Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Abr 19

Alerta Geral

Notícia de Última Hora

(transmitida há momentos na TV)

 

A Rússia acaba de Invadir a Estónia

NATO a caminho

 

Putin-Russia-EU-NATO-invasion-771755.jpg

Invasão Russa

 

À Moda da Guerra dos Mundos (da autoria via escrita de H. G. Wells e dramatizado via rádio por Orson Wells) num episódio reproduzido pela nossa Imaginação (infinita), mas também utilizado para outros fins (sejam bons ou sejam maus dependendo do critério) − e substituindo-se agora norte-americanos por alemães e alienígenas por russos – num episódio imposto por esta Realidade Virtual (por limitada no Tempo/Espaço) − a reposição 90 anos depois (de 100 em 100 anos regredindo-se na cultura e na memória) de uma nova versão/temporada da referida Guerra dos Mundos (agora com Claus Kleber como escritor e com a ZDF como palco da dramatização), envolvendo apenas terrestres mas mantendo ao mesmo tempo o medo e a propaganda: respondendo-se à G. dos M. 1.0 com a G. dos M. 2.0 e pacientemente esperando-se (á base de incentivos) e almejando-se que cole.

 

“Together with European and German allies,

the US army is currently moving through land, air and sea

to Estonia to expel Russian forces,

which have once again invaded, as in Crimea before.”

(Claus Kleber/apresentador-consagrado

do telejornal do canal alemão ZDF/4 Março)

 

Com milhões de espetadores a verem e a ouvirem ao vivo e pela voz do conhecido (respeitado e credível) locutor/apresentador (o tal Claus Kleber) da estação alemã ZDF (quinta-feira à noite) a notícia de última hora referindo-se ao movimento das tropas russas dirigindo-se e entrando ilegalmente em território estoniano, levando desde logo a uma resposta imediata das forças da NATO e deixando absolutamente surpreendidos, aterrados e em sobressalto todos os alemães como todos os seus (países) vizinhos − pelo menos por uns curtos mas (dadas as circunstâncias e a paralisia de muitos) intermináveis segundos.

 

“There will be a war with Russia,

so you must love NATO.”

(Claus Kleber)

 

5ca9f7a0fc7e9381748b465f.jpg

Claus Kleber

 

[Segundo a RT, sendo o verdadeiro objetivo de mais este episódio aparentemente inocente e exemplarmente representando o que são as FAKE NEWS − aproveitando de uma forma oportuna a participação da NATO em manobras na Estónia – uma forma de assustando as pessoas, justificar a existência de uma organização militar como a NATO. Se calhar sendo verdade e de acordo com a propaganda.]

 

Para de seguida mantendo-se sério e profissional nos dizer

 

GOTCHA!

(Apanhei-te!)

 

Mas com outras palavras e sendo acompanhado (como no passado no tempo do outro senhor) pelo moral da história:

 

“Do not worry.

It is not true.

This is just a fantasy scenario – but a realistic one.”

(Claus Kleber)

 

Como se não bastasse o matraquear constante por parte das autoridades ditas oficiais e Ocidentais (ou seja, dependentes dos EUA e da sua força militar adicional a NATO) sobre uma possível Invasão Russa da Europa − deixando muitos de nós num constante sobressalto (mesmo que contido) dada a possibilidade da eclosão de um novo conflito regional, podendo rapidamente e pelas partes envolvidas (a Europa Ocidental velha Aliada dos EUA) evoluir para uma nova guerra (muito mais ampla), a WW3 no presente e aproveitando as agora na moda FAKE NEWS com os mesmos (Políticos/Empresários/Formadores/Etc.) utilizando as suas Marionetas selecionadas e profissionalizadas (ordenadas) para esta Sociedade do Espetáculo (entranhando-se em nós e manipulando-nos, não só por fora(fisicamente como por dentro/mentalmente),  a Gozarem-nos de frente, como por detrás, como por todos os lados: Ameaçando-nos de Morte e de seguida Mijando-se (ou seja no fundo Cagando-se em nós) de tanto rir!

 

Como comportamento da Presa, relativamente ao seu Predador:

 

A esmagadora maioria das vezes com o Povo

(os mais de 99% dos mais de 7,5 biliões)

Ainda-por-cima a aplaudir

(os restantes nem 1% da referida multidão de mais de 7,5 biliões).

 

(texto/consulta: rt.com − imagens: Getty/express.co.uk e ZDF/zdf.de)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:19

26
Mai 17

Num périplo por 3 (+1) dos locais com maior credibilidade na defesa e na preservação da nossa espécie e da sua identidade (pelo menos sendo assim que as Instituições oficiais nacionais e internacionais os retratam), o 45º Presidente dos EUA depois de visitar a Arábia Saudita e renovar votos com o Monarca do Golfo (com um contrato de milhões), deu um salto até Israel para visitar o amigo (Netanyahu ‒ até para o tranquilizar) antes de partir para o Vaticano (para ver o Papa e talvez pedir perdão) e dar um salto até Bruxelas (para ver a nova sede da NATO e exigir dinheiro aos devedores).

 

59275150150000210015b77f.jpeg

25 Maio 2017 ‒ Cimeira da NATO na Bélgica

(inaugurando a nova sede em Bruxelas)

Trump e Merkel

(em 1º plano)

 

E na sua Aventura pela Bélgica (Bruxelas) numa casa a estrear (sede da NATO) deixando mais um recado à Europa de Mão Sempre Estendida ‒ e como se esta pudesse (ou quisesse) virando-lhe sempre as costas (de lado pondo a Rússia, de lado pondo os EUA e no fim restando-lhes os chineses). Neste caso para a Alemanha e para a sua Indústria Automóvel (uma das suas maiores fontes externas de receita e de financiamento e que se um dia recuasse significativamente no mercado, poderia levar o país a uma crise de tal forma grave e profunda que “poderia chegar o dia em que os seus cidadãos só teriam peças de automóveis para comer”) ‒ e numa cronologia de apenas quatro meses:

 

Em Janeiro:

 

If you want to build cars in the world, then I wish you all the best. You can build cars for the United States, but for every car that comes to the USA, you will pay 35 percent tax,” he said. “I would tell BMW that if you are building a factory in Mexico and plan to sell cars to the USA, without a 35 percent tax, then you can forget that.

(Donald Trump)

 

Em Março:

 

Ten times Trump asked [Merkel] if he could negotiate a trade deal with Germany. Every time she replied, ‘You can’t do a trade deal with Germany, only the EU,’” the official said. “On the eleventh refusal, Trump finally got the message, ‘Oh, we’ll do a deal with Europe then.’

(a senior German official by the Times of London)

 

Em Maio:

 

The Germans are bad, very bad … See the millions of cars they are selling in the U.S. Terrible … We will stop this.” (Donald Trump)

 

Donald+Trump+Theresa+May+Trump+Visits+Brussels+paS

25 Maio 2017 ‒ Cimeira da NATO na Bélgica

(inaugurando a nova sede em Bruxelas)

May e Trump

(em 1º plano)

 

E assim depois deste quadruplo impactoArábia, Israel, Itália e Bélgicavendendo armas para a prossecução dos conflitos pró genocídio (matando todos) e pró terraplanagem (destruindo tudo), sossegando e informando o amigo da evolução e limites do contrato (indireta e estrategicamente apoiando os terroristas), indo ao Vaticano talvez pedir perdão pelos seus derradeiros pecados (sejam russos, sejam sauditas) e concluindo com um aviso a Merkel (Indústria Automóvel), um conselho a May (Segurança Interna) e os pagamentos pelo adiantamento e serviços (extras e incluídos na NATO), ficando-se na expetativa senão mesmo no desespero do que o Futuro (da Europa) nos reserva ‒ com a Guerra já no seu interior.

 

Numa campanha implacável (Anti Trump) levado a cabo pela maioria dos Média norte-americanos (e contaminando todo o Mundo) esmagadoramente apoiando os Democratas (mais especificamente os Clinton) ‒ de que o New York Times e o The Huffington Post são exemplos extraordinários roçando mesmo a subserviência ‒ e que segundo os seus apoiantes continuará sem interrupção ou abrandamento (na questão da intromissão russa) pelo menos enquanto Hillary Clinton não for de novo proposta como candidata à Presidência (em 2021), em Congresso a realizar no próximo ano e em que a mesma invocará como causa da sua anterior derrota o conluio Trump/Putin. Quando os Democratas afirmam como segura a derrota estrondosa de Donald Trump na sua recandidatura em 2021: isto se este se recandidatar ou se chegar Vivo até lá.

 

(imagens: Jonhatan Ernst/reuters.com e zimbio.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:33
tags: , , ,

13
Abr 15

Com orgulho as autoridades do Reino Unido esperam que estes seus Jogos de Guerra 2015 sejam os maiores de sempre. Pelo menos nas bebidas de aquecimento (até o whisky é escocês) devem ser os melhores.

 

HMS-Ambush.jpg

 

Desde o último fim-de-semana que a Escócia tem vindo a registar um aumento bastante significativo da presença das forças da NATO no seu território (recorde-se que é na Escócia que estacionam muitas das suas forças nucleares). Aproximam-se os exercícios militares conjuntos de Abril (que decorrerão até o dia 24), com os mesmos a serem liderados este ano pela Grã-Bretanha. Com a participação de um largo número países ligados à organização militar (pelo menos 15), de mais de 50 vasos de guerra, de 70 aeronaves e de mais de 13 mil soldados, a Grã-Bretanha torna-se assim na capital dos Jogos de Guerra Globais (liderados pelos EUA), numa altura delicada para a Europa (económica por causa do Euro e militar por causa da Ucrânia) e em que as forças aliadas ocidentais se vêm confrontadas com a ameaça russa: actuando contra a moeda de referência mundial o Dólar (aqui apoiados pelos chineses) e contra a Europa (anexando regiões pertencentes a outros estados como foi o caso da Crimeia).

 

_82231758_jetscrown.jpg

 

É claro que os escoceses não gostaram: não só pelo perigo que estes Eventos de Guerra poderão representar para a população local, como também por mais uma traição eleitoral por parte do poder central instalado em Londres, às promessas assumidas em nome do bem de todo o Reino Unido aquando da campanha pela independência da Escócia e após as mesmas nunca cumpridas. Enquanto isso estão desde já marcadas várias demonstrações do poderio militar da NATO incluindo diversos tipos de exercícios como ataque a navios inimigos, desembarques de tropas, acções de apoio aéreo e até caça a submarinos. Como assim já se fala de grande actividade dos submarinos russos na região: se calhar também queriam participar nos Jogos. Ao mesmo tempo no mundo global norte-americano o genocídio de populações contínua: se há uns meses atrás era o EBOLA que matava numa parte de África (um vírus que até pode ter sido produzido por manipulação genética), agora o vírus mortal que ataca o mesmo continente (mas noutra região) é comprovadamente e sem qualquer tipo de dúvidas de origem (produção) Humana.

 

(imagens: forces.tv – bbc.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:26

06
Set 14

“Na realidade ele só tinha um torcicolo”

 

 

Líderes da NATO

 

Durante a última Cimeira da NATO realizada no País de Gales – e enquanto os seus ilustres representantes se preparavam para mais uma fotografia de cariz íntimo mas formal – um OVNI de origem alienígena conseguiu furar o sofisticado esquema de segurança montado no local, sobrevoando durante alguns instantes a zona e colocando todos a olhar para a inesperada aparição.

 

Veio-se mais tarde a saber que todos os elementos presentes no local tinham passado por um incidente vagal de dimensão colectiva (facilmente verificável pela imagem colocada anteriormente), em que o único elemento capaz e credível surgindo na fotografia aparecia a olhar precisamente e sem denotar qualquer tipo de constrangimentos na direcção contrária.

 

O único que viu o OVNI a passar (segundo fontes fidedignas um moderníssimo modelo Mistral) foi obviamente o Elemento Contrário. Os outros só viram aviões!

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:09

06
Ago 14

Rússia mobiliza 20.000 homens para a fronteira com a Ucrânia

(Título – RR)

 

 

Empurrados pelos interesses geoestratégicos norte-americanos (a nível global), os cidadãos europeus caminham heroicamente em direcção ao seu próprio abismo, ao provocarem a única potência capaz de esmagar e colonizar a Europa: a Rússia. Estilo – “Lá vamos cantando e rindo!”

 

Tal como já acontecera com a destruição da Jugoslávia – que se decompôs em estados colaterais – a Europa vê-se agora perante o cenário inacreditável da destruição dum estado europeu como a Ucrânia, ainda ontem local de peregrinação mundial para um Mundial de Futebol e actualmente mais um dos muitos palcos de demonstração da hegemonia militar e económica da ainda maior potência mundial: os USA.

 

Só que agora a provocação é máxima, com os Estados Unidos da América do outro lado do oceano Atlântico a servirem-se do argumento da NATO, para fazerem avançar as gloriosas e democráticas fronteiras ocidentais: adquirido o virtual apêndice ucraniano da empresa russa Gazprom, o poder (paralelo) privado norte-americano – cavalgando a Casa Branca, o Congresso e o Senado – ainda pensa que poderá impor aos russos a sua participação accionista (de controlo fundamental das fontes de energia mundiais).

 

Só que a Rússia poderá atingir o seu limite, não sendo de espantar (os contingentes de refugiados oriundos da Ucrânia em direcção à Rússia não param de aumentar) uma invasão próxima da Ucrânia: infelizmente uma consequência eminente e inevitável face aos procedimentos criminosos e nojentos de quem deveria existir para nos defender (e não para servir um) – a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

 

Não se esqueçam que as profecias dos novos tarólogos económicos (por todos adoptados como santos) prevêem que a crise veio para ficar e que nada será jamais como dantes.

 

Apesar de para muitos técnicos a Europa poder continuar aparentemente assintomática, o problema é que ela já poderá estar morta (numa projecção futura simulada e já em execução): o objectivo prioritário dos USA está na Ásia e nos seus principais derivados – a China e o seu aliado russo.

 

A Europa está FUCK!

 

(imagem – Yuri Kochetkov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:15

05
Mai 12

General russo ameaça ocidente com mísseis

 

O General Nikolay Makarov ameaçou atacar as instalações de mísseis defensivos dos EUA/NATO, colocados no leste europeu, se os EUA persistirem com o seu plano de construção de um escudo antimíssil na Europa.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:25

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO