Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

19
Jul 19

Num início de época (Masters de Riga) ainda sem a participação do Campeão do Mundo JUDD TRUMP e do Líder do Ranking Mundial RONNIE O’SULLIVAN. E com a ESCÓCIA − com JOHN HIGGINS (Vice-Campeão do Mundo) e STEPHEN MAGUIRE − a conquistar a Taça do Mundo por equipas.

 

3393.jpg

JUDD TRUMP

Campeão do Mundo

 

A cerca de uma semana do início do Circuito Mundial de Snooker (época 2019/20) com a realização (na Letónia) do MASTERS de RIGA (26/28 julho) − a ser disputado por 64 jogadores (realizada a Ronda de Qualificação/RQ) e tendo como detentor do troféu o australiano NEIL ROBERTSON – e sendo esta a 1ª prova (individual) desta época, sendo para já natural a ausência de muitos dos jogadores integrando o (atual)  TOP 16 do Ranking Mundial: desse Top registando-se a ausência de 10 (5 por opção e 5 por eliminação na RQ) restando apenas 6, Kyren Wilson (ING/8ºRM), Jack Lisowski (ING/11ºRM) e Luca Brecel (BEL/15ºRM) e ainda Mark Williams (GAL/3ºRM), Neil Robertson (AUS/4ºRM) e Mark Selby (ING/6ºRM) − estes três últimos ainda não tendo sido sujeitos à RQ.

 

Ranking Mundial

TOP 16

 

RM

J

N

£ (X1000)

RM

J

N

£ (X1000)

Ronnie

O’Sullivan

ING

1196

Barry

Hawkins

ING

409

Judd

Trump

ING

1166

10º

Ding

Junhui

CHI

403

Mark

Williams

GAL

1028

11º

Jack

Lisowski

ING

398

Neil

Robertson

AUS

842

12º

David

Gilbert

ING

394

John

Higgins

ESC

795

13º

Stuart

Bingham

ING

390

Mark

Selby

ING

752

14º

Shaun

Murphy

ING

375

Mark

Allen

IRLN

677

15º

Luca

Brecel

BEL

350

Kyren

Wilson

ING

561

16º

Stephen

Maguire

ESC

346

(RM: Ranking Mundial J: Jogador N: Nacionalidade £: Libras)

 

Do quadro referente à 1ª ronda do Masters de Riga (a disputar-se a 26 de julho) destacando-se os seguintes encontros (no caso de Mark Selby passando a sua ronda de Qualificação, ainda por realizar):

 

RICKY WALDEN (ING/30ºRM) − YUAN SUJIN (CHI/53ºRM)

XIAO GUODONG (CHI/25ºRM) − KYREN WILSON (ING/8ºRM)

MARK SELBY (ING/6ºRM) − HOSSEIN VAFAEI (IRA/40ºRM)

JOE PERRY (ING/18ºRM) − ANTHONY HAMILTON (ING/60ºRM)

LUCA BRECEL (BEL/15ºRM) − LÜ HAOTIAN (CHI/26ºRM)

 

12551306-0-image-a-84_1555884213398.jpg

RONNIE O’SULLIVAN

Líder do RM

 

Seguindo-se já no mês de Agosto o INTERNATIONAL CHAMPIONSHIP (prova de RM) − de 4/11 Agosto − e o PAUL HUNTER CLASSIC (prova por convite não contando para o RM) – de 24/25 Agosto: ainda sem a presença da lenda viva e ainda ativa da modalidade (o “Grande Promotor” do SNOOKER), o Penta Campeão do Mundo, Vencedor de 36 provas de RM, detentor de 1009 breaks centenárias e atual Líder do RM “THE ROCKET”. Riga Masters certamente com transmissão EUROSPORT.

 

Evans7-1024x675.jpg

REANNE EVANS

Campeã do Mundo

Líder do RM

E sendo igualmente (pela sua técnica e estratégia) uma das grandes promotoras desta modalidade de bilhar − o SNOOKER – tendo-se obrigatoriamente de mencionar aquela que poderia ser considerada como o contraponto de género para Ronnie O’Sullivan: “THE ROCKET-WOMAN” – a inglesa REANNE EVANS. Sagrando-se de novo Campeã do Mundo de Snooker (época 2018/19) depois de dois anos de interrupção e tornando-se Campeã pela 12ª vez (nos últimos 15 anos). Para além de reassumir a liderança (antes da chinesa Ng On Yee) do RM.

 

(imagens: Richard Sellers/RA/theguardian.com – James Cheadle/Eurosport/mopays.com − wpbsa.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:25

31
Jul 18

1-Masters de Riga (Letónia)

 

Snooker-news-Neil-Robertson-996517.jpg

Neil Robertson (à direita)

(AUS – 10ºRM)

Vencedor da 3ª e 5ª edição do MASTERS de RIGA

 

Iniciado o Circuito Mundial de Snooker – Época 2018/19 – com a disputa na Letónia do MASTERS DE RIGA (27/29 Julho), ficou-se a conhecer no passado domingo (dia 29) o nome do vencedor desta 1ª prova do circuito (de SNOOKER) contando para o RANKING MUNDIAL (RM): nesta 5ª edição da prova com o australiano NEIL ROBERTSON a conquistar o troféu em disputa (batendo na final o inglês Jack Lisovski por 5-2) repetindo (o único jpogador a tê-lo feito até agora) o seu êxito de 2016 (aí batendo na final um outro inglês – Michael Holt – também por 5-2). Sucedendo ao galês Ryan Day (vencedor em 2017) eliminado logo na 1ª ronda. E este ano com o Vencedor da Final (NR) a arrecadar 50.000£ e o vencido (JL) 25.000£.

 

Masters de Riga – Meias-Finais e Final

 

Fase

J

N

F

J

N

 

 

 

 

 

 

Meia-Final 1

Neil

Robertson

AUS

5-0

Stuart Carrington

ING

Meia-Final 2

Jack

Lisovski

ING

5-1

Stephen Maguire

ESC

 

 

 

 

 

 

Final

Neil

Robertson

AUS

5-2

Jack

Lisovski

ING

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frame)

 

2-Open Mundial (China)

 

Sucedendo-se a esta prova o OPEN MUNDIAL (aqui com os prémios dos Finalistas a triplicarem – 150.000£ para o Vencedor e 75.000£ para o vencido) a disputar-se na China (cidade de Yushan) de 6/12 Agosto: 2ª prova da época contando igualmente para o RM, tendo como detentor do troféu o chinês DING JUNHUI (derrotando na final de 2017 o inglês Kyren Wilson por 10-3). E nos jogadores presentes nesta 2ª prova de RM ainda não se vislumbrando (entre o TOP 16) Ronnie O’Sullivan e John Higgins (continuando de “férias”), para além de outros jogadores ausentes por eliminados nas Qualificações: como Shaun Murphy (ING), Stuart Bingham (ING) e Anthony McGill (ESC).

 

[E em princípio sendo uma prova do Circuito Profissional de Snooker contando para o Ranking Mundial (RM) – o Open Mundial – tendo transmissão televisiva no canal EUROSPORT: no mínimo (acho eu) a partir dos Quartos-de-Final (se não antes, sendo conveniente confirmar).]

 

(imagem: Getty Image/express.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:28

28
Jul 18

Riga Masters

(2018)

 

screen-shot-2018-04-16-at-17-45-45.jpg

Chris Wakelin

O Jogador com o “pior” Ranking Mundial (47º)

(presente nos QF do 5º Masters de Riga de 2018)

 

Com a realização da 5ª edição do MASTERS de RIGA (na Letónia) inicia-se a época 2018/19 do Circuito Mundial de Snooker (1ª prova do circuito a contar para o RANKING MUNDIAL): nas 4 edições anteriores com 4 vencedores diferentes – Mark Selby/ING (em 2014), Barry Hawkins/ING (em 2015), Neil Robertson/AUS (em 2016) e Ryan Day/GAL (em 2017 e atual detentor do troféu). Mas notando-se a ausência de alguns jogadores do Top 10 do RM: como Mark Selby/ING (1ºRM), Ronnie O’Sullivan/ING (2ºRM), John Higgins/ESC (4ºRM), Judd Trump/ING (5ºRM) e Ding Junhui/CHI (6ºRM).

 

Challenge Tour 3

(2018)

 

Decorrendo de 27 a 29 de Julho simultaneamente com a disputa do Challenge Tour 3 (a 28 de Julho) – prova integrando o Circuito Mundial de Snooker (Secundário) tipo 2ª Divisão (da modalidade): e com os 2 melhores jogadores do Challenge Tour 2018/19 (incluindo 10 provas) a receberem um cartão de acesso ao Circuito Mundial principal (ou seja à 1ª Divisão da modalidade) época 2019/20. Contando neste CT3 com a presença dos 4 semifinalistas anteriores: David Grace, Brandon Sargeant, Mitchell Mann e Luke Simmonds (todos ingleses) – e com os 2 primeiros a serem os anteriores vencedores (CT2 e CT1).

 

1ª/2ª/3ª Ronda do Masters de Riga

(Apuramento para os Quartos-de-Final)

 

Disputadas as 3 primeiras rondas e encontrados os 8 jogadores apurados para os Quartos-de-Final da prova, destacando-se pela negativa (e falando apenas do Top 16 do RM) Barry Hawkins/ING (7ºRM), Anthony McGill/ESC (14ºRM), Luca Brecel/BEL (15ºRM) e Ryan Day/GAL (16ºRM) logo na 1ª ronda, Mark Williams/GAL (3ºRM), Shaun Murphy/ING (8ºRM) e Allister Carter/ING (11ºRM) na 2ª ronda e finalmente de Mark Allen/IRLN (10ºRM) na 3ª ronda – entretanto todos eles eliminados (no total de uns 8, numa verdadeira razia e eliminando entre outros o atual Campeão do Mundo). Talvez um indício de um início de época.

 

Fase

J

N

RM

J

N

RM

QF 1

Chris Wakelin

ING

47

Stuart Carrington

ING

48

QF 2

Neil Robertson

AUS

12

Ricky

Walden

ING

27

QF 3

Stephen Maguire

ESC

17

Kyren

Wilson

ING

9

QF 4

Graeme

Dott

ESC

22

Jack

Lisovski

ING

26

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial QF: Quartos-de-Final)

 

E assim do Top 16 (entre não inscritos, desistentes ou eliminados nesta 1ª prova) sobrando apenas 2 jogadores: o inglês Kyren Wilson e o australiano Neil Robertson – e com este último a poder repetir a vitória de 2016 (na 3ª edição da prova). Ambos podendo ser considerados os favoritos, mas nunca arriscando colocar de lado nenhum dos restantes apurados (para estes QF). Amanhã concluindo-se o Masters com os QF, as MF (QF1XQF2 e QF3XQF4) e a Final, com o vencedor a arrecadar 50.000£ e o vencido 25.000£ (transformados em pontos para o RM). Com transmissão na EUROSPORT.

 

3753814028.jpg

Barry Pinches

Vencedor do Challenge Tour 3

(3º nos resultados obtidos nas 3 provas já realizadas)

 

Quartos-de-Final e Meias-Finais do Challenge Tour 3

(E Final)

 

Relativamente ao Challenge Tour e à sua 3ª prova realizada (e referindo-nos aos 3 melhores jogadores nas 2 provas anteriores) com David Grace (antes 1º exe quo) a ficar-se pelos OF, com Brandon Sargeant (antes 1º exe quo) a ficar-se pelas MF e finalmente com Mitchell Mann (antes 3º) a ficar-se pelos QF. E com o CT 3 a revelar um novo vencedor, desta vez o inglês Barry Pinches (batendo na final o galês Jackson Page por 3-2).

 

 

E com a tabela do CT 2018 a ficar (após a CT3) assim ordenada:

                                                                                                                                    

Fase

J

N

F

J

N

QF 1

Barry Pinches

ING

3-0

Mitchell Mann

ING

QF 2

Jamie

Barrett

ING

3-2

Steven Hallworth

ING

QF 3

Jackson Page

GAL

3-2

Jamie O’Neill

ING

QF 4

Brandon Sargeant

ING

3-0

Joshua Cooper

ING

MF 1

Barry Pinches

ING

3-2

Jamie

Barrett

ING

MF 2

Jackson Page

GAL

3-2

Brandon Sargeant

ING

Final

Barry Pinches

ING

3-2

Jackson Page

GAL

(F: Frame MF: Meia-Final)

 

E com a tabela do CT 2018 a ficar (após a CT3) assim ordenada: Brandon Sargeant (BS), David Grace (DG) e Barry Pinches – todos eles com 1 vitória – tendo além disso BS presença em 2 MF e DG presença em 1 MF. Complementarmente com os 15 jogadores tendo já atingido os QF (nos 3 CT já realizados) a serem todos ingleses à exceção de 1: o galês Jackson Page presente nesta última final (e perdendo-a). Próximo Challenge Tour (CT 4) em 27/28 Agosto na Alemanha.

 

Open Mundial

(2018)

 

Regressando de novo o Mundial de Snooker já no início do mês de Agosto (passado cerca de uma semana) com a disputa na China do OPEN MUNDIAL (6/12 Agosto) – 2ª prova da época contando para o Ranking Mundial e já contando com o regresso de muitos dos jogadores (do TOP 10) anteriormente (na 1ª prova) ainda ausentes.

 

(dados: worldsnooker.com e snooker.org – imagens: clusterofreds.com – edp24.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:04

27
Jun 17

KASPERSKI RIGA MASTERS ‒ FINAL

(1º Prova contando para o RM)

RYAN DAY ‒ 5 STEPHEN MAGUIRE ‒ 2

 

Tendo estado presente em 7 finais desde que se tornou profissional de Snooker no ano de 1997 (5 contando para o RM e 2 não contando para o RM) o galês RYAN DAY acaba de ganhar no passado domingo dia 25 de Junho a sua 1ª prova contando para o Ranking Mundial ‒ e logo a prova inaugural do Circuito Mundial de Snooker da época 2017/18: o KASPERSKI RIGA MASTERS.

 

maxresdefault.jpg

 

Para tal tendo vencido 6 partidas até atingir a Final deixando pelo caminho David John/GAL/98ºRM (4-1), Barry Hawkins/ING/6ºRM (4-3), Robert Milkins/ING/35ºRM (4-1), Kyren Wilson/ING/11ºRM (4-3), Joe Perry/ING/22ºRM (4-0) e Mark Williams/GAL/16ºRM (5-4). E na final tendo como adversário Stephen Maguire/ESC/19ºRM batendo-o por 5-2. Num total de 44 Frames ganhando 30 e perdendo 14.

 

P

J

N

RM

V

F

MF

QF

OF

1

Ryan

Day

GAL

15

1

1

1

1

1

2

Stephen Maguire

ESC

19

0

1

1

1

1

3

Mark Williams

GAL

16

0

0

1

1

1

-

Ken Doherty

IRL

83

0

0

1

1

1

5

Anthony McGill

ESC

18

0

0

0

1

1

-

Joe

Perry

ING

22

0

0

0

1

1

-

Mark Joyce

ING

46

0

0

0

1

1

-

Andrew Higginson

ING

48

0

0

0

1

1

Kasperski Riga Masters 2017

 

Um começo de sonho para o galês Ryan Day até ao fim-de-semana passado tendo ganho apenas uma prova (não contando para o RM) ‒ o MASTERS QUALIFYING EVENT (época 2001/2002) ‒ e com as suas 3 últimas melhores prestações a ocorrerem em 2016/17 com a presença em 2 finais (World Grand Prix e Championship League) e noutra meia-final (Gibraltar Open).

 

20170625220929_113.jpg

 

Como curiosidade com os três maiores Break a pertencerem ao inglês Andrew Higginson com 140 pontos, logo seguido pelo escocês Stephen Maguire e pelo suíço Alexander Ursenbacher, ambos com 139 pontos. E com o vencedor da prova o galês Ryan Day a partilhar a 12ª posição com o mesmo escocês Stephen Maguire (como o 2º melhor Break deste último jogador). Numa fase final sem contar com a presença de representantes de países de língua oficial portuguesa (brasileiros).

 

Próxima Prova por Convites não contando para o RM

World Cup 3/9 Julho

Com a participação de 24 países distribuídos por 4 Grupos

Detentor do Troféu: China

(Finalista vencido: Escócia)

 

Seguindo-se agora um interregno relativamente prolongado até à realização das 2 provas seguintes a contar para o RM ‒ Evergrande China Championship (16/22 Agosto) e Paul Hunter Classic (23/27 Agosto)‒ realizando-se no entanto e nesse interregno outras 6 provas, 3 de qualificação e outras 3 por convite. Destacando-se desde logo a WORLD CUP a realizar-se entre 3/9 Julho e a traduzir-se no fundo no Campeonato do Mundo de Nações (24 inscritos).

 

(imagens: Snooker Planet e livesnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:22

Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO