Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

06
Abr 19

Com as Qualificações para o Campeonato do Mundo a iniciarem-se (em Inglaterra) já na próxima quarta-feira (10.04 a 17.04) envolvendo cerca de 130 jogadores (sujeitando-se a 3 Rondas de Qualificação) a lutarem por apenas 16 lugares (ainda vagos): e com os 16 jogadores oriundos das Qualificações a juntarem-se ao Top 16 do RM (já com acesso garantido) formando o Grupo de 32 (jogadores) podendo sagrar-se Campeão do Mundo (de Snooker de 2019) sucedendo ao atual detentor do título (de 2018) o galês Mark Williams. Aí já em Sheffield no TEATRO do CADINHO mais conhecido (por todos os praticantes de Snooker e outros) por CRUCIBLE THEATRE (tendo aí os jogadores de passar mais 3 rondas/eliminatórias, até atingirem a 6 de Maio a tão desejada Final). E em função de toda a época e das performances apresentadas (fazendo-o de cabeça e sem pensar muito) com o punhado de Favoritos a poder ser um destes (três): Ronnie O’Sullivan, Neil Robertson e talvez Judd Trump (a minha aposta).

 

2018Nov02063551_1010137864.jpg

Neil Robertson Vs. Jack Lisowski

Finalistas do Open da China

(2 excelentes jogadores/apesar da diferença de currículo, com uma diferença de 10 anos entre eles, um já tendo sido 1X Campeão do Mundo e ganho 15 provas de RM, o outro/o mais novo Lisowski ainda não se tendo estreado)

 

Open da China

06.04.2019

Meia-Final

(melhor de 19 frames)

 

Fase

J

N

F

J

N

MF1

Neil

Robertson

AUS

10-7

Luca

Brecel

BEL

MF2

Jack

Lisowski

ING

10-1

Scott

Donaldson

ESC

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frames MF: Meia-Final)

 

Nesta 24ª prova do Circuito Mundial de Snooker (individual) 19ª prova contando para o RM (sendo o próprio Mundial de 2019 a 20ª) e tomando em consideração a razia registada no Top 16 do RM logo nas rondas iniciais (com o atual detentor do troféu o inglês Mark Selby a ser logo eliminado na ronda de Qualificação), percebendo-se melhor o retiro estratégico de Ronnie O’Sullivan, não estando presente na China (apenas pelo dinheiro em jogo/pontos p/RM) para se concentrar (e descansar) para o Mundial que aí vem (depois de assumir de novo o Nº 1 do RM faltando-lhe conquistar/reconquistar o seu 6º Título Mundial): até porque “safando-se” (em função da sua qualidade e RM) só mesmo (e pondo de lado os finalistas) Stuart Bingham (atingindo os QF/27.000£) e Luca Brecel (atingindo as MF/45.000£). Para além da surpresa escocesa chamada Scott Donaldson subindo de 52ºRM para 39ºRM (certamente para o ano integrando o Top 64 e tendo entrada garantida no Circuito 2019/20).

 

Open da China

07.04.2019

Final

(melhor de 21 frames)

 

Fase

J

N

RM

J

N

RM

Final

Neil

Robertson

AUS

Jack

Lisowski

ING

11º

 

Local

Final

Sessões

Transmissão

Pequim

Domingo, 07.04

(21 Frames)

 

Vence o que ganhar 11 frames

1ªS

07:30

(1ª parte/2ªparte)

2ªS

13:30

(3ª parte/4ªparte)

Eurosport

(RM: Ranking Mundial)

 

a8KxDnI6_400x400.jpg

Scott Donaldson

ESC/39ºRM

(até às MF e caso vencesse o Open da China

substituindo David Gilbert no acesso direto − dos 16 melhores do ranking − ao Mundial)

 

Top16 do RM

(com aceso direto aos 32 jogadores presentes na fase final do Mundial)

 

RM

(RE)

J

N

£

(X1000)

RM

(RE)

J

N

£

(X1000)

(1º)

Ronnie

O’Sullivan

ING

1234

(13º)

Barry

Hawkins

ING

454

(5º)

Mark

Selby

ING

1097

10º

(30º)

Ding

Junhui

CHI

448

(7º)

Mark

Williams

GAL

1010

11º

(8º)

Jack

Lisowski

ING

406

(11º)

John

Higgins

ESC

755

12º

(6º)

Stuart

Bingham

ING

385

(3º)

Mark

Allen

IRLN

702

13º

(36º)

Shaun

Murphy

ING

370

(2º)

Neil

Robertson

AUS

682

14º

(18º)

Luca

Brecel

BEL

366

(4º)

Judd

Trump

ING

666

15º

(14º)

Stephen

Maguire

ESC

333

(9º)

Kyren

Wilson

ING

548

16º

(10º)

David

Gilbert

ING

306

Com o Vencedor do Open da China

– Neil Robertson ou Jack Lisowski –

A poder ainda acumular mais 135.000£ à tabela do RM

(RE: Ranking da Época £: Libras/Pontos para a tabela do RM)

 

Amanhã disputando-se a Final do Open da China e abrindo-se de imediato as primeiras portas de acesso à competição em que todos os profissionais de Snooker gostariam de estar presentes, atribuindo ao vencedor o tão apetecido título de Campeão do Mundo de 2019 para além de um prémio pecuniário e fabuloso (se comparado com outras provas de RM) de 500.000£ (200.000£ para o finalista vencido e Vice-Campeão do Mundo).

 

Fase Final decorrendo de 20 Abril a 7 Maio e com transmissão Eurosport.

 

(imagens: Joosep Martinson/Getty Images for Kaspersky/livesnooker.com − Scott Donaldson/@ScottD147/twitter.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:20

14
Fev 17

Com o tetracampeão do Mundo de Snooker e atual 3ºlugar do Ranking Mundial – esta época de 2016/17 tendo participado em 3 finais e ganho 2 – a ser eliminado logo à 1ªronda. Bem pior do que no ano passado onde só foi eliminado à 4ªronda.

 

skysports-john-higgins-worlds_3824615.jpg

John Higgins

(eliminado na 1ªronda)

 

Iniciada 2ªfeira a 18ªprova do Circuito Mundial de Snooker da época 2016/17 – o Open do País de Gales (contando para o RM) – já se realizaram metade das 64 partidas da 1ªronda. Com as 2 maiores surpresas a serem a eliminação do escocês John Higgins (4ºRM) frente ao inglês Sam Baird (48ºRM) ao perder por 4-2 e a do também inglês Kyren Wilson (15ºRM) frente ao seu compatriota Sean O’Sullivan ao perder pela mesma marca; e com um outro inglês – Ricky Walden (17ºRM) – a ser mais uma vez eliminado continuando esta época de 2016/17 a não ter atingido uma única meia-final.

 

RM

Nome

País

V

1

Mark Selby

ING

3

2

Stuart Bingham

ING

-

3

John Higgins

ESC

2

4

Judd Trump

ING

1

5

Ding Junhui

CHI

2

6

Shaun Murphy

ING

-

7

Neil Robertson

AUS

1

8

Barry Hawkins

ING

1

9

Marco Fu

HK

1

10

Mark Allen

IRL

-

(RM: Ranking Mundial/ tabela corrigida – V: vitórias em 2016/17)

 

Esta 3ªfeira completando-se a 1ªronda com a realização das restantes 32 partidas. Destacando-se entre elas:

 

Ronnie O´Sullivan (ING/14ºRM) – Tom Ford (ING/35ºRM)

Marco Fu (HK/9ºRM) – Martin Gould (ING/19ºRM)

Joe Perry (ING/11ºRM) – Anthony McGill (ESC/20ºRM)

 

E incluindo nesta 1ªronda a única participação nesta prova contando para o RM de Snooker de um jogador de língua portuguesa – Igor Figueiredo (BRA/118ºRM):

 

Alfie Burden (ING/67ºRM) – Igor Figueiredo (BRA/118ºRM)

 

Para já com os apurados para a 2ªronda a terem ganho quase 3000 Euros, numa caminhada até à final (a disputar domingo,19) onde se quiserem lá estar terão que ganhar mais 5 partidas: aí tendo garantido um prémio pecuniário de cerca de 35000 Euros, subindo para mais de 82000 Euros se ganharem a final. Mas com a prova a começar verdadeiramente quando se concluir a 3ªronda e os melhores 32 estiverem qualificados (3ª/4ªronda com início 5ªfeira,16).

 

(imagem: sportinglife.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:37

27
Dez 16

Para a nossa cabecinha assistir a um jogo de Snooker não só é um excelente exercício mental (de imaginação, de cálculo e de descodificação das nossas perceções) – convidando-nos à análise de situações e à sua própria antecipação (fabulosa estratégia do Homem prevendo por processamento de dados o futuro que o rodeia) – como simultaneamente um oásis de sensações televisivas transmitidas por uma caixa de imagens coloridas habitualmente destinada a transmitir banalidades por opção (moda) ou por obrigação (morte): proporcionando-nos um cenário com simples contrastes de cores (não nos distraindo), com indivíduos bem comportados (apenas se dedicando ao seu ofício), com uma assistência muito do tempo invisível (interessados e entretidos como nós), num cenário convidando-nos à sonolência consciente e reflexiva (que até nos poderá convidar a ultrapassar o estado pondo-nos mesmo que temporariamente a sonhar), sujeito a um espaço limitado mas protetor (e como no ventre da nossa mãe protegidos e apenas filtrando o que interessa) e, entre muitos outros fatores mais evidentes ou discretos (e talvez atribuindo-lhe a pontuação máxima), o sentimento geral tanto físico como mental de sossego e tranquilidade (para se recarregar e se aguentar mais um dia, neste nosso quotidiano vazio).

 

joe_and_fred_davis_fridge_magnet.jpg

História

Dois dos maiores jogadores de sempre na modalidade de Snooker

Os pioneiros JOE DAVIS e FRED DAVIS

Irmãos e entre si partilhando 23 títulos mundiais (15 e 8 respetivamente)

De um total de 70 (1/3 dos mundiais realizados)

 

1

Encerrado o ano de 2016 com a vitória do chinês (originário de Hong Kong) MARCO FU sobre o escocês JOHN HIGGINS no OPEN da ESCÓCIA a tabela atual do Ranking Mundial de Snooker é a seguinte:

 

Posição

Atual

Posição

Anterior

Jogador

País

Pontos

(milhares de libras)

1

1

MARK

SELBY

ING

995

2

2

Stuart

Bingham

ING

517

3

3

John

Higgins

ESC

485

4

4

Judd

Trump

ING

463

5

6

Shaun

Murphy

ING

447

6

5

Ding

Junhui

CHI

445

7

7

Neil

Robertson

AUS

372

8

14

Marco

Fu

CHI/HK

323

9

8

Joe

Perry

ING

307

10

9

Mark

Allen

IRL

301

RM – Dez 2016

Com as notas mais marcantes a serem

A liderança de SELBY, a subida de FU e a ausência de RONNIE

 

2

À cabeça com o atual Campeão do Mundo de SNOOKER o inglês MARK SELBY, vencedor de 3 dos últimos 11 torneios contando para o RM (noutro foi finalista vencido) e bem distanciado dos seus colegas de ranking (quase o dobro das libras ganhas pelo seu compatriota STUART BINGHAM). No caso deste último jogador e ex-Campeão do Mundo (ao qual lhe sucedeu o primeiro jogador aqui citado) andando um pouco perdido desde que se sagrou Campeão, por vezes parecendo não querer confirmar (talvez por desconcentração) o seu estatuto de vice-líder do RM.

 

3

Pondo de lado o grande líder, campeão e dominador atual a grande distância do RM, tendo forçosamente de destacar quatro grandes figuras do SNOOKER do momento: JOHN HIGGINS, JUDD TRUMP, DING JUNHUI e MARCO FU:

 

- John Higgins pelo seu longo historial de profissional de Snooker desde o ano de 1992 (tendo sido 4 vezes Campeão do Mundo em 1998, 2007, 2009 e 2011 e recentemente finalista vencido do OPEN da ESCÓCIA) sendo já uma das futuras lendas da modalidade (só ultrapassado por JOE DAVIS/15, FRED DAVIS e JOHN PULMAN/8, STEPHEN HENDRY /7, STEVE DAVIS/6 e o ainda pelo incontornável e ainda em atividade RONNIE O´SULLIVAN/5 com títulos mundiais);

 

- Judd Trump e Ding Junhui não só pela regularidade exibicional exibida ao longo do ano de 2016 – colocando-os no Top Ten do RM de Snooker (Trump em 4º e Junhui em 6º) – como pelas suas presenças em duas finais de provas contando para o ranking mundial, cada um deles vencendo uma;

 

- Marco Fu talvez o melhor profissional de Snooker da atualidade não sendo originário da Grã-Bretanha, mas que no entanto apesar da sua excelente expressão técnica, capacidade de ataque em situações mais problemáticas 8e de risco) e grande número de entradas com mais de 100 pontos, só se exprimiu este ano no pleno das suas capacidades ao vencer o Open da Escócia derrotando o seu adversário na final por uns concludentes 9-4 – tendo a maior subida no ranking entre os dez melhores classificados (6 posições).

 

p03fmc2d.jpg

História

O escocês Alex Higgins (2 X Campeão do Mundo – 72/82)

E o Inglês Steve Davis (6 X Campeão do Mundo – 81/83/84/87/88/89)

Preparando-se para os quartos-de-final do Campeonato do Mundo de 1980

(que Alex Higgins venceria por 13-9 chegando à final e perdendo-a)

 

4

Restando-nos para completar a tabela referir rapidamente SHAUN MURPHY (num percurso parcialmente idêntico ao de Stuart Bingham desde a final do mundial de 2015 disputado entre ambos), NEIL ROBERTSON e finalmente o par JOE PERRY e MARK ALLEN: o primeiro de forma negativa, por devido a evidentes e persistentes erros de concentração nas fases iniciais de muitas das provas se deixar eliminar prejudicando a sua evolução no ranking; o segundo e apesar de alguma irregularidade no decorrer das diversas competições, pelas suas boas prestações nas eliminatórias e por já ter vencido uma das provas a contar para o RM; finalmente o último par de jogadores por fazerem parte daquele lote que a qualquer momento poderá surgir e tal como outros já o fizeram antes vencer num Flash um torneio (o que aliás os dois já fizeram antes 1 e 2 vezes respetivamente).

 

Prova

Local

Data

Categoria

Participantes

Último vencedor

Masters

Dafabet

Londres

(ING)

15-22

JAN

Por convite

16

Ronnie O´Sullivan

Pré-Eliminatórias

Open da China

Preston

(ING)

24-27

JAN

Qualificações

128

-

Masters

Alemanha

Berlim

(ALE)

1-5

FEV

Ranking

32

Martin

Gould

Grande Prémio

Mundial

Preston

(ING)

6-12

FEV

Ranking

s/d

Shaun

Murphy

Open

País de Gales

Cardiff

(GAL)

15-19

FEV

Ranking

s/d

Ronnie O´Sullivan

Coral

Shoot-Out

Watford

(ING)

23-26

FEV

Ranking

s/d

Robin

Hull

Principais torneios da World Snooker

(convite/qualificação/ranking)

A decorrer em Janeiro e Fevereiro de 2017

 

5

Colocados fora da tabela dos dez melhores do ranking mundial não podendo esquecer evidentemente num 1º grupo, LIANG WENBO (11º), ALLISTER CARTER (14º), ANTHONY McGILL (18º), MARK KING (21º) e RONNIE O´SULLIVAN (13º) e num segundo grupo um pouco mais abaixo outros jogadores com grande potencial mas aparecendo menos vezes nas fases mais avançadas dos torneios como por exemplo (só outros 3 entre os 129 jogadores presentes na lista): BARRY HAWKINS (12º), MARK WILLIAMS (15º) e porque não YU DE LU (46º) – com este último a registar a maior subida no ranking (13 posições). E com o inglês CHRISTOPHER KEOGAN a manter-se no último lugar do RM (124º).

 

6

Tendo como dois desejos para 2017 o regresso efetivo de RONNIE à sua verdadeira mesa de trabalho (dado ainda não estar na reforma a mesa de snooker e não a de comentador – que só o distrai) e a chegada de novos jogadores não só originários das Ilhas Britânicas, ao Mundo Profissional de Snooker – como já o estão a fazer os chineses (e Marco Fu que o diga batendo o tetra campeão do Mundo na sua própria casa no recente Open da Escócia).

 

(imagens: johnparrottcuesports.com e bbc.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:51

06
Dez 14

A MAIOR POTÊNCIA ECONÓMICA À FACE DA TERRA É NESTE MOMENTO A CHINA!

 

Segundo os últimos dados fornecidos pelo Fundo Monetário Internacional, a CHINA é a partir de agora a Maior Potência Económica Mundial.

 

xin_190103251121249355818.jpg

 

12 Maiores Economias Mundiais
(produto superior a 2 triliões)

 

 

RANKING PAÍS PRODUTO
1 CHINA 17.6
2 EUA 17.4
3 ÍNDIA 7.3
4 JAPÃO 4.8
5 ALEMANHA 3.6
6 RÚSSIA 3.6
7 BRASIL 3.1
8 FRANÇA 2.6
9 INDONÉSIA 2.5
10 GRÂ-BRETANHA 2.4
11 MÉXICO 2.1
12 ITÁLIA 2.1

 (produto em triliões de dólares)

 

Pela primeira vez desde o século XIX (era seu presidente o republicano ULYSSES GRANT) os Estados Unidos da América são ultrapassados como a maior potência económica global do planeta. Apesar deste acontecimento extraordinário e de todos os avisos que antecederam esta data, parece que ninguém se apercebeu disso ou simplesmente não quis ouvir a confirmação – pela voz do FMI.

 

Este verdadeiro Evento ao nível da extinção económica já tinha sido anunciado meses antes (ainda corria o ano de 2013) quando a China se transformou no primeiro país do mundo ao nível de trocas comerciais, ultrapassando os mesmos EUA. E se recuarmos ao início deste século XXI então o aviso torna-se claramente em alarme: por essa altura os EUA produziam o triplo da China e agora estão praticamente iguais.

 

Para os Estados Unidos da América e para os seus subservientes aliados Europeus, a conclusão é muito simples de tirar e uma indicação do caminho que estão a seguir (positivo ou negativo) – desafiando a Rússia e provocando danos colaterais nas suas relações com a China: “This is a geopolitical earthquake with a high reading on the Richter scale. Throughout history, political and military powers have always depended on economic power”. (marketwatch.com)

 

(dos 189 países inscritos na tabela do IMF, Portugal está entre os setenta primeiros)

 

(dados: imf.org – imagem: Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:31
tags: , , ,

13
Abr 12

Imbecilidades Estrangeiradas Com Marca Expresso

 

Validadas pelas agências de acionistas

 

As dez primeiras; mais dez entre as cinquenta primeiras; e a última de duzentas.

 

(The Wall Street Journal)

 

________________________________

 

001. Engenheiro de Software

002. Atuário

003. Gestor de Recursos Humanos

004. Higienista Oral

005. Gestor Financeiro

006. Otorrinolaringologista

007. Terapeuta Ocupacional

008. Gestor de Marketing Online

009. Analista de Sistemas Informáticos

010. Matemático

________________________________

 

011. Terapeuta da Fala

013. Fisioterapeuta

014. Farmacêutica

017. Nutricionista

021. Geólogo

022. Veterinário

027. Biólogo

030. Historiador

038. Enfermeiro

048. Economista

________________________________

 

200. Lenhador

________________________________

 

 (Ranking – Jornal Expresso)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:07

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO