Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

26
Mar 18

Que nem precisa de investigar ‒ já que o investigado faz por sua própria iniciativa o serviço desta (ainda-por-cima ficando feliz desconhecendo o que o espera) ‒ condenando-se sem o saber devido a fórmulas secretas mais mágicas que matemáticas.

(e usado o algoritmo podendo desde logo ser colocado na infame Lista Negra)

 

105074018-GettyImages-669889778.530x298.jpg

 

Para quem ainda pensava que as Agências de Segurança dos Estados Unidos da América (no ativo) se limitavam apenas a umas 16 (dedicadas à Segurança Nacional e à Política Externa) sendo todas de iniciativa Governamental,

 

‒ Algumas das mais conhecidas (e por vezes colidindo na ação) sendo a CIA e NSA para além do FBI, da HS, da DEA, do Pentágono, entre muitas outras ‒

 

Teria forçosamente que esperar que para além destas (as Agências Governamentais) e estando-se perante um país dando a prioridade absoluta à Iniciativa Privada (na Economia, nas Finanças, na Saúde, na Educação, como até na Segurança e na Defesa),

 

‒ Como no sector da Segurança a DirectDefense, o Beacon Group, a KnowBe4, a Bedrock e a Cylone, entre outras ‒

 

Muitas outras organizações de âmbito Público como Privado e trabalhando nessa mesma área (direta ou indiretamente ligadas à Segurança e à Defesa), estariam particularmente interessadas na exploração desse Filão (aglutinando na concretização do seu objetivo patriótico e de Supremacia Global os dois maiores produtos de Exportação e Dominação dos EUA o DÓLAR e as ARMAS):

 

facebook_algorithm-1.jpg

 

No exterior do seu território armando os seus exércitos com dólares para comprar os traidores (aos seus países) e com armas para eliminar os opositores (às suas ideias),

 

‒ Só nos últimos anos (e falando-se apenas dos casos mais mediáticos) podendo-se referir o Iraque, a Líbia, a Síria, o Iémen (o mais recente, um dos piores e com Guterres ausente) todos territórios terraplanados (infraestruturas básicas reduzidas a escombros), originando milhões de mortos (Iraque), com genocídios em curso (Iémen) e sempre com os terroristas pró-ocidentais (de longe os piores e levando à letra a definição) presentes como a AL-QAEDA e o ESTADO ISLÂMICO (criados e financiados pelos EUA/Arábia Saudita)

 

E no interior do mesmo território (nos diferentes estados e outros territórios sob soberania dos EUA) armando as suas forças de intervenção interna (policiais e de segurança) de modo a eliminarem opositores e minorias, assim delineando (pensando/desejando) manter (pelo menos na cabeça dos seus dirigentes) tudo (mesmo que virtualmente) na mesma, ou seja superficialmente tranquilo,

 

‒ Apesar de noutras áreas (quando lhes interessa e a nós não) falarem constantemente do que poderá estar debaixo da ponta do Icebergue (mesmo que não dando importância a certos temas importantíssimos como o caso do Degelo a ocorrer nos Polos e as consequências já visíveis do Aquecimento Global) aqui com essas mesmas autoridades (ou responsáveis privados subsidiados para tal pelo estado) e simultaneamente (além de manipularem) tentando até esconder o que para todos é mais que uma Evidência (entrando pelos olhos dentro de quem apenas quer ver):

 

Delete-Facebook-Whatsapp-cofounder.jpeg

 

Olhando apenas para os títulos da Comunicação Social (ditos ocidentais mas devido a contradições inerentes ao próprio Sistema/Estrutura ‒ hierárquica ‒ impossibilitados de Controlar tudo) divulgados nos últimos dias um pouco por todo o Mundo (constatando-se mais uma vez o longo braço-da-lei norte-americano ‒ aparente e maioritariamente aceite) e no Momento (uma nova criação e estratégia de intervenção temporária, não criativa e sem consequências visíveis e como não poderia deixar de ser Made in USA) referidos a uma Instituição Privada, ligada (eventualmente) à Sociedade Civil e aos MEDIA/REDE VIRTUAL,

 

Com o FACEBOOK (a rede social virtual criada em 2004 pelo milionário norte-americano Mark Zuckerberg/com uma fortuna estimada no início deste ano de 2018 em 76 mil milhões de dólares),

 

‒ Já no ano de 2011 sendo vítima de uma falha de segurança permitindo a divulgação de dados privados (espantosamente sobre o próprio Mark Zuckerberg) deixando logo ali muitas dúvidas no ar (induzindo-nos a pensar se outras organizações governamentais/privadas pudessem estar ou não associadas e acabassem por divulgar inadvertidamente ou não esses dados)

 

A voltar a estar nas bocas do Mundo precisamente pelos mesmos motivos (“falhas” de segurança) e levando agora não só à suspeição (da sua possível ligação/colaboração retribuída a Agências Governamentais de Segurança como por exemplo a NSA) como também à indignação (por certamente sabendo-o, nada ter feito entretanto para o evitar, satisfazendo como o já deveria ter feito, os seus mais de mil milhões de usuários/clientes).

 

file-20180320-31624-13znwph.jpg

 

Como se pode ver pelos títulos seguintes (três portugueses e dois estrangeiros) e até com um outro (contando com a participação de Putin) encostando o Facebook à parede (à Rússia como se fosse um Troiano), vislumbrando-se um Cenário Negro (pelo menos no curto-prazo) para os lados de Zuckerberg (ou não tivesse este segundo os Democratas e talvez pelo seu algoritmo ‒ qual seria o de Hillary? ‒ pretensamente ajudado Trump),

 

‒ Em rumo de Colisão e/ou de Obstrução:

 

Facebook guarda registo de chamadas e SMS nos telemóveis

(observador.pt)

 

Apagar o Facebook não resolve o problema

(jn.pt)

 

Só o Facebook é que não sabia...

(publico.pt)

 

People are outraged to learn Facebook scraped text and call data from their phones

(businessinsider.com)

 

In Today’s Digital World, Is It Possible To Just #DeleteFacebook?

(thequint.com)

 

The Kremlin's divide-and-conquer strategy looks to be underway, and Facebook is its Trojan horse

(abc.net.au)

A preferida de Miguel Sousa Tavares

 

E chega de porcaria (mesmo que com zeros e uns) deixando-a ao cuidado do Algoritmo (de Mark Zuckerberg).

 

[PPP: Parceria Público-Privada]

 

(imagens: cnbc.com/Getty Images ‒ sproutsocial.com ‒ readersfusion.com ‒ theconversation.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:12

09
Nov 11

“O segredo da constituição do sumo português reside apenas, na junção de três ingredientes fundamentais, para um saudável consumo deste produto: meter água, meter religião e meter política. E para rematar, publicar tudo – em bom português – no diário da república.”

 

A Rede, Os Patrões e o Pénis

 

Bandidos da rede prontos a entrar em acção

 

A rede de peixe já estava velhinha e com buracos em todo o lado, por onde o peixe apressado fugia, como um fogo de um balde de água. Fora usada pela última vez há cerca de vinte anos, quando no meio da guerra que deflagrara nos territórios vizinhos, tivéramos de prender umas dezenas de bandidos, que saqueavam as quintas sem razão aparente, apenas para comerem as galinhas e as filhas dos patrões.

 

Filha do patrão controlando o pessoal

 

Os patrões em geral são uns bandidos inimputáveis, que têm como mães umas santas, prontas a parir mais uns tantos cabrões, em troca de carinho, dinheiro e alguma notoriedade flutuante. Mas a mulher não pode pensar que faz parte desta estrutura tentacular, monocórdica e péniana, porque quem manda ainda é o homem – aquele que tem o maior pénis – ou então uma mulher de calças, pronta para se candidatar à operação de implantação de silicone eréctil.

 

Aventuras do homem sem pénis

 

O pénis é uma parte do corpo que sofre muito, entalado entre duas pernas constantemente em movimento e fricção e asfixiado sob uma massa disforme de tecidos. As suas obrigações são pequenas, de pouca monta, sem palavras e por isso, raramente alguém o vê, a não ser o buraco por onde passam todos os seres vivos, depois de prometidos ao Bem, a Deus, à Família e ao Estado. Muitas vezes com o papel de encapuçado, lidando com o mundo envolto em PVC industrial e de protector.

 

Um pénis grande, fora de casa e para todos, já!

 

Sejamos verdadeiros – um pénis também vê o buraco da sanita, aquele artefacto formidável que liga constantemente o nosso cérebro ao mundo, com uma simples pressão do nosso dedo, sobre o botão do autoclismo (instrumento com funcionamento idêntico, a um cérebro normalizado).

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:11

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO