Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

14
Mar 19

Liga dos Campeões

Final

14.03.2019 − Barnsley – Inglaterra

 

Martin Gould/ING 3 Jack Lisovski/ING 1

 

UXuktkpTURBXy8xMDk1NTQ1OTZkZGY4N2ExODRjOTYzN2Y0ZWF

Martin Gould

(1 prova de RM ganha/Open da Alemanha de 2015)

 

Concluída a Liga dos Campeões a 14 de Março (21ª prova do Circuito Mundial/Época 2018/19 e 5ª prova não contando para o Ranking Mundial/RM) − com a vitória de MARTIN GOULD/ING − e com 3 provas de RM ainda por disputar antes do início do Campeonato do Mundo de 2019 (Qualificações a partir de 10 de Abril) – Open de Gibraltar (vencedor/25.000£), Tour Championship (vencedor/150.000£) e Open da China (vencedor/222.000£) – decorre desde a passada quarta-feira (13/03) o Open de Gibraltar: prova que decidirá qual o jogador sucedendo a RYAN DAY/GAL (detentor do troféu conquistado em 2018) e que simultaneamente decidirá quais os 8 jogadores a participarem no Tour Championship (prova fechada aos 8 melhores de um RM a um ano incluindo o Open de Gibraltar) − de momento com 6 jogadores já apurados (Mark Allen/IRLN, Ronnie O’Sullivan/ING, Judd Trump/ING, Neil Robertson/AUS, Mark Selby/ING e Mark Williams/GAL) e 2 ainda por definir.

 

À entrada da 22ª prova desta época (17ª prova de RM) – o Open de Gibraltar (13/17 Março) com o inglês Martin Gould a juntar o seu nome à lista de 12 jogadores tendo ganho no mínimo 1 prova (em 2018/19) e simultaneamente a obter o seu melhor resultado no mesmo período (de tempo): a referida vitória na Liga dos Campeões de 2019, já pelo inglês conquistada no ano de 2013 (e sendo ainda vice-campeão em 2014).

 

maxresdefault.jpg

Ronnie O’Sullivan

(Vice-Líder do RM e Vice-Líder do Ranking Época 2018/19)

 

Entretanto e iniciado o Open de Gibraltar – e destacando-se aí todo o TOP 7 do RM ausente com o interesse do mesmo (para além de se saber quais os semifinalistas e o vencedor do troféu e das 25.000£) a centrar-se no desempenho daqueles jogadores que ainda poderão ter entrada no TOUR CHAMPIONSHIP (2 lugares ainda vagos): e na corda bamba estando os ingleses Stuart Bingham, Kyren Wilson, David Gilbert e Jack Lisovski − desejando certamente participar neste torneio de RM, fechado e bem apetitoso (prémios de 20.000£/40.000£/60.000£/150.000£). Isto se mais tarde quiserem usufruir do privilégio de integrar o TOP 16 do RM e assim terem direito de acederem diretamente à Fase Final do Mundial (de 2019) sem se sujeitarem às 3 (duras) eliminatórias de Qualificação. Depois apenas lhes restando (antes do Mundial) o milionário OPEN da CHINA.

 

De momento estando concluídas as duas rondas de Qualificação do Open de Gibraltar decorrendo esta sexta-feira e sábado (15/16 Março) a 1ª/2ª/3ª rondas da prova (de onde sairão 16 jogadores para a 4ª ronda).

 

(imagens: sport.onet.pt – Snosoker Match Extra/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:43

07
Mar 18

Final

Open do País de Gales

 

John Higgins ‒ 9

Barry Hawkins ‒ 7

 

Concluída a 4 de Março a 16ª prova do Circuito de Snooker (época 2017/18) contando para o Ranking Mundial, apenas 15 jogadores (dos mais de 130 inscritos) conseguiram vencer 1 ou mais provas: destacando-se nesta lista restrita o inglês Ronnie O’Sullivan (com 4 vitórias), o escocês John Higgins (com 2 vitórias) e o galês Mark Williams (também com 2 vitórias) responsáveis por 50% das vitórias (8 em 16). Podendo-se ainda salientar uma 3ª vitória do galês Mark Williams (já referido anteriormente) mas numa prova não contando para o RM e as 2 vitórias do australiano Neil Robertson mas só com uma delas contando para o RM. E com a melhor notícia destes últimos dias (bem justificada nesta 16ª prova) a ser o regresso do inglês Barry Hawkins (finalmente e após o último Campeonato do Mundo onde foi semifinalista) às suas boas exibições ‒ pondo à prova o Tetracampeão do Mundo o escocês John Higgins e em diversas fases das duas sessões da final podendo muito bem ter arrancado para uma vitória (a sua). Mantendo-se o inglês Mark Selby (2X CM) como Líder do RM e o seu compatriota Ronnie O’Sullivan (5X CM) como Líder do RM da Época (2017/18).

 

sm5.jpg

Shaun Murphy

Vencedor do Open de Gibraltar de 2017

(4-2 na Final contra Judd Trump)

 

A 3 provas (contando para o RM) do fim desta época (disputando-se ainda 2 provas e faltando concluir 1 outra, mas com as mesmas não contando para o RM) ‒ Open de Gibraltar (25.000£ p/vencedor), Campeonato Ladbrokes (125.000£ p/vencedor) e Open da China (225.000£ p/vencedor) e antes da disputa (final) do Campeonato do Mundo de Snooker de 2018 (a disputar-se entre 21 de Abril e 7 de Maio e com o vencedor a receber 425.000£), com os jogadores (objetivamente os melhores) a terem como único objetivo integrar a lista do Top 16 do Ranking Mundial, de modo a evitarem as Rondas de Qualificação e a integrarem desde logo (final do Open da China) o Quadro Principal do Mundial. Antes do início da próxima prova contando para o RM (o Open de Gibraltar) com a lista dos Top 24 do Ranking Mundial (certamente de onde sairá diretamente o Top 16 para a Fase Final do Mundial) a estar disposta pela seguinte ordem:

 

RM

J

N

£ (x1000)

RM

J

N

£ (x1000)

1

M

Selby

ING

1410

13

L

Brecel

BEL

309

2

R O’Sullivan

ING

770

14

S

Bingham

ING

306

3

J

Trump

ING

701

15

N

Robertson

AUS

300

4

D

Junhui

CHI

665

16

A

McGill

ESC

295

5

J

Higgins

ESC

604

17

S

Maguire

ESC

279

6

M

Williams

GAL

433

18

R

Day

GAL

272

7

S

Murphy

ING

425

19

L

Wenbo

CHI

255

8

B

Hawkins

ING

424

20

M

King

ING

238

9

M

Allen

NIRL

383

21

R

Walden

ING

234

10

M

Fu

HK

363

22

J

Perry

ING

199

11

A

Carter

ING

324

23

G

Dott

ESC

198

12

K

Wilson

ING

315

24

M

Gould

ING

188

(RM: Ranking Mundial J: Jogador N: Nacionalidade £: Libras)

 

Iniciando-se esta quarta-feira o Open de Gibraltar (com detentor do troféu a ser o inglês Shaun Murphy) decorrendo o mesmo até domingo (11 de Março) com a disputa de 3 Rondas de Qualificação e mais 5 Rondas Eliminatórias até se atingir a Final: num total de mais de 200 jogadores participando na prova (203) mas registando a ausência de alguns jogadores do Top Mundial (neste caso Top 16) como Mark Selby (nº1), Ronnie O’Sullivan (nº2), Judd Trump (nº4), John Higgins (nº5), Mark Williams (nº6), Marco Fu (nº9), Neil Robertson (nº13) e Mark Allen (nº16) ‒ e com o Sexteto Stephen Maguire/Ryan Day/Liang Wenbo/Mark king/Joe Perry/Yan Bingtao a tentar aproveitar mais esta oportunidade para se aproximarem desse objetivo (o Top 16). Até quinta-feira decorrendo as Qualificações iniciando-se no dia seguinte (9 Março) a 1ª Ronda do Quadro Final.

 

(imagem: worldsnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:03

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO