Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Mai 19

Na Grande Aventura Individual iniciada (no planeta Terra) pelo milionário norte-americano ELON MUSK há 37 anos (Fase Zero referida a 1982 com a criação da sua empresa ZIP2 e do seu jogo de vídeo)

 

pornhub-dangerous-video.jpg

PORNHUB

Sexo no Tesla em auto piloto

(imagem: pornhub.com/unilad.co.uk)

 

− Com a sua 1ª fase de viagem levando-o à aquisição da PAYPAL (Março/1999 a Julho/2017), abrindo-lhe de seguida as portas para uma 2ª fase (com Horizontes muito mais Extensos e Grandiosos) e estendendo-a e consolidando-a tanto no Tempo como no Espaço –

 

E prosseguindo pouco tempo depois (já com uma Visão Interplanetária) com a SPACE X (2002) e com a TESLA MOTORS (2003)

 

elon-musk-demonstrat-13_1600x0w.jpg

STARMAN

No Tesla Roadster a caminho de Marte

(imagem: spacex.com/topspeed.com)

 

 

– Contando com uma fortíssima campanha de Marketing (Publicidade), financiamento tanto Público (Governo/NASA) como Privado (Investimento/Bancos/Bolsa) e até uma possibilidade de se tornar Candidato Presidencial (Democrata em 2020)

 

Eis que no cumprimento da sua SAGA agora forçando-o a saltar de Nível (de 1 para 2) abandonando a Terra interior (Zona Estática e de Conforto) e entrando no Espaço exterior (Zona Dinâmica e de Perigo),

 

tesla-autopilot-796x419.png

PORNHUB

Atriz porno em duplo teste

(imagem: pornhub.com/news.am)

 

Depois do lançamento de STARMAN (com um boneco insuflável, fazendo de astronauta, conduzindo um Tesla Roadster e ouvindo David Bowie/SPACE ODDITY, dirigindo-se para Marte) surgindo a introdução de PORNHUB:

 

Demonstrando para os menos crentes nesta tecnologia de ponta envolvendo em conjunto (mas separadamente, apesar de terem o mesmo objetivo) Inteligência Natural (o HOMEM) e Inteligência Artificial (a MÁQUINA)

 

– E ficando-se com as mãos (e tudo o mais que se quiser) livres

 

Podendo-se simultânea, efetivamente e com sucesso fazer duas coisas, sendo uma delas (neste episódio Pornhub) SEXO.

 

5cd67d4edda4c8a65e8b461e.jpg

PORNHUB

Sexo no Tesla Sucesso no Pornhub

(imagem: AFP/Ethan Miller/Getty Images)

 

E com isso trocando-se Mensagens (Elon Musk/Rede Social), promovendo-se o Produto (Tesla Motors/Space X/Pornhub) e fazendo-se Dinheiro (muitos dólares)

 

− Para Uns (Indústria do Sexo) e para Outros (Indústria Espacial) –

 

Pelos vistos cruzando-se (penetrando-se Espaço & Sexo) e (para tal se consumir) utilizando o Instagram sob ordens do Facebook:

 

De Mark Zuckerberg outro milionário norte-americano (este judeu) na linha de Elon Musk (mas ficando-se em terra e pelas suas Redes Sociais).

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:35

31
Mar 19

“Num conjunto fechado onde qualquer ação se reflete,

em todos os pontos que fazem parte desse mesmo conjunto.”

 

5c9c1e4ddda4c849358b45c4.JPG

Síria e Carolina do Norte

Qual a ligação?

 

Enquanto as armas (objetos práticos) não têm de novo a palavra (direta e intrusiva) e aqueles que as mandam disparar (os intermediários ou políticos) se entretêm a dizer barbaridades (pedindo algo ou saindo asneira) – mandantes esses (julgando-se entidades superiores ao nível do sujeito) olhando por um lado o topo da pirâmide social, mas nunca concluindo ser-lhes inacessível e por outro lado, nem se dando ao trabalho de olhar (nem que fosse de relance) a base da mesma, sabendo ser preenchida por sujeitos descontinuados agora transformados em subobjectos (como tal inferiores aos próprios objetos) – invertida a hierarquia e sobrevalorizado o objeto/a COISA por produtor de mais-valia (sem queixas e/ou reclamações) e desvalorizando o sujeito/o HOMEM (necessário de condições e de desgaste rápido) interrompendo a sua adaptação e evolução, sendo certo senão mesmo óbvio que durante o interregno que todos os projetos e estruturas sofrem, o que eles dizem dê para rir (literalmente com eles a serem uma cruel anedota, mas destinando para todos nós um lugar no Cu do Mundo) como pensando melhor ainda dê mais para chorar (pois a consequência será a nossa Extinção, às mãos dos nossos descendentes, as máquinas e a Máquina Final os ROBOTS).

 

5c9c8741dda4c8d1758b456d.JPG

Trump e a Venezuela

Companhia ou País?

 

Tal se passando por exemplo entre nós (na Terra) no presente sem grandes tempestades (um ou outro genocídio regional e limitado), mas com nuvens bem escuras, prevendo-se agravamento, talvez a curto ou médio-prazo (aceitando-se apostas, para já entre o Irão e a Venezuela): e interrompidas as manifestações de força, com os mesmos falando, saindo ar ou asneira e enquanto rimos emendando (tal como o fez Trump por engano chamando à Venezuela uma Companhia /Empresa e só posteriormente emendando e substituindo-a por país).  Senão vejamos a Venezuela, a Síria e já agora (qual será a ligação) os (não sendo heterossexuais ou homossexuais) DIGISSEXUAIS.

 

Levando então este trilho na direção deste Grupo e seu Anedotário Político (que tão bem os caracteriza mal eles abrem a boca e decidem falar, num deslize subliminar ou então por prepotência) não sendo difícil apanhá-los (com a boca na botija) num momento de mais à vontade (frente a câmaras, não frente ao Mundo) – falando-se (1) da Síria (e da opção de territórios entre os montes Golã e a Carolina do Sul) e ainda (2) da Venezuela (com Trump a confundir o país com a sua grande empresa petrolífera, agora asfixiada pelas sanções norte-americanas) e introduzindo (como potencial explicação) de seguida (3) o Digisexualismo (com os cientistas a afirmarem face à vida atual e aos desejos por cumprir, ser inevitável o crescimento da utilização dos Robots nas experiências sexuais).

 

1.jpg

Digissexuais 1

Sexbots are Coming

 

(1) Com o embaixador da Síria na UN a propor uma alternativa à oferta recentemente feita pelo presidente dos EUA Donald Trump de oferecer os montes Golã (território sírio ocupado) a Israel (por acaso os ocupadores ilegais):

 

“You can give them North and South Carolina, for example, why not? South Carolina is a great piece of land... So, give Israel a couple of states if this administration really wants to have Israeli support.”

(Embaixador da Síria na UN)

(2) Na passada quarta-feira num encontro entre Donald Trump e a mulher do político da oposição (ao presidente da Venezuela Nicolas Maduro) Juan Guaido, com a língua do presidente Trump a “escorregar” e a trocar País (Country) por Companhia/Empresa (Company). Com algo de subliminar a passar-lhe pela cabeça associando inadvertidamente o país à grande empresa petrolífera que a Venezuela antes detinha (antes das sanções, mas agora falida/descapitalizada) − no mínimo uma gafe modelo insulto:

 

“Venezuela was one of the richest companies, certainly, and now it’s one of the poorest comp… countries or the world.”

(Donald Trump)

 

2.jpg

Digissexuais 2

Sex dolls to resist advances and allow men to “rape”

 

(3) Já com a chegada dos novos concorrentes ao grupo dos homossexuais e dos heterossexuais − os Digissexuais – e dado o cada vez mais complexo estruturar (manutenção/evolução) de relações minimamente aceitáveis e duradouras (no tempo) entre dois seres convivendo (cada vez com mais objetos impessoais intrometendo-se) entre si e compartilhando (algo) num mesmo (por replicado) espaço fechado (a Terra) − cada vez mais reduzido/como se já não chegasse o nosso tempo e monótono/por miserável (conduzindo-nos ao aprofundamento das doenças físicas agudas/crónicas e sobretudo a novas psicoses de massas, mesmo nos limites dos seus extremos do assassinato /suicídio por simples banalização, tal como se passa na Guerra ) – com o cenário global a tornar-se ainda mais confuso (imprevisível/perigoso) face à inevitabilidade do Homem ainda se isolar mais de si próprio, virando as costas ao Homem (a si próprio, nem sequer se olhando ao Espelho, com medo de aí ver a sua Alma) e virando-se de vez para o Robot (a Máquina): confraternizando com eles (os robots, pelo menos e para já fisicamente) e dispensando aos poucos a sua espécie (uuu). Tal como previsto antes (a partir de “The rise of digisexuality: therapeutic challenges and possibilities”/tandfonline.com):

 

‘Sexbots are coming’: Scientists say ‘digisexuals’ inevitable as more people bond with robots.

(rt.com/Título de artigo já de finais de 2017)

 

3.jpg

Digissexuais 3

Comprovadamente terapêuticas nas relações

 

Uma atitude compreensível entre muitas outras possíveis (mais ou menos naturais, mais ou menos artificiais), até porque ao contrário da escolha aleatória por nós adotada para escolhermos a nossa cara-metade − que poderá sempre correr mal, devido a essa Necessidade se ir confrontar com o Acaso − neste caso dos DIGISEXUAIS os robots como que serão feitos à medida (como na costura) para satisfazer plenamente os seus utilizadores (clientes): e na fila dos adolescentes firme e hirtos procurando sexo e aventura (qualquer o género, forma ou feitio, real ou imaginário), porque não antes do biológico tentar por curiosidade o mecânico?

 

Mas sempre com detratores (podendo prejudicar o negócio, pelos vistos prometedor e ainda-por-cima em crescendo):

 

“It’s very sad because it’s going to be a one-way relationship,” he continued. "If people bond with robots it’s very worrying. You are loving an artifact that can’t love you back, and the best they can do is fake it.”

(rt.com/Título de artigo já de finais de 2017)

 

Em conclusão mais uma consequência deste Mundo em que hoje infelizmente e sem contraponto (da parte de alguém ou de ninguém) já vivemos − melhor sobrevivemos (e do qual somos todos responsáveis/para o bem e para o mal por dele tiramos aquilo que nos permite viver, evoluir e sermos este ser único e extraordinário) – afastando-nos cada vez mais da Realidade (expurgada a Imaginação) e introduzindo-nos num Mundo automatizado (onde o Mundo Mineral voltará a ser o Paradigma, talvez da nossa Origem e umbilicalmente ligado ao Molde dando sequência à sequência de réplicas) onde no final serão as Máquinas a decidirem o que é Bom ou Mau para nós: de momento com o Dinheiro, a Violência e o Sexo a ditarem a temporada (e os episódios em cena), podendo a qualquer instante ser mudado o Guião ou então o Personagem.

 

(imagens: Charles Mostoller/Reuters – Jonathan Ernst/Reuters– AFP – Reuters − Synthea Amatus/YouTube)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:15

26
Jul 18

[Na política Norte-Americana]

 

“Num lado da praia (poderia ser a de Albufeira) 12 homens assediavam 1 mulher, enquanto do outro lado 12 mulheres assediavam 1 homem: em qual dos casos interviria primeiro a autoridade (a GNR) e resolvido esse problema qual seria a deliberação judicial (emitida pelo Tribunal) para cada um desses grupos de assediadores? Certamente que para a deliberação (sobre o assédio) não existindo diferença de género.”

 

5b588c8e802b9404f4fabf6e_o_U_v1.jpg

Cohen, Trump & a Cassete

(aparentemente com a prova)

 

Enquanto nos EUA os DEMOCRATAS (conotados com a esquerda política norte-americana) liderados pelo clã CLINTON (o marido e depois a mulher) continuam a dominar o partido do Jumento e a sua agenda política (apesar do fim das doações à sua extinta Fundação) – no caminho inevitável em direção ao seu fim (morte) ou transformação (sobrevivendo por replicação) e num acontecimento previsto para ser prioritariamente aplicado aos mais Conservadores (ou não fossem estes conotados com a direita política) os REPUBLICANOS – a campanha sem conteúdo (mas certamente com um objetivo) por caluniosa e desviante (recorrendo-se de um lado e do outro a FAKE NEWS para manipular, confundir e assim controlar) levada a cabo pelos derrotados não assumidos de Novembro de 2016 (na vitória de Donald Trumt e sua eleição como 45º Presidente dos Estados Unidos) – os Democratas – continua de vento-em-popa (quase a meio deste mandato e próxima de eleições intermédias) não só Inflamada pelos Democratas (e pela esmagadora maioria dos Media por si controlados) como também pelos anteriormente preteridos (nas Primárias Presidenciais) Republicanos: algo de natural num país assumido como estratégica e politicamente bipolar (de que DT é apenas o ultimo exemplo, pela primeira vez tendo como protagonista um Multimilionário, conforme o momento e a ocasião dizendo sim e/ou dizendo não e agora e infelizmente transformado pelos seus inimigos num Ícone – e com as suas sondagens e as dos Republicanos a subirem) onde para além de Republicanos e de Democratas nada mais existe no seu cenário político –

 

sg-monica-lewinsky-blue-dress-bill-clinton-harvey-

Monica, Clinton & o Vestido

(aparentemente com a prova)

 

Alternando entre si o poder (como se fossem todos família), confundindo-se um com o outro (legítimos com bastardos), não se sabendo bem qual a direita e a esquerda (prosseguindo ambos o mesmo caminho) e como conclusão deste Esquema (de manutenção de direitos adquiridos e assim de perpetuação de poder) não dando a mínima hipótese aos Outros (partidos ou independentes) que igualmente o queiram ser mas que não se identifiquem com o Jumento (os Democratas) ou então com o Paquiderme (os Republicanos). Como se no Zoológico (verifiquem no de Lisboa) não existissem outros animais. E na prossecução desta tentativa desesperada de Impedir o seu Presidente degradando ainda mais (interna e virtualmente em pré-Guerra Civil) a já tão depauperada imagem externa dos EUA, recorrendo-se a pormenores pessoais (íntimos/privados) até mesmo sexuais para justificar tal opção: numa iniciativa tendo a cobertura dos ainda líderes Democratas (onde para Bernie Sanders?) e reclamando para si a total indignação (e os créditos por tal ação) por atos do Presidente degradando a imagem da Nação. Para tal se concretizar (com todo o Mundo a assistir, alguns ainda tendo cultura, um pouco de memória e sobretudo de autorrespeito) publicando-se agora uma gravação numa dita combinação envolvendo prostitutas, dinheiro, um advogado e (claro está) Trump: certamente sendo verdade dado virem da área de especialistas no ramo (pelo menos) do sexo oral. Mas apenas com um óbice nas suas consequências: mesmo praticando no cargo o anterior Presidente safou-se (com evidências) e deste desde que chegou (o seguinte Presidente) só têm mesmo gravações (suposições).

 

(imagens: huffingtonpost.com e homecarebeauty.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:00

20
Abr 18

[Centro do Mundo = Buraco Negro] & [Excecional = Norte-Americano]

 

Como o nosso advogado ao contrário do esperado nos pode trazer mais chatices: o que aconteceu com o advogado pessoal de Donald Trump que sendo apanhado numa investigação relacionada com a pretensa RussiaGate, poderá ter revelado involuntariamente aspetos da sua vida pessoal (e sexual) – envolvendo a atriz porno Stormy Daniels, a coelhinha Playboy Karen McDougal e até prostitutas russas. Uma verdadeira paródia (neste caso sexual), num país num caos total (de exercício do poder fugindo aos civis e consagrando os militares) e podendo entrar em Guerra, bastando alguém o querer (controlando ou não o botão).

 

ipiccy-collage.jpeg

Uma nova Colisão/Obstrução

Envolvendo o 45º Presidente dos EUA Donald Trump

Agora entalado entre duas mulheres

Stormy Daniels & Karen McDougal

 

Num romance iniciado três meses depois do nascimento do seu filho BARRON (filho do seu último casamento com a sua atual mulher MELANIE e nascido em 20 de Março de 2006) – ou seja nos anos de 2006/2007, dez anos antes de alguma vez pensar em se candidatar a Presidente (em 2016) – o 45º Presidente dos EUA Donald Trump (desde 20 de Janeiro de 2017) e já depois de surgirem as primeiras notícias sobre o seu eventual envolvimento com 2 mulheres (entretanto chegando a acordo entre as partes e sendo assim silenciado) – a ex-modelo da Playboy KAREN MCDOUGAL e a atriz porno STORMY DANIELS – vê-se de novo perante um novo escândalo envolvendo a primeira: com a COELHINHA PLAYBOY chegando a um acordo incluindo o devido ao respeito de confidencialidade (num acordo financeiro certamente respeitável), ultrapassando-o pelos vistos legalmente (terminados os fundos) e desse modo deixando de estar impedida de falar e assim poder voltar ao (mesmo) mercado (político-sexual) – falando-se agora em 150.000 dólares pagos em 2016 (certamente a fatia de conforto inicial) por um exclusivo da história envolvendo Donald Trump (com a revista NATIONAL INQUIRER). Algo pelo qual também luta (fim da obrigatoriedade de confidencialidade) a atriz porno Stormy Daniels, para Donald Trump podendo ter consequências bem nefastas devido ao Duplo Impacto.

 

donaldmelaniayoungbaron.jpg

Com Donald Trump referindo-se às mulheres utilizando linguagem inapropriada

(afirmando entre amigos serem as russas as melhores prostitutas)

E nada pedagogicamente e desprezando a sua saúde (do Presidente dos EUA), a dos outros (da artista Porno e da artista Playboy) e a dos seus (da 1ª Dama Melanie)

Não utilizando Preservativo

 

Ah! E envolvido no contexto (como em todas as histórias envolvendo o Lobo e o Capuchinho Vermelho) um personagem ameaçador.

 

E assim depois de o acusarem de assédio e do movimento congregado (associando-o/acusando-o) Me Too,

 

– Provavelmente com muitas beneficiadas, antes bem pagas e caladas, agora já esgotadas e necessitando, de um novo e desejado conforto/e naturalmente colocando, as já antes atropeladas, por não aceitarem dinheiro, num processo indecoroso –

 

Acusando-o de esconder e de não querer continuar a pagar (diretamente pelo próprio ou indiretamente pelos seus inimigos).

 

Mas voltemos ao novo elemento da Intriga (não Internacional nem envolvendo PUTIN, mas Nacional e envolvendo a PLAYBOY), Intermediário e Ameaçador (a Novidade introduzida): talvez por haver alguém tornando isto ainda divertido (e menos sofrido) e pondo mais uma vez em triste destaque a reutilização da mulher (pelo homem).

 

0419-trump-putin-comey-tmz-getty-4.jpg

E finalmente tudo se ficando a saber sobre a ligação de Trump com a Rússia

Através de um advogado investigado (do Presidente) e da voz de James Comey ex-Diretor do FBI (e demitido por Trump):

“I don’t know whether the current president of the United States was with prostitutes peeing on each other in Moscow in 2013. It’s possible, but I don’t know.”

 

Desta vez vindo da artista porno STORMY DANIELS que aproveitando a deixa da artista PLAYBOY KAREN MCDOUGAL (pelos vistos pela mesma altura colegas de partilha sexual do então apenas Milionário Donald Trump e agora à custa do mesmo sendo agora Milionário & Presidente querendo voltar a ter protagonismo) – envolvendo neste esquema o atual Presidente e 2 Mulheres na sua antiga cama – acrescenta agora mais uma pitada de ação e de intriga para este guião (num contexto Nacional ao contrário do introduzindo Putin esse Internacional), introduzindo um outro Elemento (quarta-feira, 18) ameaçando-a se atrevesse a falar e representando (obviamente) Donald Trump (num incidente aparentemente ocorrido em 2011):

 

Partindo-se de 2006 (quando Trump vai com ambas para a cama), passando-se por 2011 (acabado o romance tentando como todo o homem como ele e por todas as formas manter o acordo e o segredo), emergindo em 2016 (quando Trump se lançou para a Presidência), ressurgindo em 2017 (eleito o Milionário) e talvez explodindo em 2018 à falta de melhor (afastada para já e como pretexto a Ameaça Putin, de manipulando o Boneco dominar a América dominando o Mundo).

 

E para transformar o guião do filme numa verdadeira comédia,

 

Quando se devia estar a falar de uma Tragédia Eterna e Sem Fim, dada a atual situação mundial da Mulher, ainda escravizada/secundarizada face ao poder esmagador do homem, por esquecida, sobre explorada e jamais equiparada

 

Manipulados por uma cultura de Género (masculino) em que se substitui impunemente uma campanha com o lema A Mulher-Objeto por um outro (tão ou mais degradante) tendo como tema O Objetivo-Mulher, surgindo desde logo o TWITTER os seus fieis utilizadores e algumas Verdades/Mentiras sendo ou não FAKE NEWS: sendo ou não a propósito, tenha-se ou não a certeza, pelo menos dando para rir mas para os verdadeiros atingidos chorar (com esta merda de temas quando é a Vida que está em causa).

 

tlj-luke-skywalker4.jpgpromo348419900.jpgCA3.jpg

 

  

Esboço ao centro do personagem tendo ameaçado a atriz Stormy Daniels e a sua filha

Segundo a mesma sob ordem de Donald Trump

Com um prémio de 100.000 dólares pela sua identificação

E com Luke Skywalker e o líder do Team América a poderem estar em maus lençóis

(por alguns caçadores-de-prémios com um deles identificado como “o procurado”)

 

Com STORMY DANIELS a divulgar um esboço do Elemento Ameaçador (ameaçando-a e à sua filha), segundo a mesma enviado por DONALD TRUMP com a intenção de a mandar calar (a bem ou a mal) e com o mesmo (Ameaçador) tendo cerca de 1,90 metros de altura, 30/40 anos de idade, com barba e sendo para o magro: talvez pedindo para o identificar mas faltando a indicação da respetiva recompensa (sem dar não vai receber regra do capitalismo e de Trump). Sendo para já algumas as indicações/sugestões recebidas (podendo ser Tom Brady/desportista, Smith Jerrod/ator ou Bon Jovi/músico, entre outros) mas claramente com duas delas a serem as minhas preferidas (como dizem os ingleses com uma alta probabilidade de ser a Verdadeira): claramente LUKE SKYWALKER da GUERRA das ESTRELAS ou o TEAM AMERICA da WORLD POLICE (no caso de ser Luke com Trump a ser o JEDI MASTER e no caso do Team America/com o astro Gary Johnson, com Trump a ser/já agora G. W. Bush o seu antecessor/boneco REP na altura).

 

[Tendo sempre em consideração que toda a mulher tem direito à sua Liberdade (seja ela qual for incluindo a sexual), sendo no entanto com tristeza, vê-las manter o trajeto manipuladas (como sempre) pelo homem.]

 

(imagens: commons.wikimedia.org - mercurynews.com - TMZ/GETTY - cw39.com/tor.com/Team America: World Police)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:28

27
Jun 17

Porque será que a Uma insignificante UA do Sol a Terra fervilha de Vida

E acrescentando nem metade dessa insignificância,

Marte é um verdadeiro inferno calcinado e colorido de Morte?

 

NLB_551440653EDR_F0640996NCAM00354M_B.JPG

Duas vagas em leito oceânico

 

Se há biliões de anos atrás e como já muitos cientistas afirmam Marte poderá ter estado parcialmente coberto por um grande oceano (com ondas periódicas e até se podendo praticar nele surf como na Terra), hoje se esses oceanos ainda existirem serão de Areia formando vagas e originando relevos (familiares). Fazendo-nos pensar em Marte e nas ondas que vimos na praia (da nossa terra).

 

Biliões de anos após o início da sua formação e num percurso-conjunto partilhando as forças do Tempo e do Espaço presentes em toda a extensão e compreensão do nosso Universo (provavelmente inserido num conjunto mais vasto e infinitamente replicado de Multiversos), algum tipo dos muitos Eventos Astronómicos que projetaram durante este longuíssimo período de tempo a sua influência sobre o nosso Sistema Solar fizeram com que 2 planetas vizinhos (no Espaço) podendo ser considerados como inseridos na Zona de Habitabilidade da mesma estrela o Sol, tivessem caminhos tão diferenciados: neste ano de 2017 DC da história da cronologia terrestre com o planeta Terra contando com um Ecossistema evolutivo e integrando vida organizada e inteligente (localizado a cerca de 150.000.000Km do Sol), enquanto em sentido contrário o seu vizinho ainda mais afastado (a cerca de 228.000.000Km do Sol) nos vai continuando a apresentar um cenário apocalíptico (pelo menos para a possibilidade de existência de Vida tal como a conhecemos na Terra), sem atmosfera, sem água e como que calcinado pelo bombardeamento constante de partículas energéticas, radioativas e extremamente tóxicas.

 

 

NLB_551440685EDR_F0640996NCAM00354M_.JPG

Uma vaga dirigindo-se para terra

 

O que não significa que este Sistema Planetário não partilhe um trilho comum e que apesar desta definição (limitativa) dois membros de uma mesma família não possam ter dois destinos diferentes, mesmo que partilhando o mesmo parâmetro (Espaço) diluindo-se numa aparente abstração (o Tempo). Isto porque ainda não o compreendemos, inserindo-o no nosso percurso de vida (curtíssimo e sem possibilidade de grande evolução) e perdidos entre o seu início e o seu fim ‒ sem expor finalidades (quanto mais objetivos) e sem compreender o passo seguinte (nada sabendo para além da morte e como tal simplesmente não existindo). E no entanto não deixando de o ser (a Realidade ‒ o que será?) sem a nossa confirmação (Presença - sob que forma e porquê?): sob um número infinito de eventuais cadáveres ou de outros vestígios paralelos (derivados e biológicos) com a Vida presente na Terra (pelo menos testemunhada individualmente no Espaço e consolidada coletivamente no tempo) e completamente ausente em Marte. Se obviamente esquecermos a estrutura central composta pelo Mundo Primordial: o Mineral.

 

[Escrito em Albufeira no Momento do Evento envolvendo 600 ‒ notícia desta segunda-feira: sem Sexo, sem Droga, sem Rock & Roll e sem Álcool, Pancadaria e Polícia.]

 

(imagens obtidas a partir de: Curiosity Rover/SOL 1634/nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:30

12
Ago 16

Cada vez é mais forte a possibilidade de há biliões de anos atrás antepassados nossos tenham feito SURF num grande oceano existente em Marte – e já agora como é Verão e as condições para tal são mais favoráveis, que tenham usufruído de um clima ameno, respirável e propício a muito Sexo. Como acontece esta época um pouco por todo o Algarve.

 

5709142_orig.jpg

Cocktail SEX ON THE BEACH

(na Terra como em Marte)

 

“It is important to note that we have not found signs of ancient life on Mars. What we have found is that Gale Crater was able to sustain a lake on its surface at least once in its ancient past that may have been favourable for microbial life, billions of years ago. This is a huge positive step for the exploration of Mars. It is exciting to think that billions of years ago, ancient microbial life may have existed in the lake's calm waters, converting a rich array of elements into energy.” (Sanjeev Gupta – missão MSL/dailymail.co.uk – 09.12.2013)

 

Estas duas imagens do planeta Marte bem que poderiam passar como dois registos naturais obtidos no planeta Terra: por exemplo localizados num ponto do norte de África (como o nosso vizinho reino de Marrocos) e com as suas margens a apresentarem vestígios da existência de água no passado (com as encostas erodidas a confirmarem a evidência).

 

PIA07453_modest.jpg

Ilustração de um Pôr-do-Sol em Marte

(a partir da composição de duas imagens)

Mars Pathfinder Lander – PIA 07453

 

No registo PIA 07453 com a câmara do módulo de aterragem da sonda MARS PATHFINDER a oferecer-nos uma imagem inédita (para qualquer terrestre) de um Pôr-do-Sol alienígena (no seu conjunto quase idêntico ao nosso), numa projeção visual facilmente entendível por nós: como se a mesma fosse uma réplica com origem no mesmo molde.

 

Já no caso do registo SOL 580 – numa oferta das câmaras do ROVER CURIOSITY – a imagem parece sugerir a provável existência num passado já bastante remoto de um peculiar conjunto geológico nos cumes mais elevados, certamente de origem natural (fenómenos de erosão) mas que não o sendo, só sendo mesmo de origem artificial (ex. aglomerado populacional).

 

mars-curiosity-rover-gale-crater-beauty-shot-pia19

Nas proximidades do monte Sharp

(descendo a formação rochosa Kimberley)

Curiosity Rover – SOL 580

 

Para muitos uma atitude estranha (talvez mesmo doentia) para quem tem muito mais do que isso (na Terra existe Atmosfera, Água e Vida) e no entanto mais atrativa talvez pela calma e pelo silêncio: como se afastados de ambientes poluídos (pensativamente sentados nas dunas de um oásis) tivéssemos finalmente acesso aos segredos do passado (soterrados na areia de um sábio e enigmático deserto).

 

Deixando-nos sonhar na possibilidade de outras civilizações no passado terem coexistido no Sistema Solar (porque não em Marte um dos mundos mais parecidos com o nosso a Terra), podendo ser mesmo de espécies idênticas ou então semelhantes à nossa (no fundo réplicas do mesmo molde ou de moldes replicados) – e que noutros tempos e espaços aí terão habitado e posteriormente por qualquer motivo dramático sido extintos ou postos em fuga (daí a Teoria do Salto).

 

(imagem: bevdig.com e nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:10

14
Jun 16

“Não sendo por acaso que a maior barreira de proteção colocada entre nós e o Sol (precedendo pelo menos aqui a nossa existência), seja precisamente a região do Espaço que rodeia o planeta Terra e onde se encontra o Cinturão de Van Allen.”

 

Ondas de radiações eletromagnéticas (ELVEs) oriundas da nossa estrela de referência o Sol (localizada a cerca de 150.000.000Km) e deslocando-se através do Espaço (existente entre a estrela e a Terra) a uma velocidade próxima da velocidade da luz (V≈300.000Km/s), atingiram na passada quarta-feira (dia 8 de Junho) os céus do estado norte-americano do Colorado.

 

elve_strip.jpg

ELVE registado nos céus do Colorado

(Thomas Ashcraft)

 

Como resultado do violento impacto registado entre estas partículas oriundas do Espaço (exterior) e a base da Ionosfera terrestre, foi na altura observado um fenómeno extremamente curto e luminoso (com uma duração de 0.001s e estendendo-se por uma área de cerca de 300Km) tendo como consequência visível um intenso e curtíssimo relâmpago.

 

Neste caso acidentalmente registado pela câmara de vídeo do astrónomo amador Thomas Ashcraft (já que o fenómeno dura apenas 0.001s) e com a sua objetiva dirigida para uma camada superior da atmosfera (acima de uma tempestade) localizada muito próxima da fronteira aparente Espaço/Terra: como se fosse um DONUT iluminado.

 

Um fenómeno pelos vistos já bem conhecido e compreendido pela nossa comunidade científica especialista nestes Eventos atmosféricos (para nós e talvez pela nossa situação geográfica/coordenadas nunca vistos e um pouco estranhos), explicando-se muito rapidamente pela emissão de fortes impulsos de energia eletromagnética vinda de uma fonte exterior à Terra (o Sol) e pelo seu impacto final com a camada exterior que protege o nosso planeta (e a vida nele existente).

 

Conhecidos como ELVEs (Emissions of Light and Very Low Frequency Perturbations due to Electromagnetic Pulse Sources) e impercetíveis para todos nós (devido à sua baixíssima frequência), mas indicando rigorosamente na zona de formação desse DONUT brilhante o ponto central de impacto da EMP.

 

Upperatmoslight1.jpg

Fenómenos elétricos conhecidos registados na atmosfera terrestre

(ELF, SPRITE, BLUE JET e LIGHTNING)

 

An electromagnetic pulse (EMP) is a short burst of electromagnetic energy. EMP interference is generally disruptive or damaging to electronic equipment and at higher energy levels a powerful EMP event such as a lightning strike can damage physical objects such as buildings and aircraft structures.” (Wikipedia.org)

 

Os ELVEs são assim (e basicamente) emissões de radiações eletromagnéticas provenientes (maioritariamente) do Sol, que ao chegarem aos limites da Terra e ao chocarem com a sua camada exterior (a ionosfera), provocam da parte desta uma reação curta e brilhante originando o aparecimento de um fenómeno instantâneo e luminoso mas difícil de detetar: no caso dos ELVEs durando cerca de 1/1000 de segundo (impercetível para o Homem), enquanto no caso das RED SPRITES estendendo-se a sua visibilidade por um período um pouco maior e podendo já cintilar por cerca de um segundo (por este motivo mais fáceis de observar a olho nu).

 

O que nos leva a pensar em todas as consequências (positivas, negativas ou neutras) que estes fenómenos atmosféricos (visíveis ou invisíveis) possam ter na manutenção do ecossistema vital e limitado onde todos os seres vivos vivem atualmente (no também nosso planeta Terra), se necessário estudando-os, prevendo-os, prevenindo-os e como consequência direta e lógica, tentando sempre arranjar algum tipo de solução aceitável e realista. Mas nunca ficando à espera, a aguardar os efeitos do Impacto – que até poderá ser Profundo.

 

[Tal como no sexo, com as consequências já tão bem conhecidas (até no impacto comunicacional, com o aumento de audiências)]

 

(dados e imagens: spaceweather.com e wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:50

01
Fev 16

Eu sei que sem sexo não há audiências. Mas será que já pensaram que uma formiga (certamente) ou até mesmo um calhau (em vias de resolução) têm pénis e vagina? Se têm dúvidas usem a mão (o maior instrumento do Homem a seguir ao outro membro – e ambos dando prazer) e mantenham a vossa ilusão.

 

Uma Formiga em Marte
(ou algo que se lhe pareça)

 

Imagem capturada pelo rover da sonda Curiosity na passada sexta-feira dia 29 de Janeiro: utilizando para o efeito uma das suas câmaras no caso a Navcam Right B. Nesse registo o veículo motorizado da NASA mostra-nos um cenário parcial das dunas marcianas, presentes no terreno onde o mesmo se movimenta atualmente – nas proximidades das dunas de Namib. Dunas essas distribuídas e integradas (por zonas) num território bastante mais vasto e partilhando esse mesmo espaço árido e desértico com outras estruturas geológicas bem diferenciadas das suas.

 

NRB_507313271EDR_S0521162NCAM00269M_a.jpg

 

Uma duna aparentemente de aspeto normal fotografada pela sonda Curiosity no seu 1237º dia de permanência na superfície de Marte (com o dia marciano a ser ligeiramente maior que o terrestre). E apenas nos despertando a atenção após uma simples observação (recorrendo unicamente a um dos nossos órgãos dos sentidos a visão) devido à presença inesperada do lado direito da imagem de uma pequena sombra ou imperfeição. À primeira vista (interpretação) parecendo um código de barras. Mas que ao ser ampliado e devido à nossa visão (a nossa forma de ver o mundo) já parecia outra coisa.

 

NRB_507313271EDR_S0521162NCAM00269M_b.JPG  NRB_507313271EDR_S0521162NCAM00269M_.JPG

 

Imaginando uma realidade distante (e por mais inverosímil que fosse), vendo diante dos meus olhos (de terrestre) e num mundo a mim estranho (alienígena), num ambiente infernal e sem sinal de movimento, um ser do lado de cá (meu conhecido) e irmão do dia-a-dia (quotidiano), circulando calmamente sobre uma duna do distante planeta Marte: a mais de 60 milhões de quilómetros e sendo uma formiga marciana.

 

E se por um lado o visionamento (ou projeção) de um objeto conhecido, num cenário impróprio por estranho (por não respeitar as condições que consideramos mínimas para garantir a sua existência), pode ser interpretado e justificado com a existência de uma ou mais deficiências na transmissão de informação estabelecida entre o remetente e o destinatário – com as armadilhas dos pormenores das imagens e a interpretação do seu tradutor visual a serem questionadas e postas todas em causa (seja por erros de visão ou interpretações condicionada à nossa imagem) – porque não acreditar nas exceções (como assim tudo, nada e o seu complemento fazem o nosso Universo) muitas vezes inovadoras, em muitos casos excecionais e sempre criadoras. Porque não uma formiga?

 

E se não, porque não acreditar que outra forma de vida qualquer, orgânica, mineral ou mesmo mista, racional ou irracional, inteligente ou não (só para nos reconfortarmos com a existência dessas possíveis e mais que certas exceções) possa existir algures (ter existido ou vir a sê-lo, mas em diferentes espaços) e um dia se expor?

 

Talvez um conjunto de pedrinhas dunares inteligentes e privilegiadas, caminhando em fila indiana sobre a sua geologia nativa e marciana. Demonstrando assim a todos (mesmo aos terrestres) que até os calhaus podem pensar. E inovar.

 

E se esta formiga não o for então será uma espécie (e talvez mesmo com sexo).

 

(imagens: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:36

02
Jul 15

Uma definição como outra qualquer:

 

“Exercício sexual praticado a partir de 2 seres, em busca de prazer ou reprodução. Uma vez praticado ao mesmo tempo por mais 2 seres, denomina-se suruba.”

(dicionarioinformal.com.br)

 

8b0847548cdd9645437d99dcdaa11b30.jpeg

 

Digam o que disserem, gritem o que gritarem, neguem o que negarem, se analisarmos o percurso de cem indivíduos durante a sua vida à superfície da Terra, 99.9% dos indivíduos inquiridos e obrigados a colocarem um clister para responderem imediatamente às dúvidas a eles colocados (sobre as questões e interrogações fundamentais), anunciaram ser o sexo e o dinheiro aquilo que ainda os faz sonhar, mexer e acima de tudo sentir vivos. Registem mais uma vez: SEXO e DINHEIRO. Os restantes 0.1% ainda estavam a dormir (sozinhos ou acompanhados – não sabemos).

 

A opção pelo SEXO sendo bem justificada (artificialmente) utilizando o pretexto da reprodução e da manutenção da espécie (uma verdade brutal e incontestável), mas na prática aplicada integralmente, solitariamente e obedecendo ao manual (de instruções) apenas pela classe mais baixa e pelos hipócritas praticantes da ilusão e pertencentes a franjas minoritárias da classe média (os novos intermediários entre pobres e ricos). A opção pelo DINHEIRO visando principalmente salvaguardar os direitos de posse dos privilegiados, não respeitando a pureza da raça dominante e tendo no dinheiro a sua arma e o seu poder fálico de substituição: podendo fornicar alguém e em qualquer momento (facto extraordinário) sem utilizar o instrumento habitual de penetração (e conquista) ou até mesmo de preservação (o preservativo).

 

É claro que entre SEXO e DINHEIRO o primeiro ganha sempre por goleada: e quem o diz é alguém experimentado nestas questões da WEB, que conhece o valor avassalador desta palavra composta por quatro letras e de como a empregando num texto idiota e com conteúdo nulo, se podem bater recordes de visitas e de visualizações. E então quando chega o Verão o impacto é brutal.

 

[um homem]

 

(imagem – hotshoeinternational.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:22
tags:

05
Jun 15

E o Diabo era apenas mais outro ser alienígena. Abandonara o seu chefe ideológico e colocara-se à margem dos seus companheiros. Com o início da campanha de anti-propaganda e contra-ataque persistente e sistemático revoltara-se, iniciando aí a sua adesão ao poderoso Eixo do Mal. Agora era Vermelho (uma cor quente associada à cor típica do Inferno), de preferência peludo e de aspecto medonho (macho dominante e de perfil impiedoso, emanando luxúria e pecado) e acima de tudo cornudo (um claro aviso para as fêmeas).

 

daniellachavez5B.jpg

 

Uma das coisas de que gostava de fazer nas suas longas horas de espera (e de decisão) era a pratica de sexo, consensualmente pecaminoso e sem intenções reprodutivas. O que até não era difícil dada a predisposição clara das fêmeas: enquanto eles iam comprar tabaco elas passeavam o cão. E então proporcionou-se a ocasião e o Diabo apenas cumpriu (o ditado) e fez-se aí de ladrão. Passeava-se sorrateiramente pelo Paraíso (interdito mas não fechado) e sem que nada o fizesse prever visualizou uma bela mulher: estava ajoelhada de frente e com os cotovelos no chão.

 

(imagem – Daniella Chavez/Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:05

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO