Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Sobrevoando um Mundo com Água

Quinta-feira, 16.12.21

“Oriundos dum Mundo maioritariamente coberto por Água e na constituição do nosso Corpo, sendo o mesmo constituído igual e maioritariamente por essas mesmas moléculas (cada uma delas com 2 átomos de H e 1 átomo de O), sendo natural que uma das nossas maiores obsessões, seja o da descoberta desse para nós precioso líquido: sendo esta (pelo menos para nós) a Fonte da Vida.”

slide-part-2-pia25021a-1041.jpg

JEZERO CRATER

(c/ INGENUITY à superfície)

 

Perdido num Mundo Alienígena hoje a mais de 362 milhões de Km de distância (da TERRA), imagem do que se assemelha a uma aranha colocada sobre a superfície do planeta MARTE (o 4º planeta mais distante do SOL), sendo na realidade um artefacto de origem terrestre ─ um veículo motorizado aéreo ─ o helicóptero INGENUITY (no Planeta Vermelho há 10 meses).

Aqui sendo retratado pelas câmaras do seu colega e veículo motorizado terrestre ROVER PERSEVERANCE, tal como ele movimentando-se na superfície marciana, um deslocando-se voando (tendo já feito 17 voos, voado mais de 30 minutos, atingido uma altitude máxima de 12 metros e uma velocidade de 5 m/s) o outro sobre rodas (tendo já percorrido 3590 metros).

Neste registo efetuado no dia 1 de dezembro de 2021 (há quinze dias) com as câmaras do ROVER CURIOSITY a registarem a presença do helicóptero INGENUITY, quando o mesmo se situava a cerca de 295 metros de distância ─ de PERSEVERANCE, numa superfície ligeiramente inclinada localizada no cume de SÉITAH na cratera JEZERO.

61ba28d62030275c5f78130c.jpg

VALLES MARINERIS

(c/ ÁGUA em profundidade)

 

E enquanto o helicóptero INGENUITY na sua missão pioneira (sendo o 1º veículo voador terrestre, a voar num planeta que não a Terra) continua os seus testes de voo sobrevoando a superfície de MARTE, por outro lado com o veículo PEREVERANCE numa missão de estudo e de investigação científica ao planeta (tentando descobrir os seus mistérios e os seus segredos),

Prosseguindo na sua missão astrobiológica, à procura de Água e de Vida: depois da há muito anunciada descoberta nas calotes polares do planeta de H₂O (em depósitos a alguns Km de profundidade), surgindo agora a notícia de outras reservas de água pelos vistos sendo mais acessíveis, localizadas no maior CANYON conhecido em todo o SISTEMA SOLAR,

Em VALLES MARINERIS (MARTE) ─ 10X mais longo e 5X mais profundo que o GRAND CANYON (na TERRA), um reservatório do tamanho dos Países Baixos, dada a sua capacidade podendo ser extremamente útil quando se iniciarem as viagens tripuladas a Marte, a instalação aí de uma base e a sua exploração e desenvolvimento. Se, entretanto, lá chegarmos.

(imagens: NASA ─ ESA)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:19

A Presença de Poeiras na Atmosfera de Marte

Sexta-feira, 19.11.21

Utilizando as câmaras do ROVER PEREVERANCE e do ROVER SPIRIT duas imagens de um “PÔR-DO-SOL” no planeta MARTE, a primeira com a atmosfera marciana menos “carregada” de poeiras (menos poluída mais límpida), a segunda com a atmosfera apresentando uma maior concentração (de poeiras suspensas) ─ e como consequência permitindo que a luz azul penetre mais facilmente (na atmosfera).

PIA24935.jpg

Marte em 2021

Cratera JEZERO (norte do equador) PIA 29435

(PERSEVERANCE)

 

“Because Mars is farther from the Sun than the Earth is,

the Sun appears only about two-thirds the size

that it appears in a sunset seen from the Earth.”

(NASA)

A 1ª imagem (parecendo a P/B) obtida a 9 de novembro de 2021 (a mais recente com origem na PERSEVERANCE) e a 2ª imagem (parecendo a cores) obtida a 19 de maio de 2005 (a mais antiga com origem na SPIRIT). Diferença no colorido dos registos (da 1ª para a 2ª imagem) como efeito da presença de poeiras na atmosfera (de Marte) ─ da autoria de dois ROVERS, um ainda em funcionamento o outro já inativo (SPIRIT, último contacto em 2010).

2431_PIA07997_1280.jpg

Marte em 2005

Cratera GUSEV (sul do equador) PIA 07997

(SPIRIT)

 

“Sunset and twilight images are occasionally acquired by the science team

to determine how high into the atmosphere the martian dust extends,

and to look for dust or ice clouds.”

(NASA)

Colocando-nos aqui na presença de um fenómeno por nós já bem conhecido por diário e sendo visível de qualquer parte da superfície do nosso planeta (a TERRA) ─ o pôr-do-sol como poderia ser o nascer-do-sol ─ neste caso com o Planeta Vermelho talvez apenas por diferenciação cronológica (nem todos se transformando ao mesmo tempo) ao contrário de nós e neste preciso momento não apresentando VIDA.

(imagens: nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:59

Marte ─ Unidade Geológica de South Séitah

Terça-feira, 19.10.21

“Na História Geológica da Terra (com uns 4,5 biliões de anos de idade) com a possibilidade da existência de água em Marte a recuar ao PROTEROZOICO ─ na TERRA já com Vida Multicelular e com o Homem sendo muito mais recente (uns 500 milhões de anos). Significando que quanto ao aparecimento do Homem na Terra ─ um evento recente ─ e sendo este um nómada migrante, poderíamos até ser de Marte.”

Num mosaico construído a partir de várias imagens registadas pelo veículo motorizado PERSEVERANCE ─ no passado dia 12 de setembro em MARTE (201º dia marciano da missão MARS 2020 ROVER) ─ um retrato da cratera JEZERO inserida na planície UTOPIA: localizada à direita do que poderá ter sido o delta de um rio (tendo existido no planeta há biliões de anos atrás) e apresentando-nos no topo da imagem à sua esquerda, o pico (semelhante a um monte de areia) de Santa Cruz.

PIA24816.jpg

SOUTH SÉITAH Planície UTOPIA Cratera JEZERO

(visão parcial/PIA24816)

 

“Um planeta (Marte) deixando-nos ao longo dos tempos com “muita água-na-boca”, desde a existência de Canais sugerindo a existência de água e de rios atravessando (e até cobrindo partes) a superfície do Planeta Vermelho (cor resultante da presença de óxido de ferro, na Terra cor de ferrugem), até à possibilidade extrema da existência (para além de outra forma de vida) de marcianos à sua superfície (ou vivendo debaixo dela).”

Com o ROVER PERSEVERANCE na execução da sua missão a continuar a estudar a geologia marciana (para além do seu clima no passado) ─ e sendo o seu objetivo (e foco principal) a astrobiologia ─ depois da descoberta de indícios/vestígios de água no passado, procurando agora evidências da possível existência de vida, microscópica mesmo que primitiva e prevalecendo no mesmo período (tendo Marte cerca de 4,5 biliões de anos de idade). Desta vez (e como complemento da missão) recolhendo amostras, para numa missão seguinte, serem enviadas para a TERRA.

(imagem: photojournal.jpl.nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:41

Luzes de Marte

Terça-feira, 06.07.21

Entre o céu iluminado envolvendo esta face do planeta e a terra vermelha cor de ferrugem tão característica do mesmo ─ referindo-nos aqui ao vizinho exterior da TERRA, o planeta MARTE ─ uma luz estranha (Luzes de Marte 1) aparecendo neste registo das câmaras do ROVER PERSEVERANCE (SOL122), recolhida no passado dia 24 de junho (por volta das 16:00) e não sendo de origem solar direta:

Mars_Perseverance_RRF_0122_0677784034_534ECM_N0041

Luzes de Marte 1

Da superfície de Marte

Surgindo um flash-de-luz momentâneo

 

Na explicação mais lógica deste fenómeno até por não ser visível nenhum tipo de intervenção externa (direta, natural ou artificial), tratando-se apenas de um processo de reflexão dos raios solares (origem indireta), com os mesmos a incidirem sobre um determinado objeto/material existente na superfície marciana e a serem refletidos pelo mesmo (dadas as suas capacidades refletoras).

Os raios do Sol incidem e são refletidos perpendicularmente.

Mars_Perseverance_RRF_0122_0677784034_534ECM_N0041

Luzes de Marte 1

Rover Perseverance

SOL 122 ─ 24 junho 2021

 

De origem indireta (nos raios solares, por interposição, sendo posteriormente refletidos) e natural (não existindo elementos estranhos ao planeta), tratando-se de um fenómeno na Terra muito comum de se ver, quando os raios solares atingem certas superfícies, se umas absorvendo-os outras expulsando-os (os raios incidindo):

A única diferença sendo que tal fenómeno na Terra podendo ser natural ou ter na sua criação a intervenção do Homem, sendo aí artificial, enquanto em Marte não existindo vida (que se conheça) e não existindo marcianos, tal opção não se colocando.

_mars.nasa.gov_msl-raw-images_proj_msl_redops_ods_

Luzes de Marte 2

Rover Curiosity

SOL 3163 ─ 30 junho 2021

 

Não tanto para aqueles que para todo o lado que olhem encontram sempre algo de familiar, não o sendo (reconhecido pelos autointitulados eruditos) passando logo (para os designados como leigos) a suspeito:

Podendo-se afirmar (por ex. os teóricos da conspiração) serem luzes artificiais (Luzes de Marte 2) produzidas por instrumentos na posse de pequenos seres refugiados e circulando entre pedras à superfície de Marte (escondendo-se), curiosos pela presença destes monstros com rodas.

Já agora, estando este tema na moda (UFO/ALIENS/UAP) com o relatório recente do Pentágono.

(imagens: nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:58

Aventura em Marte

Sexta-feira, 04.06.21

[Agora que em terra, vem aí outro fim-de-semana.]

Numa aventura bem recebida e num momento estando ligado e direcionado online (janela fechada/persianas descidas) de cabeça no ar e olhando indiretamente para o céu como poderia ser para a Lua (coisas de quem não tem nada para fazer, sinónimo de doença ou de aposentação, ou de problema mental),

LRF_0096_0675458878_572EBY_N0040136SCAM04096_0010I

1ª imagem de Marte

Sem nada visível e de relevante, observável de lado-a-lado

11:26:49 (original)

28 maio 2021

 

Vendo-me perante à primeira vista não apresentando nada de relevante e pouco depois nada mais parecendo acrescentar – neste diferencial de tempo durando cerca de 10 minutos (09:59) ─ duas imagens aparentemente sem interesse, no entanto por raciocínio lógico tendo algum motivo para ali serem expostas em conjunto e como que as associando (certamente por algum motivo comum) tentando-nos revelar algo talvez “oculto”:

E descortinando na 2ª imagem um pequeno e pouco visível ponto brilhante situando-se sobre a superfície de Marte (como se constata ao tentá-lo descobrir), não aparecendo o mesmo na 1ª imagem registada minutos antes, focando as mesmas coordenadas (logo algo se tendo movimentado).

LRF_0096_0675459494_571EBY_N0040136SCAM04096_0050I

2ª imagem de Marte

Com um mini pontinho brilhante, lá para o meio

11:36:48 (original)

28 maio 2021

 

Dentro da perspetiva de que só poderíamos ser nós atrás desse fenómeno, mas que por outro lado nada do nosso conhecimento se deslocava nesse momento e por essa região marciana de algum modo podendo estar ligado com a Terra (com a nossa Civilização, em princípio única), ignorando logo e de costume o caminho mais lógico até por nos impedir de sonhar e por vezes e a partir daí (não nos deixando criar o nosso cenário antecipado de SCI-FI tal como tantos Vernes o fizeram) mesmo inovar (Evoluir),

Direcionando-nos de imediato para trilhos de risco e de adrenalina levando-os em incursões por outros mundos, ao contrário do que muitos pensam e mesmo não existindo, podendo-nos abrir a mente para a existência de muitos outros, talvez mais próximos da realidade, aproximando-nos ainda mais (rapidamente) da etapa de concretização.

LRF_0096_0675459494_571EBY_N0040136SCAM04096_0050I

Marte

O tal pontinho brilhante, aqui sendo destacado

11.36:48 (ampliação)

28 maio 2021

 

Sendo os Teóricos da Conspiração mais um desses grupos, gritando talvez nem tanto por revolta, mas para que finalmente alguém para além de nós (os humanos, de todos os níveis, sofrendo da mesma doença, tendo de ser telecomandados) nos ouça (antes que no exterminemos) ─ podendo até ser humanos como nós ou até humanoides ─ e de alguma forma nos responda.

No caso destas imagens registadas no 96º dia marciano da presença do ROVER PERSEVERANCE em MARTE na realidade nada de especial se visionando, exceto se as ampliarmos (a 2ª) aparecendo algo estranho e não estando lá antes a mais ─ podendo ser uma anomalia técnica, alguma perturbação secundária/comum ou até algo de paralelo (seja lá isto o que for) ou então, que seja um OVNI.

(imagens: Mars Perseverance Rover/SOL96/11:26:49/11:36:48/mars.nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:34

NASA ─ Missão Marte 2020 ─ Rover Perseverança

Terça-feira, 09.03.21

Acabadinha de chegar ao PLANETA VERMELHO (18 de fevereiro de 2021), uma imagem vertical obtida pela câmara HiRISE (instalada na sonda orbital MRO) ─ PIA 24483 ─ apresentando-nos o ponto de contacto do ROVER PERSEVERANCE com a superfície marciana: Octavia E. Butler (escritora afro-americana de SCI-FI). Uma missão da NASA ─ MARS 2020 ─ tendo como objetivo o estudo da existência de Vida no Universo, neste caso dirigindo-se ao planeta MARTE e à procura de sinais de vida microbiológica no seu passado ─ com o veículo motorizado dedicando-se à geologia e tentando perspetivar qual teria sido o clima do planeta, em dias extremamente remotos (na cronologia marciana, com uns 4,65 biliões de anos de idade).

 

PIA24483.jpg

 

PIA 24483

PIA 24485

 

PIA24485.jpg

 

Na imagem PIA 24485 com o ROVER PERSEVERANCE utilizando o seu instrumento ótico MASTCAM-Z e a partir do seu ponto de aterragem (Octavia E. Butler/cratera Jezero), apresentando-nos uma visão parcial da cratera JEZERO, local onde num passado extremamente remoto terá existido um delta onde confluiriam as “Águas-de-Marte” ─ podendo mesmo comportar (transportar consigo) algum tipo de vida: terreno por onde circulará nos próximos tempos durante a sua campanha de exploração e de conhecimento (do planeta), tendo ainda na sua agenda de trabalhos uma tarefa pioneira realizada em Marte, referindo-se à recolha de materiais superficiais, depositando-os (guardando-os) de seguida, para posteriormente as enviar para a Terra numa outra missão (de recolha das amostras) Terra/Marte/Terra.

 

PIA24486.jpg

 

PIA 24486

PIA 24489

 

PIA24489.jpg

 

Nesta missão pioneira tendo Marte como destino, sendo caraterizada como a primeira recolhendo rochas e poeiras marcianas, para posterior envio para o remetente (a Terra) ─ algo já ocorrido na LUA, não à distância mas presencialmente ─ com o objetivo a ser igualmente o da preparação do planeta para uma futura receção ao Homem, inicialmente preparando-o (apetrechando-o) e depois (da instalação de uma base) enviando para lá os terrestres (existindo marcianos, como colonizadores ou seja, como “estranhos numa terra estranha”). Depois dos homens na LUA, surgindo para os humanos a sua 1ª Viagem Interplanetária ─ da TERRA a MARTE. Na imagem PIA 24486 indicando-se o possível trajeto do ROVER PERSEVERANCE na sua viagem pela superfície de Marte. Um veículo motorizado equipado (uma novidade, ainda experimental) de um Helicóptero (INGENUITY) e ainda de um Microfone (para gravar a “Voz de Marte”). E na última imagem PIA 24489 as primeiras imagens do ROVER em trabalho, observando-se as suas rodas características e o solo seco e árido sobre o qual se desloca.

 

(dados e imagens: photojournal.jpl.nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:04

Depois do SARS CoV-2 Chegam os Alienígenas

Sábado, 06.03.21

Afundados na TERRA por uma PANDEMIA e com a CRISE TERRESTRE em ritmo de cruzeiro, colocados perante a incógnita da origem/destino/fim deste EVENTO BIOLÓGICO e não sabendo onde se dirigir em virtude da proliferação crescente de FALSAS ESPERANÇAS, obviamente não causando ESPANTO que à falta de RESPOSTA em terra, nos viremos como sempre e literalmente para o CÉU:

 

NLE_0009_0667755959_167ECM_N0030000NCAM05000_05_0L

Um ponto perdido no céu marciano

(acima do cume da duna)

 

E à procura de nós PRÓPRIOS, encontrando outros como nós ou NEM TANTO, aí dando-se a inevitável SEPARAÇÃO pela definição do respetivo NÍVEL hierárquico ─ entre SALVAÇÃO OU NÃO nós os terrestres podendo ser vistos como anjinhos, cobaias, portadores ou PRESAS, enquanto entre os extraterrestres podem estes ser encarados como pesquisadores, organizadores, operadores, PREDADORES.

 

Possuídos física e biologicamente como no espaço em ALIEN O Oitavo Passageiro, ou mental e subliminarmente como na Terra com os MÉDIA GLOBAIS.

 

Faltando apenas o anúncio da chegada do EVENTO DA DECEÇÃO, onde seremos informados da nossa real condição:

 

E chamando aqui os próximos das Teorias da Conspiração tendo como duas opções viáveis, ou (1ª) a próxima chegada deles ─ estando já aqui à volta, prontos para nos tratar/invadir ─ ou se não (2ª) estando já entre nós, integrados/semelhantes réplicas (híbridos).

 

NLE_0009_0667755959_167ECM_N0030000NCAM05000_05_0L

Artefacto desconhecido

(registado pelo rover Perseverance)

 

Um cenário construído em torno de uma imagem recebida a partir das câmaras do ROVER PERSEVERANCE (SOL 9 NAVCAM ESQUERDA 01.03.2021), mostrando-nos sensivelmente ao centro na vertical sobre o monte de areia, não podendo ser uma imperfeição ─ pois não aparecendo esta em registos, antes nem depois ─ um objeto aparentemente cilíndrico visível no céu marciano:

 

Um artefacto podendo ser artificial tripulado ou não, certamente ALIENÍGENA.

 

E andando eles por lá, podendo há muito estar por cá.

 

Neste momento experienciando a PANDEMIA COVID-19, podendo-se estar preparando para a GRANDE REVELAÇÃO/DECEÇÃO:

 

A de que seremos muito mais estúpidos do que alguma vez pensáramos ser, desde sempre obedientes, bem escravizados e encantados, pela música & moda de EXTRETERRESTRES não SOBREVIVENDO como nós, mas VIVENDO entre nós.

 

(imagem: ROVER PERSEVERANCE/NASA)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:29

7 Minutos de Terror (Para os Marcianos)

Terça-feira, 23.02.21

NASA ─ MISSÃO MARS 2020 ─ ROVER PERSEVERANCE

HELICÓPERO INGENUITY ─ SOM DE MARTE

(terror e marcianos)

 

PIA24422.jpg

 

Fazendo parte da missão MARS 2020 a chegada ao ainda misterioso PLANETA VERMELHO (na nossa imaginação infantil, visionando ainda os seus CANAIS) da sonda espacial norte-americana PERSEVERANCE, para além da sua sonda orbital estando ainda equipada de um MÓDULO de ATERRAGEM transportando consigo um ROVER e (sendo o pioneiro) um helicóptero ─ o INGENUITY.

 

Screenshot_2021-02-22 Vídeo da NASA mostra os momScreenshot_2021-02-23 Vídeo da NASA mostra os mom

 

Screenshot_2021-02-22 Vídeo da NASA mostra os momScreenshot_2021-02-22 Vídeo da NASA mostra os mom

 

Nesta sequência de oito imagens da responsabilidade da NASA (delas usufruindo certamente e com imenso prazer, o público em geral) ─ tratando-se de um Evento cultural, educativo e proporcionador de memória ─ podendo-se ver diferentes momentos das manobras de aterragem, desde a entrada em ação dos paraquedas, à rápida e cautelosa aproximação ao planeta, ao momento próximo do toque e concluindo-se (a exposição), com o contacto final com a superfície marciana e (concretizada a mesma com êxito) com as comemorações e festejos naturais e toda a equipa.

 

Screenshot_2021-02-22 Vídeo da NASA mostra os momScreenshot_2021-02-22 Vídeo da NASA mostra os mom

 

Screenshot_2021-02-22 Vídeo da NASA mostra os momScreenshot_2021-02-23 Vídeo da NASA mostra os mom

 

Por ser considerado um dos momentos mais difíceis e delicados da missão (da sonda PERSEVERANCE), sendo atribuído a esse período temporal a denominação dos “7 Minutos de Terror”, para tal associando este caso com um outro já vivido (noutro espaço e noutro tempo) mas aí com a presença de seres humanos: quando as missões tripuladas APOLLO se aproximavam da LUA entrando pela 1ª vez em órbita e passando do outro lado (da Lua não se sabendo se corretamente inseridos) deixando-nos uns minutos em suspense.

 

Neste caso e falando-se de “7 Minutos de Terror” (não havendo humanos presentes) ─ para não falar da muita sucata por lá já deixada (e não sendo apenas por uma entidade) ─ terror só se fosse mesmo para os marcianos (aqui os invadidos por alienígenas).

 

(imagens: nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:53

Veículos Motorizados

Domingo, 21.02.21

“Mesmo servindo-se de projeções (virtuais) para construir este holograma (e projetá-lo), sendo invariavelmente confrontados (dada a imposição do guião) com estas duas opções: confinados/presos na Terra ou desconfinados/livres em Marte.” (Movimento pela Rápida Colonização de Marte/MRCM)

 

mars-2020-rover.jpg

 

Após uma Viagem Interplanetária TERRA → MARTE, a chegada à superfície marciana de dois artefactos terrestres integrando a missão MARS 2020. Um veículo motorizado terrestre ─ o ROVER PERSEVERANCE ─ destinado à exploração à superfície e um outro veículo motorizado aéreo ─ o HELICÓPTERO INGENUITY ─ destinado a voos aéreos de observação. Aumentando o tráfego superficial e (pondo de lado os orbitadores) inaugurando o tráfego aéreo.

 

pia23720.jpg

Rover PERSEVERANCE e Helicóptero INGENUITY

 

Para além da utilização de um ROVER renovado (científica e tecnologicamente) destinado à exploração do solo do planeta ─ tendo o mesmo uma utilização extra (realizada em Marte pela 1ª vez), a de recolher amostras e guardá-las (para uma outra missão as enviar para a Terra) ─ sendo ainda adicionado um outro veículo explorador (aéreo) o Helicóptero INGENUITY (fazendo um par): nesta área (da exploração espacial planetária) sendo um PIONEIRO.

 

Mzc2NjQ1MQ.jpeg

PERSEVERANCE e INGENUITY em missão conjunta

 

[INGENUITY: numa fase ainda experimental (mas agora em Marte), um helicóptero pesando 1.800g, podendo deslocar-se 50m durante um período máximo de 90s e a uma altura de 3m/5m. Prevendo-se (na campanha) num período de 30 dias uma mão cheia de voos (5), acompanhado mesmo que à distância por PERSEVERANCE.]

 

(imagens/ilustrações: nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:35

Mas onde raio andam os Marcianos?

Sábado, 20.02.21

“Dos Canais de Marte (no passado) à sua aridez (no presente),

reduzindo-se a esperança (no futuro).”

 

pia24430-1041.jpg

Uma das primeiras fotos da superfície marciana (c/ o céu ao fundo)

Obtida a partir de uma das câmaras do Rover Perseverance

 

Mesmo que dispondo de vários módulos orbitais circundando Marte (8) ─ TIANWEN-1 (CHINA), HOPE (UAE), EXOMARS 2016 (ESA/RÚSSIA), MAVEN (EUA), MOM (ÍNDIA), MRO (EUA), MARS EXPRESS (ESA) e MARS ODYSSEY (EUA) ─ de alguns veículos motorizados ou ROVERS circulado na superfície marciana (3) ─ PERSEVERANCE (EUA), TIANWEN-1 (CHI) e CURIOSITY (EUA) ─ e ainda de outros módulos de aterragem aí estacionados (2) ─ TIANWEN-1 (CHI) e INSIGHT (EUA) ─ sendo incompreensível que depois de tantas missões (perto de meia centena) iniciadas há mais de 60 anos (com as primeiras missões falhadas da URSS), ainda não se tenha encontrado (pelo menos para amostra) nem um único marciano.

 

Aliens-and-UFOS-Dark-Secrets-of-Mars-324x324.png

Sem água nem atmosfera, mas com uma aridez desértica

sem entidades presentes (marcianos) invocando direitos (e soberania)

 

E com pelo menos mais quatro missões previstas (sondas espaciais não tripuladas), direcionadas para Marte até ao ano de 2025 ─ não se vendo dessa forma como será possível a curto ou a médio-prazo (início da década de 30) termos homens nesse planeta ─ insistentemente tendo como objetivo (divulgado) a procura de indícios da existência de água assim como de vestígios de um dia aí ter existido vida (num passado extremamente remoto), não se tendo muita esperança que depois de tanto dito (igualmente prometido) sobre este planeta, inesperadamente vindo de um lugar (desconhecido e subterrâneo) e para vir ter connosco (nos saudar) demos de cara com um indígena (importado ou local).

 

(imagens: nasa.gov ─ theufostore.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:02