descambar temporariamente para um tipo de trajectos paralelos despropositados (comentários nitidamente dirigidos), abandonando o seu conteúdo científico e substituindo-o pela aplicação de danos colaterais à sua fonte de informação (até para controlar o seu entusiasmo natural e recolocar o assunto nas ideias e não na personalidade – precisamente o que a comunicação social fizera com ele).

 

E assim surgem estas verdadeiras preciosidades:

 

Hawking uses a voice synthesizer to communicate.

 

Recently, he has been using a new system that employs artificial intelligence.

 

Como se vê, vale tudo até tirar olhos. Como pode alguém alertar os outros para o perigo originado pela aplicação no funcionamento e desenvolvimento da sociedade de novas tecnologias revolucionárias e inovadoras (como o será no futuro a AI), se o mesmo que lança este alerta é um dos seus mais conhecidos utilizadores e usufrutuário? Percebe-se bem a estratégia: “chama-se deficiente ao tipo (que pretende ter ideias) mas não se lhe tira a cadeira (para este poder continuar a mexer-se)”.

 

Elon-BTA-0812-de.jpg

ELON MUSK

 

Mas deixando de lado o trajecto da entrevista, espreitemos na origem apenas dois pormenores: talvez contradições, talvez uns pró e os outros a favor. Experimentemos ver o que diz um dos mais interessados no tema – Elon Musk (milionário norte-americano ligado a empresas como a SpaceX e a Tesla Motors):

 

“We need to be super careful with AI”.

 

“Potentially more dangerous than nukes”.

 

E já agora o que é que ele fez de imediato para evitar estes perigos que tanto o preocupavam? A resposta foi fácil, barata e futuramente dará milhões: em conjunto com mais um amigo investiu mais 40.000.000 de dólares numa companhia, tendo como objectivo a criação de um cérebro artificial. Se hoje em dia já são cada vez em maior número os especialistas na área que acreditam que apenas utilizamos uma parte ínfima das nossas capacidades cerebrais, o que será se um dia pusermos nas mãos de uma máquina o desenvolvimento da mesma?

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:05

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO