Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

15
Out 19

Na Catalunha

 

1024px-Barcelona_bombing_(1938).jpg

Barcelona

Bombardeamento da cidade Republicana (em 17 de março de 1938)

pela Força Aérea Italiana (ao serviço do exército Fascista-Nacionalista de Franco)

 

[E se a Comunidade Europeia sendo na sua reação extremista (tal como na sua ação o foi, o Governo Conservador do Reino Unido) para com a decisão do BREXIT

 

− “Querem Sair, Que Saiam

 

Porque não adotar com a região da CATALUNHA

 

− E até para a sua credibilidade Democrática

 

Exatamente a mesma opção?

(“Democraticamente Incomodando” Espanha, tal com certamente incomodará com as suas posições [Brexit] o Reino Unido − e por efeito colateral, todo o Resto da Europa)]

 

Espanha:

Supremo Tribunal condena ex-líderes catalães

a penas entre nove e 13 anos de prisão

 pelo crime de sedição

(jornaleconomico.sapo.pt)

 

5befbda7bdd117dec7f120ff08c6fb5e.jpg

Dois dos Cabecilhas

da Sedição na Catalunha

(segundo o Supremo Tribunal de Espanha)

 

E assim se tratam os Independentistas no atual “Mundo Católico-Romano Ocidental(com “Pragas e Leões”)

 

– Podendo ser definido este Mundo como um “Mundo-de-Sujeitos”, metamorfoseando-se progressivamente e por questões de integração e de sobrevivência, em Objetos (ou até, talvez por estratégia, inferiores a eles)

 

− Como se fossem “Alienígenas-do-Oriente” e representantes do “Eixo-do-Mal”, ou seja, TERRORISTAS:

 

Num Mundo que todos sabemos estar dividido em 4 partes (de uma ESFERA) vivendo nós no “Topo da respetiva Cadeia Alimentar (Hemisfério Norte Ocidental)

 

– Local de existência e predominância dos auto denominando-se EXCECIONAIS, assim como dos seus leais (e pagos) prostitutos mentais

 

Supremo Tribunal espanhol

emite mandado de detenção

contra Carles Puigdemont

(jornaleconomico.sapo.pt)

 

dab01a8a29b233d537ea6d2469320f15e81ab107.jpg

Depois de uma Guerra Civil, seguida de uma Guerra Mundial

com o povo da Catalunha a não ter ainda entendido

Qual o seu único direito, quanto muito votar

 

E os tendo que ciclicamente de se sujeitar a CRUZADAS, os INFIÉIS

 

– De modo a serem reeducados, a compreenderem e a “interiorizarem”, os seus novos limites

 

Indevidamente aparecendo logo a seguir, perigosamente, logo ali ao lado (Hemisfério Norte Oriental).

 

Ainda-por-cima ocorrendo num país de regime bipolar Monárquico-Republicano (tendo um Rei e uma República), ainda estando (inconscientemente) submetido à razão da criação e da existência do Franquismo (ou não tivesse tido uma violenta Guerra Civil, antecedendo a II Guerra Mundial)

 

− Surgindo como consequência da agonia e fim do Regime Monárquico, mas mantendo-o e substituindo-o e aí entronizando o seu verdadeiro Novo-Rei ou Senhor, o Generalíssimo Francomas que sendo PP ou PS só pensa a nível de ESTADO –

 

Governo da Catalunha continua a defender independência.

Pedro Sanchéz avisa que

“ninguém está acima da lei”

(jornaleconomico.sapo.pt)

 

nine-of-the-12-leaders-were-handed-jail.jpg

A Cara dos 9 Sediciosos (versão softcore)

ou Adeptos da Rebelião, ou seja,

Terroristas (versão hardcore)

 

E da defesa se necessário extrema, dos seus Direitos Adquiridos (e logicamente para este sobreviver, das suas pretensas Elites)

 

− Desprezando completamente o Povo (só sendo necessário para votar, em eleições certificadas/centralizadas) e as suas decisões (COLETIVAS) desde que não enquadradas nos seus próprios (do PODER político instalado como do religioso)

 

“10 Mandamentos”:

 

Deixando para os INDEPENDENTISTAS o papel anteriormente utilizado para “Limpar o Cu”, posteriormente reciclado pelo ESTADO e agora sendo-lhes (Insultuosamente) distribuído.

 

“Mesmo depois de morto mais uma vitória de FRANCO sobre a CATALUNHA”.

(e até podendo o Estado, mesmo sem Franco, mas jogando com palavras − sedição e rebelião − condená-los a muito mais. Santinho!)

 

[Num Tempo (cronológico) em que no Mundo não só as crianças voltam a ser utilizadas (e não só pelos pedófilos/fisicamente, mas igualmente pelos adultos/mentalmente), como até onde os próprios adultos são forçados a reviver os crimes sobre eles praticados (sem castigo) no passado (para já como uma recordação, uma simples ameaça, para uns significando cadeia). Sendo tudo natural numa hierarquia ditatorial de poder – “Democracia Hereditária” – passando invariavelmente o poder dos “Pais para os seus Filhos (Políticos). No caso da Catalunha com o aparecimento do MFR (Movimento Franco Revive).]

 

(imagens: wikipedia.org − yahoo.com – ibtimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:23

11
Abr 19

[19.06.2012 a 11.04.2019 − Em prisão domiciliária/regime fechado desde meados de 2012, tendo a Embaixada do Equador como estabelecimento de segurança e no presente, estando a caminho dos 2.500 dias privado de liberdade e sem nenhuma hipótese de saída para o exterior. Hoje (esta quinta-feira) preso para gáudio de Theresa May e já com um avião à sua espera em Londres (há uma/duas semanas), com bilhete reservado para os EUA onde encontrará (último pretexto das autoridades judiciárias dos EUA − eventuais ligações com CM − para o condenar como Whistleblower) Chelsea Manning.]

 

Em 11 de Abril de 2019, após sete anos dentro da embaixada equatoriana,

Julian Assange é preso pela polícia metropolitana do Reino Unido.

(wikipedia.org)

 

D33VNsbWsAAGqYX.jpg

Julian Assange

 

Para quem ainda tinha dúvidas sobre se atualmente viveríamos ou não em Democracia, a prova provada de que ao denunciarmos um criminoso ou um crime, poderemos ser nós a acabar no local para onde pensaríamos que iriam esses prevaricadores: não reparando que as prisões foram pensadas por eles (para sua segurança), mas para nosso exclusivo usufruto (para proteção deles).

 

5caf2038dda4c871398b45e1.JPG

Lenin Moreno e Rafael Correa

 

Opinião de Rafael Correa anterior Presidente do Equador (período durante o qual o atual Presidente chegou a ser seu Vice-Presidente) sobre o seu sucessor o Presidente Lenin Moreno:

 

The greatest traitor in Ecuadorian and Latin American history,

Lenin Moreno,

allowed the British police to enter our embassy in London to arrest Assange.

Moreno is a corrupt man,

but what he has done is a crime that humanity will never forget.

(Rafael Correa/@MashiRafael/twitter.com)

 

“A um passo de criminalizar definitivamente quem se atreva a pôr em causa as Hierarquias do Poder Político e dessa forma as Grandes Empresas Globais que os mesmos representam” – ou seja colocar o PODER da DEMOCRACIA (do Sujeito com direitos mas de desgaste rápido e dando Prejuízo) à frente do PODER ECONÓMICO (do Objeto sem direitos mas produtor de Mais-Valia e dando Lucro) − eis que a 11 de Abril de 2019 e depois de quase 7 anos de encarceramento forçado na Embaixada do Equador em Londres, o australiano JULIAN ASSANGE é detido ainda no interior da referida embaixada pela polícia metropolitana de Londres e arrastado à força para um carro prisional, levando-o certamente a um tribunal e de seguida conduzindo-o à prisão: numa ação levada a cabo por iniciativa e com o acordo do Governo Britânico (da ainda 1º Ministro Theresa May), respondendo a um pedido de extradição apresentado pelo Governo Norte-Americano (do atual presidente Donald Trump)

 

5caf2713fc7e93e9618b45fa.JPG

Christine Assange

 

Resposta da mãe de Julian Assange (Christine Assange) à autorização do atual Presidente do Equador à entrada da polícia no interior da sua embaixada (em Londres), forçando a saída à força e à prisão do dirigente da Wikileaks:

 

Shame on you Lenin Moreno!

May the Ecuadorean people seek vengeance upon you,

you dirty, deceitful, rotten traitor!

May the face of my suffering son haunt your sleepless nights.

And may your soul writhe forever in torturous Purgatory

as you have tortured my beloved son!

(Christine Assange/@AssangeMrs/twitter.com)

 

– nem sequer respeitando uma declaração da Comissão de Direitos Humanos da UN considerando tal ação ILEGAL − e tendo como primeiro atuante e executante permitindo tal ato (ilegal/imoral/traidor ) o Governo do Equador (do atual presidente Lemín Moreno) – desrespeitando a inviolabilidade de uma Embaixada e ainda por cima fazendo-o com um seu cidadão, dado Assange ter dupla nacionalidade australiana/equatoriana – mas no fundo, como conclusão e aparentemente tendo como objetivo fundamental eliminar (de uma só vez) dois WHISTLEBLOWERS e desse modo levar à liquidação definitiva da WIKILEAKS e de um dos seus fundadores, “dando-lhe a cara” (e de muitos e muitos milhões de desfavorecidos) e mundialmente conhecido (devido a uma eventual ligação “criminosa” envolvendo supostamente Julian Assange e Chelsea Manning, levando os EUA a quere levá-los à Justiça por ataque/traição e atividade TERRORISTA contra os interesses norte-americanos).

 

image.jpg

Theresa May Vs. Julian Assange

 

Declaração de Theresa May no Parlamento Britânico (numa mescla potencialmente explosiva e sem solução à vista e só possível no caos político em que os UK vivem desde a decisão do BREXIT) sobre a Polícia Metropolitana de Londres, sobre Jullian Assange e sobre a aplicação da Lei no seu país (pelos vistos abrangendo de qualquer forma ou feitio, mas desde que motivador, interessante e lucrativo, tudo e todos):

 

“I am sure that the whole House will welcome the news this morning

that the Metropolitan Police have arrested Julian Assange for breach of bail,

after nearly seven years in the Ecuadorian embassy.

This goes to show that in the United Kingdom,

no one is above the law.”

(Theresa May)

 

Seguindo-se certamente esta farsa (para já com a revolta das pessoas e com o silêncio ensurdecedor dos seus representantes) com mais um outro episódio, agora com Julian Assange em viagem para os EUA, esperando-o a cadeia, o tribunal e a PRISÃO: para que assim todo o Mundo aprenda de vez a Lição.

 

E se hoje são os Whistleblowers, amanhã será um jornalista (como Assange) e depois (se nada fizermos contra) seremos mesmo nós (bastando para tal – ser calado e preso − simplesmente abrir a boca e perguntar, qual a razão qual o motivo, o porquê de ser eu e não o outro).

 

A partir de agora (apagando-se a Cultura e a Memória) com a História Mundial a poder ser mais facilmente revista (talvez pelos EUA talvez pela NSA): tal como após o fim da II Guerra Mundial dos dois grandes tios e heróis mundiais (nesse período, nessa altura) – TIO JOE (Uncle Joe) e TIO SAM (Uncle Sam) − só restando hoje um deles, pois se um era Comunista (Tio Joe sendo Estaline) o outro era Capitalista (o tão conhecido Uncle Sam um dos símbolos dos EUA).

 

(imagens: SKY/REUTERS/MIRROR)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:17

10
Abr 18

Como num país Profanado por todos os lados por uma Corrupção Generalizada (com tradição nas suas Elites e nos seus Militares) o primeiro Preso Político é um ex-Presidente (oriundo de estratos sociais baixos ou seja dos pobres) e tudo por causa de um apartamento tríplex (de luxo, claro): e sem um único comprovativo a não ser o testemunho de um premiado (pelo Juiz interessado não pela Justiça) depois de negociado e consequentemente arrependido.

 

Triplex-de-Lula-e-mariza.jpeg

Localização do tríplex dito de luxo localizado no litoral de São Paulo

(mantendo-se ainda em nome da construtora)

Que levou um Presidente à Prisão

 

Num país declarando a sua Independência em 1822 (sendo reconhecido como tal em 1825 e proclamando-se como Republica em 1889) – vai fazer este ano 196 anos – e atualmente com uma população estimada em cerca de 208 milhões de pessoas, Luiz Inácio Lula da Silva torna-se (segundo dados do Diário do Nordeste) no 7º Presidente brasileiro a ser preso: ou seja entre os 35 Presidentes que o Brasil teve até hoje 20% deles acabaram na cadeia. Levando-nos logo a pensar como justificação (errada) a Corrupção, associando Lula como Presidente e o motivo da sua prisão. E ignorando a origem (pelos vistos Infernal) de uns e os direitos adquiridos (pelos vistos Divinos) de outros, de modo a nunca se misturar corrupção ativa (a origem deste facto) e corrupção passiva (utilizada por extrema necessidade).

 

Nessa lista se integrando (durante o século passado) Hermes da Fonseca, Washington Luís, Artur Bernardes, Café Filho, Juscelino Kubitschek e Jânio Quadros e ainda (já neste século XXI) Luis Inácio Lula da Silva: presos por circunstâncias diversas (mas essencialmente políticas e ideológicas e/ou de ordem militar) uns ainda no ativo outros não (como Presidentes) mas nunca e diretamente por motivo único e básico ligado à corrupção (fosse ela ativa ou passiva). Ainda-por-cima com Lula acusado de corrupção, julgado e preso num tempo record e afastado da sua reeleição (liderando até ser preso as sondagens para as Presidenciais de 2018): julgado e condenado (devendo ser um Marco Histórico no Brasil) por um delito comum envolvendo um Tríplex de luxo (em Guarujá no litoral de São Paulo).

 

15307424.jpeg

O empreiteiro Léo Pinheiro que por delatar o ex-Presidente Lula da Silva

(recorrendo como prova à sua agenda pessoal)

Escapou à prisão com ajuda do Juiz do processo Sérgio Moro

 

Um país grandioso reconhecido como tendo a maior concentração de floresta (a Amazónia) e de vida selvagem (desde a mais variada fauna até tribos perdidas de humanos), rico na diversidade de raças (presentes e convivendo bem entre elas) e de proveitosa matéria-prima (desde a madeira ao petróleo) e no entanto tendo ao longo da sua História sido vítima das suas elites militares como políticas – criando na sociedade brasileira uma estrutura central (esqueleto) bem distorcida (de repartição de dividendos e de poder) constituída por um grupo de miseráveis (grande), outro de sobreviventes (enorme) e uma minoria de usufrutuários (os inevitavelmente sendo “vítimas” da corrupção):

 

Juntando os dois primeiros tendo-se o grupo representativo dos pobres (esmagador), restando para o outro grupo os nossos (ditos) representantes – para a desacreditação da Política e dos mesmos, manipulando (para seu benefício paternal, exclusivo, oportunista e estratégico) a Justiça.

 

_100774337_gettyimages-943064896.jpg

Luiz Inácio Lula da Silva

(35ºPresidente do Brasil no período 2003/11)

Condenado a cerca de 12 anos p/ causa de um apartamento

 

Daí assistirmos a um processo judicial (em torno de Lula e de um apartamento Tríplex) com origem, desenvolvimento e aplicação, unicamente tendo como alvo um objetivo estritamente político (destruindo um ex-Presidente e tentando-o impedir de o voltar a ser) – misturando Política e Justiça tal como o fazem as ditaduras – e acima-de-tudo deixando-nos estupefatos pela construção sem qualquer tipo de prova factual de tal processo (uma única assinatura ou comprovativo) dirigido (como em piloto automático) desrespeitando tudo aquilo que a Justiça devia respeitar: para além dos deveres (e aí entra em última instância o tribunal) conhecer e ter a obrigação de defender os direitos de todos os cidadãos ricos ou pobres e originários da elite ou das camadas mais desprotegidas.

 

Não sendo decente querer acusar-se alguém sem qualquer tipo de prova (nem que fosse a presença de Lula de alguma forma ou feitio no Tríplex) e na falta da mesma (por mais minúscula que fosse e a que condenação pior/melhor se dirigisse), tentar arranjar-se alguém para o apontar e premiando-o condenando o arguido/acusado/condenado à prisão: com uma espécie de arrependido face a uma boa recompensa a “acusar um a pedido de outro” e satisfeito o pedido com o juiz (o impulsionador de tal ato) tornado acusador a ser também o julgador e o condenador. E sendo fantástico (em termos de total incredibilidade) como tudo isto se passa sem nada se passar como contrarreação. Corrupção generalizada e Eleições já à vista (já com um Presidente não eleito na Presidência do Brasil)!

 

(imagens: atosnoticias.com.br/uol.com.br/Getty)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:25

26
Nov 14

O que o poder mundial actualmente instalado nos EUA nos está a comunicar, é que o tempo do Poder do Sujeito (o Homem) já acabou e que hoje em dia vivemos (e já há muito tempo) na Era Dourada do Objecto (a Matéria-Prima).

 

Prisons_Billboard_900x324.jpg

Nos EUA a sua poderosa iniciativa privada até chega às prisões

 

O que se pode dizer de um país com 5% da população mundial e simultaneamente com 25% dos estabelecimentos prisionais existentes em todo o mundo? Ainda por cima sabendo-se que o aumento da sua população prisional cresceu desde 1970 em 700%.

 

Atingindo números verdadeiramente inacreditáveis se pensarmos no seu sistema Prisional e de Justiça – num país onde 1 em cada 99 norte-americanos adultos vivem na prisão e em que 1 em 31 estão sob algum tipo de medida preventiva.

 

(dados: aclu.org – imagem: facethepolitics.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:15
tags: ,

13
Dez 11

Chegada do primeiro habitante permanente à Islândia

 

A Islândia conseguiu acabar com um governo corrupto e parasita. Prendeu os responsáveis pela crise financeira, mandando-os para a prisão. Começou a redigir uma nova Constituição feita por eles e para eles. E hoje, graças à mobilização, será o país mais próspero de um ocidente submetido a uma tenaz crise da dívida.


É a cidadania islandesa, cuja revolta em 2008 foi silenciada na Europa por receio de que muitos tomassem nota. Mas conseguiram, graças à força de toda uma nação e o que começou como sendo crise converteu-se em oportunidade. Uma oportunidade que os movimentos altermundialistas observaram com atenção e colocaram como modelo realista a seguir.

 

Central Geotérmica – 99% dos recursos energéticos vem das renováveis


Consideramos que a história da Islândia é uma das melhores notícias dos tempos actuais. Sobretudo depois de se saber que segundo as previsões da Comissão Europeia, este país do norte atlântico, fechará 2011 com um crescimento de 2,1% e que em 2012, este crescimento será de 1,5%, uma cifra que supera o triplo dos países da zona euro. A tendência para o crescimento aumentará, inclusive em 2013, prevendo-se que alcance 2,7%. Os analistas asseveram que a economia islandesa continua a mostrar sintomas de desequilíbrio. E que a incerteza continua presente nos mercados. Porém, voltou a gerar emprego e a dívida pública foi diminuindo de forma palpável.

 

Reykjavík capital da Islândia

 

Este pequeno país do periférico árctico recusou resgatar os bancos. Deixou-os cair e aplicou a justiça sobre aqueles que tinham provocado certos descalabros e desmandos financeiros. Os matizes da história islandesa dos últimos anos são múltiplos. Apesar de transcender parte dos resultados que todo o movimento social conseguiu, foi pouco falado o esforço que este povo realizou. Do limite que alcançaram com a crise e das múltiplas batalhas que ainda estão por resolver.

Porém, o que é digno de nota é a história que fala de um povo capaz de começar a escrever o seu próprio futuro, sem ficar a mercê do que se decida em despachos distantes da realidade dos cidadãos. Apesar de continuarem a existir buracos por preencher, escuros e por iluminar.

 

Parlamento Nacional da Islândia

A revolta islandesa não causou outras vítimas para além dos políticos e homens de finanças. Não derramou nenhuma gota de sangue. Nem foi tão apelativa como a tão famosa "Primavera Árabe". Nem sequer teve rasto mediático, porque os media passaram por cima em pezinhos de lã. Mesmo assim, conseguiram os seus objectivos de forma limpa e exemplar.

Hoje, o seu caso bem pode ser o caminho ilustrativo dos indignados espanhóis, dos movimentos Occupy Wall Street e daqueles que exigirem justiça social e económica em todo o mundo.

 

(blogue Porta da Loja, a partir do blogue de Maestroviejo; imagens Wikipédia)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:24

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO