Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Mar 12

A violência constante que se verifica entre os espermatozoides na sua viagem de iniciação até atingirem o seu destino final que é o óvulo, deve-se à necessidade que todos eles têm de chegarem em primeiro lugar.

 

As mulheres do homem-primitivo observam todos os gestos do futuro fertilizador

 

O gesto sexual está aqui bem representado no rodopio craniano revelador de forte virilidade do homem domador de cabeças, manipulando com uma destreza própria dos machos proeminentes, um símbolo fálico sem conteúdo cerebral, mas perigosamente penetrador de corpos em choque comatoso, face à violência do impacto provocado pelo poder das forças circulares do Universo no ser de nível inferior, utilizando ridiculamente um artefacto feminino e ultrapassado.

 

      

Iniciação fálica utilizando artefactos, mas com ausência externa e visível de órgão sexual

 

O homem tem o seu mais forte argumento colocado entre as suas duas pernas e apontando, devido à ação da força da gravidade, em direção ao centro da Terra – o centro do nosso mundo. O seu pénis em ereção, aponta claramente o único objetivo a atingir: penetrar profundamente e com expulsão de fluídos marcadores, a mercadoria que mais se parece com eles – as mulheres. E como até não são homens, as possibilidades são infinitas!

 

(imagens – Men’s Adventure Magazines)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:47

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO