Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Out 12

Albufeira – Ficheiros Secretos

Confidencial 2

 

O Homem (o sujeito) esmagado pela Mercadoria (o objeto)

       

Solução? Neste tempo só se forem mesmo os Extraterrestres!

 

Preciosidades ao abandono

 

Em colaboração com Sociedades Secretas Algarvias e sob o patrocínio do recém-investido Grupo Transitório de Reflexão – sob controlo hierárquico dos Alienígenas Exteriores – residentes na região do Algarve resolveram tomar em mãos a recuperação de algum património local criminosamente deixado ao abandono, recuperando-o, preservando-o e reconvertendo-o para a instalação de infraestruturas de apoio ao desenvolvimento equilibrado desta zona, atualmente em situação de crise profunda devido à sua opção errada e irresponsável (incompetente) por uma monocultura empresarial.

 

      

O Mar e a Terra do Algarve ainda guardam no seu interior muitos Segredos Fantásticos

 

O Algarve sentiu-se sempre ignorado – por nunca terem sido escutadas as suas ambições de desenvolvimento e de integração – na explicação e aplicação do processo de investimento económico e financeiro decidido pelos nossos governantes para a generalidade do território português. Esta violência fez-se sentir mais uma vez e repentinamente durante a década de setenta – com o início do BOOM turístico e imobiliário – sobre uma população aí nascida ou residente, maioritariamente trabalhando nas pescas, na agricultura e em pequenas indústrias de transformação associadas. Um plano destinado ao sucesso, exercido sobre o cidadão pobre e com baixa escolaridade, invadido e não protegido pelos seus representantes e de novo ignorado por falta deliberada de aviso prévio, para deste modo as populações não se poderem defender, destes “novos e conhecidos invasores”.

Deste modo os Residentes decidiram procurar alternativas ao abandono do valioso património algarvio, optando prioritariamente e devido à escassez de recursos financeiros, por assumir a necessidade de preservar áreas subterrâneas possíveis de serem reutilizadas, como grutas ou galerias, situadas no interior ou no litoral do Algarve. Está desde já garantida a colaboração de uma comissão de eruditos autodidatas não ligadas ao governo, trabalhando em colaboração permanente com o Grupo Transitório de Reflexão.

 

O Maior Inseto subterrâneo e terrestre da Europa foi descoberto no Algarve

 

Uma das primeiras consequências deste trabalho conjunto realizado entre as organizações secretas de populares e os colaboradores do GRT conhecidos como os Residentes, foi o do início do apoio financeiro – não declarado – à UALG e a todos os seus formandos interessados e desejosos em iniciar a sua carreira de investigação científica, com a execução de trabalhos de exploração diretamente no terreno. Deste modo os Alienígenas Exteriores poderiam contar com o estudo profundo e detalhado do ambiente local e com a prática dos técnicos terrestres em atividade nas zonas de intervenção, ainda-por-cima obtidos pelos melhores conhecedores e eruditos no local da própria fonte, de origem do conhecimento. Assim se compreende a descoberta do maior inseto terrestre da Europa nas grutas do Algarve, efetuado por uma das mais destacadas biólogas a trabalhar no Algarve e que aqui – por necessidade de proteção e confidencialidade – vamos tratar apenas pelas iniciais do seu nome – ASR. Este inseto habitando locais subterrâneos e escuros da nossa região, “viveria apenas nas grutas do Algarve, desenvolvendo todo o seu ciclo de vida no meio subterrâneo e não sobrevivendo no exterior” – segundo ASR. Relembre-se que esta notável e jovem bióloga da UALG já tinha anteriormente descoberto na mesma região, um falso Escorpião Gigante – uma das sete novas espécies descobertas pela investigadora – sendo uma das principais defensoras destas espécies consideradas “relíquias biogeográficas” e da preservação do meio ambiente existente em seu redor, como principal medida de conservação “dum valor natural em risco pela falta de medidas específicas de proteção para os habitats subterrâneos”. Não é de admirar portanto que a FCT (uma fundação ligada à ciência e à técnica) continue a ser apoiada indiretamente pela plataforma de intervenção cívica dos Residentes e subordinada às pretensões do GTR.

 

Um Extenso Mundo Subterrâneo – As Minas de Sal Gema de Loulé

 

O início da intervenção dos Alienígenas Exteriores/GTR no Algarve já se iniciou há vários anos, numa tentativa final de tentar o reaproveitamento e renascimento de toda esta bela e privilegiada zona do nosso país, destruída e alienada por uma economia desastrosa e apenas pensando no lucro imediato, através da construção de Feiras Populares amovíveis e destinadas apenas ao consumo do sexo e de artigos, sólidos ou líquidos, ligados ao setor da alimentação: um sexo não identificado e sem parceiro, apenas contando com a introdução e ejaculação de uma das partes e a névoa indescritível e devoradora de pensamentos provocada pelo álcool, pelas drogas e pelo dinheiro, na outra parte (ou em ambas e neste caso atingindo o Estado Supremo de Embrutecimento); e uma alimentação assexuada, instantânea e sem valor cultural, ocupando apenas espaços mais ou menos limitados de deglutição e outros espaços de prazer relacionados – como o momento expulsivo, explosivo e de muitos pensamentos, do tempo em que estamos a obrar.

Na tentativa de alterar um pouco o estado calamitoso da nossa sociedade e de todos os seus intervenientes locais – a nível económico e social – surge o lançamento do projeto de reabilitação e aproveitamento de todas as capacidades de exploração das grandiosas e nunca devidamente exploradas minas de sal-gema de Loulé, onde o GRT pretende investir fortemente na construção de infraestruturas subterrâneas de apoio aos seus colaboradores, ao mesmo tempo que se iniciará o Projeto Pórtico, que consistirá na construção de “Portais Espaço Temporais” (os PET), que irão facilitar definitivamente as telecomunicações e os transportes a efetuar entre os Interiores e os Exteriores.

 

A Esperança existirá sempre para o Homem porque o Universo estará no Tempo (como algo de abstrato para nós) em contínua transformação, sendo a Vida um dos componentes essenciais desta SUPER Estrutura, como para nós são os Cinco Elementos – Água, Madeira, Fogo, Terra e Metal – e o Espaço Infinito

 

A esperança persiste ainda como uma lutadora amiga e fiel no espirito de alguns valorosos residentes ou naturais do Algarve, que ainda acreditam que a mudança será possível mesmo com a intervenção e ajuda externa de outros seres vivos como nós ou talvez não, mas unicamente interessados na abertura de novos horizontes espaciais e de ideias, onde surja uma alternativa natural por credível à negação do nosso presente e futuro, face ao dilúvio mortal que parece estar a invadir todo o pensamento do mundo, como se este fosse acabar e alguns pensassem que pudessem unilateralmente sobreviver.

 

 

FLOR DA VIDA

Este símbolo conterá todas as informações genéticas do nosso ADN, encontrando-se inscrito em templos antigos, como o de Osíris no Egito

 

(imagens – Google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:59

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Mundos Subterrâneos

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO