Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

17
Fev 20

[Falando de Notícias Sem Notícias, como poderia ser de FAKE NEWS. Mas tendo sempre Trump, em mente.]

 

Diretor de campanha de Trump

partilha foto de multidão impressionante à chegada do Air Force One …

mas com Bush a bordo.

(Clara Cardoso/17.02.2020/Visão)

 

GettyImages-72523414-1600x972.jpg

O registo falso do Air Force One transportando o Presidente dos EUA Donald Trump em direção a Daytona para uma volta ao circuito a bordo de The Beast (“besta, animal, fera, alimária, monstro”/pt.bab.la) − quando o mesmo se refere a 2004 sendo o passageiro do avião o Presidente George Bush (filho)

 

[Notíciaque ainda se poderia compreender se sendo parte interessada − em apoiar uma das faces da mesma moeda o DÓLAR, fosse DEM ou fosse REP − integrasse neste caso, a campanha oficial presidencial e Democrata (para as Presidenciais 2020): na sua essência semelhantes (se não mesmo idênticos), alicerçando o seu poder no Complexo Industrial e na sua representação política nas diversas Instituições Governamentais (Governadores, Representantes, Senadores, etc.) norte-americanas. No presente numa luta sem quartel (numa guerra declarada há 4 anos) entre dois clãs bem identificados (aparentemente poderosos) um representado pelos CLINTON outro pelos TRUMP: o primeiro querendo manter o sistema político baseando-se na continuação da presença e da ação dos INTERMEDIÁRIOS (estrategicamente colocados entre patrões e empregados) − os DEM − o outro achando estes intermediários meros parasitas − servindo-se unicamente do sistema para seu próprio benefício − querendo desfazer-se deles (colocando lá familiares e amigos) e logicamente encontrando forte oposição (face à perda de poder e direitos adquiridos) – os REP (mas postos igualmente em causa, igualmente entre estes com oposição). No fundo nada disto tendo a ver com o Povo (os mais de 300 milhões de norte-americanos) − seus desejos, direitos e ambições − mas com a luta pelo poder, pelo domínio do Polvo, usando apenas os tentáculos: como se tal fosse possível não controlando a cabeça. E não surgindo alternativa (ao alastrar da doença) assistindo-se à decadência (do Império Norte-Americano) e ao escancarar das portas a russos e chineses − com o Eixo da Terra (Económico e Financeiro) de centro ocidental em Washington (EUA) deslocando-se longitudinalmente para oriente para o novo epicentro em Pequim (China).]

 

Notícia baseada numa outra não notícia sendo assim designada e publicada certamente por interessada e partidária (logo não interessando a ninguém exceto, a TRUMPISTAS ou ANTI TRUMPISTAS), apesar de norte-americana (e nem a eles interessando, agoniados como estão com o assunto, durando ininterruptamente há já 4 anos) sendo replicada em todo o Mundo e como não poderia deixar de ser em Portugal: mantendo-nos atentos a Trump (e aos EUA) e assim tentando esquecer o perigo de contágio do vírus Covid-19 (na China/Ásia) e a potencial praga de Gafanhotos ainda em formação (no Quénia/ África).

 

Trump Campaign Deletes Dramatic Air Force One Photo

President Trump’s campaign manager deleted a tweet featuring a dramatic photo of Air Force One at the Daytona 500 after users pointed out that the shot was from President George W. Bush’s visit to the NASCAR race in 2004, not from Trump’s visit on Sunday, CNN reports.

(Taegan Goddard/February 16, 2020/politicalwire.com)

 

EQ7nVQhXkAAgTtd.jpg

O registo verdadeiro do Air Force One mais tarde (depois de apagado o primeiro) sendo colocado na página do diretor de campanha de Donald Trump (Brad Parscale), recolocando no dia de ontem a verdadeira aparição do Air Force One transportando o atual Presidente dos EUA Donald Trump

 

Numa reedição de muitas outras tentativas − de publicação de NÃO NOTÍCIAS superadas como têm sido ultimamente pelas FAKE NEWS − entretanto levadas a cabo (já lá vão 0000 dias) na América, de modo a tentar denegrir a imagem do atual Presidente dos EUA e obviamente e por associação a dos EUA, como se vê a seguir e neste caso (aqui reportado a 2019) recorrendo de novo ao Air Force One: e à sua utilização ilegal (pensando nós estar ao seu serviço, como líder dos EUA) por parte do Presidente dos EUA − pretensamente utilizando-o com fins estritamente políticos (estão a gozar connosco ou quê?)!

 

Trump Shot An Illegal Campaign Video On Air Force One

Trump used Air Force One to shoot a campaign video, which is an illegal use of the presidential seal for political purposes … It is actually illegal under the U.S. code to use the seal “for the purpose of conveying, or in a manner reasonably calculated to convey, a false impression of sponsorship or approval by the Government of the United States.”

(Jason Easley/Sat, May 18th, 2019/politicususa.com)

 

E não compreendendo a afirmação “Trump Campaign Deletes Dramatic Air Force One Photo (num original CNN) – se não se recorrendo à multidão, servindo-se unicamente do passageiro, não sendo o 8º Passageiro, nem Trump, mas apenas Bush filho ainda menos compreendendo a sua inserção na Visão (“O responsável acabou por apagar o tweet e substituiu a imagem por uma bem menos dramática …”) numa simples replicação sem qualquer tipo de curiosidade (por parte da Visão) ou de explicação (como respeito para com o leitor).

 

(imagens: CNN − Brad Parscale/@parscale/twitter.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:59

12
Jan 17

“Como primeira e última ideia aparecendo e desaparecendo da minha cabeça (infelizmente tudo é passageiro) a hipótese de, tendo em conta os resultados finais e a persistência dos seus principais intervenientes (os protagonistas), quem pretende efetivamente atirar Donald Trump (e os EUA) para as mãos de Vladimir Putin (e da Rússia) são mesmo os Democratas e os apoiantes de Hillary Clinton. Faltando apenas e só saber bem e porquê. Bastando para tal e apenas observar, integrar e pensar – no antes e no durante e assim antecipando o futuro.”

 

“I think it was Russia”

(Donald Trump)

 

Trump.jpg

Conferência de Imprensa de 11.01.2017

Donald Trump acusando a cadeia televisiva CNN

(de transmitir deliberadamente falsas notícias sobre ele e a sua equipa)

 

Quando se esperava por um pedido de desculpa público (a todos os norte-americanos que apoiando Donald Trump ou Hillary Clinton participaram na Campanha Presidencial) da cadeia televisiva por cabo norte-americana CNN (apoiando o partido Democrata e Hillary Clinton),

 

Pela sua vergonhosa representação na 1ª Conferência de Imprensa de Donald Trump após ganhar as Eleições Presidenciais dos EUA de Novembro de 2016 (replicando após a eleição de Donald Trump o tipo de comportamento tido antes quando este se começou a configurar como o candidato Republicano escolhido para defrontar Hillary Clinton),

 

Eis que alguns dos responsáveis da CNN talvez ali colocados pelo seu desprestígio atual como jornalistas, pela sua derradeira apresentação de justificações fraudulentas e pela possibilidade de mais um ataque suplementar e à traição (por não comprovado) ao seu alvo e inimigo a abater (e por ventura eliminar) o agora Presidente dos EUA Donald Trump,

 

Decidiram mais uma vez tentar o velho truque mágico de tirar um coelho de uma cartola perante um grande número de espetadores focados num lado da Conferência (a apresentação do programa político da equipa de Donald Trump),

 

Tendo infelizmente como único objetivo da sua intervenção (pelos vistos inocente e inimputável) revirar-lhes a atenção do verdadeiro tema aí presente, tentando desse modo e por efeito colateral e intencional forçar o virar do olhar de toda esta grande assistência ai presente na sua direção e para sua própria atenção.

 

E que mais fácil, infantil, confrangedora e desesperada operação sobreliminar (para eles achando os norte-americanos mais que estúpidos claramente ainda subliminar) estariam agora eles a congeminar?

 

Evidentemente algo que até um principiante (e participante no mundo do Espetáculo e dos Media) ainda sem grandes princípios e valores de imediato tiraria da atrás referida cartola, de uma forma simplificada e utilizando apenas uma tesoura fictícia e utilizada para cortar (o excedente),

 

Apenas retirando uma frase do seu contexto e passando um rolo compressor sobre o restante, deixando ficar apernas uma das partes que os possa (auto) convencer e que lhes possa dar razão (dada a confusão mental em que estão).

 

T1.jpg

Conferência de Imprensa de 11.01.2017

Donald Trump ignorando as tentativas do repórter da CNN

(após duríssima resposta introdutória à Conferência, como reação a mais uma notícia falsa transmitida pela estação)

 

E assim enquanto Donald Trump sugeria que a espionagem tanto poderia vir da China, da Rússia, como de muitos outros estados do Mundo, eis que logo a CNN aproveitando esta afirmação e como que reclamando razão (vitória) colocava em título e em evidência:

 

“Trump lashes media, accepts Russia behind hacks”

(CNN)

 

Em tipo de conclusão deixando qualquer um de nós na verdadeira dúvida política e existencial de saber qual das duas (ou muitas) partes em luta e em presença (Democratas, Republicanos, Pró-Sistema, Antissistema e muitos outros concessionados) tem razão,

Ou se por outro lado não serão todos loucos ou até mesmo psicopatas: é que somos nós os doentes e eles são os doutores.

 

[Sendo conveniente recordar que apesar do último ataque a Donald Trump (tentando mais uma vez liga-lo à Rússia, como sendo um instrumento de Vladimir Putin) ser baseado em informações não comprovadas nem credíveis (o que levou a generalidade dos Média a não a publicar), também o sabendo e conhecendo também que aí vinha a Conferência (e desse modo tentando impor a mudança de Tema) a CNN foi o único órgão de Comunicação relevante que continuou a insistir na notícia mesmo utilizando painéis e como se os factos fossem verdadeiros. Grande jornalismo sem dúvida e logo vindo da CNN – que por ventura e ideologicamente deveria estar à esquerda da Republicana FOX (que até se adaptou às circunstâncias passando de opositor a fiel apoiante de Donald Trump).]

 

(imagens: good.is e cnn.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:29

23
Nov 11

Prensa rotativa - 1846

 

Tenho saudade dos jornalistas que aprenderam o seu ofício na companhia das rotativas e do povo a quem pertenciam e para quem trabalhavam: aí os factos eram notícias e até as histórias tinham conteúdo.

 

 

Ministro da Economia vai receber subsídio de alojamento

Mais de metade dos desempregados não recebem subsídios

Diogo farto das traições de Fanny acaba relação

Subsídios de refeição acima de 5,1 euros pagam IRS

Juiz valida cunhas de Vara a Sócrates

 

 

Mário Soares apela à mobilização dos cidadãos de esquerda

Um deputado do PSD pode votar por 25 na Madeira

Passos Coelho: “Seria um embuste” dizer que a economia vai crescer

BES admite cortar salários no próximo ano

PGR ordena "inquérito urgente" à fuga de informação no caso Duarte Lima

 

 

 

Crato diz que país não está a conseguir educar os jovens

Banca ganha ajuda estatal em melhores condições

Mário Soares defende Seguro e diz que o seu partido "está em forma"

Passos Coelho: Soares sabe como é difícil e indispensável aplicar programas como este

Mega Ferreira. “Queixam-se que estão a asfixiar a cultura. Caramba estão a asfixiar as famílias”

 

 

Notícias retiradas de três jornais portugueses, como o poderiam ter sido de qualquer outro.

No meu país não existe jornalismo, apenas informações fornecidas à população com o objectivo de a entreter com escândalos, que ela nunca conseguirá controlar, apenas comentar.

Serás tu capaz de tais façanhas e de atingir o estatuto de intocável? Informa-te já!

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:16

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO