Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A Decisão

Terça-feira, 04.01.22

“Num Mundo em que aparentemente (bastando olhar e sentir), nada se decide.”

No Verão do ano passado (2021), tendo-se conhecimento da existência de um processo legal em curso contra o grupo NIRVANA, levado a cabo pelo bebé (agora um adulto com 30 anos) aparecendo na capa abaixo reproduzida, sob o pretexto e acusação de “pornografia infantil”,

J4MZMQKLQYOZ7RQXT3P5TPN7QM.jpg

Sendo bem visível o instrumento e a moeda de troca

(argumento de acusação do bebé, agora adulto)

A decisão de um tribunal do estado da Califórnia (EUA) ─ sobre este caso de pretensa “exploração sexual” ─ arquivando o caso (o pedido feito pelos NIRVANA). Na sua defesa com o grupo norte-americano apresentando como argumentos,

─ Desmentindo a hipótese de “pornografia infantil” (pirilau à vista)

e de “exploração sexual” (dinheiro à vista)

Entre outros (exemplos) e no seu comportamento, não revelando estar minimamente incomodado (com o seu caso, sendo o acusador), nunca se inibindo de à custa da mesma capa ir aproveitando (o protagonismo aí concedido) e faturando (com a sua imagem).

(imagem: Nirvana/elpais.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:23

Lixo Pornográfico

Segunda-feira, 09.03.15


LIXO:
“Conjunto de sujidades e de materiais servidos que se jogam fora; restos, entulhos, sujeira, imundície, coisa sem valor.”

 

PORNOGRAFIA:
“Qualquer conteúdo que possui cenas ou imagens obscenas ou de apelo sexual.”

 

Capturar.jpg

Dois machos aparentemente incompatíveis e em luta de cariz sexual

 

Confirmado assim o significado da palavra pornografia, a pergunta que aqui fica é a seguinte: como é que pode ser permitido transmitir um espectáculo de cariz pornográfico, antes da meia-noite e sem a respectiva e obrigatória bolinha?

 

Quanto ao lixo já o pagamos (sólido, líquido e gasoso), pelo que o outro também deve ser pago (o televisivo). O que eu não entendo é a razão porque cheiramos voluntariamente o lixo e não o achamos nauseabundo.

 

(significados: diccionárioinformal.com.br – imagem: TVI)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:24

Pornografia

Segunda-feira, 05.12.11

Espírito Patriótico de Missão

“Precisamos de utilizar a tortura, para tornar o nosso país mais seguro”

Polícia Secreta Canadiana

 

Tortura na luta contra o terrorismo – pedido da polícia aos legisladores

 

Conclusão:

 

Os regimes ditatoriais do Médio Oriente, onde a tortura faz parte fundamental das leis de segurança nacional e onde a aplicação dos direitos humanos é tábua rasa, serão segundo as autoridades policiais do Mundo Ocidental, os lugares mais seguros do mundo.

 

Guantánamo poderá ter sido um fantástico filão de ensaio, no sentido de poder garantir futuramente por parte da população, a aceitação sem contestação, da violação permanente dos seus direitos constitucionais; tudo isto com a intenção patriótica e paternalista de prevenir e proteger quem manda no mundo, da recessão que o próprio poder criou e deliberadamente provocou – como forma de replicar o seu investimento – deslocando imediatamente e sem problemas éticos e morais, o centro do novo eixo financeiro e económico mundial, para o expansionista continente asiático – China, índia, Japão, Coreia do Sul, Austrália e associados – com a colaboração pontual e circunstancial de novas potências emergentes, por serem ricas em minérios, falta de democracia e/ou corrupção generalizada, como Angola e o Brasil. Com a Europa numa crise profunda e irreversível, devido a um ataque violento à sua moeda de troca e ao surgimento desta situação inimaginável de disponibilidade para o auto-suicídio colectivo, disponibilizamos aos abutres especialistas em dejectos recicláveis, auxiliados pelas suas agências de morte, a vida dos nossos filhos perdidos de esperança.

 E assim seremos, com o apoio de todos os prostitutos mentais deste sistema – comprovados por um título de doutor – os mais prejudicados no final de tudo isto, por abandono por parte dos nossos mestres, dos seus escravos europeus, mais calados e produtivos e ainda e apesar de tudo, contentinhos e felizes, face à exploração desenfreada e sem escrúpulos destes povos humildes, desde há muito subjugados pela pobreza e com seus os líderes, destes países mais pobres e periféricos, a entregarem a sua soberania e a vida da sua juventude, nas mãos dos novos arautos do sucesso e da pornografia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:08