Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Jun 20

Com os outros feridos e mortos a acumularem-se do lado de cá (em casa, nos cemitérios), persistindo estes misteriosamente e sem notícia, por parte dos responsáveis (governativos) do lado de lá (dos hospitais).

 

CV1.jpg

 

E pela 1ª vez desde o início da Pandemia Covid-19 com o número de vítimas mortais a aproximar-se finalmente de zero ─ 1 vítima mortal, o mesmo valor registado a 16/18/19 de março. Num total de 36.180 infetados, 1.505 vítimas mortais (taxa de mortalidade de 4,2%) e 22.200 recuperados (61,4%).

 

Mantendo-se o cenário mais preocupante na região de Lisboa e Vale do Tejo (registando em todo o país o maior número de novos infetados), deixando muitos dos outros doentes esperando por consulta/tratamento/intervenção (com conhecimento e inatividade do Ministério da Saúde) e tendo forçosamente de se deslocar a Lisboa (sendo do Alentejo/Algarve), no limiar da dor/sofrimento/morte.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:45

07
Jun 20

Ao 86º dia dos primeiros casos graves/críticos de Covid-19 registados em UCI, com Portugal a atingir os 34.693 infetados (0,34% da sua população), as 1.479 vítimas mortais (4,3% dos infetados) e os 20.995 recuperados (60,5% dos infetados). Inserido num panorama global de mais de 7 milhões de infetados (0,09% da população mundial), mais de 400 mil vítimas mortais (5,7% dos infetados) e perto de se atingir os 3,5 milhões de recuperados (48,9% dos infetados).

 

CV1.jpg

 

Já a nível global com os destaques negativos relacionados com o vírus SARS-CoV-2 e a transmissão da respetiva doença infeciosa-respiratória (e mortal) Covid-19 a continuarem a centrar-se no “Trio Infernal Donald Trump/Jair Bolsonaro/Boris Johnson” ─ responsáveis por quase metade das vítimas mortais globais (47%) ─ mas com outros cinco países a preocuparem cada vez mais como, para além da Índia (7.207 VM/+261 hoje) na Ásia, o Perú (5.465 VM/+164 hoje), o Chile (2.190 VM/+649 hoje) e o México (13.511 VM/+341 hoje) na América.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:04

06
Jun 20

Quando o vírus SARS-CoV-2 através da Pandemia Covid-19 (pelo mesmo provocada) já infetou 6,808,936 indivíduos (perto de 0.09% da população mundial), vitimou mortalmente (VM) 396,946 (5,8% dos infetados) apresentando ainda 3,311,756 recuperados (48,6% dos infetados)

 

CV1.jpg

 

─ Com os maiores crescimentos de VM nas últimas 24 horas

a serem dirigidos aos EUA (1,161), ao México (+816),

ao Brasil (+586), à Grã-Bretanha (+357) e à Índia (+286)

 

Associando-se desde já o maior número de vítimas mortais globais ao Continente Americano, com os EUA (do presidente Donald Trump) a liderarem no Hemisfério Norte e o Brasil (do presidente Jair Bolsonaro) no Hemisfério Sul.

 

E na Europa com a Grã-Bretanha (do 1º Ministro Boris Johnson) a acompanhá-los.

 

A nível Global com o número diário de infetados a continuar a crescer, mas por outro lado com o número de VM a manter a sua tendência de decrescimento.

 

Quanto a Portugal registando 33,969 infetados, 1,465 VM (taxa de mortalidade de 4.3%), 68 em estado grave/crítico (em UCI) e um total de 20,526 recuperados (60.4% dos infetados).

 

E entre os 215 países infetados por este coronavírus, com Portugal a ocupar o 24º lugar em VM.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:47

04
Jun 20

E enquanto todos os países do Sul da Europa vão abrindo as suas fronteiras, Portugal surpreendido ainda espera por ordens: certamente esperando ser ultrapassado por todos e entretanto, levando pontapés de outros (como dos gregos). O Algarve com a sua “monocultura turística” que não se cuide!

 

E ao 83º dia desde que se registaram os primeiros doentes em UCI, voltando-se a um número de vítimas mortais expresso por um só dígito (8): ainda com 11.814 casos ativos e 58 doentes em estado grave/crítico (UCI).

 

cv1.jpg

 

E com este governo colocado na autoestrada europeia “de dedo esticado e à boleia”, esperando-se que os outros façam ou digam algo para só então e como alunos obedientes os seguirmos: daí ainda surgiram por aí algumas cadeias de contaminação (como em Lisboa e Vale do Tejo) ─ por incompetência crónica dos responsáveis da Saúde ─ e sendo-se surpreendidos pela abertura de fronteiras (Espanha/Portugal) ─ por ausência deliberativa dos responsáveis dos Estrangeiros.

 

Com os dependentes muitos deles urgentes no sector da Saúde e com os serviços centralizados em Lisboa ─ consultas, tratamentos e operações ─ continuando a ser ignorados e morrendo, como se não existissem: com os responsáveis tratando mal os profissionais da Saúde e um dia até se autocondecorando!”

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:40

03
Jun 20

Com o número de vítimas mortais (VM) mantendo-se nos dois dígitos ao contrário do nosso vizinho (europeu) a Espanha ─ tendo registado no decorrer do processo um total muito maior de VM ─ confirma-se mais uma vez a (falta de) estratégia política do nosso Governo e respetivo Ministério da Saúde (e DGS), fazendo como sempre e com estes mesmos responsáveis (vindos da “normalidade”, de antes do período Covid-19) o mínimo possível, agora “esticando o dedo e pondo-se à boleia” (ou seja esperando pela resolução do problema, esperando pela confirmação da chegada milhões): e enquanto as vítimas mortais diárias se mantem (até a Espanha tem ultimamente registado 1 ou zero VM), simultaneamente e encoberta pela Pandemia de SARS-CoV-2 os restantes doentes (sobretudo os dependentes dos tratamentos na região de Lisboa e Vale do Tejo) continuam esmagadoramente sem consultas, cirurgias e a morrer, “pelos vistos em silêncio”.

 

CV1.jpg

Portugal

 

Como tal sendo importante chamar de novo a este palco a responsabilidade do Ministério da Saúde pelo mau funcionamento deste sector ─ aliás já anteriormente reconhecido, mas reconduzido e assim reafirmado pelo nosso 1º Ministro ─ culpado por inação pela progressiva destruição do Serviço Nacional de Saúde, iniciada em tempos passados (PSD/CDS) pelo mesmo “guru contabilista” (regressado então entusiasmado pelo que ocorria na Saúde totalmente privatizada, nos espetaculares EUA) agora responsável (“coveiro”) pela destruição da CGD: correndo-se o risco de esquecer o sacrifício de todos os profissionais ligados à Saúde (alguns começando já a receber folhas salariais/mensais de 60 euros), acabando-se por premiar aqueles que já anteriormente e por reconhecido incompetência (tal como na Educação) deveriam ter sido afastados (demitidos) mas pelo contrário (provocatoriamente apenas para demonstrar/confirmar a autoridade do fraco) sendo reconduzidos.

 

O que seria um Escândalo pois a Memória (tal como a Cultura e ao contrário do que o poder pensa) não se apaga. Nem mesmo com 50 anos de Fascismo e outros 30 de Cavaquismo.

 

CV2.jpg

Mundo

 

Já no que diz respeito ao panorama Global a caminho da conclusão do primeiro semestre do “Novo Normal” (jogando “Eles” com o significado da palavra “normal”, mantendo tudo e desse modo tratando-nos mais uma vez como “anormais”) com Portugal entre 215 países de 5 continentes ocupando o 24º lugar em vítimas mortais (VM), pela sua população (sensivelmente a mesma da Grécia), recebendo até do nosso outro colega do outro extremo europeu ─ a Grécia (17 VM/1Milhão) com 179 VM ─ um firme não à entrada de turistas portugueses (Portugal 8X mais VM do que na Grécia), equiparando-nos (142 VM/1M, com alguma razão) à Itália (556 VM/1M), França (445VM/1M), Espanha (580 VM/1M) e Grã-Bretanha (585 VM/1M): quando os dois destinos mais seguros por periféricos (o nosso ainda mais gritante, do que a dos gregos) poderiam ser os extremos ─ Portugal e a Grécia ─ excelentes pois como “destinos turísticos” (mas esperando-se como o faz muitas vezes o nosso Governo que ninguém repare).

 

Screenshot_2020-06-03 Brazil Coronavirus 560,737 C

Brasil

 

E nem sequer valendo a pena falar dos EUA e do Brasil (mergulhados numa enorme confusão e juncados por inúmeros cadáveres) ─ os péssimos exemplos representando cada Hemisfério (Norte e Sul) ─ um comandado pelo TRUMP ORIGINAL o outro por um muito mais miserável (talvez pela deficiência no molde) o TRUMP RÉPLICA: mas nunca se podendo esquecer dos outros TRUMPEZINHOS como o da Grã-Bretanha e da Suécia, no fundo e sendo justo de quase toda a Europa (Ocidental) ─ colocando à frente da Vida a Economia. Quanto ao Brasil só não se percebendo como se afastam dois Presidentes (um preso, o outro demitido) por motivos económicos (com ou sem corrupção, um “bem-comum no Brasil”), enquanto um outro bem-pior tendo em cima de si no mínimo mais de 30.000 mortos e podendo ser muito mais ─ o dobro/o triplo/o quadruplo ─ como assassino e criminoso e culpado de genocídio, não é impedido e preso.

 

(imagem final: worldometers.info)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:58

29
Mai 20

769 (55,6%) de 1.383 das Vítimas Mortais (VM) registadas na Região Norte

e 929 delas tendo 80 anos de idade ou mais (67,2%).

 

CV1.jpg

 

Incluída na 4ª semana desta 2ª fase de desconfinamento decorrendo desde o início do mês de maio, Portugal regista neste 77º dia de SARS-CoV-2 (o vírus) e de COVID-19 (a doença), 31.946 infetados (0,03% da população), 1.383 vítimas mortais (taxa de mortalidade = 4,3%) e 18.911 recuperados (59,2%).

 

28918960-8364599-image-a-12_1590650283530.jpg

 

E do outro lado do oceano Atlântico situado no Hemisfério Sul e no continente Sul-Americano, com o número de vítimas mortais a destacarem-se no BRASIL (26.764 VM), assim como a evolução negativa verificada no Perú (4.009 VM) e no Equador (3.313 VM). Mais a norte e para além dos EUA (103.418 VM) igualmente com muitas vítimas mortais no México (mais preocupante, 9.044 VM) e no Canadá (6.877 VM) ─ pelas 15:20 TMG.

 

(imagem: dailymail.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:34

25
Mai 20

Ao 72º dia da Pandemia Covid-19 (iniciada a 14 de março) e sempre próximos da linha ideal (=1) ─ momento em que tendendo o número de óbitos diários para zero, se manteve de um dia para o seguinte, esse mesmo número. Apontando ainda o dia em que o vírus terá atingido a sua atividade máxima de contaminação (1,64) ─ 23 de março ─ atingido o seu Pico Máximo (1,18)  ─ 3 de abril ─ e o nível atual (1,01) ─ 24 de maio.

 

cv1.jpg

SARS-CoV-2 e COVID-19

Variação de 14.03.2020 a 24.05.2020

 

Mantendo-se o Norte com maior nº de VM (738/56%), seguido de Lisboa e Vale do Tejo (316/24%), o Centro (231/18%), o Algarve (15/1%) e os Açores (15/1%) e finalmente a Madeira (Vítimas Mortais/VM = 0/0%). E com 87% das VM  a integrarem o grupo etário de 70 anos ou mais. E depois da correção anunciada (no dia anterior pela DGS) com o nº de recuperados (17.549 em 30.263) a cifrar-se já nos 58%.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:33

23
Mai 20

Pelas 12.05 TMG deste sábado (23.05), a indicação dos 10 países (Top 10 Mundial) registando mais vítimas mortais (VM), de um total global de 340.500: 6 Europeus, 3 Americanos e 1 Asiático e com o único integrando o Hemisfério Sul, a ser o Brasil. E com o “Grupo TRUMP” (EUA+BRA+GB) a ser responsável por 46% das VM globais, por sinal e no presente os casos mais preocupantes.

 

CV1.jpg

 

Em Portugal atingindo-se hoje as 1.302 VM (+13) ─ 24º lugar na tabela de VM e registando-se 80 casos graves/críticos (em UCI). Com 7.705 recuperados (25,3%) e uma taxa de mortalidade de 4,3%.

 

CV2.jpg

 

Em termos de comparação e para cada Continente com a GB a liderar (em VM) na Europa, os EUA na América (e no Hemisfério Norte), o Irão na Ásia, o Egito em África e a Austrália na Oceânia. O Brasil liderando (em VM) no Hemisfério Sul. E com a taxa de mortalidade global nos 6,4% e a taxa de recuperação global nos 40,8%.

 

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:15

21
Mai 20

No caso de Portugal registando-se um total de 29.912 infetados (100%), 1.277 vítimas mortais (4,3%) e 93 em estado grave/crítico (UCI) ─ para além de 6.452 recuperados (21,6%).

 

X.jpg

 

Ultrapassados os 5.100.000 de infetados (100%), com mais de 330.000 vítimas mortais (6,5%) registadas e ainda mais de 2.000.000 de recuperados (39,9%), com vários países/continentes a serem ainda grandes fontes de preocupação (num percurso iniciado em janeiro, perto do fim do 5º mês de pandemia): entre outros e pelos últimos crescimentos registados, os  EUA (> 95.000 VM), o Brasil (>19.000 VM), a Grã-Bretanha (>36.000 VM), a Índia (>3.500 VM), o Perú (>3.000 VM), o Canadá (>6.000 VM), o México (>6.000 VM), o Equador (>2.800 VM), a Suécia (>3.800 VM), para além do continente Africano (uma incógnita total, dada a falta de testes, de confirmações, de assistência na saúde minimamente eficaz). E se na generalidade dos países o número de VM é o principal indicativo (com os seus líderes espirituais a estarem no continente Americano, um a norte, o outro a sul), no caso da Suécia inicialmente considerada como um exemplo, ao número crescente de VM devendo-se adicionar uma espécie de estratégia mista (fracassada/mortal) modelo TRUMP/BORIS/BOLSONARO.

 

Com o maior número de vítimas mortais registadas nas últimas 24 horas a verificarem-se no quarteto formado pelos EUA, pelo Brasil, pela Grã-Bretanha (domicílio dos 3 TRUMP’S) e ainda pelo México (o vizinho norte-americano, a dos “Aliens from the South”).

 

E ainda sendo conveniente observar o que se vai passando na China e na Coreia do Sul (os dois primeiros países, a serem atacados pelo vírus), até para se verificar se com o desconfinamento (aí já em curso) o vírus “regressa de novo”, possibilitando e reforçando a tese (uma das duas alternativas possíveis) de uma 2ª vaga.

 

[VM: Vítimas Mortais (pelas 17:00 TMG de 21.05.2020).]

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:22

16
Mai 20

Portugal: Em 28.810 infetados com 1.203 vítimas mortais/VM (mortalidade = 4,2%) e ainda 115 em cuidados intensivos (UCI). Com um aumento de VM (+7) de sexta-feira para sábado (de 14 para 16 de maio), sendo o 22º país do Mundo no nº de VM.

 

CV1.jpg

 

Brasil: 6º país do Mundo em VM, 1º da América do Sul assim como 1º do Hemisfério Sul. Ao contrário da maioria dos países com cada infetado a contaminar outro (R = 1), no Brasil com cada infetado a contaminar duas pessoas (R = 2) ─ podendo na evolução da pandemia no seu território atingir números de VM próximos do quarteto FRA/ESP/ITÁ/GB.

 

brazil-coronavirus-jair-bolsonaro.jpg

Cemitério de Nossa Senhora da Aparecida em Manaus, Brasil

(nova secção, 11 de maio de 2020)

 

 

País

P

(milhões)

I

I

(%)

VM

 

VM

(%)

UCI

R

R

(%)

M/1M

Portugal

10,2

28.810

0,28

1.203

4,2

115

3.822

13,3

118

Brasil

212,4

220.291

0,10

14.962

6,8

8.318

84.970

38,6

70

 

5568.jpg

Último ministro da Saúde do Brasil, Nelson Teich

(sendo-o menos de um mês, de 17 de abril a 15 de maio)

 

Mundo: No Resto do Mundo com os EUA a liderarem o nº de vítimas mortais (88.523 em 1.484.579 infetados, taxa de mortalidade de 00%), seguidos pela Grã-Bretanha (33.998 em 236.711 infetados, taxa de mortalidade de 00%) e pela Itália (31.610 em 223.885 infetados, taxa de mortalidade de 00%). Num total Global de 4.649.079 infetados (0,06% da população mundial) e 309.047 vítimas mortais (1.771.799 recuperados), com uma taxa de mortalidade (em função dos infetados) de 6,6%.

 

[Dados recolhidos ─ DGS e WORLDOMETER ─ pelas 12:30 TMG num mundo a caminho dos 7.800.000.000 de habitantes.]

 

(imagens: Felipe Dana/AP/time.com ─ Evaristo Sa/AFP/Getty Images/theguardian.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:17

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO