Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Out 19

[Democratas, Candidatos, Sondagens]

 

Com as Eleições Presidenciais dos EUA cada vez mais próximas − 3 de Novembro de 2020 – assim como a Convenção Nacional Democrata − 13/16 de Junho de 2020 – são de momento 15 (de um total inicial de 19) os candidatos à nomeação DEM − sabendo-se antecipadamente que DONALD TRUMP será o representante Republicano (para um 2º mandato) às Presidenciais de 2020.

 

190826-joe-biden-elizabeth-warren-bernie-sanders-s

Joe Biden, Elisabeth Warren e Bernie Sanders

O Trio de onde sairá muito provavelmente o candidato Presidencial Democrata

(salvo se, entretanto, não sair “um coelho-da-cartola” − DEM)

 

E do Pentadecágono Democrata (com os seus 15 lados/vértices/candidatos, tentando dar forma e conteúdo às suas ideias) apenas com três candidatos à nomeação DEM (para as Presidenciais 2020) a terem no presente hipóteses de o conseguirem – JOE BIDEN, ELISABETH WARREN e BERNIE SANDERS (nas sondagens, que lhes proporcionam a entrada nos debates, com todos nos dois dígitos, variando entre os 15%/30%) – não se augurando grandes perspetivas para os restantes candidatos.

 

Ordem

Candidato

%

Ordem

Candidato

%

Ordem

Candidato

%

Joe

Biden

29,2

Beto

O’Rourke

2,6

11º

Tulsi

Gabbard

1,2

Elisabeth

Warren

23,4

Andrew

Yang

2,2

12º

Michael

Bennet

1,0

Bernie Sanders

15,2

Amy

Klobuchar

2,0

13º

Julian

Castro

0,8

Peter Buttigieg

5,8

Cory

Booker

1,6

14º

-

-

Kamala Harris

5,4

10º

Tom

Steyer

1,6

15º

-

-

(Real Clear Politics − RCP Average − 16.10.2019 − Lista de 13 candidatos)

 

Nos debates televisivos

− Via CNN –

Entrando os 12 primeiros candidatos expressos nas sondagens

 

Entre os restantes (todos com menos de 6%, uma 2ªDivisão) liderando os candidatos Peter Buttigieg e Kamala Harris, mas tendo-se ainda de destacar um outro candidato (mulher) tornado centro das atenções pelo seu aparente desenquadramento politico/ideológico − Democrata, mas não sendo pró-HILLARY – sabendo que quem a ataca (ou aos CLINTON), tem resposta imediata e (tal como dizia o PS) “Leva”: tratando-se de TULSI GABBARD (com pouco mais de 1%, oriunda duma 3ª Divisão) pelos vistos incomodando HILLARY.

 

primaries_DEM_JULY.14.jpg

EUA

A um ano das Eleições de 2020 e ainda com Donald Trump Presidente

(realizando-se a 03.10.2020 e talvez elegendo − 2º mandato − o mesmo inquilino)

 

No contexto atual da política interna dos EUA e com os Democratas desde o início de 2017 a “tentarem deitar fogo” ao seu atual Presidente (e até, “a tudo que mexe à sua volta”, por método de esmagamento) − o seu “TRAUMA”, sendo-o por não o ter conseguido, mesmo com toda a gasolina despejada (em tudo intencionalmente) pela esmagadora maioria dos MEDIA (sobre a fogueira) − e agora que já se vislumbra cada vez mais perto (e sendo como tal “tudo muito mais decisivo”) o tiro de partida das Presidenciais 2020, com “a atual Líder dos CLINTON e simultaneamente Líder Sombra dos Democratas” (ou “Dono”) numa de defender os “seus candidatos” à nomeação DEM (e não podendo pelo menos para já ser ela), não se coibindo (não se sabendo refrear, devido à raiva incontida, reflexo das suas derrotas sucessivas) de denegrir e tentar destruir uma colega sua de partido (Democrata), na Câmara de Representantes desde 2013 e militar condecorada das Forças Armadas dos EUA: este ano declarando-se candidata à nomeação DEM às Presidenciais 2020 (depois de há 4 anos, ter apoiado Bernie Sanders) e sendo inesperadamente (ou não) atacada (se não fosse por mais nada, definindo o atacante) por Hillary Clinton (como se vê a seguir – só com 3 preciosidades, entre outros exemplos e explicações tenebrosas − com Hillary referindo-se a Gabbard) ligando-a − e como não poderia deixar de ser (principal sintoma da sua Doença Obsessiva) − aos RUSSOS (na sua mente, com colisão=acidente=morte, do adversário):

 

44d563d1-1d44-491f-b752-09a1477cb192-Democratic_De

Tulsi Gabbard

Integrando o US Army, Representante Democrata e atacada por Hillary Clinton

(para esta, mais um instrumento ao serviço dos russos, no fundo uma “traidora”)

 

O Veneno lançado por Hillary sobre a sua colega de partido Gabbard

 

"They are also going to do third party again. I'm not making any predictions, but I think they’ve got their eye on somebody who is currently in the Democratic primary and are grooming her to be the third-party candidate.”

 

"She is a favorite of the Russians. They have a bunch of sites and bots and other ways of supporting her so far. That's assuming Jill Stein will give it up, which she might not because she is also a Russian asset.”

 

"They know they can't win without a third-party candidate, and so I do not know who it's going to be, but I can guarantee you they will have a vigorous third-party challenge in the key states that they most need it."

 

(imagens: nbcnews.com – Javier Zarracina/Getty Images/vox.com − usatoday.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:53

11
Out 19

Os Russos Já Aí Estão!

(Suspensos na Atmosfera e Prontos a Atacar)

 

corrupt-fake-news-media-chased-trump-russia-collus

Com a dupla TRUMP/FAKE NEWS tudo sendo possível (nos EUA),

desde a imposição simultânea (seja DEM, ou seja, REP) de

[“Uma Direção e Sentido” ao “seu Contrário”]

 

Agora que nos EUA (de TRUMP) se procura sem interrupção e descanso (desde Janeiro de 2017) provas claramente irrefutáveis (até agora nunca encontradas) − como por exemplo uma COLISÃO (como com a “Colisão coma Rússia” agora com a “Colisão com a Ucrânia”) − para IMPEDIR o seu PRESIDENTE (quando quem o deveria ser era HILLARY)  demitindo-o do seu cargo,

 

− Até ao momento (outubro de 2019) sem resultados práticos visíveis (com o Presidente mantendo-se na Casa Branca) e mesmo com alguns especialistas em análise política (mesmo internos e até Democratas) a apontarem fortemente o dedo (indicador) para a possibilidade de Donald Trump (o 45º Presidente dos EUA) − usufruindo da estratégia dos seus adversários − repetir o feito de 2016, transformando-o aí (nas Presidenciais de 2020) numa façanha (sendo reeleito)

 

E simultaneamente (pela esmagadora maioria dos cidadãos norte-americanos) não se tendo ainda entendido bem (“digerido”) que se a resposta por vezes não está na Terra, alguns dos Sinais (para se dar início à ação, provocando de imediato a tão desejada reação) poderão estar em alternativa e bem definidos (vincados) no Céu,

 

Dave-Weixelman-D7A64951-8550-4A5C-97A9-C6F39984D1C

Estádio Levi’s Santa Clara Califórnia

7 outubro 2019

San Francisco 49ers (31-3) Cleveland Browns

 

Eis que se apresenta um primeiro fator (comprovativo de Colisão) de base aparentemente meteorológica, no que poderá ser um raro caso de visualização conscienciosa de um Evento (extremo), mesmo perante os nossos olhos sendo ignorado – mesmo sendo bem real − pelos limites impostos aos nossos órgãos dos sentidos (perceções e sensações) pela Sociedade do Espetáculo (monótona, miserável, tóxica, doentia) que nos envolve.

 

Talvez nos confirmando (analisando bem o registo, sabendo-se o local do icvidente e a origem das suspeições) um caso de “Colisão com a Rússia”, eventualmente envolvendo Donald Trump.

 

No passado dia 7 de outubro (segunda-feira) no estádio LEVI’S de Santa Clara (estado da Califórnia) localizada na área da Baía de São Francisco – e perante 50.000 pessoas a assistirem a um jogo de “futebol norte-americano – enquanto os entusiastas observavam em Terra “como crianças inocentes” a equipa de São Francisco a esmagar a de Cleveland, no Céu contrastando bem com o ambiente do estádio notava-se já a chegada (e a presença no ar) da “Influência (podendo ser sintoma de colisão) Russa”.

 

iss059e119250.jpg

Erupção em junho/2019 do vulcão russo RAIKOTE

Lançando para a atmosfera cinzas e GASES vulcânicos

Ainda circulando na atmosfera e atingindo os EUA

 

Influência/Colisão confirmada pelos factos (não em papel e palavras), tanto pela coloração como pelo remetente (dando-lhe forma): num Evento abrindo a porta dos EUA à influência oriunda da Rússia, ainda-por-cima baseada e suportada (credibilizada) por assente em fenómenos ditos e reafirmados (com registos) como naturais − como se acreditássemos vindo da Rússia e pairando sobre os EUA.

 

Dispondo-se de factos indesmentíveis (registados e conhecendo-se a origem da tentativa de influência) de algum tipo de “Colisão Russa”: neste caso ocorrido em Santa Clara (na Califórnia) e enquanto milhares de pessoas assistiam provavelmente descansados, com a sua família (e/ou amigos) e num convívio saudável (e natural), a um jogo de futebol (americano) − aproveitando o melhor possível os seus tempos livres de lazer, como contrapartida aos períodos de trabalho cada vez mais intensos – sem os mesmos se aperceberem, cada vez mais próximos e podendo mesmo já estar a envolve-los (sem se fazerem notar, de uma forma extremamente intrusiva, com “ligações” subterrâneas e “colisões” evidentes), com os Russos a chegarem (a Agressão) diretamente do seu próprio território (da Rússia) colorindo (com a sua presença) os Céus na Califórnia: "The sunset was full of volcanic colors(Dave Weixelman/spaceweather.com). Utilizando para tal (agressão atmosférica) o vulcão RAIKOTE (uma pequena ilha com apenas 4,6Km² de área e 550m de altura), tentando fazer passar o fenómeno (e apenas) como sendo exclusivamente de origem Natural:

 

On June 22nd, the Raikoke volcano in Russia's Kuril islands erupted with such power that tons of sulfurous gas reached the stratosphere. That gas has been swirling around the northern hemisphere ever since.

(spaceweather.com)

 

1024px-Raikoke.jpg

Península de KAMCHATKA/costa russa do Pacífico/Anel de Fogo do Pacífico

C/ os seus mais de 300 VULCÕES cerca de 10% deles ativos

(caso do vulcão RAIKOTE)

 

Quando essa imensa profusão de cores (numa palete de amarelo, lilás, vermelho, etc.) construindo um cenário (como o registado nos céus de Santa Clara) por vezes grandioso e deslumbrante (igualmente “ameaçador” pelo alto contraste) avançando em nossa direção vindo de “além do horizonte”, nada mais sendo que mais um “ATAQUE da RÚSSIA a TERRITÓRIO dos EUA levado a cabo por VIA AÉREA” − confirmando mais uma vez e à evidência porque se fala constantemente em “ligações/colisões com os russos” tendo como “patrono (o que estava maia à mão na altura) Trump: por Via Aérea e refugiando-se atrás de RAIKOTE atirando uma grande e espessa camada de GÁS ATMOSFÉRICO TÓXICO (como tal, venenoso) em direção a Inocentes, como os presentes num estádio de futebol nos Estados Unidos da América. E logo tudo tendo ocorrido (curiosamente) num vulcão geralmente tranquilo (ao contrário dos seus vizinhos) − com a penúltima erupção/explosão registada há 241 anos e a última há 95 anos – subitamente (com “alguém secretamente puxando o gatilho”) entrando em grande atividade (a 22 de junho deste ano, há pouco mais de três meses) e lançando grandes camadas de cinzas e gases vulcânicos (tóxicos/venenosos) para a atmosfera (entre outras direções) em direção aos EUA.

 

(imagens: usbacklash.org − Dave Weixelman/spaceweather.com – NASA – wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:39

12
Mai 19

[Sendo óbvio que se nalguns pontos da crosta terrestre a mesma se afunda, noutras uma nova crosta terrestre emergirá: consequência dos sismos, das erupções, da deslocação das placas tectónicas, renovando a pele da Terra e mantendo-a Dinâmica e Viva. Mudando-se o cenário envolvente, mas mantendo-se a base do mesmo. Se ontem encoberto (debaixo de areia, debaixo do mar, debaixo de gelo, sob a superfície) hoje à vista de todos (como verificamos logo aqui ao lado de Albufeira, indo até Loulé não para visitar as Pedreiras, mas as suas Minas subterrâneas e extensas de Sal-Gema) − e Vice-Versa − confirmando que se antes era Algo hoje será Algo Diferente (com o local das minas antes inundada debaixo de água, depois bem seca e acima dela).]

 

i-5495e9a975bd0d46dc1857767474d400-flod60c.jpg

Aquecimento Global & Alterações Climáticas

[With 44% of the world population (3 billion people/2012) living within 150km of the ocean, by the end of the century, we may see close to 1 billion environmental refugees due to sea level rise − people whose home are underwater and have nowhere to go. The most populated area in the world that will be affected by this the most is South East Asia, specifically China and India. Just over 1/3 of the world’s population lives in these two nations with most living in cities only a few miles from the ocean. (Worn Trails/worntrails.blogspot.com/2012)]

 

Quando em vez de nos preocuparmos (o Homem) com as Alterações Climáticas que todos nós temos observado (e registado em Memória) no nosso percurso coletivo de Vida (Social e Cultural) (1º) compreendendo-nos desde logo como um dos muitos elementos (privilegiados) integrados num Ecossistema fechado (para nossa proteção e segurança) e definido como de sobrevivência e de evolução (o desejo de qualquer organismo ou espécie – organizada, inteligente dita dominante ou não − desejando persistir, adaptar-se, transformar-se, movimentar-se e livrar-se da extinção) e simultaneamente (2º) aceitando o Ecossistema Terrestre – apesar de fechado não isolado e como tal, variável no decurso da sua transformação/evolução, registada em toda a extensão da sua  Zona Habitável (Espaço) e ao longo da execução dessa aplicação (Tempo) – de uma forma um pouco estranha e muito facilmente deixamo-nos distrair e afastar do nosso objetivo original (desistindo até da Esperança), tão condicionados/manipulados estamos pelo quotidiano monótono (por repetitivo e sem saída) e de miséria (para a maioria das 7,5 biliões de almas vivendo neste “Calhau Único” nem dando para sobreviver) que nos rodeia e nos penetra (coercivamente possui e violenta). E em vez de nos alertarmos com problemas como o das Alterações Climáticas (no fundo da responsabilidade de eruditos) podendo num futuro próximo (a curto-prazo) acelerar ainda mais o Degelo (já registado) nos polos − contribuindo para a subida generalizada do nível da Água-dos-Oceanos – não ligando a mais este fenómeno potencialmente com consequências desastrosas (desresponsabilizando-nos por motivo de ausência e atirando o a resolução do problema para as novas gerações), acabando as águas daí resultantes por inundar as regiões mais baixas e mais próximas do litoral terrestre (zonas costeiras de todos os continentes/ilhas) podendo levar (segundo os cientistas) a uma Migração-Fuga-Maciça de cerca de 1/4 a 1/3 da população terrestre: um número brutal compreendido entre uns 2,0/2,5 biliões de pessoas!

 

Entretendo-nos como é hábito e costume em pretensas discussões teóricas e completamente inúteis − mas deliberadas, conscientes e com uma certa intenção, que não as pensadas por nós (levadas a cabo não por especialistas, mas por fazedores-de-opinião certificados e bem remunerados) − nem sequer tendo “conduto” (uma via mínima de comunicação não estática e unidirecional), jamais se dirigindo ao Problema (como eles dizem ao “Pecado Original”) mas como contrapartida e para nos surpreender (calar, deixando-nos atónitos, como que “drogados”) oferendo-nos do melhor: A Sociedade do Espetáculo, do Amigo Americano e (autodenominando-se Excecionais) em Contacto (direto) com Deus (trocado nesses Templos/do Império pós-romano, por Dólares e por Armas, como se fossem Anjinhos/Santinhos). Explorando indefinidamente e “enquanto o produto durar” (produzindo mais-valia) toda uma gama de Coisas que poderíamos encontrar facilmente numa grande área comercial (como um supermercado ou um shopping) – não chegando as pálas (o animal poderá sempre virar a cabeça) reforçando o apetrecho limitador acelerando a produção subliminar (de modo ao animal não se opor para sua segurança à sua condução obrigatória) − de modo a assim e “reforçando a dose” (como se faz a um “dependurado” desejando que se “enforque”) nos subjugar um-a-um, nos despojar de Identidade e nos despromover como Sujeitos (de Cultura e de Memória), tornando-nos adoradores de Objetos (como na Religião adorando Santos de madeira) e como consequência (dessa escolha) subprodutos do próprio Objeto.

 

schultz-spectacle-title.jpg

A Sociedade do Espetáculo & Guy Debord

[The first stage of the economy’s domination of social life brought about an evident degradation of being into having − human fulfillment was no longer equated with what one was, but with what one possessed. The present stage, in which social life has become completely dominated by the accumulated productions of the economy, is bringing about a general shift from having to appearing − all “having” must now derive its immediate prestige and its ultimate purpose from appearances. At the same time all individual reality has become social, in the sense that it is shaped by social forces and is directly dependent on them. Individual reality is allowed to appear only if it is not actually real. (Guy Debord/A Sociedade do Espetáculo/goodreads.com)]

 

E assim passando o tempo (dada a nossa curta-duração, não sabendo lidar com a Morte, para muitos um parâmetro abstrato) neste espaço por alguma virtude (certamente de uma Entidade) destinado à produção para lá da Excelência − ou não fosse o mesmo ÚNICO, organizado, vivo e inteligente – deixando-nos arrastar por histórias sem sumo e caraterísticas (debruçando-se sobre as máscaras e não sobre as pessoas) dos períodos de Decadência. Como será o exemplo (do mais idiota ao menos, apenas por mais perigoso e/ou mais divertido) de alguns dos seguintes episódios da atual temporada (2018/19) antecedendo TRUMP 2020 – enquanto (e sendo algo de real por percecionado/sentido) sob os nossos pés muitos dos territórios se afundam (em sentido contrário e para manter o equilíbrio geológico/topográfico com outros erguendo-se), engolidos pelo deserto (areias), submergidos pelas águas (oceanos) ou mesmo afundando-se sobre si próprio (devido ao derretimento do permafrost“O Permafrost ou Pergelissolo é o tipo de solo encontrado na região do Ártico: é constituído por terra, gelo e rochas permanentemente congelados.”/wikipedia.org). Senão vejamos estas Parangonas, sendo-as não pelo seu tamanho, ou tema, mas sim (se souberes traduzir verás) pela sua nulidade (dado o perigo de habituação só 2 doses mínimas da substância) − ou talvez pelo seu substrato (que eu não vejo, talvez por ser tão “profundo”):

 

13039482-6988149-image-a-2_1556868506938.jpg

Internacional − Política & Animais − Os Russos

De um lado com uma Baleia Beluga ao serviço da Armada Russa (sediada no porto naval de Murmansk) e “muito provavelmente” numa missão de espionagem a um Aliado Ocidental e Europeu  como a Noruega – num empreendimento agressivo dirigido e encomendado por Vladimir Putin a partir do interior do seu bunker no Kremlin – a desertar (segundo os ingleses), optando então por se transformar numa Atração Turística local e assim trocando a Vida Militar pela vida Artística (apenas o Cenário do Espetáculo, não sendo protagonista/como antes apenas Instrumento/como sempre)

 

A Nível Internacional e Irracional (mesmo não parecendo, tanto a nível do Homem como a nível do Outro Animal) com o recente (apesar de recorrente no contexto) caso da Baleia Peluga,

 

Russians Likely Used This Beluga Whale As a Spy

(Laura Gegell/livescience.com)

 

(Uma baleia detetada no passado dia 26 de Abril de 2019 nas proximidades da localidade piscatória de Inga (Atlântico, Mar da Noruega, norte da Noruega), com uns arreios colocados na cidade de Murmansk (Atlântico, Mar de Berents, noroeste da Rússia) − um porto naval utilizado pela Armada Vermelha (de Putin) − “muito provavelmente” oriunda de alguma instalação naval russa e utilizada para fins exclusivamente militares.)

 

Envolvendo animais inocentes por irracionais, obrigados a integrarem-se nos “Jogos de Guerra” dos “Humanos” − o animal dito “Inteligente/Racional” e não o sendo, sendo-o “Russo” – só possível vindo do Leste e deixando os (agora) Protetores dos Animais (desde que não Irracionais, esses que se safem) chocados, transtornados e prontos para a Guerra: tendo agora de enfrentar hordas de Animais Marinhos, telecomandados a partir do Kremlin pelo terrorista PUTIN (ou não colocassem os EUA na sua Lista de Inimigos – agora acima da Al-Qaeda e do Estado Islâmico no fundo seus produtos/aliados − a Rússia ainda Soviética além de bem armada, também produtora de petróleo).

 

nova-gente-2019-05-01-9bdb2a.jpg

lux-2019-05-02-482d96.jpgtv-guia-2019-05-03-28dae7.jpg

Nacional − TV & Sociedade − Os Portugueses

Do outro lado com Marcelo e com Cáudio (e já agora com Goucha) − fazendo parte dele/integrando-o – inseridos num cozinhado alargado (na totalidade da palavra a muitos mais “colaboradores”) dominando no presente todos os canais de TV (e Imprensa) a que a generalidade dos portugueses tem acesso, mostrando-nos um Mundo que não o nosso (nem provavelmente deles por Virtual) num cenário iluminado como uma árvore da Natal, rodeado de presentes bem embrulhados em papel bonito (para não se ver o “nada”  que vem lá dentro) e como se fossem para nós (mantendo-nos atentos e como que hipnotizados) distribuindo (como recompensa ao animal bem comportado, condicionado) e de uma forma ou de outra prometendo (nem que seja a continuação do “Programa” no dia seguinte)

 

A Nível Nacional e Racional (mas deixando-nos confusos, por supérfluo e irrelevante, próprio mais de macacos) com um caso de duplo impacto (duas é sempre bom, porque não existem 2 sem 3, aumentando-se as temporadas) – estando no presente na Moda, envolvendo dinheiro e sexo (alternando o hétero apenas para servir clientelas) e sendo difundido ininterruptamente em Médias de referência (só sendo confrontado, mas maioritariamente sendo homens, com o Mundo à parte da Bola) – um envolvendo o situacionista e acomodado (e Presidente) Marcelo (seguindo o rumo político/agora adaptado do seu Padrinho) e o outro um elemento (juntemos-lhe depois sum outro) destacado da socialite e empolgado promotor do novo lobby televisivo de nome Cláudio Ramos (mas nunca esquecendo o Guru Goucha),

 

Ana Zanatti e o namoro com Marcelo

Apaixonei-me pela sensibilidade dele

(revista Gente)

 

Quando uma pessoa se apaixona, vive a Paixão

Apresentador namora com o ator Diogo Faria há 2 anos

(revista Lux)

 

Goucha e Maria Farras e Loucuras

(revista TV Guia)

 

(Um Presidente e dois Apresentadores cada um à sua maneira e feitio pertencendo ao Novo Enquadramento Oficial, um oriundo da área do Entretenimento/Espetáculo/Política e mais tarde orientando-se por gosto e por opção para os Média − e a partir daí sendo absorvido pela Sociedade/TV/Espetáculo (transformando-se numa Estrela da Socialite) e num intervalo, sendo Presidente (a sua última ambição) − os outros dois partindo diretamente dos palcos proporcionando-lhes logo de entrada o Mundo do Espetáculo e sabendo partilhar os benefícios do mesmo, demonstrando capacidade para persistir e ocupar na Sociedade do Espetáculo o seu próprio lugar – até pela sua diferença quanto aos restantes (maioritariamente afirmando-se hétero) e capacidade profissional (vendo-se pelas audiências) para os suplantar. Com fácil e rápido acesso aos Média sendo todos poderosos.)

 

costaconsiderainjustaeinsustentvelcontagemdetodoot

António Costa − Preciosa Participação − SociedadedoEspetáculo.PT

Sendo o mais recente protagonista do último episódio da série A Sociedade do Espetáculo, nesta última temporada e depois de noutras temporadas anteriores (e com motivos muito mais prementes e dramáticos, mortais) nunca o ter feito e nem sequer o ter pensado, nos ter ameaçado (como o Bobo-da-Corte) de se demitir (ninguém o levando/a sua chantagem a sério), abandonar o país “à sua sorte” (ou azar) e deixar cair por terra a sua Engrenagem − esmagando-nos mais um pouco debaixo dela ou tendo efeito (como parece ser o caso) ganhando eleições e atirando (aproveitando a ocasião, a tal que faz o ladrão) alguns parceiros borda-fora

 

Envolvendo-os não só a eles (os três) – não se perdendo muito tempo (já que como eles dizem “tempo é dinheiro”) a indicar toda esta horda de comentadores (TV/Jornais) estrategicamente colocados (pelas Instituições de Poder público ou privadas) e para tal bem remunerados (de modo a cumprirem a função/obrigação a eles atribuída), desde (começando de um dos lados das Classes) ex-visionários e revolucionários antissistema como Sousa Tavares  (mais tarde integrando-se no dito Sistema/corruto/opressor, renegando David Crockett e metamorfoseando-se em fazedor-de-opinião ou como diríamos no passado em “fala-barato”) e chegando (no outro extremo classista) a apresentadores por nós mentalmente associados a indivíduos como nós e oriundos do seio do mesmo povo, retratado (não se querendo saber por quem) como sendo o nosso” tal como por exemplo Cristina Ferreira − mas a todos aqueles a quem os mesmos se dirigem, sem pensarem e sem darem resposta (como se tivessem alienados ou já mortos) aceitando a intrusão, o contágio, a infeção, por parte do que de pior, mais deprimente e doentio tem esta Sociedade do Mais Puro Espetáculo: fazendo-nos auto e-motivar (e tremer-arrepiar-chorar) “como antes reveláramos e viramos com a morte do ditador Salazar” revelando a nossa máscara (atual), deixando-nos enredar e sendo levados direitinhos (obedientes) e pela mão (pelo cenário pré-montado), trocando no final e de novo a vida por uma outra máscara e continuando o seu caminho como se não mais existisse futuro (Esperança). Num Cocktail mais cedo do que tarde, Explosivo/Desintegrador (que o digam os EUA e o seu Caos interior/interno) não sendo concluída a Lobotomia (geral) ou a tomada do poder Cibernética (pelos Robots).

 

E no cumprimento da sua função (entreter-nos) talvez com o mais válido (e merecedor do que quer) a ser o último dos dois (Presidente Vs. Apresentadores), ainda-por-cima dispondo e logo diariamente de uma Passadeira Vermelha (no referido programa, entre os presentes habituais e como o mesmo tantas vezes sugere, “A mais inteligente das Mulheres”).

 

(imagens: worntrails.blogspot.com – celebyouth.org – EPA/dailymail.co.uk – Gente/Lux/TV Guia/vercapas.com – ptjornal.com/yahoo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:58

08
Nov 15

E se fosse um avião norte-americano (situação imaginária) a ser derrubado nos céus do Egito por uma bomba pretensamente nele colocado por forças pró-governamentais sírias (tendo os Russos do seu lado)? Recordando o sucedido na Ucrânia e a resposta imediata de toda a imprensa ocidental, seria certamente algo muito pior que isto:

 

PUTIN’s MISSILE
PUTIN’s VICTIMS

 

anti-Russian_media.jpg

Anti-Russia western media hype-propaganda wars
(drivebyplanet.com)

 

PUTIN’s KILLED MY SON
US says if PUTIN’s involved THERE ‘LL BE HELL TO PAY

 

Utilizando a mesma estratégia de comunicação (partilhada e credibilizada por toda a imprensa ocidental) no caso do avião russo (situação real) derrubado nos céus do Egito por uma bomba pretensamente nele colocado por forças antigovernamentais sírias (tendo os norte-americanos do seu lado), os títulos a que teríamos acesso teriam de ser obrigatoriamente como estes:

 

OBAMA’s BOMB
OBAMA’s VICTIMS

 

site-3_3489334b.jpg

Debris from the wreckage in Egypt's Sinai Peninsula
(Magdy Saaman/The Telegraph)

 

OBAMA’s KILLED MY SON
RUSSIA says OBAMA’s involved THERE’LL BE HELL TO PAY

 

Enquanto isso e agora com os dois pés bem colocados para trás (o primeiro com a tragédia aérea na Ucrânia o segundo com a registada no Egito), assistimos preocupados senão mesmo alarmados à morte de centenas de pessoas e à não criminalização dos (verdadeiros) culpados. A Vida não vale nada e o único objetivo é o lucro.

 

E ainda me querem meter num avião!
(já de carro é o que se vê)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:43

29
Ago 14

No dia 29 deste mês o presidente russo Vladimir Putin foi um dos oradores principais a ser escutado pelos mais de mil participantes no Fórum Nacional da Juventude de Saliger realizado na região de Tver.

 

 

Putin foi o mais directo possível:                                                               

  • Anything US touches turns into Libya or Iraq
  • UN won’t be needed if it serves only US and its allies
  • Shelling in Ukraine reminiscent of WWII
  • If these are European values, I’m badly disappointed
  • Russia didn’t annex Crimea, but protected it
  • Russia to beef up nuclear deterrence potential
  • Russia is not going to get involved in large-scale conflicts
  • Better not to mess with Russia
  • Russia will seek acceptable compromises on Arctic
  • Crimea recognition will be long and tedious

Para aqueles que já não acreditam na política mas ainda acreditam na religião, vejam então estas afirmações de VP com os seus claros Dez Mandamentos.

Como se pode ver não são só os norte-americanos que têm fé – como o demonstram e até ultrapassam os russos, com a brilhante Tábua de VP.

 

(texto/inglês e imagem – RT)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:31

03
Abr 14

Bases

 

A Potência (dos Pontinhos Azuis)

 

Como se pode ver pelo mapa anterior é mais do que evidente para todas as pessoas percebendo minimamente de geoestratégica, a grande ameaça que a Rússia representa para a Europa e para o resto Mundo. Apesar das bases assinaladas com pontinhos azuis – e como se vê espalhadas por toda a Europa – não serem propriamente russas, é fácil de entender o perigo que representaria para a potência associada aos pontinhos azuis, se permitisse sem contrapartidas consideradas superiores que a Rússia continuasse instalada na Crimeia, por acaso – e para a sua frota naval – localizada na única saída disponível para o mar Mediterrâneo. Uma fenda na Muralha de Pontinhos Azuis podia ser a oferta ingénua e inconsciente dum corredor aberto, para a invasão russa da Europa. Irredutível na sua posição paternalista de defesa dos seus protegidos europeus, a potência dos pontinhos azuis reclama desde logo uma contrapartida devida à sua ajuda desinteressada, propondo um boicote imediato aos russos e porque não ao seu gás. Nos EUA estes azuis já se preparam para atacar o dinheiro estrangeiro colocado na Reserva Federal Norte-Americana – a maioria do dinheiro aí depositado – começando como ameaça e depois como exemplo, pelos dólares russos aí guardados (com a J.P. Morgan a tomar a iniciativa). Mas o que pensarão disso (por exemplo) os Chineses, talvez os maiores detentores de dólares a nível mundial e os maiores “accionistas” da Reserva? Quanto à Europa a sugestão do boicote ao gás russo até que poderia ir adiante, mas convém relembrar que 1/3 do gás que o continente utiliza vem desse lado; e que os EUA têm gás, mas que como sugeriu Obama ao ser questionado sobre o assunto, naturalmente é para ele (e para a manutenção das suas reservas estratégicas). Se quisessem teriam que pagar e lá estourava o preço do gás. Já agora não custa nada em dar mais uma olhadela muito pequenina no mapa esclarecedor e verificar como a Rússia e China estão limpinhas e cada vez mais cercadas pelos tais Pontinhos Azuis.

 

Boeing 777

 

O Avião Azul (Branco e Vermelho)

 

Quando vamos a caminho da quarta semana desde que o Boeing 777 das Linhas Aéreas da Malásia desapareceu misteriosamente dos radares na sua viagem entre Kuala Lumpur e Pequim, ainda ninguém conseguiu explicar aos familiares dos tripulantes e passageiros do voo MH 370 o que na realidade se passou. Apesar de algumas entidades oficiais terem desde já decretado “a queda do avião no mar e a morte de todos os seus ocupantes”. A versão oficial resume-se ao seguinte: com intervenção exterior ou não – o piloto poderá mesmo ter cometido suicídio – o avião alterou a sua rota original, dirigindo-se então para o oceano Índico e aí se despenhando. Esta versão é estranha e um pouco difícil de engolir, parecendo mesmo um caso de encobrimento duma outra realidade muito mais dura (por prepotente e criminosa) e que poderia ter consequências políticas muito graves na opinião pública mundial – que o poder ainda não se pode dar ao luxo para já de perder. No entanto se não nos deixarmos levar por esta onda generalizada de adormecimento e aceitação definitiva (por cansaço repetitivo), poderemos tentar ligar alguns pontos que por aí continuam soltos e que por acaso ninguém lhes pega e tente compreender e enquadrar. E se por acaso estivéssemos em presença dum caso típico de sequestro de um avião por parte dalgum tipo de organização terrorista – privada ou de estado – que o teria tentado desviar com um determinado objectivo, acabando no fim por ser bem ou mal sucedida nas suas reais pretensões? Poderia ter aterrado nalguma pista ou até ter sido abatido em pleno ar. O primeiro caso é pouco credível pois mesmo que afirmem o contrário muito dificilmente qualquer objecto daquele tamanho fugiria a todos os “olhos e espiões” instalados naquela sensível região do sul asiático, permanecendo até hoje e pelo menos segundo todos os canais oficiais totalmente indetectável. Por isso achar que racionalmente – e dado a luta travada pela supremacia na zona entre duas grandes potências como a China e os EUA – a última hipótese será a mais fácil e natural de aceitar: é que são muitos os interesses económicos em jogo e tudo roda à volta da subjugação do sujeito (o homem) relativamente ao objecto (a mercadoria). Só que ficaríamos apenas em mãos com duas alternativas possíveis: ou o Boeing 777 tinha sido abatido pelos chineses ou então pelos norte-americanos (ainda agora o diário online espanhol ABC se referia a uma possibilidade que começava a tomar forma e consistência nalguma comunicação social sob o desaparecimento do voo MH 370, afirmando que este poderia ter sido mesmo abatido aparentemente após ter sido sequestrado, de forma a evitar um ataque semelhante e com o mesmo impacto ao ocorrido nos EUA na tragédia do 11 de Setembro em torno das torres do WTC). Apesar do aparelho voador branco ser atravessado por linhas e outras figuras azuis e vermelhas, não podemos aqui e mais uma vez de reparar na presença do agente Azul, não como uma certeza duma ideia talvez como uma mera e oportunista coincidência – pelo menos mais uma oportunidade de confirmar que nem tudo é conspiração e que com várias cores se constroem realidades, umas diferentes das outras conforme a supremacia da cor. Se não foram os chineses então foram os Russos! Já agora onde fica Diego Garcia?

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:52

01
Mar 14

OBAMA WARNS RUSSIA: BACK OFF

(huffingtonpost.com)

 

 

ASSUSTADOS COM A AMEAÇA RUSSOS FOGEM EM DIRECÇÃO À CRIMEIA

(albufeira2011.blogs.sapo.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:33

16
Fev 13

Um asteróide com uma dimensão aproximada de metade de um campo de futebol passou no dia quinze deste mês a cerca de 27.000 km da Terra.

                                 

Em termos de comparação de distâncias mais perto do planeta Terra que os satélites geoestacionários que rodeiam o nosso planeta.

 

2012 DA 14 – 15.02.2013

 

Como se previa não houve nenhuma colisão entre estes dois corpos celestes apesar de os russos terem sido atingidos por alguns meteoritos nesse mesmo dia.

 

Os cientistas entretanto afirmaram não haver nenhuma relação entre os dois eventos registados, enquanto a oposição russa falava em teorias conspirativas com intervenção de mão norte-americana.

 

(imagem: Observatório de Gingin – Tonello)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:57

Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO