Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Covid-19 em 2021 a dois meses

Domingo, 28.02.21

[Evolução dos números de UCI e de Óbitos (em Portugal), nestes 2 primeiros meses (janeiro e fevereiro) de 2021.]

 

Imagem1.jpg

 

Pandemia do vírus SARS CoV-2 (e da doença COVID-19) em Portugal, indicando a evolução da respetiva doença relativamente a UCI e a Óbitos, durante esta 2ª vaga (ainda em curso).

 

Com os valores atingidos nesta 2ª vaga (máximo de 303 óbitos/dia) apesar de bem superiores aos da 1ª vaga (máximo de 37 óbitos/dia), a demonstrarem uma clara tendência de descida.

 

Ultrapassado o pico máximo de atividade deste vírus nesta 2ª vaga (considerando a 1ª como iniciada por março/2020 e a 2ª por outubro/2020) e visionando-se o desconfinamento.

 

Nesta 2ª vaga com os máximos a serem atingidos entre finais de janeiro/inícios de fevereiro (conforme gráfico), com o pico a ser declarado oficialmente em 28/29 de janeiro.

 

Desde o início do ano e aí se atingindo os valores máximos, registando-se em UCI 904 doentes (a 5 de fevereiro) e em óbitos 303 (a 28 e 31 de janeiro). Hoje com um mínimo de óbitos (33).

 

Prevendo-se que confirmada esta tendência, se comece a abrir parcialmente o país (estado de emergência até 16 de março) ─ creches/infantários/primária ─ por meados de março.

 

(dados: dgs.pt ─ imagem: Produções Anormais)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:20

Covid-19 ─ Algarve ─ 2021 (47 dias)

Terça-feira, 16.02.21

"Covid-19:

Algarve com 2 óbitos e 74 novos casos,

internamentos voltam a descer.”

(Hugo Rodrigues/sulinformacao.pt)

 

Imagem1.jpg

Infeções no Algarve

Janeiro/fevereiro 2021

 

Esta terça-feira (dia 16) registando-se no Algarve +74 casos de infeções (a nível nacional +1.502) e +2 óbitos (a nível nacional +111): totalizando a região 19.472 infetados (a nível nacional 788.561) e 308 óbitos (a nível nacional 15.522). De assinalar ainda a nível nacional a diminuição do nº de internados (-350 estando agora nos 4.482) e do nº de doentes em UCI (-32 estando agora nos 752): sendo as mulheres as mais atingidas a nível de contágios (55%) e os homens a nível de óbitos (52%) ─ assim como os mais idosos nas diferentes faixas etárias (nos mais de 15.000 mortos, mortalidade de 85% com idade igual/superior a 70 anos). Talvez se abrindo as portas (antes do previsto) para o tão ansiado desconfinamento: tendo-se felizmente (no Algarve) o Verão e o Turismo.

 

Imagem2.jpg

Óbitos no Algarve

Janeiro/fevereiro 2021

 

E com a generalidade dos parâmetros a descer (tal como anteriormente subiu) abruptamente (se pensarmos nos números registados na 1ª Vaga), c/ esse decrescimento a ser bem recebido a nível nacional particularmente no Algarve (podendo-se salvar ainda o ano turístico), certamente que não apenas pelo respeito das regras e dos deveres (mãos, máscaras, distanciamento, testes, vacinas) mas também pela baixa concentração demográfica (desta região do país) com menos pontos (disponíveis) de concentração (desde casas a cidades). Depois de se provar o Purgatório e chegando-se ao Inferno (nunca nos precipitando) podendo-se no mínimo saborear o (normal/anormal) Paraíso ─ mesmo que só se faça em parte, tão grande é o nosso desejo.

 

(dados: dgs.pt ─ imagens: Produções Anormais)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:42