Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

30
Abr 19

 

Atingidos os QF do Campeonato do MUNDO de SNOOKER de 2019

 

− A decorrer no CRUCIBLE THEATRE em Sheffield

 

RobertsonNeilAction-1325x587.jpg

Os Favoritos/1

Neil Robertson

 

 

E eliminado um dos principais favoritos (o outro sendo o australiano NEIL ROBERTSON ainda em prova) à conquista da competição

 

– Ronnie O’Sullivan eliminado logo na 1ª ronda pelo seu compatriota JAMES CAHILL –

(um jovem desconhecido, sem RM e oriundo das Qualificações)

 

 

Sendo agora colocados perante os 8 jogadores ainda sobreviventes ultrapassadas as 2 primeiras rondas

 

− Ressalvando o trabalho extra desenvolvido por ALLISTER CARTER e GARY WILSON tendo de ultrapassar anteriormente 3 outras rondas nas Qualificações −

(ou seja, sujeitando-se a 5 rondas eliminatórias, enquanto os restantes com acesso direto, sujeitando-se apenas a 2)

 

 

E simultaneamente olhando para o seu RM

(com 4 dos 8 jogadores integrando o Top 10)

E para as suas performances esta época

(apenas com 3 dos 8 jogadores tendo ganho pelo menos 1 prova do CIRCUITO MUNDIAL esta época, sendo estes NEIL ROBERTSON, JUDD TRUMP e KYREN WILSON),

 

 

Concluindo-se através desta análise curta e “bipolar” ser o MAIOR FAVORITO o jogador AUSTRALIANO:

 

 

3ºRM e tendo ganho 3 provas de RM esta época.

(igualando Ronnie O’Sullivan, apesar de tudo tendo ganho 2 outras provas do circuito mas não contanto pata o RM ou seja 5)

 

TrumpJuddAction-1325x587.jpg

Os Favoritos/2

Judd Trump

 

Jogo

D

J

N

RM

J

N

RM

QF1

30/30/1

David

Gilbert

ING

16º

Kyren

Wilson

ING

Rondas

 

Eliminou

N

F

Eliminou

N

F

1ªR

 

2ªR

 

 

-

Joe

Perry

Mark

Williams

ING

 

GAL

10-7

 

13-9

Scott

Donaldson

Barry

Hawkins

ESC

 

ING

10-4

 

13-11

QF2

30/1/1

John

Higgins

ESC

Neil

Robertson

AUS

Rondas

 

Eliminou

N

F

Eliminou

N

F

1ªR

 

2ªR

 

-

Mark

Davis

Stuart

Bingham

ING

 

ING

10-7

 

13-11

Michael

Georgiou

Shaun

Murphy

CIP

 

ING

10-1

 

13-6

QF3

 

30/30/1

Gary

Wilson

ING

25º

Allister

Carter

ING

17º

Rondas

 

Eliminou

N

F

Eliminou

N

F

1ªR

 

2ªR

 

 

-

Luca

Brecel

Mark

Selby

BEL

 

ING

10-9

 

13-10

Jack

Lisowski

Zhou

Yuelong

ING

 

CHI

10-6

 

13-9

QF4

 

30/1/1

Judd

Trump

ING

Stephen

Maguire

ESC

15º

Rondas

 

Eliminou

N

F

Eliminou

N

F

1ªR

 

2ªR

 

 

-

Thepchaiya

Un-Nooh

Ding

Junhui

TAI

 

CHI

10-9

 

13-9

Tiang

Pengfei

James

Cahill

CHI

 

ING

10-9

 

13-12

(D: Data J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial/provisório ao fim da 2ª ronda do Mundial/29.04.2019 QF: Quartos-de-Final R: Ronda F: Frames)

 

Neste momento e ultrapassadas duas rondas com os jogadores ainda em prova tendo desde já arrecadado um prémio de 50.000£ (e 50.000 pontos para o RM) e passando à ronda seguinte (MF) passando às 100.000£ (presença na Final 200.000£ e vencendo a mesma 500.000£). Olhando para o quadro já definido dos QF, destacando-se logo 1 entre as 4 partidas previstas, a única em que se confrontam dois Campeões do Mundo com 2 dos 3 melhores RM atuais: JOHN HIGGINS (vencedor de 30 provas de RM e 4X Campeão do Mundo) e NEIL ROBERTSON (vencedor de 16 provas de RM e 1X Campeão do Mundo) o par de onde poderá sair (mesmo) o novo Campeão do Mundo. Com um sendo simultaneamente 2X Vice-Campeão do Mundo (2017/2018) e com o outro a par de THE ROCKET a ser de longe e ao longo desta época (de 2018/19) sem dúvida o melhor (até pelos resultados obtidos). Mas (entre os 8) com alguns “bem à espreita” como o serão (até pelas exibições) os casos de KYREN WILSON e JUDD TRUMP. Mas talvez podendo ainda vir de outro lado uma Grande Surpresa (DAVID GILBERT? GARY WILSON?). E restando ainda Stephen Maguire.

 

[Com transmissão EUROSPORT a partir das 11:00 AM.]

 

(imagens: worldsnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:07

08
Abr 19

Terminada a penúltima prova da época 2018/19 do Circuito Mundial de Snooker (individual) – o OPEN da CHINA – com a vitória do australiano NEIL ROBERTSON (provisoriamente no 3º do Ranking Mundial e 1º do Ranking da Época), iniciam-se dentro de menos de 48 horas (marcado para a próxima quarta-feira dia 10) as QUALIFICAÇÕES para o MUNDIAL 2019: contando com a presença 128 jogadores disputando 3 rondas eliminatórias e ultrapassando-as – num total de 16 jogadores sobreviventes – indo-se juntar aos outros 16 jogadores entretanto já apurados por acesso direto (dado integrarem o Top 16 do Ranking Mundial). Ou seja, a partir de 10 de Abril com 144 jogadores disponíveis a candidatarem-se à conquista do Mundial 2019 (título atualmente na posse do galês MARK WILLIAMS).

 

Neil-Robertson-764641.jpg

Robertson & O’Sullivan

 

Entre estas 144 candidaturas ao título Mundial (entre profissionais e amadores e integrando ou não a tabela ordenada do Ranking Mundial) e com um total de 12 jogadores tendo ganho no mínimo 1 prova esta época (contando ou não para o RM – 19/5 − num total de 24 provas já disputadas)

 

RE

J

N

V

(RM)

PF

(RM)

V

(N/RM)

PF

(N/RM)

T

(V/PF)

Neil

Robetson

AUS

3

3

-

-

6

Ronnie

O’Sullivan

ING

3

1

2

1

7

Mark

Allen

IRLN

2

1

-

-

3

Judd

Trump

ING

2

-

1

-

3

Mark

Selby

ING

1

-

-

-

1

Stuart

Bingham

ING

2

1

-

-

3

Mark

Williams

GAL

1

-

-

-

1

Kyren

Wilson

ING

2

-

1

1

4

16º

Jimmy

Robertson

ING

1

-

-

-

1

20º

Matthew

Selt

ING

1

-

-

-

1

34º

Thepchaiya

Un-Nooh

TAI

1

-

-

-

1

81º

Martin

Gould

ING

-

-

1

-

1

(RE: Ranking Época J: Jogador N: Nacionalidade V: Vitória PF: Presença Final T: Total RM: Ranking Mundial N/RM: Não/RM)

 

A partir das suas performances (baseadas na técnica/resultados/experiência) com dois jogadores a destacarem-se claramente − NEIL ROBERTSON e RONNIE O’SULLIVAN – e como consequência sendo os principais favoritos à conquista do título Mundial, com outros dois muito próximos e sempre à espreita – MARK ALLEN e JUDD TRUMP – e finalmente como principais suplentes outros dois – STUART BINGHAM e KYREN WILSON (e com Mark Selby e Mark Williams decididamente a não nos convencerem muito sobre as suas hipóteses).

 

maxresdefault.jpg

Allen & Trump

 

E assim na próxima quarta-feira iniciando-se (como desde 1977) no TEATRO do CADINHO (CRUCIBLE THETRE) em Sheffield mais esta dura caminhada (especialmente para os jogadores oriundos das Qualificações tendo de superar 7 rondas para se sagrarem Campeões/com os dispensados das Qualificações a terem que disputar apenas 4 para atingir tal objetivo), para a 6 de Maio se conhecer aquele que sucederá ao atual Campeão Mark Williams e se juntará à lista dos Campeões Mundiais de Snooker (num Campeonato disputado desde 1927). E entre os jogadores ainda no ativo tendo já sido Campeões do Mundo, a serem ainda muitas as presenças (precisamente 10): Mark Williams (3X), Mark Selby (3X), Stuart Bingham (1X), Ronnie O’Sullivan (5X), John Higgins (4X), Neil Robertson (1X), Graeme Dott (1X), Shaun Murphy (1X), Peter Ebdon (1X) e Ken Doherty (1X).

 

Com RONNIE O’SULLIVAN já como LÍDER do RM e talvez agora à procura do que poderá ser a sua derradeira hipótese de se sagrar Hexacampeão do Mundo (entrando no Grupo restrito de 7 jogadores tendo ganho mais do que uma mão cheia de Mundiais, liderados pelo inalcançável inglês JOE DAVIS 15X Campeão do Mundo/consecutivo entre 1927/46 − exceto nos anos da II GM onde o mesmo por 5X não se realizou).

 

Então até já, até ao Campeonato do Mundo.

 

(imagens: Getty/dailystar.co.uk – Snooker Studio/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:57

04
Abr 19

Última prova do Circuito Mundial de Snooker época 2018/19 (atribuindo ao vencedor um prémio de 225.000£) – com o detentor do troféu o inglês Mark Selby a ser eliminado logo na ronda de Qualificação − tendo o inglês Ronnie O’Sullivan como Líder do Ranking Mundial (que manterá concluída esta prova) e Neil Robertson (pelas suas últimas grandes exibições só travadas nas finais por Ronnie O’Sullivan) como principal favorito à vitória neste Open. E com o australiano e o inglês Stuart Bingham a serem os únicos (entre os 8 jogadores ainda em prova) a poderem repetir uma vitória numa prova de RM esta época (caso vençam, sendo a terceira) − tal acontecendo (obviamente a um deles) igualando The Rocket (com 3 vitórias em provas de RM).

 

JS114765978_Action-Images_The-Dafabet-Masters_tran

Ronnie O´Sullivan

The Rocket

ING/43 anos

Líder do RM

5X Campeão do Mundo

36 provas de RM

1008 breaks centenários

A caminho das 11.000.000£

 

Concluída a 3ª ronda do OPEN da CHINA são estes os encontros programados para os Quartos-de-Final (a disputar sexta-feira, 5 de Abril):

 

Fase

H

J

N

RM

J

N

RM

QF1

14:00

Sam

Craigie

ING

73º

Neil

Robertson

AUS

QF2

14:00

Alan

McManus

ESC

50º

Luca

Brecel

BEL

13º

QF3

19:30

Jack

Lisovski

ING

14º

Stuart

Bingham

ING

11º

QF4

19:30

Ben

Woollaston

ING

37º

Scott

Donaldson

ESC

46º

(H; Hora J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial QF: Quartos-de-Final)

 

neil_robertson_world_champion_2010.jpg

Neil Robertson

The Thunder from Down Under

AUS/37 anos

7ºRM

1X Campeão do Mundo

15 provas de RM

632 breaks centenários

Tendo já ultrapassado os 4.000.000£

 

À entrada dos quartos-de-final do Open da China (última prova antes da disputa do Campeonato do Mundo de 2019) com o Top 64 devendo manter-se até ao início das Qualificações para o Mundial (exceção feita ao inglês Sam Craigie/73ºRM, estando presente na Final, integrando esse Top e retirando o seu compatriota Rory McLeod/64ºRM do mesmo) − dando acesso direto na próxima época ao Circuito Mundial de Snooker – com o mesmo a suceder com o TOP 16 (com o inglês David Gilbert/16ºRM a encerrar o grupo) caso não aconteça uma enorme surpresa: Ben Woollastan/ING/37ºRM,  Scott Donaldson/ESC/46ºRM ou então Alan McManus/ESC ganharem o XingPai China Open. O que na realidade seria um terramoto (pelo menos e na brincadeira para os chineses, sem Ronnie, sem Selby, sem Trump e sem Junhui, e ainda-por-cima a atribuirem um prémio milionário a um jogador "desconhecido").

 

(imagens: Action Image/telegfaph.co.uk − grovesnooker.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:02

23
Mar 19

18ª Prova do Circuito Mundial de Snooker

(época 2018/19)

Contando para o Ranking Mundial

(da modalidade)

E podendo ou não alterar o atual Líder desse ranking

(antes da realização desta prova, o inglês Mark Selby).

 

Meias-Finais

 

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

F

MF1

Ronnie

O’Sullivan

ING

2

10-9

Judd

Trump

ING

6

-

-

(Eliminou na 1ªR)

Stuart

Bingham

ING

12

9-3

Mark

Williams

GAL

3

9-8

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

F

MF2

Neil

Robertson

AUS

8

10-6

Mark

Allen

IRLN

5

-

-

(Eliminou na 1ªR)

Mark

Selby

ING

1

9-8

Kyren

Wilson

ING

7

9-7

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial/provisório F: Frames MF: Meia-Final R: Ronda)

 

hqdefault.jpg

Ronnie O’Sullivan & Neil Robertson

Finalistas do Coral Tour Championship

(na sua 1ª edição)

 

Final

 

Fase

D

H

J

N

RM

J

N

RM

Final

23

2pm/8pm

24

8pm

Ronnie

O’Sullivan

ING

2

Neil

Robertson

AUS

8

(D: Data H: Hora)

 

Repetindo a final do Coral Players Championship (disputada no passado dia 10 de Março e ganha por Ronnie O´Sullivan por 10-4) o inglês Ronnie O’Sullivan e o australiano Neil Robertson marcam um novo encontro (numa final) agora na final do Coral Tour Championship: com a particularidade do vencedor da final para além de conquistar o Coral tour Champpionship (e um prémio pecuniário de 150.000£/150.000 pontos para o RM) chamará a si simultaneamente a conquista da Coral Cup.

 

51OP8UyBXfL.jpg

The Rocket

Vencendo esta prova assumindo a liderança do RM

(mas para tal tendo de superar Neil Robertson)

 

Uma final ainda com um outro ponto de bastante interesse, pois caso THE ROCKET vença a prova agora em disputa (a 18ª da época contando p/RM) assumirá mais uma vez (na sua já longa, sem fim a vista e fantástica carreira) a liderança do Ranking Mundial da modalidade (retirando-a ao seu compatriota Mark Selby) − a menos de um mês do início do Mundial 2019. E com Ronnie O’Sullivan e Neil Robertson a poderem ser os únicos (tendo já vencido 2 provas e vencendo esta final) a ganhar a sua 3ª prova de RM esta época.

 

Concluído o Coral Tour Championship seguindo-se o OPEN da CHINA (1/7Abril) − sem a presença de The Rocket – mas agora com transmissão na TV através do Eurosport. E com os principais favoritos à conquista deste Mundial (confirmação a fazer após o Open da China) a sair certamente deste lote de 6 (os únicos jogadores que até ao momento ganharam pelo menos 2 provas de RM esta época): Neil Robertson, Ronnie O’Sullivan, Mark Allen, Stuart Bingham, Judd Trump e Kyren Wilson.

 

(imagens: Snooker Perfect/youtube.com e amazon.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:52

10
Mar 19

2019 Players Championship

(16ª prova de RM)

 

THE ROCKET

 

images.jpeg

 

5X Campeão do Mundo

Vitória em 35 provas de RM

1000 breaks acima dos 100 pontos

 

Esta época

Vice-Líder do RM (e de 2018/19)

Vitória em 2 Provas de RM

Vitória em 2 provas n/RM

Presente em 1/3 das MF/F

 

(E a um passo de regressar a Nº 1 do RM e a Campeão do Mundo)

 

flat,1000x1000,075,f.u1.jpg

Ronnie O’Sullivan

(Vencedor do 2018 Coral Players Championship)

 

Fase

J

N

F

J

N

MF 1

Neil

Robertson

AUS

6-4

Judd

Trump

ING

MF 2

Ronnie

O’Sullivan

ING

6-0

Mark

Allen

IRLN

Final

Ronnie

O’Sullivan

ING

10-2

Neil

Robertson

AUS

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frames MF: Meia-Final)

 

A pouco mais de 30 dias do início das Qualificações (3 rondas eliminatórias) para a Fase Final do Mundial de Snooker de 2019 (detentor do troféu Mark Williams/Gal) − onde participarão 32 jogadores, integrando o Top 16 do Ranking Mundial (RM) e os 16 apurados da Fase de Qualificação – e apenas a 3 provas de RM (Gibraltar Open, Tour Championship e China Open) do fim da época de 2018/19 (incluindo uma 4ª prova não sendo de RM a Liga de Campeões), será certamente cada vez mais intenso o trabalho a desenvolver por todos os jogadores inscritos nessa lista de RM (mais de 120), de forma a melhorarem a sua performance e se apurarem para mais este Mundial: por qualificação ou de preferência por acesso direto. Nesse sentido a luta entre os melhores jogadores para integrarem o Top 16 do RM (acesso direto à fase final do Mundial) e a importância do Open da China (atribuindo prémios/pontos de RM de 45.000£, 90.000£ e 225.000£) na listagem final: podendo colocar em causa o acesso direto de Luca Brecel/BEL, Jack Lisovski/ING, Stuart Bingham/ING e David Gilbert/ING (respetivamente 14º/15º/16º RM)  e à espreita Ryan Day/GAL, Joe Perry/ING e Allister Carter/ING (17º/18º/19º RM).

 

Ranking Mundial

(em 10.03.2019)

 

702a5b_4a47c0d8450abb1a6b0ce85015f8a4f1.jpg_srz_30

Mark Selby

(ainda líder do RM)

 

RM

RE

J

N

£

(X 1000)

RM

RE

J

N

£

(X 1000)

5

Mark

Selby

ING

1162

27

Ding

Junhui

CHI

456

2

Ronnie

O’Sullivan

ING

1090

10º

13

Barry

Hawkins

ING

449

6

Mark

Williams

GAL

1020

11º

34

Shaun

Murphy

ING

380

11

John

Higgins

ESC

758

12º

15

Stephen

Maguire

ESC

335

1

Mark

Allen

IRLN

662

13º

40

Luca

Brecel

BEL

321

3

Judd

Trump

ING

634

14º

7

Stuart

Bingham

ING

321

8

Kyren

Wilson

ING

535

15º

10

Jack

Lisovski

ING

315

4

Neil

Robertson

AUS

532

16º

9

David

Gilbert

ING

295

(RM: Ranking Mundial RE: Ranking Época £: Libras)

 

Concluídas 20 provas nesta época de 2018/19 (sendo 16 de RM mais 4 não o sendo) apenas com 5 jogadores R. O’Sullivan (2+2), J. Trump (2+1), K. Wilson (2+1), N. Robertson (2+0) e M. Allen (2+0) − a terem ganho 2 ou mais provas e outros 6 – S. Bingham/ING, M. Selby/ING, M. Williams/GAL, T. Un-Nooh/TAI, J. Robertson/ING e M. Selt/ING − tendo ganho apenas 1 (num total de 11 jogadores): certamente que entre estes 11 jogadores podendo estar o próximo Campeão do Mundo de Snooker (de 2019). E a 3 provas de RM do Mundial 2019 com THE ROCKET (5X Campeão do Mundo) a vencer a sua 35ª prova de RM e a atingir (como profissional desde 1992) o seu 1000º break centenário – e com a vitória no Players Championship a alcançar ainda o 2º do Ranking Mundial (e o 2º lugar de Ranking desta época). Ficando-se entretanto a aguardar a disputa do Open de Gibraltar (de 13 a 17 de Março) − e que The Rocket possa atingir o Nº 1 do RM (“Há quantos anos a última vez?”/Resposta: Há nove.) caso vença o Coral Tour Championship (19/24 Março).

 

(imagens: timbird.bigcartel.com – redbubble.com – theguardian.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:11

03
Nov 18

Na sua 7ª edição (consecutiva) desde o ano de 2012 (quando se realizou a sua 1ª edição), o INTERNATIONAL CHAMPIONSHIP disputado na CHINA, teve até ao presente (incluindo a 6ª edição) 5 vencedores diferentes (num total de 9 finalistas): MARK SELBY/ING 2X, JOHN HIGGINS/ESC, RICKY WALDEN/ING, DING JUNHUI/CHI e JUDD TRUMP/ING todos 1X (a estes adicionando-se os Finalistas derrotados Mark Allen/IRLN 2X, David Gilbert/ING, Marco Fu/HK e Neil Robertson/AUS todos 1X).

 

1ª Meia-Final

(2 Novembro 2018)

À melhor de 17 frames

 

_104117828_markallen.jpg

Mark Allen

(Mark Allen beats Matthew Stevens 9-6 to reach final/BBC)

 

J

N

RM

1ªS/1ªP

1ªS/2ªP

2ªS/1ªP

2ªS/2ªP

F

Mark Allen

IRLN

11

1

4

2

2

9

Matthew Stevens

ESC

44

3

0

2

1

6

Evolução

Frames

-

-

1-0; 1-1

1-2; 1-3

2-3; 3-3

4-3; 5-3

6-3; 6-4

6-5; 7-5

7-6; 8-6

9-6

-

(J: Jogador N: Nacionalidade S: Sessão P: Parte F: Frames)

 

À chegada às Meias-Finais da 7ª prova do Circuito Profissional (época 2018/18) contando para o Ranking Mundial (RM) – de Snooker – com 4 jogadores de nacionalidades diferentes a poderem estrear-se ou a repetir a proeza, vencendo a Final e conquistando o troféu – de uma prova de RANKING: podendo estrear-se a vencer 1 prova de Ranking ALLEN, LISOVSKI ou STEVENS e podendo repetir a presença na Final – mas agora vencendo-a – ROBERTSON (derrotado na 1ª edição por TRUMP).

 

2ª Meia-Final

(3 Novembro 2018)

À melhor de 17 frames

 

5283-3522-2.30995513.jpg.gallery.jpg

Neil Robertson

(Neil Robertson beats Jack Lisowski to reach Daqing final/WirralGlobe)

 

J

N

RM

1ªS/1ªP

1ªS/2ªP

2ªS/1ªP

2ªS/2ªP

F

Neil Robertson

AUS

9

2

2

3

2

9

Jack Lisovski

ING

17

2

2

1

2

7

Evolução

Frames

-

-

0-1; 1-1

2-1; 2-2

3-2; 3-3

3-4; 4-4

4-5; 5-5

6-5; 7-5

8-5; 8-6

8-7; 9-7

-

(J: Jogador N: Nacionalidade S: Sessão P: Parte F: Frames)

 

E apurados os dois Finalistas do 2018 International Championship – o australiano NEIL ROBERTSON e o norte-irlandês MARK ALLEN – estando marcado para o próximo domingo (4 de Novembro) a disputa da FINAL (da competição) desenrolando-se esta em duas sessões (1ªsessão/07:00 e 2ªsessão/12:30 – hora de Portugal) e à melhor de 19 FRAMES. Estando por um lado em jogo a 2ª vitória do australiano Neil Robertson em provas de RM nesta época de 2018/19 – e a subida a 1º de Líder do RM da Época – e pelo outro lado a 1ªvitória esta época do norte-irlandês Mark Allen numa prova contando para o RM – para além da sua subida a 7ºRM.

 

Campeonato Internacional

FINAL – Daquim/China

4 Novembro 2018

 

NEIL ROBERTSON – MARK ALLEN

 

Uma Final a ser disputada pelos dois jogadores que mais fizeram para isso nas 6 eliminatórias – anteriormente disputadas (RQ/1ªR/2ªR/3ªR/QF/MF) – e que no Ranking Provisório da Época ocupam de momento o TOP 4: e Vencendo (um ou outro) chegando a Líder Provisório (da época). Num frente-a-frente ROBERTSON/ALLEN e dos 22 jogos disputados entre si, com Robertson tendo ganho 14 e Allen tendo ganho 8, com o último duelo entre ambos a ser favorável a Allen (por 5-4 no Open Mundial de 2017/últimos 16) e com a única Final a ser disputada entre ambos a ser ganha por Robertson (2015 Champion of Champions vencendo por 10-5). Razão pelas quais as apostas apontam para o favoritismo do australiano: ROBERTSON 52.5% e ALLEN 47.5%.

 

(imagens: bbc.com – wirralglobe.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:21

02
Nov 18

Com Lisovski e Stevens a poderem ganhar a sua 1ª prova de RM

 

Atingidas as Meias-Finais daprova – contando para o Ranking Mundial (RM) – do Circuito Mundial de Snooker (época 2018/19), o jogador com a tacada mais alta nesta competição – o norte-irlandês MARK ALLEN/11ºRM com 146 pontos – o ex-Campeão do Mundo de Snooker de 2010 – o australiano NEIL ROBERTSON/10ºRM – e o mais velho e mais novo dos outros dois jogadores apurados (nesta fase) – respetivamente o galês MATTHEW STEVENS/44ºRM e o inglês JACK LISOVSKI/17ºRM – decidem a partir desta sexta-feira (2 de Novembro) quais serão os dois Finalistas da edição deste ano (de 2018): vencendo essa Final (à melhor de 19 Frames) sucedendo ao detentor do troféu o inglês Mark Selby (na edição deste ano eliminado nos Quartos-de-Final).

 

Neil_Robertson_at_Snooker_German_Masters_(DerHexer

Neil Robertson

 

International Championship

Meia-Final 1

2 Novembro 2018

(sexta-feira: 07:00/11:30)

 

Fase

J

N

F

J

N

F

MF1

Neil Robertson

AUS

Vs.

Jack Lisovski

ING

MF1

RQ

Ross

Muir

ESC

6-1

Oliver

Lines

ING

6-5

R1

Matthew

Selt

ING

6-1

Chris

Wakelin

ING

6-1

R2

Joe

Perry

ING

6-5

Marco

Fu

HK

6-3

R3

Yuan

Sijun

CHI

6-4

Martin

Gould

ING

6-5

QF

Mark

Selby

ING

6-4

Judd

Trump

ING

6-2

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: ranking Mundial F: Frame)

 

International Championship

Meia-Final 2

3 Novembro 2018

(sábado: 07:00/11:30)

 

Fase

J

N

F

J

N

F

MF2

Matthew Stevens

GAL

Vs.

Mark Allen

IRLN

MF2

RQ

Hamza

Akbar

PAQ

6-3

Paul S

Davison

ING

6-0

R1

Jordan

Brown

ING

6-4

Liam

Highfield

ING

6-5

R2

Mark

King

ING

6-5

Hossein

Vafaaei

IRA

6-3

R3

Ding

Junhui

CHI

6-5

Alfie

Burden

ING

6-1

QF

Martin

O’Donnell

ING

6-5

Allister

Carter

ING

6-0

(MF: Meia-Final RQ: Ronda Qualificação R: Ronda QF: Quartos-Final)

 

800px-Matthew_Stevens_PHC_2012.jpg

Matthew Stevens

 

Entre os 4 jogadores finalistas destacando-se desde logo o australiano Neil Robertson ex-Campeão do Mundo e melhor cotado (entre os ainda presentes) na tabela do RM, sendo para além do norte-irlandês Mark Allen o único a já ter ganho provas contando para o Ranking Mundial: ao contrário do inglês Jack Lisovski e do galês Matthew Stevens já tendo sido Finalistas (de provas contando p/RM) mas perdendo as finais. Concluindo-se a competição no próximo domingo 4 de Novembro com a disputa da Final em 2 sessões (07:00/12:30) e transmissão Eurosport.

 

(imagens: wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:45

31
Jul 18

1-Masters de Riga (Letónia)

 

Snooker-news-Neil-Robertson-996517.jpg

Neil Robertson (à direita)

(AUS – 10ºRM)

Vencedor da 3ª e 5ª edição do MASTERS de RIGA

 

Iniciado o Circuito Mundial de Snooker – Época 2018/19 – com a disputa na Letónia do MASTERS DE RIGA (27/29 Julho), ficou-se a conhecer no passado domingo (dia 29) o nome do vencedor desta 1ª prova do circuito (de SNOOKER) contando para o RANKING MUNDIAL (RM): nesta 5ª edição da prova com o australiano NEIL ROBERTSON a conquistar o troféu em disputa (batendo na final o inglês Jack Lisovski por 5-2) repetindo (o único jpogador a tê-lo feito até agora) o seu êxito de 2016 (aí batendo na final um outro inglês – Michael Holt – também por 5-2). Sucedendo ao galês Ryan Day (vencedor em 2017) eliminado logo na 1ª ronda. E este ano com o Vencedor da Final (NR) a arrecadar 50.000£ e o vencido (JL) 25.000£.

 

Masters de Riga – Meias-Finais e Final

 

Fase

J

N

F

J

N

 

 

 

 

 

 

Meia-Final 1

Neil

Robertson

AUS

5-0

Stuart Carrington

ING

Meia-Final 2

Jack

Lisovski

ING

5-1

Stephen Maguire

ESC

 

 

 

 

 

 

Final

Neil

Robertson

AUS

5-2

Jack

Lisovski

ING

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frame)

 

2-Open Mundial (China)

 

Sucedendo-se a esta prova o OPEN MUNDIAL (aqui com os prémios dos Finalistas a triplicarem – 150.000£ para o Vencedor e 75.000£ para o vencido) a disputar-se na China (cidade de Yushan) de 6/12 Agosto: 2ª prova da época contando igualmente para o RM, tendo como detentor do troféu o chinês DING JUNHUI (derrotando na final de 2017 o inglês Kyren Wilson por 10-3). E nos jogadores presentes nesta 2ª prova de RM ainda não se vislumbrando (entre o TOP 16) Ronnie O’Sullivan e John Higgins (continuando de “férias”), para além de outros jogadores ausentes por eliminados nas Qualificações: como Shaun Murphy (ING), Stuart Bingham (ING) e Anthony McGill (ESC).

 

[E em princípio sendo uma prova do Circuito Profissional de Snooker contando para o Ranking Mundial (RM) – o Open Mundial – tendo transmissão televisiva no canal EUROSPORT: no mínimo (acho eu) a partir dos Quartos-de-Final (se não antes, sendo conveniente confirmar).]

 

(imagem: Getty Image/express.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:28

18
Dez 17

NEIL ROBERTSON (AUS) ‒ 9 CAO YUPENG (CHI) ‒ 8

 

2231499-46528770-2560-1440.jpg

 

Numa final emocionante (há melhor de 17 frames) decidida na negra ‒ dominada nas 12 primeiras partidas por Cao Yupeng (8-4) mas com Neil Robertson (sempre a um frame da eliminação) a ganhar os 5 frames seguintes (5-0) ‒ o resultado da partida poderá ter sido decidido por um único pormenor: a experiência do jogador australiano (neste tipo de situações de grande pressão) quando tudo apontava para a vitória do jogador chinês (na 16ªpartida estando 8-7 a seu favor e faltando a bola negra para limpar a mesa, Cao Yupeng falhou a tacada que lhe daria o 9-7 e a vitória na prova, possibilitando o 8-8 a Neil Robertson) sobrepôs-se à maior juventude do mesmo apesar da sua excelente técnica. Deixando o jogador chinês claramente destroçado (tendo estado a vencer por 8-4 perdendo no final por 8-9) e levando o seu adversário (reconhecendo a sua excelente prestação) a confortá-lo respeitosamente reconhecendo como poderia ter sido ele a perder a final ‒ com (palavras de Neil Robertson) “Cao Yupeng tendo estado a milímetros de o eliminar”. Sem dúvida um daqueles casos em que havendo um Vencedor deveriam ser os dois (com a assistência na Arena Emirates empolgada e dividida) e só assim se podendo ter feito Justiça.

 

Evolução da Final

(nas duas sessões)

 

Sessão/Parte

Neil Robertson (AUS)

Cao Yupeng (CHI)

Resultado

Parcial

Somatório

1ª/1ª

 

0-1; 1-1; 1-2; 1-3

1-3

1-3

1ª/2ª

 

2-3;2-4; 2-5; 3-5

2-2

3-5

2ª/1ª

 

3-6; 4-6; 4-7; 4-8

1-3

4-8

2ª/2ª

5-8; 6-8; 7-8; 8-8; 9-8

5-0

9-8

 

_99241869_robbo_sns.jpg

 

Concluída a 12ªprova do Circuito Mundial de Snooker época 2017/18 (8 provas contando para o RM e outras 4 realizadas por convite/não contando para o RM) apenas com 3 jogadores a poderem afirmar terem ganho mais do que uma prova (vitoriosos em 2 ou 3): o galês Mark Williams e o australiano Neil Robertson ‒ com 2 vitórias (1 vitória numa prova contando para o RM e 1 vitória numa prova por convite) ‒ e o inglês Ronnie O’Sullivan com 3 vitórias (todas em provas contando para o RM). E com a 13ªprova do circuito contando para o Ranking Mundial (RM) a ser já disputada no Ano Novo de 2018 (entre 31 de Janeiro e 4 de Fevereiro) com a realização do Masters da Alemanha ‒ e pelo meio disputando-se as Qualificações para a prova referida anteriormente (ainda em 2017) e para o Open da China (já em 2018) e duas provas por convite (no início de 2018 com a Liga dos Campeões e o Masters Europeu). E tudo se concluindo nos meses de Abril e de Maio (já com outras tantas provas disputadas) com a disputa do Campeonato do Mundo de Snooker no Crucible Theatre em Sheffield (em Inglaterra de 21 de Abril a 7 de Maio).

 

Trajeto dos dois jogadores

(até atingirem a Final)

 

Fase

J

N

RM

J

N

RM

Final

Neil Robertson

AUS

13

Cao

Yupeng

CHI

55

Fase

J

N

F

J

N

F

1ªR

R.

Lowler

ING

4-0

A.

Higgginson

ING

4-0

2ªR

L.

Highfield

ING

4-2

A.

Taylor

ING

4-3

3ªR

C.

Totten

ESC

4-0

D.

Wells

GAL

4-3

4ªR

D.

Grace

ING

4-2

T.

Ford

ING

4-0

QF

X.

Guodong

CHI

5-4

R.

Walden

ING

5-3

MF

J.

Higgins

ESC

6-3

J.

Trump

ING

6-4

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial F: Frame R: Ronda QF: Quartos-Final MF: Meia-Final)

 

emirates-banner.JPG

 

E no rescaldo do Open da Escócia para além da excelente e emocionante final e da lotação esgotada para assistir ao evento (disputado na Arena Emirates em Glasgow e com vários episódios eletrizantes) para além da vitória (à melhor de 17 frames e chegando a estar a perder por 4-8) já considerada improvável ‒ do australiano Neil Robertson no 17º e último frame/na negra (ganhando 70000£), destacando-se indubitavelmente o chinês Cao Yupeng não tendo conseguido conquistar o Troféu por alguma infelicidade e mero acaso (muitos nervos na 2ªparte da 2ªsessão quando vencendo por 8-4 perdeu consecutivamente 5 frames sendo derrotado por 8-9), mas atingindo pela 1ªvez a Tacada Máxima (147) e sendo Vice-Campeão do Open da Escócia arrecadando um prémio total de 50000£ (20000£+30000£ respetivamente). Sinceramente ficando-se à espera que futuramente (e já a curto-prazo) Cao Yupeng confirme todas as suas qualidades (que as tem e em grande quantidade) e continue a ter prestações (ou melhores) como as desta prova disputada na Escócia ‒ e assim não se deixando afetar por esta derrota dolorosa (mas aproveitar-se dela e a partir daí vencer).

 

Ranking Mundial

(e da época 2017/18)

 

RM

J

N

RM (2017/18)

1

M Selby

ING

4

2

R O’Sullivan

ING

1

3

J Trump

ING

3

4

D Junhui

CHI

8

5

J Higgins

ESC

7

6

S Murphy

ING

5

7

B Hawkins

ING

43

8

M Allen

IRLN

9

 

_99246850_cao.jpg

 

Concluído o ano civil de 2017 (e estando-se mais ou menos a meio da época 2017/18) e olhando-se para os Rankings (Geral e unicamente desta Época) constatando-se de imediato a vertiginosa chegada de O Foguete (nem sequer integrando o Top 10 no início da época e sendo já 2ºRM) sendo já no RM Top 2, relativamente à época 17/18 Top 1 e sendo para já o único jogador a ter ganho 3 provas contando para o RM. E do Outro Lado da Mesa esta época de 2017/18 e até ao momento com uma campanha desastrosa, estando o inglês Barry Hawkins unicamente 43º esta época (e sem nada de relevante a registar). E tendo-se que prestar mais atenção, às prestações do contingente chinês (consagrados e especialmente os mais novos, nesta prova uns 22 por volta de uns 17%). Com as transmissões televisivas (no canal EUROSPORT) a só serem retomadas entre 14/21 Janeiro com a disputa duma prova por convites o DAFABET MASTERS (em Londres).

 

(imagens: eurosport.com - bbc.com - emiratesarena.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:23

17
Dez 17

Meias- Finais do Open da Escócia

 

Jogo

J

N

F

J

N

MF1

NEIL

ROBERTSON

AUS

6-3

John

Higgins

ESC

MF2

CAO

YUPENG

CHI

6-4

Judd

Trump

ING

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frame MF: Meia-Final)

 

893779472-2925862171.jpg 2066627-43327756-640-360.jpg

Cao Yupeng e Neil Robertson

Finalistas do Open da Escócia de 2017

 

Sem a presença do inglês Mark Selby (Campeão do Mundo e Líder do RM) e com a eliminação do natural de Hong Kong Marco Fu (detentor do troféu conquistado em 2016) e do inglês mundialmente conhecido por The Rocket (atualmente Vice-Líder do RM e Líder da Época 2017/18) ‒ Marco Fu eliminado na 4ªronda e The Rocket nos Quartos-de-Final ‒ ficaram hoje a conhecer-se os dois jogadores sobreviventes (a 6 eliminatórias e tendo para tal de vencer 21 frames) que irão disputar amanhã a Final do SCOTISH OPEN: o australiano NEIL ROBERTSON (16ºRM) e o chinês CAO YUPENG (56ºRM).

 

Com o jogador chinês (de 27 anos) Cao Yupeng a atingir a sua 1ªfinal numa prova do Circuito contando para o RM (a sua anterior e melhor prestação tendo ocorrido já esta época no European Masters atingindo a Meia-Final) tendo simultaneamente nesta mesma prova atingido pela 1ªvez a Tacada Máxima (147) logo na 1ªronda face ao jogador inglês Andrew Higginson (4-0); e com o australiano (de 35 anos) Neil Robertson tendo já sido Líder do RM e Campeão do Mundo em 2010, a parecer querer voltar aos velhos tempos (e a reintegrar o Top 16 do RM) atingindo a Final do Open da Escócia e podendo ser o terceiro jogador a ganhar 2 provas esta época ‒ com a 1º a ser o Hong Kong Masters (uma prova por convite não contando para o RM) e com os outros dois jogadores a serem o galês Mark Williams (2 provas uma para o RM outra por convite) e o inglês Ronnie O’Sullivan (3 provas todas para o RM).

 

Na final deste domingo a disputar em duas sessões na Arena Emirates em Glasgow (a 1ª pelas 13:00 a 2ª pelas 19:00 e à melhor de 17 frames) com estes dois jogadores a defrontarem-se pela 3ªvez (sempre ganhas pelo australiano ‒ 2-1/em 2011, 4-2/em 2011 e 5-4/em 2013) mas nunca numa final. E seja qual for o resultado com o inglês Mark Selby a manter-se como Líder do RM e com o seu compatriota Ronnie O’Sullivan como Líder do RM da Época (2017/18) ‒ e caso vença Neil Robertson com o jogador a poder chegar (de 16º) a 15ºRM ou caso vença Cao Yupeng com este a poder subir (de 56º) a 38ºRM. Terminando-se este ano a 22 de Dezembro com a realização de duas rondas de Qualificação (entre 19 e 22 de Dezembro) para o Masters da Alemanha.

 

(imagens: eurosport.com e vavel.com/Getty)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:57

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO