Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Mai 13

 

As Razões Internas

 

O novo pacote de austeridade iníqua, anunciado pelo Governo em 3-5-2013, constitui uma prova de reincidência no erro. Erro de uma política iníqua, de austeridade desigual, que poupa uns – os políticos e os abusadores do Estado social(ista) – e castiga outros (pensionistas, funcionários públicos, trabalhadores e empresas do setor privado, nomeadamente pessoal a recibos verdes). De forma sintética, castiga quem trabalha ou já trabalhou e protege quem nada faz ou fez.

 

Esta política desastrosa de austeridade iníqua, que sucedeu a política ruinosa de obras socraónicas, tem razões externas e razões internas, por muito que se queiram atirar as culpas todas para os credores (União Europeia e FMI).

 

A razão interna é a corrupção de Estado – troca de favores entre o poder político corrupto e o poder financeiro-económico e com os subsidiodependentes abusadores (os abusadores). Foi essa corrupção que atirou o País para a ruína financeira do Estado e das famílias; e é essa corrupção que o mantém na ruína.

...


(Blogue – Do Portugal Profundo – É a geopolítica, estúpidos!)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:46

Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO