Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


MONKEES, UFO e LULAS-VOADORAS

Sexta-feira, 07.05.21

No mesmo momento em que se fala do regresso do grupo pop norte-americano THE MONKEES, aos concertos ao vivo (numa tournée nacional de dois meses) ─ com o seu álbum de estreia a ter, mais de meio século (1966) fazendo-nos recear intensamente que os mortos regressem (com dois dos seus quatro elementos, já tendo falecido),

screenshot-14.jpg

O REGRESSO dos THE MONKEES

 

E em que simultaneamente tomamos conhecimento da publicação no próximo mês de junho do relatório da responsabilidade do Pentágono (e envolvendo outros grupos/agências militares/civis como por ex. o FBI) sobre o “Fenómeno OVNI” ─ podendo-nos estes factos sugerir até pela envolvência proporcionada e imposta por esta Pandemia (tornando mais fácil o nosso condicionamento, por necessidade imperiosa de isolamento), a entrada da humanidade num novo rumo de normalidade (o “novo-normal”) mas mais aberto à aceitação (estando já esta consumada, por de facto confirmada) por sucessivas delegações:

Perdendo sucessivamente poder, tendo de delegar (nós, o povo) e não sendo sequer necessário explicar, apenas apresentar (por quem manda), sendo realidade ou não tendo o povo da Terra de imediato ─ e sem questionar ─ de aceitar.

No início do próximo mês e oriundo da maior potência do Mundo a possível divulgação da notícia da existência de UFO e até de ALIENÍGENAS:

Seria o Fim-do-Mundo pelo menos daquele que conhecemos.

Como tal sendo certo até como consequência tantas vezes adotada (oficialmente) em casos como este (até para não provocar o alarme, adiando-o preventivamente), que tudo se limite a um “não” certo ao conhecimento da existência dos ET e que quanto aos UFO (objeto voador não identificado ou OVNI) ─ eliminados anteriormente os seus tripulantes ou ALIENS

screenshot-22.jpg

O PENTÁGONO e o FENÓMENO OVNI

 

Uma hipótese válida de origem seria o de um estado estrangeiro mais avançado tecnologicamente (mas qual, replicando-se uns aos outros?), de um fenómeno ótico e meteorológico qualquer (desconhecido, apesar de pretensamente muito observado), ou então de uma falha grave no sistema de informação/segurança dos EUA, sendo estes reais ou podendo nem sequer o ser (e sucedendo incrivelmente, por cima das suas/nossas próprias cabeças).

Dissessem sim ou não aos ET e às sua potentes e revolucionárias Máquinas-Voadoras (tecnologia que tanta falta faria caso existisse a Elon Musk, no seu projeto para alcançar e colonizar Marte), não sendo isso que mudaria o rumo deste grande mercado, que ainda é a Terra:

Prosseguindo com sustentação no cumprimento do seu guião (deixando para trás a proteção da espécie e a sua evolução natural), aproveitando-nos como base-suporte para a elaboração de um novo-protótipo.

Só não se sabendo bem qual será, até por se desconhecer aí a quem se aplicar a definição, a nossa situação (na escala bio/máquina).

_118314874_squid1.jpg

A LULA-VOADORA e JAPONESA

 

Deste modo compreendendo que sendo tudo possível de alcançar desde que algo por mais minúsculo  que seja efetivamente se deseje (de sentir) ─ mesmo que não caiba na cabeça de mais ninguém, nem mesmo de um alienígena (podendo ser do espaço/podendo ser mexicano) ou cefalópode ─ não espantando o gasto excessivo por parte das autoridades de uma localidade japonesa (cidade de Noto) reservando 228.000$ dos 7.300.000$ atribuídos para auxílio social e económico às vítimas (particulares/empresas) da Pandemia Covid-19, para a construção de uma estátua (no fundo pouco mais de 3% da verba total, pouco para uns, mas muito para outros):

Sendo a polémica estátua uma LULA-VOADORA-GIGANTE COR-DE-ROSA para uns, alvo de grande crítica (até pelo dinheiro gasto), para outros servindo para promover futuramente (ultrapassada a Pandemia, no Japão ainda em curso) o turismo com “NOTO e a sua LULA-VOADORA”.

Em Albufeira e no mirante do Pau-da-Bandeira com “os bonecos chamando pelos turistas”, não sendo, mas podendo-se ser, nem chocos, nem lulas, nem sequer voadores.

(imagens: boingboing.net)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:31

O Príncipe Filipe e os Discos Voadores

Quarta-feira, 14.04.21

Passada uma semana sobre o desaparecimento físico do quase centenário Filipe Mountbatten (99 anos de idade) Duque de Edimburgo (consorte da rainha do Reino Unido, Isabel II, 94 anos de idade), nada melhor para quem o queira recordar agora que ele iniciou a sua viagem só de ida para um “Outro Mundo” uma Terra Estranha e ainda misteriosa, da qual estranhamente nada sabemos, mas que acreditamos que exista (tal como o Universo/sendo Infinito apesar da nossa projeção/sendo limitada) ─ do que regressar à sua juventude (assim como aos seus primeiros anos de afirmação social) e ao tempo em que acreditava em discos voadores e seres extraterrestres.

 

philip-04.jpg

Introduzido no fenómeno OVNI por influência do seu tio Lord Mountbatten

mantendo desde aí o seu interesse/curiosidade no tema discos-voadores

(oriundos de um outro planeta)

 

Tendo partido como um “Estranho à descoberta de uma Terra Estranha” ─ uma viagem extraordinária mas arriscada que todo o Homem fará ─ não se deslocando muito das suas anteriores convicções  (terrestres) e da possibilidade cada vez mais real da existência de outras possibilidades (ou a imaginação não formasse um conjunto com a realidade) como a da existência de vida noutros planetas ─ como o crê e afirma por essa altura Dorothy Kilgallen (falando das ideias do influenciador e tio de Filipe, Lord Mountbatten):

 

I can report today on a story which is positively spooky, not to mention chilling. British scientists and airmen, after examining the wreckage of one mysterious flying ship, are convinced these strange aerial objects are not optical illusions or Soviet inventions, but are flying saucers which originate on another planet. The source of my information is a British official of cabinet rank who prefers to remain unidentified.(DK)

 

Ideias confirmadas através de afirmações proferidas pelo próprio Lord Mountbatten (o tal tio de Filipe) falando igualmente de discos-voadores:

 

philip-01.jpg

Como entusiasta das Viagens Espaciais

c/ o Príncipe Filipe a visitar em 1966 o Centro Espacial Lyndon Johnson

(localizado nos EUA)

 

We believe, on the basis of our inquiry thus far, that the saucers were staffed by small men – probably under four feet tall. It’s frightening, but there’s no denying the flying saucers come from another planet. (LM)

 

E com Dorothy Kilgallen guarnecendo (e compondo) um pouco mais o cenário, a partir do quadro anteriormente apresentado (proposto) por Lord Mounbatten (o tal oficial britânico de ranking superior, preferindo manter-se incógnito):

 

This official quoted scientists as saying a flying ship of this type could not have possibly been constructed on Earth. The British Government, I learned, is withholding an official report on the ‘flying saucer’ examination at this time, possibly because it does not wish to frighten the public. When my husband and I arrived here from a brief vacation, I had no premonition that I would be catapulting myself into the controversy over whether flying saucers are real or imaginary.” (DK)

 

philip-05.jpg

Para além de piloto da RAF desde maio de 1953 c/ o Príncipe Filipe

a ser um dos leitores da revista da especialidade dos anos 50 Flying Source

(sobre discos-voadores)

 

Uma informação voltando mais tarde à baila (incluindo extraterrestres e discos-voadores) aquando da morte de Gordon Creighton (juntamente com Timothy Good um então muito respeitado e escutado pelas hierarquias, investigador de OVNI’S) entre outras atividades de relevo (podendo ser consideradas mais ou menos convencionais) tendo sido por vários anos editor da revista “Disco-Voador” (Flying Saucer). Aqui sendo recordado (no obituário) pelo “Times UK”:

 

Government service occupied most of the working life of Gordon Creighton, but he perhaps made his greatest mark as an authority on unidentified flying objects. His conviction that extraterrestrials were visiting Earth seemed oddly at variance with the more orthodox worlds of diplomacy and Whitehall. His expertise took him into government research on maps in oriental and other languages with the Permanent Committee on Geographical Names, and he spent eight years as an intelligence officer on Russian and Chinese affairs at the Ministry of Defense. It is said that in the intelligence post he worked directly below the secret Whitehall department where the Air Ministry and the RAF were studying information on UFOs. (GC)

 

prince-philip-wants-to-cull-human-population.jpg

Uma assunção que até poderia ser atribuída não a um terrestre

mas a um extraterrestre querendo invadir e conquistar a Terra

(tal como outros terrestres, já o tentaram)

 

Um homem pertencendo à realeza britânica, ao longo de todos estes anos estando envolvida em diversos escândalos (como o da sua ligação e apoio, de alguns dos seus membros, à Alemanha de Hitler) e que durante a sua vida entre vários pontos de interesse (como o da ufologia/temas associados) ─ confirmando que existem homens bons/maus/mais-ou-menos (umas vezes mais, outras vezes menos, outras enganando-nos) ─ se revelou (fazendo parte da sua “agenda” política) como um forte adepto da diminuição (forçada ou não) da população Mundial (no presente, perto dos 8 biliões), devendo-se obrigatória e rapidamente reduzi-la (drasticamente, até para a espécie sobreviver), como aqui (neste escrito) o confirma: “If I were reincarnated I would wish to be returned to earth as a killer virus to lower human population levels. (Príncipe Filipe/1998)

 

(imagens: (1ª/2ª/3ª) filmdaily.co e (4ª) allnewspipeline.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:07

OVNI ou não, pode seguir

Quarta-feira, 24.03.21

Podendo até ser falso (o vídeo pretensamente de um OVNI) mas entretendo, tanto ou mais que a Realidade (esta, a nossa). Não tendo em conclusão (e como é evidente após curta análise), “vendido a alma ao diabo”.

(António Reações/polígrafo diplomado)

 

snapshot A.jpg

Aproximando

 

Como utilizando apenas um cenário disponível (um QUINTAL), um animal bem enquadrado (um VEADO), um avião telecomandado (um zangão ou DRONE) e ainda um relógio (bem visível entre os pixels) ─ agora que somos um pouco mais livres, podendo usufruir de outros caminhos alternativos de comunicação, como os oferecidos pelas “Autoestradas da WEB” ─ se pode produzir sem grandes custos (quase nulos) um bom filme de ficção: se levado até ao extremo de utilização (vale tudo para se ser conhecido, sendo aceite ─ subindo de nível ─ passando então a aceitar outros) e tendo uma realização aceitável (sendo um vídeo amador), sendo promovido se necessário (rodeado de um ambiente propício) ao estatuto de Realidade ─ nem se reparando sequer (enredados pelo mistério e suspense ─ introduzidos ─ talvez pela música de fundo) que aceitando-se a proposta apresentada ─ “Vendendo-se a Alma ao Diabo” ─ substituindo-se de imediato “a Imaginação e o Sonho” por “um Pesadelo Climatizado”.

 

snapshot B.jpg

Chegando

 

Levando-nos a viver sem saber, num mundo de FAKE NEWS (com notícias falsas de menu). Mas não sendo infelizmente esse o caso ─ em vez de o atirar para o ar para ver se voa (podendo a escolha “$ER” boa) ─ optando-se antes pela SCI-FI: esperando-se que não sendo P ou B (preto/branco, P/B) se fique pelo menos no C (nos tons cinzentos ou de cinza) permitindo-nos pensar mais um pouco (e não apenas replicar) dando trabalho à nossa mente fazendo funcionar o nosso cérebro e dando-lhe mais um objetivo, na busca incessante da ALMA. Tal como o Universo o faz (dispondo de todo o “Conhecimento & Cultura e Sabedoria & Memória” ─ Espírito/Alma/Eletromagnetismo) com a sua própria alma o ELETROMAGNETISMO.

 

snapshot C.jpg

Desaparecendo

 

[Video ─ “youtu.be/SGSjLUexONg” Made in US ─ was taken by a field camera approximately 5 feet off ground. As you can see in the video, the deer was not affected by the object leading me to believe that it made no sound as it traveled at high speed past the camera. Date of sighting: 2021/03/13 - Location: Orlando, Florida (Behind the Scenes).]

 

(imagens: Behind the Scenes/youtube.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:59

Encontros Imediatos de Grau Zero

Terça-feira, 23.03.21

[Em tempo-de-confinamento e de cabeça-virada-para-o-ar.]

 

Desde há 74 anos (“ainda ontem estava vivo, agora já estou morto”) seguindo o mesmo rumo de modo a aproveitar (sendo na altura inoportuno de revelar) sempre que possível toda a espécie de “incidentes-acidentais”

 

snapshot0.jpg

Na mira dos caças norte-americanos

(limitando-se a vê-los passar)

 

─ Como este tornado mundialmente famoso tendo ocorrido a 8 de julho de 1947

com a queda de um “disco-voador” (OVNI/UFO)

na localidade norte-americana de ROSWELL (estado do Novo México)

 

Que usando propositada e conscientemente um método monótono por repetitivo e de aplicação direta e/ou subliminar (cansando por não evolutivo, mantendo o status quo, adormecendo-nos/suicidando-nos), as autoridades norte-americanas (como o FBI, a CIA e o Pentágono) rodeiam e envolvem estrategicamente (e muito pacientemente) o tema (que a nível de segurança deveria ser de prioridade máxima) impedindo-o de se desenvolver:

 

Adiando ou descredibilizando desde o início a situação apresentada (se necessário negando-a ou alterando-a por substituição), impedindo uma investigação mais aprofundada apontando-a “sem interesse ou do foro confidencial” e até introduzindo-lhe um outro fator intrusivo, penetrante e decisivo ─ estando-se em 1947, o fator “Guerra Fria”.

 

Pois tendo-se que compreender que não sendo objetos voadores de origem norte-americana, se podendo ser de origem Extraterrestre (alienígena, estrangeira, como os alienas-mexicanos do outro lado da fronteira) ─ o que provocaria o caos ─ podendo igualmente ser de origem russo-soviética ─ o que provocaria a Guerra:

 

snapshot1.jpg

Surgindo de repente entre as Nuvens

(surpreendendo o tráfego aéreo)

 

E se se pode brincar ao jogo “do Caos & da Ordem” (com um complementando o outro, evoluindo sucessivamente entre o caos e a ordem, formando um todo) fazendo tal esquema parte do “Ciclo da Vida”, já o mesmo não se podendo fazer optando entre “a Guerra e a Paz” e podendo o povo tornar-se incontrolável encravando o mecanismo e fazendo desabar o Sistema.

 

Sendo muito mais eficaz manter-nos na incerteza, do que prometer ou divulgar (seja o que for e dando-nos poder, obviamente sobre os outros).

 

Vindo os “Russos e os Alienas” e se necessário os “Trumpistas e os Bidenistas” ─ duas espécies de septuagenários pelos vistos (derrotando durante um ano e sem necessidade de vacina) imunes ao vírus.

 

Um tema mais de mil e uma vezes falado, mais de mil e uma vezes discutido, mais de mil e uma vezes teorizado (mas nunca nada se tendo apresentado, comprovado ou exposto/praticado), sempre atirado para a frente aparentemente com um (acham muitos) ou muitos (acham poucos) motivos:

 

snapshot2.jpg

Evoluindo no Céu Noturno

(espantando c/ a sua aceleração e movimento)

 

Acompanhando-nos ao longo da nossa história (e desde que temos consciência) ─ do passado até ao presente talvez mesmo no futuro ─ antes tão bem retratado (usando a mão, o pincel) depois com tão pouca definição (usando alta tecnologia).

 

Levando-nos a pensar por associação (de pormenores como alguns dos anteriores) assim como por junção ─ de cultura, de memória ─ não serem de origem terrestre, podendo ser Extraterrestres ou mais uma nossa invenção (miragem, ilusão, projeção):

 

Não tendo o Homem mente para tal, nem instrumentos consentâneos (tecnologia revolucionária), só podendo existindo ser Algo para nós extraordinário (incompreensível, talvez nunca visível, um Deus ou então um Astronauta).

 

Pelo que nunca tendo sido divulgado, aquilo que nem se sabe o que é ─ por Bush, Clinton, Obama, Trump, Biden (tanto faz) ─ o que eles na realidade nos oferecerão será (mais 74 anos) ainda mais “lixo mediático”.

 

Agora com Trump de fora relembrando a Biden a promessa, feita e repetida em mandatos anteriores: com os ET a observar (e a apostar) se será agora que vai dar.

 

(imagens: Paradigm Shifts UFO Channel/Fox News/youtube.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:05

UFO BY SPACEX

Sábado, 21.03.20

STARLINK MISSION

 

At 8:16 a.m. EDT, or 12:16 UTC, on Wednesday, March 18, SpaceX launched its sixth Starlink mission. Falcon 9 lifted off from Launch Complex 39A (LC-39A) at NASA’s Kennedy Space Center in Florida. (spacex.com)

 

snapshot c.jpg

Enquanto prosseguia a queima de combustível no andar do FALCON 9

inesperadamente (imagem da esquerda, canto superior direito) surgindo a surpresa

 

Esta quarta-feira com a SPACEX (de ELON MUSK) utilizando o seu foguetão FALCON 9 a parir do Centro Espacial Kennedy (na Flórida),  ao lançar para colocação em órbita (da Terra) de mais seis dezenas de satélites STARLINK (sexto lançamento/comunicações de baixo custo, privilegiando a INTERNET) – com comboios anteriormente lançados e deste tipo de satélites (como se fossem diversas carruagens, movimentando-se em fila indiana, umas atrás das outras) a serem já observados atravessando os céus noturnos (e a poluírem-no, que o digam entre outros os astrónomos) – eis que no decurso da mesma missão e durante a filmagem da mesma (da responsabilidade da SPACEX) surgindo inesperadamente diante das câmaras, em movimento e durante um brevíssimo espaço de tempo (em subida e com o andar do foguetão já em descida), um objeto voador desconhecido ou UFO (OVNI).

 

Screenshot_2020-03-19 STARLINK MISSION SpaceX.png

Movimentando-se a alta velocidade da esquerda para a direita e vindo de um nível inferir,

com um objeto voador sugerindo a forma de um DISCO-VOADOR a surgir e a desaparecer

 

Nesse momento e com a telemetria do 2º andar do FALCON-9 (1º andar já em descida) a indicar uma altitude de 204Km e uma velocidade de 15.028Km/h, surgindo disparado e a grande velocidade um objeto voador vindo “de baixo”, passando rapidamente diante do FALCON 9 e (num tiro) desaparecendo de imediato. Na realidade e como observa o site [ufosightingshotspot.blogspot.com] não se podendo afirmar neste caso o objeto observado poder ser derivado  (pertencendo-lhe) de possíveis partes oriundas do foguetão (e seus andares) da SPACEX − com o aparelho de ELON MUSK “em descida” e o objeto MISTERIOSO “em subida – pelas características do evento e pelo objeto voador e  tecnologia evidenciada (pelas suas performances técnicas, que se saiba ainda inacessíveis aos Terrestres − como a sua velocidade) só podendo ser de origem Extraterrestre.

 

(imagem: spacex.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:08

Objeto Misterioso

Quinta-feira, 12.03.20

Podendo ser Militar (se terrestre) ou até, Científico (se extraterrestre).

 

ufo-grand-canyon-arizona (2).jpg

 

Na passada segunda-feira (março, 9) com um grupo de turistas fotografando o GRND CANYON localizado no ARIZONA (EUA).

 

Com um desses turistas-fotógrafos e no momento da captura a registar inadvertidamente a passagem de um objeto voador.

 

Misterioso por desconhecido podendo ser terrestre ou então de outra origem (para quem acredita em ET), não se sabendo qual.

 

ufo-grand-canyon-arizona (3).jpg

 

Um UFO ou OVNI aparecendo surpreendentemente (nem sequer se tendo notado na altura), deslocando-se a alta velocidade e sem produzir som.

 

Num Evento já comum não só nos EUA como no resto do Mundo, com imensas testemunhas e quantidades crescentes de registos, mas até hoje, sem “fumo branco”.

 

[Um caso enviado para a Mutual UFO Network (MUFON) – “uma das maiores e mais antigas organizações investigativas dos Estados Unidos, sobre a questão dos UFOs ou objetos voadores não identificados(wikipedia.org).]

 

(sobre texto e imagens: ufosightingshotspot.blogspot.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:14

À Procura de um ET

Quarta-feira, 04.03.20

[Mas como sempre e ao contrário de alguns (sortudos até pela diferença), sem resultados.]

 

Enterrado em casa (Albufeira) e (como quem diz) em princípio sem ter nada que fazer e com os canais de televisão (portugueses) a balançarem entre a presença do coronavírus em Portugal, o AVC de D. Dolores e a condenação no caso to triatleta assassinado, virando para os canais internacionais e enquanto na CNN e na FOX os comentadores se preparavam para mais uma noite (madrugada em Portugal) eleitoral com as primárias da SUPER TERÇA-FEIRA DEM, decidi mais uma vez dirigir-me para o meu PC e introduzir-me na rede da WEB  e aí visitar o site ustream.tv (já passava das 23:30) para a partir da transmissão ao vivo da NASA diretamente da ISS tentar observar (nem que fosse acidentalmente e por momentos) algo que nunca vi um OVNI − e tal como já me tinha informado (confirmação) e acontecendo assiduamente (durante muitas transmissões) aparecendo-me no ecrã a seguinte mensagem:

 

Screenshot_2020-03-03 ISS HD Earth Viewing Experim

 

Nada de imagem, nada de OVNI’S, sem transmissão (1 hora depois).

 

Sem nada para ver e com a outra câmara transmitindo a partir da ISS a igualmente nada mostrar (estando a estação espacial a atravessar a face não iluminada da Terra), pensando apenas no azar de sempre que queria poder confirmar (tal como todos os outros o fazem, pelos vistos alguns com êxito) a presença de possíveis objetos eventualmente de origem não terrestre (se terrestres desconhecidos ou sendo um erro induzido de perceção) nas imediações do nosso planeta − observando-nos e à ISS − algo contrariando-nos sempre acontecer (sistematicamente sem explicação/dos ditos eruditos, acabando por dar algum suporte às Teorias da Conspiração/dos referidos como leigos).

 

E uma hora depois continuando tudo na mesma (com a presença da mensagem) − nada de OVNI, nada de ET − e com a outra câmara (antes tudo escuro) agora a proporcionar-nos um ecrã azul – perdão, repentinamente regressando a imagem da ISS (de volta à parte iluminada do nosso planeta) vendo-se a Terra ao fundo (registo seguinte):

 

Screenshot_2020-03-04 Live_ISS_Stream(1).jpg

 

E duas horas depois (01:30 do dia seguinte) o que nos mostrariam as câmaras 1 e 2 da ISS? Ao contrário dos constantes avistamentos (se reais e não sendo qualquer tipo de erro por nós introduzido na projeção, misteriosos, desconhecidos e sem explicação) proporcionados a observadores atentos das transmissões tendo origem na ISS (diários) – com o mais diverso tipo, forma e cores de objetos movimentando-se nas nossas imediações, aproximando-se, afastando-se e desaparecendo, sem entendermos muito bem o que se passa (por estas bandas do Sistema Solar tão próximas do Sol e a apenas 1 UA do mesmo) provavelmente nada (veremos), sendo assim à 01:00.

 

Infelizmente − talvez com todo o Mundo, terrestres e extraterrestres, assistindo à SUPER TERÇA-FEIRA  eleitoral nos EUA (“Território de Excecionais”) − confirmando-se o esperado.

 

(imagens: ustream.tv/ISS/NASA)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 08:52

UFO filmado pela ISS/NASA

Terça-feira, 25.02.20

NASA tracks cone-shaped UFO before it disappears into deep space

(fev. 22/ufosightingshotspot.blogspot.com)

 

snapshot1.jpg

1a

Aparecendo a uma altitude inferior ao da ISS

 

Num registo de vídeo de 21 de fevereiro obtido a partir da Estação Espacial Internacional (ISS) orbitando a Terra a cerca de 400Km de distância, a imagem de um objeto voador não identificado (pelo menos para nós, público em geral) habitualmente designado como OVNI (ou UFO) aparecendo, movimentando-se e (de seguida) desaparecendo perante as câmaras (da ISS).

 

snapshot2.jpg

1b

Aparecendo a uma altitude inferior ao da ISS

 

Naturalmente podendo ser um objeto de origem terrestre e não tanto naturalmente como extraterrestre (apenas tendo fé e acreditando em entidades superiores), no primeiro caso com a imagem capturada pelas câmaras da ISS podendo muito bem ser um satélite ou uma sonda construída pelo Homem e no segundo caso apresentando (no mínimo) três alternativas:

 

snapshot4.jpg

2a

Acompanhando a ISS na sua órbita em torno da Terra

 

Como antropocentristas que somos − “conceção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do entendimento dos humanos, isto é, o universo deve ser avaliado de acordo com a sua relação com o ser humano, sendo que as demais espécies, bem como tudo mais, existem para servi-los (wikipedia.org)

 

snapshot5.jpg

2b

Acompanhando a ISS na sua órbita em torno da Terra

 

Podendo tratar-se de terrestres (ascendentes ou descendentes), de uma mera ilusão de ótica (inserida pelos nossos órgãos dos sentidos) ou não restando mais opções, de Extraterrestres do Espaço (aparentemente) mas nada tendo a ver connosco. E existindo estes ALIENS (FROM SPACE) pelos vistos e sem provas em contrário, nada querendo connosco.

 

snapshot6.jpg

3a

E finalmente desaparecendo no Espaço

 

Mas não existindo explicação (para o Povo) para mais esta transmissão da NASA (ISS Live Feed) com as câmaras instaladas na ISS (ISS HD Earth Viewing Experiment HDEV on UStream) a mostrarem-nos (durante mais de vinte minutos) a movimentação diante de si de “um objeto metálico em forma de cone”,

 

snapshot7.jpg

3b

E finalmente desaparecendo no Espaço

 

Suscitando de imediato e como seria natural (e lógico) o levantar de muitas dúvidas, não só sobre o que seria (aquele objeto), mas igualmente sobre qual a sua origem (obra do Homem ou não): e numa versão “softcore (os adeptos das Teorias da Conspiração têm tudo mais elaborado, melhor) sugerindo-se logo ser um UFO (terrestre ou extraterrestre), ou um satélite ou uma sonda (terrestre) lançada pela ISS.

 

(imagens: ISS Live Feed/Skywatch International/youtube.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:02

Nuvem em forma de OVNI

Quarta-feira, 12.02.20

[Com o objeto observado no céu parecendo suspenso e estático (no ar), enquanto a câmara se deslocava (a parte dinâmica, viva) da direita para a esquerda − mudando apenas o ângulo de visão − não a posição − do referido objeto.]

 

NUVEM (pelo que vemos) ou OVNI (pelo que imaginamos)?

 

snapshot 1.jpg

 

Como se pode constatar numa gravação de vídeo, registada entre a cidade de Las Vegas (estado d Nevada) e a localidade Baker (estado da Califórnia) nos EUA – obtida no passado dia 29 de janeiro, ao nascer do dia – uma imagem sugerindo a presença no céu de um objeto voador não identificado − ou OVNI – podendo ter uma explicação natural ou artificial:

 

snapshot 2.jpg

 

Sendo natural não passando de uma simples nuvem com uma forma fazendo-nos associar á imagem que temos de um OVNI (em forma de um pires viador) − 99,9% − mas sendo artificial lógica e prioritariamente sendo de origem terrestre (0,09%) ou então (apenas no fim-de-linha) extraterrestre (0,01%), nuns meros 0,1%.

 

snapshot.jpg

 

Certamente com a maior probabilidade  a ser a deste fenómeno não passar de um exemplo de “nuvens lenticulares” (se não for apenas uma simples nuvem), apesar de muitos (como os desesperados com os terrestres, esperando a chegada dos extraterrestres) afirmarem que certas nuvens, poderem ser refúgios momentâneos (esconderijos) de “outras coisas que não deste mundo” (para não entrarmos em pânico, sendo oficialmente escondidas de nós).

 

lenticular-clouds.jpg

 

[“A lenticular cloud is a lens-shaped cloud that normally develops on the downwind side of a mountain or mountain range. This occurs when stable, moist air flows over a mountain, creating a series of oscillating waves. If the temperature at the crest of the wave equals the dew point temperature, condensation occurs in a lens formation. As the air falls down the trough of the wave, where the temperature and dew point temperature are not equal, evaporation occurs. Thus, a wave cloud, or a series of lenticular clouds, is capable of forming. These are often mistaken for UFOs because of the saucer-like shape. They can separate into altocumulus standing lenticular, stratocumulus standing lenticular, and cirrocumulus standing lenticular clouds.” (wunderground.com)]

 

(imagens: UFOS & ALIENS SANTANA/youtube.com e wunderground.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:36

A 18 de Setembro

Sábado, 05.10.19

Podendo ser da cá, de baixo ou de cima,

naturais ou artificiais, terrestres ou extraterrestres.

Maravilha.”

 

No dia do meu aniversário, no estado da Carolina do Norte e fazendo uma travessia de ferry – no oceano Atlântico, bem em frente às Bermudas e no litoral leste norte-americano (entre Ocracocke e Swan Quater) – o avistamento por William Guy (uma testemunha fazendo a tal travessia) de um fenómeno visual desconhecido pelo mesmo intitulado (no seu canal youtube.com) “REAL UFO SIGHTINGS”. Publicado a 28 (de setembro) e logo com comentários (maioritariamente não desfavoráveis, seja isso o que for).

 

snapshot3.jpg  snapshot1.jpg

Á esquerda

Cenário à esquerda das Luzes

 

snapshot2.jpg  snapshot4.jpg

Á direita

Cenário à direita das Luzes

 

Iniciando a gravação do fenómeno depois de se aperceber dele (segundo afirmações do mesmo com outras 25 testemunhas − vendo e gravando), observando-se um grupo de luzes (brilhantes) deslocando-se em conjunto no céu, em algo nunca visto por qualquer um dos presentes. Podendo ser tudo ou nada ou então um simples fenómeno de cariz meteorológico: com o lado esquerdo (da imagem com o grupo de OVNI’S) esbatido e o lado direito (da mesma imagem) bem brilhante.

 

(imagens: William Guy/youtube.com/ufosightingshotspot.blogspot.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:32