Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

11
Fev 14

“Tem que existir um elo de ligação evolucionário entre o planeta Terra e o seu vizinho o planeta Marte” – as semelhanças entre eles são demasiado evidentes para persistirmos na sua ignorância: por vezes é como se nos estivéssemos a olhar ao espelho – como negar que o que vemos é a nossa imagem”?

 

Relevo de Marte

 

Esta imagem colorida associada ao relevo de Marte – com o verde e o amarelo indicando pontos à sua superfície e o azul e o roxo depressões mais ou menos profundas – leva-nos de imediato a duas conclusões lógicas e evidentes: a superfície do planeta Marte apresenta um número bastante elevado de crateras bem visíveis e profundas, provocadas pelo impacto de meteoritos e asteróides que o tem atingido desde há milhões de anos; por outro lado também são bastante sugestivas as imagens em torno dessas mesmas crateras, levando-nos a associá-las às imagens terrestres do Grand-Canyon vistas a partir do espaço, com os seus extensos e intrincados desfiladeiros a serem percorridos por contínuos lençóis de água e desse modo sugerindo se não mesmo confirmando que Marte – tal como a Terra ainda o é – já foi um dia um planeta que esteve parcialmente coberto desse líquido poderoso e forte referência de vida, formando talvez grandes rios, lagos e oceanos. Pelo menos tudo parece confirmar a existência de água nos pólos sob a forma de gelo e mesmo “dispersa” por todo o solo marciano: já viram como ficam as rodas do rover aquando dos seus passeios científicos pela superfície poeirenta de Marte? Tal como na Terra em dias de maior humidade o solo agarra-se parcialmente às rodas e lá fica colado, fenómeno causado pelo efeito de ligação da terra com a água, acabando por formar uma espécie de temporária (pelo menos enquanto não perder a humidade).

 

(imagem – ESA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:53

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO