Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Set 18

[Evolução = Sobrevivência]

 

Como se ainda fosse necessário demonstrar que a Evolução de todas as Espécies habitando este Ecossistema Terrestre (incluindo a espécie dita dominante a Humana) depende basicamente da capacidade destas (espécies) se adaptarem (ao longo do Tempo) e de se movimentarem (ao longo do Espaço)

 

– Ao longo da sua travessia utilizando uma estrutura de sustentação alicerçada no Eletromagnetismo (associando e dando vida aos elementos da Tabela Periódica) e simultaneamente atribuindo-lhe Movimento devido ao desencadear em cadeia dos efeitos ação/reação

 

Mais um grupo de animais agora pertencente à classe dos Insetos e à família Formicidae

 

– A FORMIGA-LAVA-PÉS (também conhecida como FORMIGA-DE-FOGO)

 

Vêm-nos mais uma vez confirmar como (sejam animais, sejam plantas) somos todos tão iguais.

 

Screenshot_2018-09-25 This is the biggest fire ant

Jangada de Formigas-de-Fogo

(imagem: accuweather.com)

 

Com estas formigas de tom avermelhado, não muito grandes mas agressivas (apresentando-se em grandes grupos e sendo omnívoras) e geralmente construindo grandes estruturas de terra e de restos de árvores (em locais abertos) como sua habitação

 

– Os chamados FORMIGUEIROS

 

Em casos meteorológicos extremos (como por exemplo inundações) podendo colocar em causa a sobrevivência do seu grupo (e da sua Rainha),

 

Sendo capazes (nestas situações de emergência) de se agruparem ainda com mais força e consistência, construindo em conjunto uma superfície (debaixo dos seus pés) tendo como propriedade fundamental flutuar (espetacularmente) sobre um lençol de água:

 

Na imagem anterior com uma colónia formada por milhares de Formigas-Lava-Pés flutuando sobre águas-de-cheia originadas pela passagem (muito recente) do furacão FLORENCE (pelos estados norte-americanos da Carolina),

 

Tentando com a sua técnica salvar o Formigueiro e desse modo a sua Rainha.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:14

22
Mai 16

Não só para verem melhor durante o período noturno, como para detetarem com maior facilidade e precisão o movimento próximo das suas possíveis vítimas – preparando a armadilha a que nós chamamos TEIA (no caso do Homem com múltiplas interpretações e aplicações) para estes Insetos não passando de um simples Restaurante (numa área natural e fundamental à sua sobrevivência).

 

net-spiders-8.JPG

 

Vivendo num MUNDO cada vez mais controlado e dominado pelo PODER SUPREMO DO OBJETO e tendo com a sua INTELIGÊNCIA e como contraponto digerido e interiorizado essa alteração FUNDAMENTAL promovida pelo HOMEM e logicamente refletida no MEIO AMBIENTE, essa espécie (INSECTOS) que certamente perdurará mesmo após o nosso desaparecimento da TERRA e da mais que provável e definitiva extinção dessa espécie então considerada dominante (HOMEM), começou desde há tempos e como medida preventiva METAMORFOSEAR-SE de modo a adaptar-se às novas contingências que este NOVO MUNDO lhes irá criar.

 

Ao contrário do HOMEM que vê no OUTRO HOMEM um perigo à sua EXISTÊNCIA=DOMINAÇÃO propondo em diferentes níveis progressivos uma espécie de lobotomia de aplicação subliminar e exterior (como se a sua própria espécie fosse o seu principal inimigo, obrigando-o a proteger-se do seu próprio grupo, atrás do incomensurável poder do objeto), este INSECTO utilizando outra estratégia completamente oposta por dirigida, intencional e coletiva (muito simplesmente por demonstrar inteligência e organização) decidiu adaptar-se, abrir de vez os seus olhos e em conjunto com a sua espécie (em grande expansão e cada vez mais poderosa) sobrevalorizar e desenvolver os seus órgãos de perceção, melhorando notoriamente a qualidade da sua perceção e desse modo protegendo-se contra a ação de outros, especialmente da intrusão de OBJETOS imprevistos e outros potenciais inimigos.

 

net-spiders-6.JPG

 

E assim enquanto vemos constantemente à nossa volta espécies a serem extintas e outras a eclodirem (como se só existisse como única referência o tempo da nossa morte e do nosso nascimento, nada existindo para lá destas referências nem mesmo a nossa espécie incluindo ascendentes, descendentes e já agora porque não nós próprios) esquecemo-nos daquilo que aprendemos cedo na escola e que (acho eu) ainda hoje é verdade (comprovados pelos fatos reais ou projetados):

 

“Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.”

(Antoine Lavoisier)

 

Pela sua extraordinária estrutura e capacidade de resistência, talvez a única espécie com grande percentagem de sobrevivência ao próximo salto evolucional terrestre (entre todas as espécies existentes no planeta e incluindo a espécie dita dominante, o próprio Homem).

 

E se os Repteis também sobreviverem (muito plausível), provavelmente num futuro próximo um verdadeiro PARAÍSO destes – não sendo talvez por acaso que recordando Histórias/Aventuras de Infância, muitos de nós ainda crianças acreditem em sonhos, que os Repteis já vêm aí a caminho e muito perto: com os desesperados e perdidos adeptos da Conspiração (já que a realidade terrestre é monótona e doentia por estática) imaginando o Planeta X comandado por Reptilianos já dispostos e preparados para em breve nos Invadir.

 

Não para nos comer (SONHO de HOMEM) mas para se reabastecerem de comida (IPESADELO de INSECTO).

 

(imagens: livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:48

10
Abr 15

“Islamic State militants attacked the capital of Iraq's vast Anbar province on multiple fronts on Friday, seizing two areas on the city outskirts in a setback for a government campaign to retake the desert terrain.”

 

n-ANBAR-large570.jpg

Iraque – Província de Anbar – Cidade de Hit
(localizada 140km a oeste da capital Bagdad)

 

Enquanto os grandes líderes mundiais não perceberem que “ tribos há muitas mas que todas elas têm a mesma força”, conflitos como o do Iraque nunca mais acabarão (Vietname, Afeganistão, Iémen).

 

Uma tribo por mais tribos a que se alie, nunca vergará outra tribo por mais isolada que ela esteja.

 

E se a exterminar por necessidade de afirmação, outra a substituirá por espírito de sobrevivência.

 

O que agora aconteceu no Iraque é assim basicamente normal e para qualquer estudioso na região considerado simplesmente banal:

 

“ISIS Attacks Capital Of Iraq's Anbar Province, Hundreds Of Families Flee Area.”

 

Uma tribo iraquiana lutando pela sobrevivência do seu grupo abriu as portas aqueles que na altura lhes apontavam as armas e com o seu acto pôs em causa a sobrevivência de outras tribos.

 

Heróis? Traidores?

 

Dependendo do lado analítico e das interpretações do poder vigente (e com o povo – como sempre – personificando a vítima).

 

(texto/itálico/negrito: huffingtonpost.com – imagem: Associated Press)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:54

21
Jul 12

Imagem obtida a partir da Estação Espacial internacional (ISS) a mais de 600Km da Terra

 

Enquanto a Terra se expõe a acontecimentos vindos do exterior e luta pela sua estabilização e sobrevivência socorrendo-se de ferramentas próprias de alerta e de prevenção que ainda tem disponíveis – veja-se a luta feroz da camada protetora da Terra contra os efeitos das radiações solares sobre a nossa atmosfera, aqui bem retratadas nos efeitos provocados e que originam estas fantásticas auroras – no seu interior o Homem empurra todas as suas sociedades organizadas para modelos de exploração imediata e selvagem e com o único intuito de maximização do lucro, opção esta que têm levado o planeta a uma exaustão acelerada dos seus recursos a curto prazo, com o fim da sua matéria-prima, a desativação dos seus cidadãos ativos e a banalização da globalização da poluição, como se fosse algo de natural e de consequências previsíveis.

 

(imagem – spaceweather.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:52

Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15

23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO