Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

23
Mar 20

Com a última prova antes da realização do Campeonato do Mundo de Snooker (Sheffield/Inglaterra, de 18 de abril a 4 de maio) a já ter sido adiada,

 

0_Betfredcom-World-Snooker-Championship.jpg

Snooker

Com as salas vazias e com os jogadores em casa

 

− o Coral Tour Championship (prova de Ranking Mundial, fechada à participação do Top 8 do RM da época 2019/20) − e com as Qualificações para o Mundial a estarem ainda marcadas para 8/15 de abril, em função da evolução do surto epidémico do novo coronavírus Covid-19 agora passado a Pandemia, continuando ainda por decidir aquilo que parece inevitável: a pouco mais de 15 dias das Qualificações para o Mundial (podendo envolver cerca de 128 jogadores, organizadores e público) e com o Reino Unido a cumprir já a sua curva ascendente em direção ao Pico Máximo de Atividade do vírus Covid-19, não se sabendo na realidade o que se irá passar a seguir nem se podendo como tal garantir a realização do Mundial (na data marcada): pelo que e sabendo-se que tal situação ainda se poderá arrastar por várias semanas/meses, certamente com o Mundial a ser suspenso e adiado. E se a Coral Tour Championship foi adiada para 21/26 de julho, pela lógica e realizando-se o Mundial com o mesmo a desenrolar-se  muito provavelmente (Qualificações e Fase Final) a partir do mês de julho. Com o inglês Judd Trump atual Campeão do Mundo a liderar o Ranking Mundial e o Ranking Mundial da Época e a tornar-se no primeiro jogador na História (do Snooker) a ganhar numa só época (2019/2020) seis (6) provas de RM (em 15 disputadas, 40%). Ficando-se à espera da decisão da World Snooker e sem transmissões pela Eurosport (no mínimo durante uns três meses).

 

Nota (sobre o Mundial):

 

Coronavirus:

World Snooker Championship at Crucible postponed

(20.03.2020/bbc.com)

 

De facto e em notícia, publicado na passada sexta-feira (20 de março), com a World Snooker (worldnooker.com) − devido à Pandemia de Covid-19 a adiar o Mundial 2020: possivelmente (segundo os mesmos) para o mês de julho ou de agosto.

 

(imagem: Getty Images/mirror.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:23

16
Mar 20

Atual Campeão do Mundo (de 2019), Líder do Ranking Mundial, Líder do Ranking Mundial da Época, Vencedor da 2020 BetVictor European Series (+100.000£ de prémio extra, ao vencer o Open de Gibraltar), Líder da 2020 Coral Cup Series ((vencendo, +100.000£ de prémio extra, faltando disputar a Coral Tour Championship) e o primeiro jogador na história a vencer seis provas de RM numa só época, o favorito para a conquista (reconquista) do Mundial de 2020 o inglês JUDD TRUMP.

Screenshot_2020-03-15 Home - World Snooker.jpg

Judd Trump became the first player

to win six ranking titles in the same season

(by beating Kyren Wilson 4-3 in the final of the BetVictor Gibraltar Open)

 

Num período em que o surto epidémico do novo coronavírus Covid-19 já infetava e atingia intensamente a Europa, desenrolou-se de 11 a 15 de março (quarta-feira a domingo) a 5ª edição do Open de Gibraltar: com 251 jogadores inscritos lutando durante cinco dias consecutivos no interior do complexo desportivo de Europa Point localizado no Rochedo − um ambiente nada aconselhável para quem tenta não ser contaminado por este novo vírus (podendo ser letal) – felizmente desenrolando-se num intervalo de tempo onde nesse território (integrando o Reino Unido) se registou apenas 1 caso (confirmado) entretanto recuperado.

 

Open de Gibraltar

Fase

J

N/RM

F

J

N/RM

MF1

Judd

Trump

ING/1º

4-3

Xiao

Guodong

CHI/28º

MF2

Kyren

Wilson

ING/8º

4-0

Mark

Williams

GAL/3º

Final

Judd

Trump

ING/1º

4-3

Kyren

Wilson

ING/8º

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frames MF: Meia-Final)

 

Open de Gibraltar (detentor do troféu, Stuart Bingham) a penúltima prova do circuito mundial (época 2019/20) antes da realização do Campeonato do Mundo (fase final com início marcado para 18 de abril), concluído após 4 rondas de qualificação e outras 6 rondas antes da final e com a disputa da partida decisiva a ser entre os ingleses JUDD TRUMP e KYREN WILSON: e batendo o record histórico (já seu) triunfando numa só época (esta) em 6 provas de Ranking Mundial (RM), com o inglês JUUD TRUMP vencendo (ganhando 50.000£) o seu compatriota  Kyren Wilson (ficando com 20.000£) na negra por 4-3 – em 15 provas de RM vencendo 6 ou seja 40%.

 

Top 16 do RM

RM

J

RM

J

RM

J

RM

J

Judd

Trump

Mark

Allen

Shaun

Murphy

13º

Stuart

Bingham

Neil

Robertson

Ronnie

O’Sullivan

10º

Ding

Junhui

14º

Stephen

Maguire

Mark

Williams

Mark

Selby

11º

David

Gilbert

15º

Barry

Hawkins

John

Higgins

Kyren

Wilson

12º

Jack

Lisowski

16º

Yan

Bingtao

(a itálico os 8 participantes do Coral Tour Championship)

 

De 17 a 22 de março disputando-se o Coral Tour Championship última prova de RM antes da realização do Mundial, de acesso restrito e permitindo apenas a entrada no seu quadro dos 8 melhores classificados no Ranking Mundial da Época (2019/20) – Judd Trump, Shaun Murphy, Mark Selby, Neil Robertson, Ding Junhui, Yan Bingtao, Mark Allen e John Higgins: e seja qual for o resultado final desta prova com o TOP 16 do RM já estando definido − aqueles que terão acesso direto à Fase Final do Mundial – ficando todos os restantes jogadores a saber terem que se sujeitar a rondas de Qualificação para integrarem o grupo de outros 16 que integrarão o quadro definitivo, de 32.

 

E com as transmissões de TV (no canal EUROSPORT) a regressarem a 18 de abril, com a disputa da fase final do Betfred World Championship no Crucible Theatre em Sheffield Inglaterra – isto se o Covid-19 o permitir.

 

(legenda/imagem: worldsnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 03:07

08
Mar 20

A caminho do início do MUNDIAL (abril, 18) e com duas provas de Ranking Mundial (RM) por disputar – OPEN de GIBRALTAR (11/15 março) e CORAL TOUR CHAMPIONSHIP (17/22 março) – conclui-se na passada quinta-feira (março, 5) a CHAMPIONSHIP LEAGUE: prova por convite não contando para o RM, na sua fase final integrando os 7 vencedores dos 7 grupos eliminatórios iniciais – respetivamente Neil Robertson (AUS), Stuart Bingham (ING), Gary Wilson (ING), Scott Donaldson (ESC), Anthony McGill (ESC), Judd Trump (ING) e Graeme Dott (ESC).

 

Judd-Trump-786078.jpg

Judd Trump

Campeão do Mundo de 2019

Líder do RM

E o único jogador a ganhar numa só época

5 provas de RM

 

E concluída a 21ª prova da época (2019/20) integrando o Circuito Mundial de Snooker (16 provas contando p/RM e 5 provas por convite n/ contando p/ RM) com o escocês GRAEME DOTT a vencer a sua 1ª prova desta época, depois de já ter estado na final de uma outra prova (esta de RM) a Coral World Grand Prix (perdendo na final com o australiano Neil Robertson por 10-8). Na final da Championship League e depois de Judd Trump ter ganho a fase de grupo (com 6 vitórias consecutivas), com o Campeão do Mundo e atual Líder do RM a ser eliminado nas meias-finais pelo escocês Scott Donaldson (1ª final esta época): encontrando na final o seu compatriota Graeme Dott e aí sendo derrotado.

 

RM

J/N

£ (x1.000)

RM

J/N

£ (x1.000)

Judd

Trump/ING

1.551

Shaun

Murphy/ING

486

Neil Robertson/AUS

960

10º

Ding

Junhui/CHI

430

Mark

Williams/GAL

843

11º

David

Gilbert/ING

421

Mark

Selby/ING

804

12º

Barry

Hawkins/ING

401

John

Higgins/ESC

695

13º

Jack

Lisowski/ING

384

Mark

Allen/IRLN

660

14º

Stuart

Bingham/ING

379

Ronnie O’Sullivan/ING

633

15º

Stephen

Maguire/ESC

351

Kyren

Wilson/ING

531

16º

Yan

Bingato/CHI

318

Ranking Mundial antes da realização do Open de Gibraltar

Top 16

(RM: ranking Mundial J/N: Jogador/Nacionalidade £: Libras)

 

Graeme Dott com esta vitória (V) a tornar-se o 13º jogador a ter ganho uma prova do circuito esta época, num total de 14 provas de RM cumpridas e outras 7 por convite e não de RM − dando ao todo 21 PROVAS (Provas de RM/Provas por Convite): Judd Trump com 5V (5/0), Neil Robertson com 3V (2/1), Shaun Murphy e Mark Selby com 2V (2/0), Yan Bingtao, Ding Junhui e Michael Holt 1V (1/0) e ainda Ronnie O’Sullivan, Graeme Dott, Stephen Maguire, Thepchaiya Un-Nooh, Barry Hawkins e Stuart Bingham.

 

Graeme+Dott+Masters+Day+Six+nbG-eagnoFcl.jpg

Graeme Dott

Campeão do Mundo em 2016

21º RM

Vencedor da BetVictor Championship League

 

Esta quarta-feira (março, 11) arrancando a antepenúltima prova desta época (final marcada para março, 15) com a presença do atual detentor do troféu − o inglês Stuart Bingham – a última prova da época antes da realização do Mundial a ter transmissão via EUROSPORT (depois só de 18 de abril a 4 de maio com o Betfred World Championship).

 

RME

J/N

£ (x1.000)

Juud Trump/ING

656

Shaun Murphy/ING

383

Mark Selby/ING

282

Neil Robertson/AUS

274

Ding Junhui/CHI

261

Yan Bingtao/CHI

206

Mark Allen/IRLN

165

John Higgins/ESC

158

Ranking Mundial da Época antes da realização do Open de Gibraltar

Top 8

(RME: Ranking Mundial da Época)

 

[Para a elaboração da lista final que indicará quais os 16 jogadores tendo acesso direto a integrar a fase final do MUNDIAL libertando-se das Rondas de Qualificação (prévias) − 16 por acesso direto mais 16 por qualificação num total de 32 – estando ainda em disputa prémios de 2.000£/3.000£/4.000£/5.000£/6.000£/20.000£ e 50.000£ p/ o Vencedor no Open de Gibraltar (uma prova aberta, a 128 jogadores ou mais) e prémios de 20.000£/40.000£/60.000£ e 150.000£ p/ o vencedor do Coral Tour Championship (uma prova fechada aos 8 melhores jogadores da época).]

 

(imagens: GETTY/express.co.uk − Charlie Crowhurst/Getty Images Europe/zimbio.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:09

01
Mar 20

A duas provas de Ranking da realização da fase final do Campeonato do Mundo de Snooker (18 abril/4 maio)

 

Trump-pic-1325x883.jpg

Judd Trump

Campeão do Mundo de 2019

(Crucible Theatre)

 

No Crucible Theatre, localizado na cidade inglesa de Sheffield

 

Tendo-se concluído hoje a 10ª edição da prova “Players Championship” com a vitória na final (em duas sessões e à melhor de 19 frames) do inglês JUDD TRUMP (The Ace In The Pack): atual Campeão do Mundo, Líder do Ranking Mundial, líder do Ranking da Época e agora, tornando-se (um record) no primeiro jogados a vencer 5 provas de Ranking Mundial (RM) numa só época – e um sucessor com  potencial eventualmente podendo suceder (faltando a confirmação com a conquista de outras provas de RM e Campeonatos do Mundo) a Ronnie O’Sullivan (The Rocket).

 

Coral Players Championship

Final

J/N/RM

F

J/N/RM

JUDD TRUMP

cf5ce6e8-2c66-4a6c-a37c-f53bf5afa53c.jpg

 

ING

 

1ºRM

 

1ª Sessão:

 

1-0; 1-1; 2-1; 3-1;

4-1; 5-1; 6-1; 6-2

 

2ª Sessão

 

6-3; 6-4; 7-4; 8-4;

9-4; 10-4

 

YAN BINGTAO

0013c153-800.jpg

 

CHI

 

16ºRM

 

Reultado Final

10-4

Resultado Final

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial F: Frames)

 

Judd Trump (já depois da gloriosa vitória nas MF e na negra por 6-5, depois de estar a perder por 3-5 c/ Maguire) vencendo na final o seu adversário Yan Bingtao por 10-4 (aguentando até aos 6-4 para de seguida, perder os quatro frame finais) e acrescentando à sua liderança (agora ainda mais reforçada) um prémio de 125.000£ (pontos para o RM); e por seu lado com o finalista vencido  (Bingtao) a ganhar 50.000£, entrando no Top 16 do RM (16º).

 

Ficando a restar antes do Mundial o Open de Gibraltar (aberto, c/ prémio p/ o vencedor 50.000£) e a Coral Tour Championship (fechado aos Top 8 do Ranking da Época, c/ prémio p/ o vencedor 150.000£), com alguns jogadores – como por exemplo Joe Perry (17ºRM) e Allister Carter (18ºRM) − lutando ainda por integrar o TOP 16 do RM de modo a terem acesso direto e a evitarem as Qualificações (para a fase final) do Mundial 2020.

 

E com as transmissões televisivas a regressarem (via EUROSPORT) com o OPEN de GIBRALTAR (de 11/15 março), seguindo-se depois o Mundial (com final marcada para 8 de maio) e sem transmissão do Coral Tour Championship (17/22 março).

 

(imagens: wst.tv − sportinglife.com – rte.ie)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:10

28
Fev 20

A 2 provas de Ranking Mundial (e 1 por convite) de distância da realização do Mundial 2020 no Teatro do Cadinho (Crucible Theatre) em Sheffield (Inglaterra) – o Gibraltar Open  c/ prémio p/ vencedor de 50.000£ e a Coral Tour Championship c/ prémio p/ o vencedor de 150.000£ (a prova p/ convite sendo a Championship Legue) – começam-se a fazer as contas sobretudo entre certos jogadores situados nas proximidades da “fronteira (o 16º lugar), de modo a garantirem antes do início do Mundial 2020 um lugar no TOP 16 do RM: desse modo apurando-se diretamente para o quadro final do Mundial (constituído por 32 jogadores) não tendo que se sujeitar previamente às Rondas de Qualificação. E com essas duas provas a poderem proporcionar ainda um máximo de 150.000£ (convertidas em pontos para o RM), deixando ainda alguns jogadores a sonharem com o acesso direto à fase final.

 

Coral Players Championship

Meias-Finais

(à melhor de 11 frames)

D/H

MF1

N

RM

Vs.

MF1

N

RM

28.02

19:00

V

ING

V

ESC

15º

CM

1x

24.png

 Judd

Trump

CM

(2/MF)

517.png

 Stephen

Maguire

PRM

15x

PRM

5x

PRMEE

4x

PRMEE

(1/PF)

D/H

MF2

N

RM

Vs.

MF2

N

RM

29.02

19:00

V

CHI

18º

V

ING

CM

(1/1ªR)

40273.png

 Yan

Bingtao

CM

1x

511.png

Shaun

Murphy

PRM

1x

PRM

9x

PRMEE

1x

PRMEE

2x

(D/H: Data/Hora MF: Meia-Final N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial

V: Vitórias CM: Campeonato Mundo PRM: Provas RM

PRMEE: Provas RM Esta Época PF: Presença Final R: Ronda)

 

Na antepenúltima prova em disputa – a CORAL PLAYERS CHAMPIONSIP (atribuindo ao vencedor 125.000£) – e disputadas as duas primeiras rondas (apurando 4 jogadores para as Meias-Finais e garantindo logo um prémio de 30.000£), em função dos 4 jogadores apurados − JUUD TRUMP, SHAUN MURPHY, STEPHEN MAGUIRE e YAN BINGTAO – com a única alteração relevante no Top 16 do RM e caso Yan Bingtao atinja (no mínimo) a final, a ser a troca de 16ºRM deixando de ser Joe Perry e passando a ser o jovem jogador chinês (acabado de fazer 20 anos). Quanto aos restantes três jogadores seja quais forem os resultados com Judd Trump mantendo o 1ºRM, com Shaun Murphy vencendo subindo (de 9º) a 8ºRM e com Stephen Maguire (igualmente) vencendo subindo (de 15º) a 10ºRM. E esta sexta-feira arrancando já as Meias-Finais (Eurosport/19:00) com o confronto Trump Vs. Maguire.

 

(imagens: worldsnooker.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:17

24
Fev 20

Desenrolando-se desta segunda-feira a domingo (24 fevereiro/1 março) a 14ª prova de Ranking Mundial (RM) − de um total de 16 antecedendo o Mundial (18 abril/4 maio) – integrando o Circuito Mundial de Snooker (época 2019/20),

 

juddtrump.jpg

“With great chances to become

the next Super Man of the Snooker Kingdom,

here's JUDD TRUMP”

Atual Campeão do Mundo, Líder do Ranking Mundial,

Líder do Ranking Mundial da Época (2019/20) e

jogador tendo ganho mais provas de RM (esta mesma época, 4)

 

Com o Top 16 do Ranking Mundial desta época (numa tabela concretizada a partir das 13 provas, entretanto já disputadas) a lutar pela conquista do troféu atualmente nas mãos do inglês Ronnie O’Sullivan: detentor do troféu afastado desta prova (e da possibilidade de revalidar o troféu) − de 16º passando a 18º no ranking da época − ao ser ultrapassado pelo chinês Zhou Yuelong (passando a 17º do ranking da época) e pelo inglês Michael Holt (passando a 16º) − respetivamente finalista vencido e vencedor do SHOOT-OUT. E assim abrindo as portas como 16º do Ranking Mundial da Época a Michael Holt.

 

Com a 1ª ronda do CORAL PLAYERS CHAMPIONSHIP a desenrolar-se durante três dias (24, 25 e 26) apresentando o quadro seguinte (de encontros) – em jogos disputados à melhor de 11 frames:

 

D

J

N

RE

(RM)

J

N

RE

(RM)

24

Ding Junhui

CHI

(10º)

Stephen Maguire

ESC

12º

(15º)

24

Mark Selby

ING

(4º)

Mark J Williams

GAL

13º

(3º)

25

Judd Trump

ING

(1º)

Michael

Holt

ING

16º

(26º)

25

John Higgins

ESC

(5º)

Graeme

Dott

ESC

(21º)

25

Neil Robertson

AUS

(2º)

Joe

Perry

ING

14º

(17º)

25

Yan Bingtao

CHI

(19º)

Kyren

Wilson

ING

11º

(8º)

26

Mark Allen

IRLN

(6º)

Thepchaiya Un-Nooh

TAI

10º

(20º)

26

Shaun Murphy

ING

(9º)

David B Gilbert

ING

15º

(11º)

(D: Dia J: Jogador N: Nacionalidade RE: Ranking Época RM: Ranking Mundial)

 

Uma prova de RM atribuindo ao vencedor 125.000£ e ao finalista vencido 50.000£ (convertidos em pontos para o RM)  e tendo de momento como principais interessados − com todos os jogadores pretendendo antes do início do Mundial integrar o TOP 16 do RM, de modo a assim evitarem as (cansativas e por vezes aleatórias) rondas de qualificação – até por estarem de um lado ou do outro da fronteira (acima ou abaixo do 16º lugar), Maguire, Perry, Bingtao, Un-Nooh, Dott e até Holt.

 

E dos 16 jogadores presentes com 5 já tendo ganho a prova (na sua 10ª edição) 1 vez, sendo eles Murphy/2011, Junhui/2013, Perry/2015, Allen/2016 e Trump/2017; e com 7 deles a já terem ganho provas de RM esta época, sendo eles Trump (4), Murphy (2), Robertson (2), Selby (2), Bingtao (1), Junhui (1) e Holt (1).

 

Coral Players Championship com transmissão no canal Eurosport. Depois só a 11 de março com o início do OPEN de GIBRALTAR (11/15 março).

 

(legenda/inglês e imagem: snookermylove.blogspot.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:59

A única prova de Ranking Mundial integrando o Circuito Mundial de Snooker (desde 2017 por decisão maioritária dos jogadores) e sendo disputada num único frame − vencendo o jogo quem vencer esse frame.

 

SHOOT-OUT

(Final)

MICHAEL HOLT/ING 64

Zhou Yuelong/CHI – 1

 

Michael_Holt_and_Maike_Kesseler_at_Snooker_German_

Michael Holt

ING/26ºRM

Vencedor do Shoot-Out

(depois de finalista vencido na edição anterior)

Na imagem no Masters da Alemanha de 2015

 

Iniciada na passada quinta-feira (20 de fevereiro) a 13ª prova de Ranking Mundial (RM) época 2019/20 (ficando a faltar 3 provas de RM, antes da realização do Campeonato do Mundo) – o SHOOT-OUT na sua 11ª edição – com a presença de 128 jogadores, após seis rondas eliminatórias e apenas 126 frames disputados (como exemplo a final do Campeonato do Mundo disputa-se à melhor de 35 frames ou seja quase 28% do total de frames do Shoot-Out) realizou-se este domingo (23 de fevereiro) a final.

 

Sendo este o quadro dos Quartos-Final (QF) e das Meias-Finais (MF) disputadas, dando acesso à final:

 

SHOOT-OUT

(QF e MF)

 

Fase

J

N

F

J

N

QF1

Zhou

Yuelong

CHI

38-18

Mei

Xiwen

CHI

QF2

Michael

Holt

ING

19-6

Ben

Woollaston

ING

QF3

Haotian

CHI

45-33

Anthony

McGill

ESC

QF4

Yan

Bingtao

CHI

35-9

Anthony Hamilton

ING

Fase

J

N

F

J

N

MF1

Michael

Holt

ING

59-16

Yan

Bingtao

CHI

MF2

Zhou

Yuelong

CHI

44-33

Haotian

CHI

(J: Jogador N: Nacionalidade F: Frame)

 

E proporcionando a final seguinte, atribuindo ao vencedor um prémio de 50.000£ e ao finalista vencido um prémio de 20.000£ (presença nas MF 8.000£ e presença nos QF 4.000£) – convertidos em pontos para o RM:

 

SHOOT-OUT

(Final)

 

Fase

J

N

RM

F

J

N

RM

Final

Michael

Holt

ING

26º

64-1

Zhou

Yuelong

CHI

22º

Currículo

(esta época)

1 Vitória em prova de RM

(Shoot-Out)

2X Finalista vencido em prova de RM

(European Masters e Shoot-Out)

 

Com a próxima prova de RM (a 14ª da época) a iniciar-se já esta segunda-feira (24 de fevereiro) com a disputa do CORAL PLAYERS CHAMPIONSHIPS (na sua 10ª edição e com o detentor do troféu a ser Ronnie O’Sullivan, o único jogador a ganhar por 2X o troféu), competição aberta unicamente aos 16 melhores jogadores no Ranking de provas unicamente disputadas esta época (ou seja, ao Top 16 do Ranking da Época e incluindo o Shoot-Out, num total de 13 provas). Sendo este o Top 16 selecionado (e apenas confirmado, após a conclusão do Shoot-Out): Judd Trump, Shaun Murphy, Neil Robertson, Mark Selby, Ding Junhui, Mark Allen, Yan Bingtao, John Higgins, Graeme Dott, Thepchaiya Un-Nooh, Kyren Wilson, Stephen Maguire, Mark Williams, Joe Perry, David Gilbert e … Michael Holt, com a sua vitória no Shoot-Out despachando Zhou Yuelong e Ronnie O'Sullivan (os outros dois candidatos) para fora do Coral Players Championship (reservada aos melhores 16 jogadores das provas da época e de RM, até aí realizadas).

 

[Coral Players Championships com transmissão Eurosport de 24 de fevereiro a 1 de março (e atribuindo ao vencedor um prémio de 125.000£/ao derrotado 50.000£).]

 

(imagem: wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:41

16
Fev 20

E de 4 semifinalistas respetivamente de 44, 37, 28 e 19 anos − Ronnie O’Sullivan, Shaun Murphy, Kyren Wilson e Yan Bingtao – c/ os “extremos etários” sendo eliminados, a não se tocarem (na final) e na “negra” (vencendo por 6-5) a seguirem em frente os “intermédios”.

 

Murphy-wilson.jpg

Shaun Murphy (a um passo de 8ºRM) e Kyren Wilson

Finalistas do Open do País de Gales

 

Num caso vencendo o que mais fez por isso (Kyren Wilson, face à queda progressiva ao longo do encontro de Ronnie O’Sullivan, estando a vencer 5-4 e acabando por perder 5-6), no outro o mais experiente (Shaun Murphy, estando a perder 4-5 e acabando por vencer 6-5), mas c/ o seu opositor Yan Bingtao (fazendo 20 anos de idade este domingo, 16) a dar luta até ao fim.

 

E se THE ROCKET parece querer afundar-se na sua própria crise existencial, etária e profissional ao nível da prática desta modalidade de bilhar − o SNOOKER − já YAN BIONGTAO se confirma como uma promessa (da China) ao nível do seu compatriota Ding Junhui.

 

2020 Welsh Open

Motorpointarena – Cardiff – Wales

Final

16.02.2020

 

SHAUN MURPHY (ING/9º/11º/RM) – 9

KYREN WILSON (ING/8ºRM) – 1

 

1ª S

1-0; 2-0; 3-0; 4-0;

5-0; 6-0; 6-1; 7-1;

2ª S

 

8-1; 9-1

(Sem vitórias nas 28 edições anteriores − Melhores resultados atingidos:

respetivamente, 4ªRonda em 2018 e Final em 2006)

(S: Sessão)

 

Concluída a 12ª prova do circuito (época 2019/20) a contar para o Ranking Mundial (RM) e restando outras 4 provas de RM antes da realização da prova final da época o Campeonato do Mundo (fase final a iniciar-se a 18 de abril no Crucible Theatre em Sheffield),

 

Iniciando-se no próximo dia 20 de fevereiro o SHOOT-OUT (no Watford Colosseum) com a presença de 128 jogadores − e do Top 64 do RM só estando ausentes 9 jogadores entre eles destacando-se (5) Stephen Maguire/ESC, Ding Junhui/CHI, John Higgins/ESC, Neil Robertson/AUS e Judd Trump/ING.

 

Yan-Bingtao-1114657.jpg12551306-0-image-a-84_1555884213398.jpg

Yan Bingtao (a um passo de 16ºRM) e Ronnie O’Sullivan

Semifinalistas vencidos do Open do País de Gales

 

E apesar da particularidade desta prova com o inglês Ronnie O’Sullivan a estar presente. Natural e igualmente contando com a presença do detentor da prova o tailandês Thepchaiya Un-Nooh.

 

Top 8 RM

(16.02.2020)

 

RM

(RE)

J

N

£

PRM

PC

(1º)

Judd

Trump

ING

1.426

4

0

(3º)

Neil

Robertson

AUS

960

2

1

(13º)

Mark

Williams

GAL

843

(1 PMF)

0

(4º)

Mark

Selby

ING

789

2

0

(8º)

John

Higgins

ESC

680

0

(1 PMF)

(6º)

Mark

Allen

IRLN

645

0

0

(16º)

Ronnie

O’Sullivan

ING

633

(1 PMF)

1

(11º)

Kyren

Wilson

ING

535

(1 PF)

(1 PMF)

(RM: Ranking Mundial RE: Ranking Época J: Jogador N: Nacionalidade

£: LibrasX1000 PRM: Provas de RM ganhas esta época

PC: Provas por Convite ganhas esta época

PMF: Presença em MF PF: Presença em Final)

 

Em conclusão (disputadas 12 provas contando para o ranking e faltando 4, antes da realização Mundial) apenas com 6 jogadores tendo ganho 1 ou mais provas de RM: Judd Trump (4), Shaun Murphy, Neil Robertson e Mark Selby (2) e ainda Yan Bingtao e Ding Junhui (1).

 

E como prémio de consolação face à pesada derrota (1-9) sofrida na final do Welsh Open, com o inglês Kyren Wilson a conseguir nesta prova a sua 2ª tacada máxima − de 147 pontos − e assim às 30.000£ de finalista vencido juntando ainda mais 5.000£ pela maior tacada da prova (total=35.000£).

 

(imagens: PA Images/livesnooker.com − James Cheadle/Eurosport/dailynail.co.uk e express.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:36

14
Fev 20

Encontros das Meias-Finais (MF) do ManBetX Welsh Open, a realizarem-se no próximo dia 15 (de fevereiro) no Motorpoint Arena em Cardiff (no País de Gales), à melhor de 11 frames.

 

wo_a3.jpg

Restando Ronnie O’Sullivan/nas MF

Mark Williams/fora na 3ªR, Neil Robertson e Judd Trump/fora nos QF

(da esquerda p/ a direita)

 

Meias-Finais do Open do País de Gales

15.02.2020

MF

J

N

RM

J

N

RM

13:00

Kyren

Wilson

ING

Ronnie

O’Sullivan

ING

19:00

Yan

Bingtao

CHI

19º

Shaun

Murphy

ING

11º

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

 

MF contando com a presença de dois ex-Campeões do Mundo – Ronnie/44 anos (5X) e Shaun/37 anos (1X) − e de dois jogadores mais jovens – Kyren/28 anos e Yan/19 anos – ainda não o tendo sido; e adicionalmente vencendo, podendo (seja esse o caso) Ronnie ascender a 5ºRM, Shaun a 9ºRM e Yan a 16ºRM.

 

(imagem: motorpointarenacardiff.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:36

13
Fev 20

Cumpridas as quatro primeiras rondas do OPEN do PAÍS de GALES com o inglês KYREN WILSON a alcançar (no 1º frame da 1ª ronda da prova) mais uma entrada máxima – 147 pontos – pela segunda vez na sua carreira (num total de 192 entradas centenárias). Por outro lado, com o Top 16 do Ranking Mundial (RM) estando todo inicialmente inscritos, sobrevivendo (no final de quatro eliminatórias) Judd Trump (1ºRM), Neil Robertson (2ºRM), Mark Selby (4ºRM), John Higgins (5ºRM), Ronnie O’Sullivan (7ºRM), Kyren Wilson (8ºRM) e Shaun Murphy (12ºRM), num total de 7 dos 16 do referido Top (cerca de 44%). E como curiosidade e apesar de eliminado na 2ª ronda pelo Campeão do Mundo e Líder do RM Judd Trump (perdendo por 1-4), com o brasileiro Igor Figueiredo logo no 1ª frame a impor-se ao inglês com uma tacada centenária: a sua 10ª e com um record pessoal de 140 pontos.

 

24.png

Judd Trump

(Atual Campeão do Mundo e Líder do RM)

 

Open do País de Gales

Motorpoint Arena − Cardiff

(4ª Ronda/à melhor de 7 frames)

13.02.2020

 

4ªR

J/N

F

J/N

4ªR

J/N

F

J/N

Jg. 1

Neil

Robertson/AUS

4-0

Gerard

Green/ING

Jg. 5

Yan

Bingtao/CHI

4-3

Anthony

McGill/esc

Jg. 2

Kyren

Wilson/ING

4-2

Ding

Junhui/CHI

Jg. 6

John

Higgins/ESC

4-3

Luca

Brecel/BEL

Jg. 3

Mark

Selby/ING

4-3

Zhao

Xintong/CHI

Jg. 7

Shaun Murphy/ING

4-1

Dominic

Dale/GAL

Jg. 4

Ronnie O’Sullivan/ING

4-0

Sohail

Vahedi/IRA

Jg. 8

Judd

Trump/ING

4-1

Stephen

Maguire/ESC

(R: Ronda J/N: Jogador/Nacionalidade F: Frames Jg: Jogo)

 

Uma 4º ronda tendo decorrido sem grandes surpresas com os (mais) favoritos a vencerem, não sendo por acaso que entre os apurados a vencerem a prova 6 integrem o Top 8 − sendo os outros 12ºRM e 19ºRM. Numa prova na sua 29ª edição (iniciada em 1992 com a vitória do escocês Stephen Hendry) e tendo como detentor do troféu (conquistado em 2019) o australiano Neil Robertson (batendo na final o inglês Stuart Binghanm por 9-7);  com o maior número de vitórias a pertencer ao escocês John Higgins (5X) logo seguido pelo inglês Ronnie O’Sullivan (4X) e dos restantes finalistas (Neil Robertson c/ 2 vitórias e Mark Selby c/1) apenas com Kyren Wilson, Shaun Murphy, Judd Trump e Yan Bingtao a poderem estrear-se (ganhando a final). Prevendo-se 4 Quartos-Final bem disputados e dados os jogadores envolvidos com resultado sempre incerto.

 

1560.png

Neil Robertson

(2X vencedor e atual detentor do Welsh Open)

 

Open do País de Gales

Motorpoint Arena − Cardiff

(QF/à melhor de 9 frames)

14.02.2020

 

QF

J

N

RM

J

N

RM

Jg. 1

(12.00)

Neil

Robertson

AUS

Kyren

Wilson

ING

Jg. 2

(14:00)

Mark

Selby

ING

Ronnie O’Sullivan

ING

Jg. 3

(19:00)

Yan

Bingtao

CHI

19º

John

Higgins

ESC

Jg. 4

(19:00)

Shaun Murphy

ING

12º

Judd

Trump

ING

(QF: Quartos-Final RM: Ranking Mundial)

 

Esta sexta-feira (14 de fevereiro) desenrolando-se os QF do OPEN do País de Gales, com os jogos a disputarem-se a partir das 12:00 e iniciando-se quase logo (2ª partida/14h), com um confronto Mark Selby vs. Ronnie O’Sullivan (jogo com transmissão Eurosport). Para sábado (dia 15) se disputarem as Meias-Finais (MF) à melhor de 11 frames e domingo a final à melhor de 17 frames: recebendo o finalista vencido um prémio de 30.000£ e o vencedor da final 70.000£. E a partir daí e antes da realização do Campeonato do Mundo, restando disputar quatro provas de RM e uma prova por convite (n/ contando p/ RM) − estabelecendo-se então (concluída a última prova de RM, o Coral Tour Championship) os jogadores integrando o Top 16 do RM automaticamente apurados para o quadro final (16 c/ apuramento direto + 16 oriundos das Qualificações), devido a isso sendo isentos de participarem nas Rondas de Qualificação.

 

(imagens: worldsnookerdata.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:40

Abril 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO