Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

31
Jul 16

Utilizando telescópios capazes de observar os pontos mais distantes de toda esta região infinita do COSMOS (em constante transformação) que nos envolve e ao nosso conjunto planetário (instrumentos equipados da tecnologia mais avançada atualmente disponível e servindo-se dos mais variados métodos e processos de deteção e registo), podemos hoje em dia visualizar e conhecer bem melhor muitos dos locais distantes no Espaço e que ao longo do tempo nos têm despertado a atenção e a curiosidade.

 

PIA20865_modest.jpg

Numa área do espaço repleta de buracos negros

Com os mais maciços representados a azul

(observação a raios-X)

PIA 20865

 

Sendo esse o caso dos telescópios CHANDRA e NuSTAR (lançados pela NASA em 1999 e em 2012 respetivamente), aqui aplicando a tecnologia associada à utilização dos raios-X para a deteção de buracos negros emitindo com mais alta ou baixa energia. Na imagem anterior mostrando-nos no interior de um vastíssimo campo pejado de galáxias, buracos negros super maciços emitindo raios-X com elevadíssima energia (uns 32 representados a azul) e outros emitindo raios-X de menor energia (pontos de outra cor).

 

(imagem: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:44

19
Nov 11

Radiografias

 

Por um lado as radiografias mostram o que o nosso corpo esconde; por outro lado os raios-x limpam os ossos e expõem-nos objectos estranhos.

 

A razão de certas atitudes que ocorrem durante a vida de um ser humano está no isolamento permanente que lhe é imposto

 

      

Fio de electricidade e óculos de sol

 

Objectos ingeridos pela boca ou mesmo objectos inseridos pelo ânus.

 

A caracterização dos objectos que a sociedade nos propõe, pode ser descrita pelo objectivo final, para que nós os utilizamos

 

      

Boneco e frasco

 

Satisfação sexual como possível motivação e excesso de álcool como uma das justificações.

 

Um corpo humano é um boneco insuflado que vai perdendo o seu ar à medida que vai sendo utilizado no espaço; se taparmos o furo – o tempo – talvez retardemos a nossa morte e confirmemos essa abstracção, promovendo-a universalmente à quarta dimensão

 

(baseado numa notícia – Correio da Manhã)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:13

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO