Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Tendências ─ Aceleração, Achatamento, Desintegração

Sexta-feira, 09.04.21

Utilizando o conhecimento científico sobre o que acontece a objetos quando lhes imprimimos um movimento de rotação ─ lembrando-me logo do pião (e da letra de uma música infantil portuguesa)

 

PIA24376.jpg

Anã-Castanha 2MASS J0348-6022 e planetas Júpiter e Saturno

(PIA24376)

 

Eu tenho um pião, um pião que dança,

Eu tenho um pião, vem na minha mão.

Gira que gira o meu pião,

Mas não tu dou, nem por um tostão.

(mamalisa.com)

 

No seu movimento em torno do seu eixo (virtual) sendo sujeito a forças centrípetas ─ e alargando-o (o conhecimento) a outros mecanismos mais ou menos complexos e semelhantes (como carrosséis e planetas),

 

Com os especialistas da NASA utilizando como referência a velocidade de rotação (imprimida ao objeto), apresentando-nos o que aconteceria (ao objeto) à medida que se fosse aumentando esse parâmetro (a sua velocidade):

 

Colocando em cena os planetas Saturno e Júpiter e a Anã-Castanha 2MASS J0348-6022 (um corpo celeste “falhado”, estando entre uma planeta-gigante e uma estrela-pequena) e por comparação

 

(com o sucedido com outros objetos sujeitos a forças centrípetas como o pião, mas podendo ser igualmente objetos líquidos ou gasosos) observando os efeitos dessa aceleração (confirmando o esperado).

 

À medida que se ia aumentando a velocidade e em função da massa do corpo celeste, notando-se um achatamento na forma dos planetas/anã-castanha ou então um alargamento da sua faixa central (equatorial),

 

Aumentando-se a velocidade,

aumentando-se a força centrípeta.

AcelerandoAchatando/AbaulandoDesintegrando

 

Tornando-se essa velocidade de rotação cada vez maior (levando-a a um extremo) levando a um aumento das forças centrípetas, podendo conduzir o planeta à sua total desintegração. Aqui mostrando-se três exemplos dessa evolução (mas com os corpos celestes intactos).

 

(imagem: photojournal.jpl.nasa.gov)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 05:12

Atividade Solar

Quarta-feira, 09.05.12

Mancha Solar AR 1476

 

Ainda com a mancha solar AR 1471 em plena atividade – com uma erupção a 7 de Maio que deverá atingir a Terra hoje pela hora do almoço – uma nova mancha solar a AR 1476 começa a aparecer na nossa estela e dada a sua grande dimensão (um dos maiores grupos de manchas solares em anos) poderá também enviar fortes CME na nossa direção, quando com a sua rotação, estiver de frente para a Terra.

 

(informação: spaceweather.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 03:07